//
você está lendo...
ARTIGOS, NOTÍCIAS, O BLOG

ASSISTINDO A FORMULA 1 NA INTERNET

(ATUALIZAÇÃO: Para obter mais links e dicas de onde e como acompanhar a Formula 1, CLICK AQUI.)

Hoje, pela manhã, vi a segunda sessão dos treinos livres pelo live feed da iTV inglesa via internet.

Não há narração, locutor, nem comentarista. Apenas o som dos motores, dos mecânicos nos boxes, dos pilotos conversando com os mecânicos, das comunicações via rádio entre os pilotos e os seus engenheiros de corrida e também dos alto falantes do próprio circuito ecoando pela pista em inglês. Em outra tela do meu desktop eu tenho o live timing com o tempos de cada piloto in loco, com os tempos e parciais de cada piloto in loco e simultâneo, disponibilizado pelo site Formula1.com.

Que me desculpem vocês que adoram o Galvão Bueno e acham que ele trás emoção a uma transmissão de Formula 1.

Com essa experiência que eu estou tendo nesse momento eu definitivamente cheguei à conclusão de que Galvão Bueno não faz nada a não ser atrapalhar uma transmissão de Formula 1.

Não há nada mais emocionante do que ouvir os motores e eu mesmo inferir o que está acontecendo, sem ter o blá, blá, blá do Galvão atrapalhando o meu raciocínio.

Em Sepang, por exemplo, eu tinha certeza de que o Lewis havia batido na traseira de Alonso, e não do Nelsinho, como ele teimou em dizer até o fechamento da transmissão.

Na primeira parada do Lewis em Mônaco eu sabia, porque era algo óbvio, que o Lewis havia posto combustível ate a tampa e assim teria grandes chances de vencer a corrida. O Galvão só foi descobrir isso quando o Lewis já tinha garantido a vitória.

Galvão atrapalha as valiosas e escassas análises de Luciano Burti. O ex piloto de testes da Ferrari é um privilégio que deveria ser mais explorados em prol dos telespectadores. Galvão é por vezes grosseiro com Reginaldo Leme, um dos melhores e mais ponderados comentaristas de automobilismo no Brasil.

A Pergunta é: para quê eu, e mais milhões de telespectadores, precisam de um sujeito gritando histericamente, insuflando um patriotismo roto e pueril todo o tempo quando o que eu desejo, e o que o público precisa, na verdade é entender melhor a corrida?

Em incursão pelos melhores blogs de Formula 1 do Brasil não foi surpresa perceber que os leitores que também são telespectadores, mas que também é massa crítica, condenaram e ridicularizaram a última e constrangedora atuação de Galvão Bueno no GP da França, em que ele mais uma vez alimentou de maneira incompreensível o ódio ao piloto inglês Lewis Hamilton.

Até quando a GLOBO permitirá que uma corrida de Formula 1 seja uma palhaçada como têm sido ás últimas, para mim é um mistério.

Caso você, leitor costumeiro ou mesmo você que esbarrou nesse texto por acaso, esteja lendo, eu suponho que tenha Internet em banda larga em casa. Se a tem, faça o que eu fiz hoje e livre-se definitivamente de Galvão Bueno. O kit anti-Galvão, com os links, está abaixo. Experimente!

A Formula 1 sem Galvão Bueno jamais será a mesma para você novamente e eu lhe garanto que seré bem melhor.

SERVIÇO

O sinal ao vivo:

http://www.vshare.tv/live/209730/zabava1

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Parciais com os tempos dos pilotos (é necesserário registro):

www.formula1.com/services/live_timing/

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Comentários ao vivo, do site da AUTSPORT:

http://live.autosport.com/

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Rádio com transmissão ao vivo:

http://cbn.globoradio.globo.com/cbn/home/index.asp

Discussão

2 comentários sobre “ASSISTINDO A FORMULA 1 NA INTERNET

  1. Nuussaa!! Já nem lembro o tempo em que eu ficava bastante chateado (vejam só!)e achava as corridas de F1 sem graça quando não era a narração do Gavião Bueno.
    Mas com tempo, fui “ouvindo melhor” as coisas.
    Realmente, o patriotismo exarcebado do Galvão chega a ser algo irritante. Dizer que a Ferrari fica mais alegre quando é o Felipe Massa que ganha, é um comentario triste.
    Falar que o Ross Brawn só foi pra Honda porque o Rubinho era piloto da equipe, eu quase passei mal de tanto rir.
    Em 2007 era claro e evidente ver a enorme inveja e desdem que o Galvão tinha com o lewis Hamilton. Afinal, ver um piloto em sua estreia na F1, vencer corridas e quase ser campeão do mundo, era doloroso demais para seu ufanismo. Pro Galvão quem merecia tudo aquilo era o Massa que estava na F1 bem mais tempo que o novato ingles.
    Hoje ainda assisto as corridas pela Globo, aprecio os comentarios do Reginaldo Leme e do Burti. Infelizmente a narração do Galvão é algo que preciso tolerar (quando dá, aperto a tecla MUTE do controle remoto).
    Que bom que vem ae as Olimpiadas e por um breve tempo, a F1 na Globo, sem o Galvião Bueno. Uahaaaaaaaa.

    Abs.

    Publicado por Aderson Pereira | 05/07/2008, 4:05 pm
  2. O Galvão o rubinho precisa de uma chance de uma equipe que de a ele portunidades você não acha !

    Publicado por wagner | 31/07/2011, 10:33 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: