//
você está lendo...
ARTIGOS

Ferrari abre porta para Schumacher na Mercedes

A novela em torno da volta de Michael Schumacher pilotando pela Mercedes tomou uma nova dimensão ontem. A Ferrari, que mantinha silêncio e distanciamento dos rumores, veio a público ontem com Luca di Montezemolo para esclarecer que não se oporia a uma decisão de Michael em juntar-se a nova equipe alemã.

Na entrevista a Reuters, Montezemolo — que não citou Michael no discurso feito no tradicional almoço de jantar em Fiorano — deixou claro que Schumacher ainda não fez nenhuma abordagem pessoal lhe relatando qualquer decisão.

Para o presidente da Ferrari, no entanto, não parece haver possibilidade de ter Michael junto de uma rival e ainda associado à Ferrari.

Nos últimos dias a notícia vem alastrando-se pela imprensa especializada e não-especializada como uma grande onda sem controle, e até o mais cético dos colunistas de F1 no momento, James Allen, informa que “suas fontes lhe garantem que o negócio está fechado.”

James, no entanto, faz o check list de Michael para que ele torne-se o mentor de Nico Rosberg na Mercedes Grand Prix a partir de 2010:

— Passar nos testes médicos;

— Conversar com Montezemolo a respeito de sua decisão e;

— Reestruturar as ações de seus patrocinadores pessoais, que estão em suspense como todos nós.

Segundo o Bild, a Mercedes deseja que ele pilote um carro de 2007, um teste para auxiliar na avaliação clínica de seu pescoço, que o teria impedido de voltar em substituição a Felipe Massa esse ano.

About these ads

Discussão

5 comentários sobre “Ferrari abre porta para Schumacher na Mercedes

  1. É só aguardar o anúncio oficial agora.
    Só uma reprovação em exame médico o impedirá.
    É… o queixudo está de volta.
    Welcome back, Red Baron.

    Publicado por Leandro Magno | 15/12/2009, 6:19 am
  2. Mais devagar Leandro, o ponto mais relevante que o Allen faz é o último sobre os patrocinadores. Ao contrario do que pode parecer acertar com os patrocinadores pessoais dele pode ser muito mais complicado do que aparenta. Existe um unico precedente para o retorno do Schumacher que é o retorno de Michael Jordan no começo da década. Não por coincidencia são os unicos dois atletas aposentados que até hoje geram receitas tão altas quanto a de atletas ativos top, já que eles são muitissimo bem pagos pelo mito associado a eles. Quando Jordan voltou em 2001, houve consideravel hype apesar dos jornalistas especializados sempre ressaltarem que aos 39 anos e 3 parados ele dificilmente seria tão eficaz quanto antes (automobilismo é muito menos atletico obviamente, mas os monopostos modernos são historicamente crueis com quarentões). O interesse no momento do retorno foi enorme, mas 2 meses depois tão logo ficou claro que Jordan raramente era o melhor jogador em quadra o mito Jordan sofreu bastante e gastou alguns anos para se recuperar. Até então era virtualmente impossivel encontrar alguem com culhões para sugerir que ele não fosse o maior jogador da história, hoje em dia você encontra o espertinho disposto a escrever algum artigo sugerindo isso. Um retorno desastrado do Schumacher onde ele ande frequentemente em 5o ou 6o lugar (possivel inclusive porque depende tanto do carro quanto dele) vai aumentar muito a ideia de que genial era a Ferrari dos anos 2000-04 e não ele, que qualquer um ganharia aqueles titulos como primeiro piloto deles (ainda mais depois do titulo do Button ano passado). Alguns dos patrocinadores pessoais dele provavelmente prefere pagar pelo mito Schumacher do que pelo piloto em atividade, não quer dizer que eles iriam vetar um retorno, mas a maioria certamente vai buscar clausulas para se proteger de um dano na imagem dele caso retorno não seja vitorioso.

    Publicado por Filipe | 15/12/2009, 7:06 am
  3. E tudo começou com um tablóide ( Daily Mirror ). Será q a imprensa marron acertou dessa vez ?

    Publicado por Alex-Ctba | 15/12/2009, 7:08 am
  4. Seriamais um acontecimento inesperado dos últimos tempos. E, pasmem, não é um escândalo!

    Publicado por Vitor, o de Recife | 15/12/2009, 9:28 am
  5. Como eu disse, para mim o grande barato do anúncio dos pilotos da Lotus, é a real seriedade e comprometimento da Própria Lotus.
    Que a dupla de pilotos…. apesar de não serem pagantes, nem se me pagassem correriam para mim.

    Agora a única incógnita do Grid é a USF1. O que deve acontecer? Será que eles venderão a vaga para a tal Stefan GP?

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 15/12/2009, 10:43 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 37 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: