//
arquivos

Arquivo para

FERRARI REVELA UMA NOVA ESTRELA

NOTíCIA →

(Foto: Ferrari)cicatelli_bortolotti_piscopo_ferrari_fiorano_2009testing-470x313(SALVATORE CICATELLI, MIRKO BORTOLOTTI e EDOARDO PISCOPO posam com o F2008)

Há algumas semanas atrás aqui no F1around eu abordava o teste que a Ferrari oferecia aos três jovem pilotos da Formula 3 italiana. O mote principal do post era que a Ferrari procurava por um novo Hamilton nas fileiras do automobilismo de base italiano.

Talvez a equipe italiana tem encontrado em Mirko Bortolotti o jovem a quem tanto procura.

Continuar lendo

AJUDE SANTA CATARINA

NOTíCIA →

(Foto: Luciana Zenatti/SECOM no G1 do globo.com)santa-catarina

No site do Estado de São Paulo há uma página muito útil a quem deseja ajudar os desabrigados e vítimas em geral da tragédia que se abate nesse momento sobre Santa Catarina. É preciso doar sangue, água potável, roupas, alimentos, brinquedos e dinheiro.

Aqui abaixo (clique em “read the rest of this entry”) eu reproduzo o conteúdo que está na página do jornal:

Continuar lendo

MEDALHAS: ESCLARECENDO UM DETALHE

NOTíCIA →

Lendo mais um post do Capelli eu acabei percebendo que a analogia com as medalhas que o Bernie está usando para explicar o seu modelo que premia vitórias ao invés de pontos, está sendo entendido literalmente.

Bernie não fez até agora nenhuma referência de que os pilotos deixariam de receber os seus troféus, o que me faz acreditar que nada mudaria nas cerimônias de premiação. O sistema de medalhas seria uma analogia usada apenas na tabela de pontuação do campeonato, nada mais.

É interessante que ao mesmo tempo que as pessoas entendam o que Bernie quer dizer, valorizar mais as vitórias que os pontos, a analogia está ajudando na impopularidade da idéia.

Troféus são parte da tradição profunda da Formula 1 e também de qualquer prova de automobilismo. Portanto uma tradição, acredito, imutável (O que, convenhamos, não impediu a FIA de permitir que fossem entregues os troféus mais feios e horrendamente promocionais da história).

Mais um post chato sobre o KERS…

Ei, espere! O que esta criatura faz aqui ilustrando um post sobre o infame sistema de recuperação de energia, o KERS?miranda kerr

(Miranda Kerr – modelo australiana)

Escrever posts abordando o desenvolvimento técnico da Formula 1 são divertidos na medida em que você pesquisa e lê quilômetros de textos e dali extrai matéria para ilustrar o que se escreve. Na maioria das vezes também é um grande aprendizado ter acesso a campos do conhecimento desconhecidos até ali.

Mas pesquisar sobre o KERS tem sido, na grande maioria das vezes, frustrante. Cada equipe tem a sua própria agenda de desenvolvimento, o que seria normal, mas a liberdade que a FIA lhes deu para cada uma explorar um caminho, tem gerado uma grande quantidade de informação difícil de destrinchar.

A BMW parece muito adiantada em sua agenda de desenvolvimento; a Toyota possivelmente não usará o sistema nas primeiras corridas de 2009; a Ferrari parece cada dia mais empacada com o seu sistema a ponto de fingir que o usava nos últimos testes; A McLaren pôs o seu em pista nos últimos testes em Barcelona e pretende levar a fundo o desenvolvimento de seu sistema. A Renault parece tão atrasada quanto a Ferrari.

O que deve o blogueiro fazer então diante de tantas informações? Eu resolvi ao menos oferecer um pouco de diversão aos meus cinco leitores regulares.

Na minha última pesquisa sobre o tema eu descobri uma australiana que não deve saber nada sobre a Formula 1, KERS ou mesmo sobre o seu compatriota, Mark Webber. O nome da criatura: Miranda KERR. Passei horas pesquisando sobre o tema KERR ao invés de KERS. Foi muito mais interessante, admito.

Mais detalhes sobre a KERR, clique nas fotos abaixo.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Clique nas imagens para aumentá-las

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….……………………………

A FERRARI E O ACORDO ANTI-TABAGISTA

NOTíCIA →

Foto: Cahier Archive

ferrari-de-marlboro3

(GP do BAHREIN in 2007: a Ferrari, sempre ela, fura mais um acordo e se veste de Marlboro)

O Blog do Capelli tem hoje um post interessante relatando que é a primeira vez em 25 anos que uma equipe é campeã sem o patrocínio de uma companhia de cigarros. Apenas a Ferrari ainda permanece sendo patrocinada, subliminarmente, pela Philip Morris, proprietária da marca Marlboro.

Há uma história interessante por trás da associação entre Ferrari e Marlboro.

Em 11 de setembro de 2001 (sim, naquele terrível dia) a British American Tobacco e a Philip Morris assinaram um acordo chamado ITPMS, ou em minha pobre tradução, Padronização das Ações Internacionais de Marketing dos Produtos derivados do Tabaco. Esse acordo estabelecia que a propaganda de cigarros deveria ser banida da Formula 1 no fim de 2006.

Continuar lendo

SOBRE A APOSENTADORIA DE BARRICHELLO

Foto: hondaracingf1.comrubens

(MURAL com incentivos de fãs japoneses de Rubens Barrichello))

Em sua coluna para a iTV hoje, o ex-comentarista de Formula 1 do canal inglês, James Allen, faz uma interessante revelação a respeito da entrevista de Rubens Barrichello para o fantástico domingo.

Em trecho de sua coluna, James afirma:

“Rubens sugeriu na época que havia uma história a se contar, mas não tocou mais no assunto depois porque ele sabia que [Ross] Brawn estava indo para a Honda e não desejava arruinar suas chances na equipe.

Talvez Rubens sinta agora que [Ross] Brawn, como chefe da equipe, esteja o preterindo em nome de um piloto mais jovem, por isso o brasileiro não precise mais permanecer leal ao dirigente da Honda.”

James escreveu uma interessante biografia de Michael Schumacher em 2007 e pesquisou extensivamente sobre a corrida na Áustria em 2002, na qual Barrichello deu passagem para Schumacher vencer a corrida a poucos metros do final e que foi o principal tema da entrevista no último domingo na Globo.

Não há ainda nenhum sinal concreto de que Barrichello irá aposentar-se esse ano, apenas especulações, mas não há como negar que há certa lógica no raciocínio do jornalista inglês.

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….……………………………

MEDALHAS NA FORMULA 1

ARTIGO →

(Foto: Cahier Archive)

bernie-e-lewis1

(LEWIS E BERNIE: sistema de medalhas premiaria a agressividade natural de Hamilton)

Eu não ia tocar no tema porque sempre me pareceu uma idéia absurda. Mas depois da declaração hoje de Bernie Ecclestone de que a idéia das medalhas, ou vitórias, como principal sistema de pontuação na Formula 1 será votada na próxima reunião da FIA e possivelmente adotada, eu não tive como evitar o tema.

O raciocínio básico de Bernie é que ao promover vitórias como principal fator determinante na decisão de quem será o campeão, o novo sistema traria mais excitamento e emoção ao campeonato. Instigaria os pilotos a lutarem pelas vitórias arriscando-se mais nas ultrapassagens. Para Bernie, o atual sistema gera uma certa acomodação nos pilotos que tiram proveito da pequena diferença de pontos que o atual sistema distribui ao fim de cada prova.

Continuar lendo

Tamara, a filha de Bernie

tamara(TAMARA ECCLESTONE, filha do homem que defende medalhas como sistema de pontuação para a Formula 1)

A DISPUTA ENTRE BRASILEIROS POR UM CARRO DA HONDA FICOU TEDIOSA

Há disputa de três brasileiros por um carro da Honda no ano que vem está revelando aquela velha tensão na imprensa e na torcida brasileira de F1. As fofocas através da imprensa qual estávamos tão acostumados nos anos em que éramos uma potência de verdade na Formula 1, quando tínhamos 6 títulos no grid, voltaram com força. O episódio cresce e me aborrece a cada dia.

No meio da semana passada eu achava que seria interessante cobrir os treinos da Honda e tentar entender qual piloto teve bom aproveitamento e no final qual seria a escolha mais lógica da equipe. Mas depois de ler e ouvir um bom número de entrevistas no Brasil, de ler artigos e comentários irados em BLOGs e fóruns a respeito da disputa entre Rubens Barrichello, Lucas di Grassi e Bruno Senna, eu resolvi que seria melhor ficar bem longe do que parece ser mais uma daquelas belas disputas entre torcida organizadas com o tácito apoio de alguns veículos da imprensa.

O que se lê e se ouve é que: “Bruno Senna tem sobrenome, por isso tem mais chances que Lucas di Grassi.” “Rubens Barrichello é um fracassado e deveria finalmente abandonar a Formula 1.” Nelson Piquet Jr é mimado e arrogante…” e por aí vai.

Aqui abaixo, eu reuni uma boa série de entrevistas em áudio e vídeo, além de artigos que podem “iluminar” a opinião de quem estiver lendo este post. Aproveite e no final tire a sua própria conclusão a respeito da disputa pelo carro da Honda no ano que vem.

LINKS:

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

ENTREVISTA DE RUBENS BARRICHELLO NO BLOG GUARD RAIL

ENTREVISTA DE LUCAS DI GRASSI NA JOVEM PAN

ENTREVISTADE BRUNO SENNA NA JOVEM PAN

COMENTÁRIOS DOS LEITORES DE FLAVIO GOMES

MATÉRIA DE BRUNO VICÁRIA NO GRANDE PRÊMIO

NELSON PIQUET Jr ESPINAFRANDO LUCAS DI GRASSI

REAÇÃO DE LUCAS À OPINIÃO DE PIQUET Jr NO GRANDE PRÊMIO

TEXTO SOBRE PIQUET NO ÓTIMO SITE ESPORTE FINO

LIVIO ORICCHIO ANALISA A DISPUTA

LIVIO ORICCHIO FALA SOBRE BARRICHELLO

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..


A SORTE DE MARK WEBBER E A FALTA QUE ELE FARÁ A RED BULL

(WEBBER é socorrido – Foto: Getty Image)83319149CR033_MARK_WEBBER_C

O recente acidente de Mark Webber na Austrália, que já foi largamente reportado nesses últimos dois dias, deixam alguns pontos interessantes a se fazer considerações.

O primeiro é que seria boa hora para as equipes questionarem a participação de seus pilotos em esportes de alto risco. Ayrton Senna, Juan Pablo Montoya, Nick Heidfeld, David Coulthard e alguns outros, já se feriram ou correram sérios riscos ao competirem em esportes radicais. Pilotos ganham milhões de dólares e a natureza da Formula 1 exige que estejam sempre em 100% de sua forma.

A hora para o acidente de Webber também não seria pior para a sua equipe, a Red Bull. A equipe, assim como toda a Formula 1, passa por uma das maiores transições técnicas em anos e necessita da experiência de Mark para levar o seu programa de desenvolvimento a frente. Sebastian Vettel é jovem e inexperiente e dificilmente trará a equipe o mesmo feedback que o experiente australiano. É nesse ponto que a relação que a equipe ainda possui com David Coulthard poderia tornar-se valiosa com o escocês podendo até voltar formula 1 ao menos durante este inverno europeu para pilotar e testar para a Red Bull, ajudando no desenvolvimento do novo carro da equipe para 2009.

Já no campo pessoal, apesar da gravidade dos ferimentos, houve certo grau de sorte no acidente de Webber. A perna quebrada foi a direita, a que acelera, e não a esquerda, responsável pelos freios. A perna esquerda é submetida a uma pressão de mais de 90 kg em certos pontos de frenagem e não há dúvida de que se houvesse sido esta perna a fraturada, o tempo de recuperação seria maior.

Que a recuperação de Mark seja breve para o bem dele, que enfrenterá um sedento Vettel e para o bem de sua equipe, que precisa muito de sua experiência.

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….……………………………

PAPAI COULTHARD

NOTíCIA →

(OS PAIS, David e Karen – Foto: Red Bull)david-coulthard-karen-minier_1525985

O ex-piloto de Formula 1 David Couldthard tornou-se pai de um menino em 21 de Novembro último. É o primeiro filho de Coulthard e Karen Minier, jornalista belga, correspondente de Formula 1 do canal francês TF1, que detém os direitos de transmissão de Formula 1 para a França.

Ainda não foi divulgado o nome do menino, mas segundo o pai, “em 2028 ele estará contratado pela Ferrari.”

Congratulações ao novo Pai David que, se espera, fará parte do novo time da BBC inglesa que transmitirá a Formula 1 para a Inglaterra em substituição à iTV.

ATUALIZAÇÃO: O nome do saudável menino é Dayton Minnier Coulthard.

SEM AS FALHAS DA FERRARI, FELIPE MASSA CONSEGUIRIA SER CAMPEÃO?

(FOTO: motorsport.com)

massa-teria-vencido-o-titulo

(MASSA, emocionado no pódio de interlagos, retribui o apoio da torcida)

 

Blog que é blog não vive sem uma boa polêmica que alimente a sessão de comentários. Felipe Maciel, por exemplo, fez um interessante levantamento em seu blog comparando o sistema de pontuação antigo com a atual é a conclusão é que Massa seria campeão sob o sistema antigo. Nada muito polêmico, é verdade.

 

Mas, e se contestarmos a idéia, o consenso geral, de que Felipe Massa perdeu o título graças às falhas da Ferrari e não as próprias? Para fazer tais continhas, teríamos obviamente que também levar em consideração as discutíveis penalizações desse ano que, ninguém poderá negar, deram uma bela ajuda ao brasileiro. Nessa equação incluiríamos também as falhas da McLaren que tiraram algum ponto de Lewis e, óbvio, as falhas da própria Ferrari com Kimi Raikkonen.

 

Alianora La Canta, editora do fantástico La Canta´s Magnifico BLOG, fez o trabalho que eu já havia feito sobre o ano passado e o resultado é interessantíssimo.

 

A mecânica estabelecida por Alianora é bastante simples. Ela formatou a sua análise recalculando os pontos corrida a corrida. Existem dois resultados entre parênteses acima da análise de cada corrida. O placar original está em oposição ao placar que desconsidera as falhas da McLaren, penalizações de Hamilton e também as falhas da Ferrari. Abaixo do placar, é acrescida ou decrescida à pontuação original mais ou menos pontos, de acordo com a análise que considera ou não se houve algum fator extra desempenho que teria afetado a pontuação original dos pilotos em dada corrida.

 

Considerando essa brilhante análise de Alianora, quem venceria o campeonato afinal, Lewis ou Felipe? Confira abaixo, corrida a corrida, a análise e o resultado e, ao fim, opine se concorda ou não com o teórico resultado calculado por Alianora.

 

Continuar lendo

BRUNO SENNA SUPERA LUCAS DI GRASSI

No suposto vestibular promovido pela Honda nos três dias de testes em Barcelona, Bruno Senna superou Lucas di Grassi por uma expressiva margem de 0s607.

diferenca-dentre-bruno-e-lucas

No relatório feito pela equipe Honda após os três dias de testes, não há mais detalhes se os dois brasileiros pilotaram um carro nesses dois dias com a mesma configuração, mas a diferença é substancialmente alta.

Em comparação com Jenson Button, Lucas foi mais lento 0s513, enquanto Bruno manteve-se mais perto do Jenson, com uma diferença de apenas 0s289.

Continuar lendo

PAUSA PARA UMA VERGONHOSA AUTOPROMOÇÃO

O F1 Around completou hoje 22.658 visualizações em 8 meses. Diante dos BLOGS “mainstreams”, ou dos tradicionais e já bem estabelecidos blogs de Formula 1 no Brasil, que devem ter esse total de visualizações semanal ou mensalmente, o meu número é irrisório, uma partícula.

Continuar lendo

Comparando a BMW de 2008 com a BMW de 2009

Ainda não sabemos como todas as equipes irão lidar com o desafio de projetar e construir um carro sob as novas regras aerodinâmicas, mas o F1.08B que foi para a pista hoje mostrou a resposta da BMW para este novo desafio. Acesse qualquer blog ou fórum de F1 e a opinião geral é de que o carro é extremamente feio. E você, o que acha?

bmw-2008-e-2009

(MONTAGEM: Oliver White)

Continuar lendo

PORQUE OS TESTES DE HOJE INTERESSAM

Com o grande leque de mudanças no regulamento para 2009, as equipes testaram um número considerável de variáveis em seus programas de treinamento hoje.  A maioria está com versões híbridas dos seus carros o que faz com os resultados tenham pouco valor para se avaliar o potencial competitivo das equipes para o ano que vem, mas observando mais pontualmente cada equipe, há interessantes resultados a se notar.

Primeiro, o piloto japonês Takuma Sato liderou o dia com uma Toro Rosso, estabelecendo uma marca de aproximadamente 0.3 décimos de segundos a frente do segundo colocado, jovem francês Sebastien Buemi com a outra Toro Rosso. Com o resultado, Sato espera demonstrar que pode sim ser merecedor de um lugar na Toro Rosso no ano que vem.

Outro resultado muito interessante foi o do estranho no ninho, Sebastien Loeb, multi-campeão de Ralis. Pilotando uma Red Bull, Loeb demonstrou genuíno talento com um carro de Formula 1, ficando a apenas 1.7 segundo do melhor tempo.

A Honda programou meio dia de familiarização para cada um dos vestibulandos Bruno Senna e Lucas di Grassi. O dia não deveria contar como real avaliação, mas ainda assim Bruno ficou 1.16’s a frente de Lucas, boa marca que ajudará a lhe dar mais confiança na próxima vez que entrar no carro.

Segundo programação pré-estabelecida pela Honda, Lucas terá toda a terça-feira em seu processo de avaliação, dando espaço para Bruno no dia seguinte.

ABAIXO OS TEMPOS FINAIS DO DIA

tempos-dos-testes-tarde-17112008

 

 

BMW PARA 2009

A BMW é a segunda equipe a nos oferecer uma visão mais completa do que será o visual da Formula 1 no ano que vem.

Para pilotar o carro, a equipe alemã levou para Barcelona Robert Kubica e Christian Klien, piloto de testes, que também estarão testando o seu sistema de recuperação de energia, o KERS.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIÁ-LAS

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

SAIBA MAIS SOBRE OS CARROS EM 2009:

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Continuar lendo

A VOLTA POR CIMA DE RON DENNIS

(FOTO: motorsport.com)ron-dennis

(RON DENNIS e LEWIS HAMIILTON: A aposta que se provou correta)

É um exercício curioso verificar as principais notícias da Formula 1 há pouco mais de um ano atrás. Aparte o campeonato em si, a imagem que surpreendia a todos era a de Ron Dennis chorando, abraçado a sua mulher após a vitória de Fernando Alonso no GP da Itália. A expiação pública de um emocional Ron Dennis justificava-se: sua equipe houvera sido declarada culpada no caso de espionagem envolvendo a Ferrari e deveria pagar uma multa monstro de US$ 100 milhões; ela perdera todos os pontos do mundial de construtores; e enfrentara a séria ameaça de exclusão do campeonato.

Continuar lendo

PRESENTE DE NATAL PARA O MEU ALONSINHO

alonsinho-2

O meu filho de 3 anos e meio está na idade em que precisa de total atenção. É uma pequena criatura manhosa e egocêntrica como são todas de sua idade.

Como filho único precisa ser mimado de tempos em tempos senão produz aquelas costumeiras birras, e até alguns pequenos chiliques.

Pensando nesse temperamento “muito singular” eu acho que já sei qual o presente de Natal eu vou lhe dar nesse fim de ano…

ESPECULANDO SOBRE O DESENVOLVIMENTO DO KERS DA McLAREN

A parceria anunciada ontem entre MES (McLaren Electronic Systems), um dos braços do McLaren Group e a FREESCALE SEMICONDUCTOR, tem enorme significância para a Formula 1 como um todo.

A parceria das duas empresas no desenvolvimento da KERS aponta em direção à padronização da KERS na Formula 1 em 2010.

O anúncio público das duas empresas na Autosport é um movimento inteligente que sinaliza para a FIA e o restante das outras equipes que a McLaren está trabalhando com a séria intenção em concorrer de forma dura para fabricar mais um sistema que poderá equipar os carros de todas as equipes da categoria nos próximos anos.

A Honda é outra equipe que investiu pesado no desenvolvimento do sistema. A intenção da equipe japonesa não é apenas dar um salto de performance, mas também fortalecer o seu posicionamento pró-ecologia, ação de marketing que visa conscientizar e incentivar ações de proteção ao meio ambiente.

Para se ter uma idéia mais acurada de como a MES e a Honda estão investindo pesado no desenvolvimento dos seus sistemas, as duas empresas possuem orçamentos semelhantes que giram em torno de pouco mais de US$ 100 milhões.

Para a maioria das equipes haveria um grande benefício em ter a McLaren Electronic Systems produzindo o KERS padronizado, o que resultaria em maior integração com a ECU (A unidade de controle padrão a todas as equipes), sistema que tem sido a pedra no sapato de muitas equipes, principalmente da Ferrari.

Recentemente a equipe italiana reclamou que sua principal dificuldade em dominar a tecnologia da KERS para transformá-la em competitividade é a incapacidade da equipe em dominar por completo a ECU. É irônico que a solução para a Ferrari seja justamente ter a uma das empresas que pertencem a McLaren novamente fornecendo outro sistema para toda Formula 1.

O que ainda permanece um mistério é a FIA permitir que as equipes, cada uma por si, gastem somas consideráveis de seus orçamentos no desenvolvimento de sistemas próprios quando já existe a pré-determinação em se padronizar o sistema já em 2010.

Seria até inteligente por parte da FIA incentivar as equipes com mais estrutura a produzirem um sistema e escolher o melhor após uma temporada de testes, mas ao observarmos o cenário crítico por que passa a economia mundial no momento, eu diria que Max foi tudo, menos inteligente.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

SAIBA MAIS SOBRE O KERS:

KERS – A FORMULA 1 MAIS ECOLÓGICA?

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

%d blogueiros gostam disto: