//
você está lendo...
ARTIGOS

Um lamento para Vettel

IMAGENS: Red Bull F1/ Divulgação — Vettel olha Fernando no espelho

Uma vela. Foi esse o componente que nocauteou a soberba corrida de Sebastian Vettel no domingo. Sebastian dominou todo o final de semana: as três fases da classificação mais a primeira parte da corrida, quando manteve Alonso sob controle até o seu carro ficar, teoricamente, com 7 cilindros e cair para a quarta posição.

Por mais que a Red Bull faça bico para a Renault pela quantidade de motores que, desde o ano passado, vão para o vinagre nas mãos de Vettel, é preciso que a equipe explique o extremo contraste entre a confiabilidade dos carros Renault e dela própria.

Problemas com confiabilidade é algo bem assimilado por todo o fã e torcedor da McLaren, que sabe o quanto há de compromisso nos carros desenhados por Adrian Newey. De 1998 a 2006 ele produziu dois modelos campeões em Woking, mas deixou um bom número de motores Mercedes pelo caminho. Com a saída de Newey, a equipe repentinamente iniciou um impressionante recorde de confiabilidade.

Coincidência? Talvez, mas por mais que seja inferência de minha parte, há um padrão e que pode ser exemplificado pelo atual design do escapamento do novo RB6. Segundo o consultor da Autosport, Craig Scarborough, Newey desenhou o escapamento exatamente como fez na época da McLaren, com aberturas que descarregam os gases liberados pelo motor por dentro do escapamento, uma solução diferente da maioria das equipes e que, claro, procura gerar mais downforce.

Mais leve, mais forte

Terá sido essa uma das causas da queda de performance domingo? O fato é que se a Red Bul partiu para uma solução radical no seu escapamento — diferente da adotada pela Renault, como parece ser o caso — isso pode ter gerado algum stress estrutural que se estendeu às velas.

Apesar da frustração, no geral o problema de Vettel foi uma pena para a própria Renault. O temor dos adversários de que a fabrica francesa produzisse um motor econômico se confirmou e, ao mesmo tempo que os propulsores deixaram Vettel na mão, eles foram responsáveis pela pouca gordura que o RB6 levou para largada, cerca de 10 kg a menos que a Ferrari. Segundo Rubens Barrichello, menos 10 kg no tanque no início da prova no Bahrein significava um descontasso de 4 décimos por volta.

É uma senhora vantagem contra o ainda beberrão carro da Ferrari que foi capaz de seguir o RB6 de perto até o fatídico momento em que Vettel cai de produção.

Se há algo para lamentar, temos que fazê-lo por Sebastian, que está tornando-se, a cada dia, o melhor classificador da F1. Assim como fez em Silverstone, e no Japão, o garoto precisou de apenas uma volta para arrancar a pole das mãos de Felipe Massa.

A equipe prometeu um chassi mais leve para a Austrália, o que pode ajudar ao pesado Webber — além de maximizar ainda mais a vantagem do pouco consumo. Se a consistente Ferrari planeja vencer a segunda corrida seguida na Austrália, ela terá que parar Sebastian na classificação. Uma missão duríssima no momento.

About these ads

Discussão

68 comentários sobre “Um lamento para Vettel

  1. o subito melhoramento de fiabilidade dos motores mercedes, tambem tem muito a ver c a reduçao de rotaçoes nos motores. Em 2006 os motores podiam ir ate as 21 mil rotaçoes, nesse ano o kimi para acabar corridas tinha de perder competitividade, pois reduziam lhe o numero de rotaçoes no motor para não partir. Em 2007 os motores já só podiam ir até as 19 mil rotaçoes e em 2009 seriam reduzidas as 18 mil rotaçoes. Ja na altura em 2005 e 2006 era a propria mercedes a prometer ao kimi motores fiaveis, era o Haug o proprio a admitir os problemas nos motores mercedes.

    espero que o vettel e a red bull consigam resolver os problemas de fiabilidade, senão este ano arrisca-se a ser outro 2005, um piloto a dar show e outro a ganhar devido a fiabilidade.

    Publicado por vitor ferreira | 18/03/2010, 5:17 am
  2. Já aqui disse nos posts preliminares da época e repito: O RBR vai ser o carro a bater esse ano e esse seria também um grande ano para a Toyota se não se tivesse ido embora. Seus carros se adaptariam muito bem a essas novas regras.
    De qualquer forma a procissão ainda vai no adro e o primeiro milho é dos pardais.

    Publicado por Ernesto Sousa | 18/03/2010, 7:47 am
  3. Sou mais o MP4-25…sério, sem brincadeira.

    Publicado por Will | 18/03/2010, 8:38 am
  4. Bom dia Meus F1 Freaks Like Me

    O primeiro dia é dos pardais até chegar o Falcão e comer o pardal depois de gordo com milho, Falcão não come milho…

    Ninguém pode afirmar que o Vettel ganharia a corrida a Ferrari com o Alonso e o Massa se estava “aprochegando” e era mais rápida com pneu duro é uma pena porque queria ver era uma chegada entre os três na marra..a ver quem era o “Macho Alfa” Cabra Macho” ou o Rei do pedaço conforme a literatura que se leia..
    RBR é um carro concebido por esse Génio do Design da Fórmula 1, que o Patrão da RBR queria equipar com motor Mercedes mas que a McLaren como não está dormindo accionou a cláusula de exclusividade..

    Na corrida havia muitas varáveis, a Gasolina do Vettel chegaria ao fim? os escapes aguentariam? perserveraria pneu,com aquele ritmo de corrida? Chi lo sà? nessuno ma Dio

    Em Adelaide veremos uma coisa mais entusiasmante para os televidentes ficarem satisfeitos e Hamiltistas- vide British press não fazer tanto barulho..

    Um Abraço

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 8:51 am
  5. milho em vez de dia claro

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 8:51 am
  6. Bom Dia a todos. SennaCeccoto, não é Adelaide e sim Albert Park em Melbourne o GP da Austrália.

    Tb já estou achando q o carro a ser batido é o RB6 e o principal candidato ao título é mesmo o Vettel, já q o cara larga na pole e não erra. Nem precisa ultrapassar ninguém.

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 9:17 am
  7. Ninguém pode afirmar que o Vettel ganharia a corrida a Ferrari com o Alonso e o Massa se estava “aprochegando”

    Ninguém pode afirmar também que Alonso passaria Vettel se chegasse no alemão. Se considerarmos que ultrapassagem foi artigo de luxo no Bahrein, a lógica prediz que Vettel fatalmente venceria a corrida.

    RBR é um carro concebido por esse Génio do Design da Fórmula 1, que o Patrão da RBR queria equipar com motor Mercedes mas que a McLaren como não está dormindo accionou a cláusula de exclusividade…

    Essa é uma cláusula pré Red Bull, mas a pressão não veio apenas da McLaren, mas também da própria Mercedes GP.

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 9:29 am
  8. Não sei Becken, se o problema de Vettel se resumiu a falha em uma vela. Havia alguma coisa a mais, talvez a necessidade de poupar combustivel seja outra explicação. Pois não acredito que, por melhor que seja o Vettel, piloto algum consiga ter o desempenho que ele mostrou no fim da prova. Como ele conseguiu virar tempos muito próximos ao de Rosberg, impedindo assim a ultrapassagem?? Ok, ele se superou no meio do circuito, nas curvas de baixa. Mas como ele tirou esse tempo de sua propria perfomance? Pois, a partir do problema do motor, depois de ser ultrapassado por Alonso e Massa, ele, no fim, da corrida, melhorou seu tempo em mais de um segundo?? Isso é impossivel, somente em termos de pilotagem, na formula 1 atual. E exemplifico esse argumento com informações da propria Red Bull, que ele, Vettel, melhorou sua pilotagem, em algums pistas, em até 0,3 décimos de segundo, com o auxilio do simulador.Alguma coisa a mais tem. Com certeza.

    Publicado por Gunther | 18/03/2010, 9:35 am
  9. Becken, dessa vez o título anterior desse Post tava bacana. Vc achou q daria polêmica tb ?

    Em relação ao motor Renault, tava meio obvio q o carro tava mais leve, a forma como o Vettel abriu no começo da corrida, impedindo a aproximação dos vermelhos foi notória.

    A “guerra do desenvolvimento” a partir de agora entre as quatro grandes, promete ser feroz.

    Abs

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 9:36 am
  10. Não… :) Só achei feio e sem sentido depois de postado (“Uma vela para Vettel”).

    Pessoalmente, achei esse mais bacana, de acordo com a forma com que a Red Bull agiu, desesperada, depois de ver o Sebastian perder a corrida…

    Ok, esse aqui ficou quase piegas (sou péssimo com títulos!), mas no fim gostei…

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 9:40 am
  11. Eu acho que o Vettel deveria ter segurado mais o Alonso.

    Faca nos dentes e fechada !

    Publicado por Costanza Yada Yada (fernando-ric) | 18/03/2010, 9:46 am
  12. Q isso boss, esse título ficou ótimo tb…

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 9:48 am
  13. Depois da corrida de domingo debatendo os fatos com os amigos comentáristas Sirlan, Claudio Cardoso e Coyote, pensei melhor no que aconteceu com o Massa e vendo esse post o que também pode ter acontecido com o Vettel.

    Massa – Quando li que a Williams tinha testado novos aparatos de refrigeração no carro do Barrichello e a perca de velocidade em relação ao carro do Hulkenberg chegou a mais de 2 décimos (e estamos falando de um novato), liguei os fatos e imagino que o tempo superior do Massa na classificação sobre o Alonso pode estar explicado aí e também a falha na refrigeração do carro.

    Vamos a idéia, o Massa e seu engenheiro devem ter diminuido a entrada de refrigeração dos radiadores o que causa maior downforce e assim ganhando até 2 décimos de velocidade ante ao carro 8 da Ferrari que veio com a configuração de segurança. Na corrida estava muito claro que ele tinha um carro mais rápido (mas com essa F1 atual 2 ou 3 décimos não significa que você passará) até o momento que o carro teve o problema de aquecimento do motor, já o Alonso veio com seu setup original e não teve problemas maiores para chegar ao fim da corrida. Lembrando que trocaram o motor do Massa por apresentar problemas e o do Alonso por segurança, seu motor esta normal.

    Vettel, seguindo a mesma linha, ele tem uma tocada mais agressiva com acelerações e frenagens mais bruscas que seu companheiro, e também deve usar de setups mais ousados para conseguir esses décimos necessários pra uma pole, sendo assim arrisco a dizer que ele é um destruidor de carros nato, aliado a um motor relativamente frágil e um projetista falho no quesíto fiabilidade de seus carros.

    Pode ser aí que a porca está torcendo o rabo.

    No caso do Massa um erro de avaliação dele e de seu engenheiro.

    No caso do Vettel um piloto agressivo com um pacote rápido mas frágil, então não seria a hora de começar a construir um tanque para esse rapaz. Como a Ferrari fez para outro alemão famoso que deixava seus carros só o bagaço aos fins de corridas ?

    Não seria a hora da Reb Bull se culpar também e deixar de por a culpa nos motores, e assim encontrar soluções para esse problema ?

    Publicado por Claudemir Freire | 18/03/2010, 9:48 am
  14. Claudemir

    Faz sentido essa tese, mas aí, quem vai torcer o rabo são os fãs do Massa, q vão ter q admitir q o Alonso em teoria era 2 a 3 décimos mais rápido do q ele nessa pista.

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 9:56 am
  15. Alex.

    Se ambos tivessem o mesmo setup acho que virariam na mesma casa de décimos, da forma que você colocou o Alonso seria até 6 décimos mais rápido que o Massa.

    E acho que os fans do Massa e Vettel tem que se preocupar sim, porque sem artifícios como esses eles não vão conseguir bater o constante Alonso.

    Publicado por Claudemir Freire | 18/03/2010, 10:16 am
  16. Vamos ver em Melbourne como vai estar. Por enquanto é td uma teoria, mas q faz sentido sem dúvida. Nesse momento, apesar da fragilidade da Red Bull, parece q o cara a ser batido é o Vettel.

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 10:41 am
  17. Amigos,

    acredito que os carros da Red Bull, talvez exijam um pouco mais de “perfomance” dos motores Renault o que pode aumentar as quebras.
    Quanto a questão do escapamento ela está comentada aqui:

    http://www.formula1.com/news/technical/2010/824/726.html

    E no artigo cita que pode haver um problema de refrigeração se rodar algum tempo em baixa velocidade (atrás de um safety car por exemplo) o que não houve no Baherein.

    Sirlan, quanto a Ferrari creio que uma diminuição na entrada de ar do carro do Massa seria muito visível e traria um carro com carenagem bem diferente do carro do Alonso (ou não?) e ninguém apontou isso. Pelo que a Ferrari informou, houve anomalia nos dados dos 2 motores, por isso a troca.

    Becken, já que FIA não divulgou os pesos dos carros, como se sabe que a RBR estaria 10 quilos mais leve que a Ferrari? ou divulgou?

    Publicado por Felipinho | 18/03/2010, 10:51 am
  18. ops..

    Perdão.. chamei o Claudemir de Sirlan.
    Sorry Claudemir.

    Publicado por Felipinho | 18/03/2010, 10:53 am
  19. E no ano passado foi a mesma coisa as renaut quase nao tiveram problemas se nao tivem nenhum de confiabilidade do motor, acho que o maior problema deva ser o estilo de pilotagem do Vettel que deve exigir de mais do motor, pois se fosse so o carro o Weber tambem teria tido problemas.

    Publicado por Joao | 18/03/2010, 10:58 am
  20. Quais são os grandes segredos da queda de desempenho do carro do Vettel?
    O escapamento quebrou?
    Foi o motor que caiu de rendimento?
    Foi o alto consumo do motor considerado o mais econômico?
    Foi um simples mecânico que não apertou a vela direito?
    Foi uma desculpa do Vettel, para as ultrapassagens dos pilotos famosos?
    ?????????????????????????????

    Publicado por Luiz Sergio | 18/03/2010, 11:00 am
  21. Apesar da Ferrari ter feito a maior quilometragem de todas as equipes na pré-temporada, em nehuma das sessões a temperatura chegou perto de Sakhir. Então as avaliações do arrefecimento do motor foram perdidas.

    A teoria de que o Massa e seu Engenheiro alteraram essa configuração é interessante, mas entre o Q2 e o Q3 o Alonso alterou a sua configuração? Por que acho que ele foi mais rápido que o Massa cerca de 2 décimos.

    Para mim:

    1. Há um problema aerodinâmico no f-10 que afeta o arrefecimento;
    2. A ‘quebra’ da aleta no carro do Massa agravou o problema e ele teve de reduzir o ritmo.
    3. Quando Alonso passou o Vettel, ele pegou ar limpo, de frente e nao teve problemas.

    O f10 seria um carro para andar sempre na frente?

    Publicado por Will | 18/03/2010, 11:30 am
  22. Becken saindo um pouco do foco do post acho que vale a pena ler o que o Felipe MOtta escreveu no blog dele :

    http://blogs.jovempan.uol.com.br/f1/geral/infelizmente-brasileiro-nao-sabe-perder/

    Para mim , junto ao Ico e ao Livio , ele eh um dos melhores reporteres de campo que temos hj e concordo muito com a sua opiniao.

    Sou torcedor da Ferrari e nesse 2010 minha torcida vai para o Alonso e o Schumacher mas nao ficarei triste se o Massa ganhar corridas.

    Infelizmente a Rede Globo que detem o monopolio da F1 tenta criar uma situacao de nacionalismo doentio e que o mundo esta contra os Brasileiros , o que nao eh verdade, entendo que podemos e teremos a imprensa nacionalista ,mas tambem temos que ter bom senso ao torcer.

    O campeonato esta soh comecando e entendo que muito ainda vai acontecer pelos lados de Maranello e com as outras 3 “grandes” equipes.

    Em relacao aos 8 contenders as unicas certezas que tenho como torcedor sao :

    1 – Na RED Bull o Vettel vai por o Webber no bolso e quem sabe o Raikkonen volta e volta mordido para 2011.
    2 – O Hamilton vai bater o Button mas a briga sera mais apertada
    3 – Na Mercedes veremos o Schumacher acabar como Rosberg depois de umas 3 , 4 corridas.
    4 – Na Ferrari o Alonso vai bater o Massa mas o brasileiro ganhara definitivamente o respeito do Paddock e nao seguiremos com o sentimento de vira latas ou da teoria da conspiracion.

    Um abraco,
    Fernando

    Publicado por Fernando | 18/03/2010, 11:33 am
  23. Costanza Yada Yada (fernando-ric), li um livro chamado ‘A arte de correr na chuva’ e um dos conselhos do piloto, personagem do livro é ‘Jamais se deixe ultrapassar de graça’, mais ou menos um ‘Vettel, endureça o jogo aí cara…’, sempre acho sem graça quando esses pilotos novatos são elogiados por não combaterem em determinadas situações (‘meu carro era mais lento…’).

    Publicado por Will | 18/03/2010, 11:39 am
  24. Bom ponto Will. Todos se preocuparam muito com a questão dos pneus, nos testes em Barcelona com a pista em torno de 20/25º e não levaram em conta a questão do superaquecimento. Será q mesmo com temperatura baixa, não poderiam ter simulado voltas com as Ferraris coladas, pra se avaliar isso?

    Esse vai ser um dado q com certeza será avaliado nos testes pré-temporada 2011, já q está quase acertado o Bahrein como pista de testes. Além de testar a questão do difusor simples, se vai gerar turbulência para o carro q vier colado atrás. Só q a temporada 2010, q é a q interessa, está só começando, e os engºs tem q concentrar esforços para resolver esses problemas logo.

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 11:44 am
  25. “A teoria de que o Massa e seu Engenheiro alteraram essa configuração é interessante, mas entre o Q2 e o Q3 o Alonso alterou a sua configuração?”

    Will.

    Ou o Massa alterou a sua configuração para tentar andar na frente do Alonso, já que foi batido nos dois Q´s. Lembrando que entre a Q2 e a Q3 as equipes tem que mudar o Setup pra corrida, foi aí que acho que o Massa deu o pulo do gato na classificação achando os décimos necessários para andar a frente do Alonso. Mas foi aí que teve o problema.

    A ver nas próximas corridas, porque acho que a Ferrari é o carro mais resistente, e o carro pra ganhar o campeonato com facilidades. E pode andar colado.

    Publicado por Claudemir Freire | 18/03/2010, 11:56 am
  26. Tem razão Alex-Ctba estava escrevendo meio à pressa e hesitei mas como Adelaide tem nome de muler preferi…

    Abraço

    Obrigado pela correção

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 12:31 pm
  27. Will

    Costanza Yada Yada (fernando-ric)

    E fazer o mesmo que fez em Albrt-Park o ano passado com a Bmw do Kubica e os dois pro Maneta e repreensão para ele, sem pontos assim ao menos ficou com 12 que pode vir a dar jeito para o Sub-campeonato..

    Abraço

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 12:35 pm
  28. A Ferramenta de resposta podia dar jeito agora que a coisa acalmou..

    A Telemetria demonstra que a Ferrari era mais rápida com pneu duro

    FACTO

    Alonso poderia ultrapassar ou não

    Raciocínio Especulativo

    Problema de Vela
    Escape
    Consumo

    Quasi Adivinhação

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 12:55 pm
  29. SennaCeccotto, não precisaria chegar a tanto, rsrsrs!!!

    Mas eu acharia uma atitude muito mais F-1 star…é que hoje as entrevistas, as polêmicas e até o estilo de pilotagem que são beneficiados são aqueles light…politicamente corretos.

    Nunca mais teremos declarações como as de Piquet, tiradas como as de Mansell, respostas como as de Senna?

    Ou mesmo pilotos com equipamento inferior dificultando pra quem vem atrás? Se ultrapassar é tão difícil assim, dava pro Vettel tentar dificultar um pouquinho…eu acho!

    Publicado por Will | 18/03/2010, 1:17 pm
  30. http://vidadowill.blogspot.com/2010/03/isso-e-que-e-difusor.html

    Isso é que é difusor…McLaren 1990. Engraçado como o design é absurdo em comparação com os atuais.

    Publicado por Will | 18/03/2010, 1:24 pm
  31. Will

    Está instalado um pouco disso mas já viu até aqui no Blog..houve quem dissesse que não comentava um artigo porque achou o título sobre o Schumacher ofensivo, na altura não deveriam ouvir as declarações dos três que falou porque aí sim eles baixavam o pau mesmo e a coisa tinha certo glamour agora se alguém se mete com o adorado alemão é heresia se defende o Senna é não sei quê..viúva acho.. do Xuma-Brawn vai ser jubilada ou aposentada..mas isso não se pode dizer que aparecem logo os Oligarcas aqui do Blog..

    Abraço

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 2:00 pm
  32. Becken,

    olha essa notícia: “Jornal espanhol afirma que a FIA mandou que três equipes alterassem difusores”.

    as equipes seriam: Mclaren, Mercedes e Renault

    segue o link para a notícia:
    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Formula_1/0,,MUL1534914-15011,00.html

    se esta informação se confirmar podemos ter uma alteração na relação de forças neste inicio de campeonato, com force india e williams se aproximando destas supracitadas

    Publicado por Galkadesh | 18/03/2010, 2:04 pm
  33. A Telemetria demonstra que a Ferrari era mais rápida com pneu duro

    Nesse caso, Ceccoto, a telemetria é burra — para citar Nelson Rodrigues.

    O que o cronometro mostra é que Vettel e Alonso trocaram voltas rápidas, o que pode-se inferir que Vettel administrava sua corrida:

    VETTEL ……………….ALONSO
    19 2:01.738………………19 2:01.619
    20 2:01.506………………20 2:01.361
    21 2:01.192………………21 2:01.042
    22 2:00.999………………22 2:00.491
    23 2:01.152………………23 2:01.235
    24 2:00.569………………24 2:00.732
    25 2:00.832………………25 2:00.789
    26 2:00.724………………26 2:00.637
    27 2:01.124……………...27 2:00.579
    28 2:00.320………………28 2:00.506
    29 2:00.500………………29 1:59.583
    30 2:00.421………………30 2:00.019
    31 2:00.283………………31 2:00.451
    32 2:00.218………………32 2:01.206

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 2:15 pm
  34. O mais interessante é que eu calculei a média de tempos dessas voltas acima é ficou assim:

    VETTEL: 02:00,8
    ALONSO: 02:00,7

    Quer dizer, UM décimo a favor de Alonso ante do escapamento afetar a corrida do Sebastian.

    Eu não sei AONDE o Alonso ultrapassaria o Vettel sendo apenas um décimo mais rápido.

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 2:33 pm
  35. Williams quer Volkswagen.

    http://esportes.terra.com.br/automobilismo/formula1/2010/noticias/0,,OI4326887-EI14633,00-Para+voltar+ao+topo+Williams+sonha+em+parceria+com+Volkswagen.html

    Só quer, mas querer não é poder, mas não é que seria bom demais.

    Publicado por Claudemir Freire | 18/03/2010, 2:41 pm
  36. Muito bem vamos a isso, Lima.

    Tudo tem que ser interpretado cum granu salis..

    Em 13 voltas Alonso fez menor tempo em 8. Vettel em 5.
    19-20 —119 Alonso
    20-21—145
    21-22—150
    22-23—508
    A vantagem diminuiu em quanto? 0,922 s

    E a Telemetria é burra (cont)

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 2:55 pm
  37. Becken
    eu fiz uma pesquisinha rapida e basica pra ver se o Vettel e mesmo destruidor de carros como andam insinuando
    resultado da pesquisa foi que: desde o GP da Hungria de 2007 ele teve 2 motores estourados em seus carros
    Malasia 2008 na 38ª volta
    Bahrain 2008 na volta de apresentação ou antes de completar a primeira volta
    portanto nos temos um histórico muito bom do imberbe alemãozinho no que tange conservar motores antes de começar seu martírio na Red Bull…
    tirando as corridas em que se acidentou, que poderiam se transformar em mais nuvem de fumaça na pista, nós temos um piloto que é tão conservador de equipamento quanto qualquer outro no grid

    Publicado por Edson Framil | 18/03/2010, 3:02 pm
  38. “Sirlan, quanto a Ferrari creio que uma diminuição na entrada de ar do carro do Massa seria muito visível e traria um carro com carenagem bem diferente do carro do Alonso (ou não?) e ninguém apontou isso. Pelo que a Ferrari informou, houve anomalia nos dados dos 2 motores, por isso a troca.”

    Filipinho, não necessáriamente.

    Não precisa-se trocar o sidepod para mudar aerodinamicamente as entradas dos radiadores.

    Publicado por Claudemir Freire | 18/03/2010, 3:03 pm
  39. 23-24 +083 Vettel
    24-25 +163

    Vettel recupera 0,246s

    25-26 -043 Alonso
    26-27 -087
    27-28 -455

    Alonso encurta 0, 585 s

    Até aqui Alonso se chegou no Vettel 1,261

    Não sei as contas que fez mas essa média da telemetria….

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 3:04 pm
  40. Impressionou-me a forma com a qual a Red Bull geriu od esgaste de pneus. Achei que a Ferrari iria jantar a concorrência em ritmo de GP. Mas parece que Button falou que todos os dois compostos estavam se deteriorando pouco. Aí já não sei se a Red Bull comeu pouco pneus ou se isso foi uma constante em todos os modelos. Caso a Bridgestone altere os compsotos mais macios, aí sim veremos quem está mais apto às corridas.

    Publicado por Ylan Marcel | 18/03/2010, 3:06 pm
  41. 28-29 +186 Vettel
    29-30 -917 Alonso
    30-31 -402 Alonso

    Até aqui Alonso recupera 1,133 s

    Soma e tirar anterior + 922s

    – 246
    – 186

    Total 1,623

    Até Vettel forçar de verdade

    Já vi o problema com a sua média a volta 29 que o Vettel toma quase 1,00s (917) nenhuma está a negrito….

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 3:16 pm
  42. 30-31 + 168 Vettel
    31-32 + 988 Vettel

    1,156 Vettel

    Até que o RedBull-Renault RBR6 não aguentou o ritmo e quebrou.

    A Telemetria não é Burra não, essa média é que deve ter sido feita com programa de universidade americana..tipo USF1 mas Designer fazendo contas…

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 3:27 pm
  43. Sacaneou…rsrsrs

    Publicado por Will | 18/03/2010, 3:46 pm
  44. O que penso é que se o Alonso tentasse ‘colar’ no Vettel o motor dele iria abrir o bico igualzinho ao do Massa.

    Afinal, ninguém lembra que a Ferrari trocou os 2 motores por problemas no arrefecimento?

    Publicado por Will | 18/03/2010, 3:49 pm
  45. A Telemetria não é Burra não, essa média é que deve ter sido feita com programa de universidade americana..tipo USF1 mas Designer fazendo contas…

    Eu usei o Excel ;)

    Na verdade, Cecotto, eu estou apenas estimulando a discussão, não precisa ficar nervosinho … rsrsr

    O Alonso venceu a corrida — ponto final — mas é admirável o seu esfoço em tentar me convencer, e a outros, que o Alonso ultrapassaria o Sebastian em uma pista em que era quase impossível ultrapassar um adversáario, mesmo que huvesse um gap de performance de 1 SEGUNDO entre um carro e outro — algo pudemos verificar em outras disputas ao longo da corrida.

    Era tão difícil que o Christian Horner acalmou o Sebastian pelo rádio, dizendo que se chegasse, o Alonso teria problemas com o desgaste de pneus.

    O ponto aqui é: a Ferrari tem um carro superior em termos de gerenciamneto de pneus, mas que não é ainda o mais rápido de tanque vazio e pneus primes, como isso ficou provado na classificação: O RB6 é o carro nessas condições.

    Qual dos carros é melhor? Difícil dizer, mas eu arrisco dizer que a Ferrari evoluirá melhor o F10, mas no momento a configuração das regras da F1 beneficia o carro que mais rápído de tanque vazio, na classificação e esse carro é o RB6 — pelo menos foi assim no Bahrein.

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 3:59 pm
  46. Olá Sr. Aquecimento de Motor, seja bem vindo à galeria de estorvos para ultrapassagens.

    Publicado por Iomau | 18/03/2010, 4:07 pm
  47. “mas no momento a configuração das regras da F1 beneficia o carro que mais rápído de tanque vazio, o RB6″

    Isso é td q um ‘flying lap man’ feito o Vettel precisa pra se posicionar bem nesse início de campeonato. O cara vai lá, faz a pole, a Renault coloca menos combustível pra largada do q os outros no tanque e o Vettel dispara. Está se desenhando esse cenário por enquanto.

    A conferir em Melbourne…

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 4:23 pm
  48. will você está certo nisso, não é especulação. Se o alonso colasse o carro dele no vettel o motor de seu f 10 iria pro espaço. Vimos isso na corrida. O asturiano procurava outro traçado quando estava se aproximando do vettel. Num dado momento ficou super próximo da redbull, mas teve que se afastar (não foi erro, estava procurando refrigerar melhor o carro naquele momento) e massa se aproximou dele. Podem ver isso vendo a gravação da corrida e narração do galvão.

    A tática, o planejamento que havia até então era alonso só para o ataque nas ultimas dez voltas.

    Fato: redbull com pneus macios é mais veloz.
    Fato: ferrari é melhor com tanque cheio esvaziando-se até a metade e pneus duros

    Especulação, para tipo quase certeza: não foi vela coisa nenhuma. A suposição de escapamento foi devido realmente ter provocado um barulho diferente.
    Como já foi dito no fim da corrida vettel conseguiu manter-se no mesmo ritmo de rosberg
    (por volta de 2:02) e com isso evitou ser ultrapassado pelo mesmo.

    Para poder ser mais forte que ferrari, a redbull se aproveitou no inicio da corrida de aproveitar melhor rendimento com pneus macios e um gerenciamento do motor explorado ao máximo, tanto que tinha cerca de 0,3 a 0,4 seg. por volta melhor que as ferrari.
    No entanto com isso o consumo foi lá em cima, fazendo com que o box solicitasse ao vettel que diminuisse o ritmo de corrida.
    Como sabemos que é verdade? o vettel parou logo apos linha chegada seu carro, porque nao teria mais combustivel no tanque.

    Publicado por wilson | 18/03/2010, 4:39 pm
  49. Especulação, para tipo quase certeza: não foi vela coisa nenhuma. A suposição de escapamento foi devido realmente ter provocado um barulho diferente.

    Vc está sugerindo que a Red Bull INVENTOU a história da vela do motor para disfarçar um problema de consumo?

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 4:48 pm
  50. Wilson, e como a Red Bull fez pra “inventar” o barulho do motor Renault q todos ouviam qdo o carro passava na reta dos boxes ?

    E pq o Vettel deixou o Hamilton passar tb no final, já q ele estava bem distante?

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 4:56 pm
  51. eu nao estou sugerindo, estou afirmando.
    Post original sobre o assunto:

    En la Fórmula 1 hay un lema claro: nunca muestres tus carencias ni delates tus errores. Eso es lo que hizo el domingo Red Bull, que tapó un fallo estratégico con los problemas en una bujía. El motor bajó algo su rendimiento y sonaba a cascajo, pero no perdió tanto por ese motivo como lo que vimos en carrera. Sebastian Vettel tuvo que ralentizar su ritmo porque desde boxes vieron que no tenía gasolina suficiente para terminar la carrera. En el inicio del gran premio el alemán exprimió su motor con el mapeado de máximo rendimiento y esto disparó sus consumos.

    Los Ferrari, sin embargo, fueron mucho más conservadores al comienzo de la carrera. Con los 160 kilos de peso de inicio, el gasto de los monoplazas se dispara y en la escudería italiana sí acertaron con sus cálculos. Esta temporada los pilotos tienen que ir con más precaución al principio para poder terminar un gran premio, la carga con la que salen a competir está medida al límite para ahorrar peso.

    Fernando Alonso fue el que menos gastó, pero tuvo que levantar el pie en las últimas cinco vueltas. Y, en el caso de su compañero brasileño, fue antes. Además, a Felipe Massa se le soltó también una pieza del deflector de la parte delantera del monoplaza. Sebastian no pudo aguantar la acometida de Lewis Hamilton, pero sí mantuvo la posición frente a Nico Rosberg con tiempos regulares en 2:02. Y, nada más pasar la meta, el monoplaza se le paró. Señal inequívoca de que se había quedado sin combustible.

    La otra duda del gran premio es saber si Alonso habría podido pasar a su rival alemán de no sufrir esos problemas. En la escudería italiana están convencidos de que sí. En su atacón de diez vueltas en la última parte del gran premio, el ovetense marcó la vuelta rápida en carrera, 1:58.287; la segunda, 1:58.879; la cuarta, 1:59.405; la quinta, 1:59.406; la sexta, 1:59.448; la octava, 1:59.528, y también la décima. Sencillamente, un ritmo demoledor. ¿De qué hubiera sido capaz Vettel? Antes de tener problemas era entre dos y tres décimas más lento con los neumáticos duros. Ésa es una incógnita que pronto podremos ver resuelta en Melbourne, dentro de dos semanas.

    Resumindo, usaram como despiste a tal vela, porque não se pode dar a entender aos concorrentes que voce tem problemas.

    Estratégia deles é aproveitar que motor renault é mais economico.
    Aproveitar que são melhores vazios e com pneus macios, mas tiveram que usar um mapeamento ao maximo e com isso consumo foi excessivo.

    Outro fato: vão fazer um carro mais leve para melborne, não sei se para ambos os pilotos ou se para webber, isso mostra que querem aproveitar melhor acerto e estratégia no momento.

    Publicado por wilson | 18/03/2010, 5:01 pm
  52. No tocante ao chassi b do ferrari f10, vejo o seguinte:
    pelo acompanhamento que temos tido, a ferrari conseguiu que a solução para aquilo que chamam de difusor, está funcionando. Mas no entanto eles consideram como não sendo aquilo que gostariam de ter instalado. Foi feito a abertura lá atras, funciona, mas não está no nível que gostariam. Para instalar o DIFUSOR que deveria estar lá, eles tem que mexer um monte coisas e esse difusor aliado a outras soluções poder resfriar melhor o motor e evidentemente dar alguma perfomance extra.

    Então, a dúvida é a seguinte: se a ferrari com seu modelo f10 que até o momento está funcionando bem, se não perfeito, mas bem, os resultados estão aí para comprovar, ainda não tem o difusor que queriam, apesar de vermos algo lá se fazendo passar por difusor, e que precisam reprojetar um chassi novo com o que eles imaginam ser o ideal, o que dizer da Mclaren que a própria FIA já deu indicios que está aparentemente fora das especificações e que vão ter que remoder o seu difusor? Vai ser fácil assim do dia pra noite num estalar de dedos? ou vão assim como a própria ferrari, ter que acabar desenvolvendo seu bólido mais ainda?? hein?

    Confesso que essa é situação interessante.

    Publicado por wilson | 18/03/2010, 5:03 pm
  53. quanto a melhor refrigeraçao, para etapa da australia ferrari tera em seus carros uma nova tampa do motor com recortes maiores (ranhuras) para auxiliar nesse processo.

    Preocupação maior é para malásia que estima-se temperatura de mais de 40º.

    Publicado por wilson | 18/03/2010, 5:03 pm
  54. deu no tazio:

    No GP do Bahrein, a McLaren foi informada pela FIA de que não poderá mais usar a peça em seu MP4-25 a partir de Melbourne; agora, é a vez de Renault e Mercedes serem obrigadas a reformar seus difusores.

    O motivo para as três equipes mudarem o acessório é o mesmo: elas exploraram o buraco no difusor usado para a introdução do aparelho externo de ignição do motor. Maior que o necessário, o furo traria vantagem aerodinâmica aos times.

    Publicado por wilson | 18/03/2010, 5:04 pm
  55. Apesar da dobradinha conquistada na primeira corrida do ano, disputada no Bahrein, com a vitória de Fernando Alonso e o segundo lugar de Felipe Massa, a Ferrari espera melhorar seu carro para as próximas etapas. Stefano Domenicali, chefe da equipe italiana, acredita que a equipe tem alguns problemas para serem resolvidos.

    Falando ao site oficial da Ferrari sobre qual seria a nota da equipe na etapa de abertura da temporada, Domenicali afirmou que o time italiano foi bem, mas deve buscar melhorias em alguns pontos. “Se não dermos uma boa nota para um resultado como o primeiro e segundo lugares, então não sei o que dizer. Mas considerando que tivemos alguns problemas que precisamos resolver, posso nos dar nota oito”, comentou.

    Publicado por wilson | 18/03/2010, 5:08 pm
  56. De acordo com Sam Michael, diretor-técnico da Williams, o motor da Ferrari é o menos eficiente em termos de consumo de combustível do grid. Ainda segundo Michael, o equipamento da equipe italiana iniciou o GP do Bahrein, disputado no último domingo, com 10 kg a mais de peso em relação aos rivais da Red Bull.

    Como em 2010 existe a proibição do reabastecimento, o aspecto mais importante do rendimento de um motor está no consumo nesta temporada. Inicialmente entendia-se que a Ferrari possuía um dos motores mais econômicos, junto com a Renault, que equipa também os carros de Sebastian Vettel e Mark Webber.

    Entretanto, Michael afirmou à emissora BBC que acredita que a escuderia vermelha tenha o pior desempenho com relação ao consumo, atrás da marca francesa, da Mercedes e da Cosworth.

    Publicado por wilson | 18/03/2010, 5:08 pm
  57. Descobriu a América o Sam Michael…

    Desde os antigos V12, passando pelos V10 e agora nos atuais V8, todo mundo sabe q o gargalo desse motor sempre foi o consumo. Nunca foi um problema grande devido as estratégias q permitiram desde 94 até o ano passado o reabastecimento.

    Publicado por Alex-Ctba | 18/03/2010, 5:14 pm
  58. Interesante matéria em Espanhol, mas eu não consigo acreditar que a Red Bull jogaria a culpa de sua própria falha estratégica na sua parceira, a Renault.

    Seria um tiro no pé e, se verdade, a Renault reagiria rapidamente contestando publicamene a versão da equipe de Vettel.

    Para mim, improvável, sorry!

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 5:15 pm
  59. Agora sim um jogo de F1 de verdade.

    http://jogos.uol.com.br/xbox360/galerias/f12010.jhtm?abrefoto=5#fotoNav=7

    http://j.i.uol.com.br/galerias/xbox360/f1201006.jpg

    Me animei pra comprar um console XBOX.

    Publicado por Claudemir Freire | 18/03/2010, 5:41 pm
  60. Nervosinho eu? Lima

    Não fui eu que me enganei na volta ,” Já vi o problema com a sua média a volta 29 que o Vettel toma quase 1,00s (917) nenhuma está a negrito….”

    Foi aí que vc saiu na curva ou entrou na caixa de brita feito o Luisinho..

    Acha que o Vettel ou melhor o RBR6 aguentava esse ritmo ou quebrava como carro frágil que parece ser ou então tinha de baixar o consumo…

    Publicado por SennaCeccotto | 18/03/2010, 5:57 pm
  61. Claudemir – O Keith Collantine “jogou o jogo” de 2010 e pelo registro em vídeo, eu acho que esse é o jogo definitivo de F1.

    o link:

    http://www.f1fanatic.co.uk/2010/03/17/f1-2010-first-play/

    O nível de realidade e a simulação de regras é impressionante.

    Abs

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 6:16 pm
  62. Curioso: via Twitter, a Renault anda analisando seus tempso de volta:

    “Vettel fastest lap, 32: 2:00.218. Tyres 15 laps old. Kubica fastest lap, 33: 2:00.474. Tyres 21 laps old. Promising, n’est-ce pas?”
    http://twitter.com/rf1paddockpass/statuses/10689983519

    Publicado por Becken Lima | 18/03/2010, 6:26 pm
  63. simples becken, unico senão é que teremos que aguardar um pouco mais para termos certeza absoluta.

    Seguinte: se a redbull (vettel) na proxima corrida na australia, se foi um problema de vela ou escapamento o problema real no barein, então a redbull vai fazer a pole, melhor volta e ganhar de ponta a ponta. (se não quebrar de novo por qualquer coisa)

    Se for aquilo que disse, repetindo o que saiu em alguns periódicos, então o panorama da corrida será o seguinte:

    Vettel faz a pole e vai pra frente, mas não vai ficar tão a frente e até teremos alguma disputa do meio da corrida pra frente. Porque não irão querer arriscar tudo como na primeira prova, lá no barein e ficar com risco de não terminar a prova por falta de combustível.

    E teremos algumas coisas interessantes para a australia.
    Vejo vettel largando na pole (só não conseguindo isso se der algum problema fora do comum), vejo massa saindo em segundo (até porque não tem bom restrospecto na australia e quer mostrar serviço a ferrari e deixar o alonso ciente que ele está no pareo)
    Acredito que webber saia em quarto, quinto lugar, melhorando em relação ao barein.

    Alonso se as coisas sairem conforme planejamento sai entre terceiro e quarto.

    Com a Fia proibindo o difusor de mclaren, renault e mercedez é possível até que sejam ultrapssadas em classificação por williams e force india.

    Publicado por wilson | 19/03/2010, 1:28 am
  64. A Bridgestone vai mesmo sair da F-1 no fim do ano.

    A palavra, mais uma vez, é da própria Bridgestone, que nos últimos dias ouviu uma série de boatos sobre sua permanência na F-1.

    “A decisão de sair foi tomada e nada mudou”, reforçou Hiroshi Yasukawa, diretor de esportes a motor da fábrica japonesa.
    Até agora, nenhuma outra fabricante de pneu demonstrou interesse no negócio. Taí um enorme abacaxi para Todt descascar.

    Publicado por wilson | 19/03/2010, 1:37 am
  65. Buraco Ilegal!

    O artigo 3.12.7 do Regulamento Técnico da F-1 estabelece que os difusores podem ter um buraco para a passagem do eixo do motor de ignição. Não especifica dimensões, fala apenas em “acesso mínimo” do equipamento.

    Pois bem, reside aí a nova polêmica. Algumas equipes teriam abusado no formato deste buraco, tornando-o aerodinamicamente mais eficiente. Whiting percebeu isso no Bahrein e pediu mudanças para Melbourne.

    A FIA não divulgou nomes, mas a boataria fala em Renault, Mercedes e McLaren. Newey revelou que outros dois times receberam o puxão de orelha. “Não vou dizer quais são, mas a Ferrari não está entre eles”, comentou.

    Publicado por wilson | 19/03/2010, 1:39 am
  66. Quem vai fazer a pole na Austrália é o Hamilton…lá não tem ‘miolinho lento’ pra segurar o MP4-25!

    Publicado por Will | 19/03/2010, 7:42 am
  67. é mais nao vai poder usar o difusorzinhu!!

    Publicado por wilson | 19/03/2010, 4:52 pm
  68. “Há um problema aerodinâmico no f-10 que afeta o arrefecimento”

    Eu não duvido disto…

    Nem duvido do Burti quando disse que o motor Renult passava fzendo barulhos estranhos.

    E na verdade, o Becken já disse, o 4 décimos e mais os décimos que o Vettel trás, fez a diferença.

    Publicado por Alexandre Gomes | 21/03/2010, 12:01 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 37 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: