//
você está lendo...
FORMULA 1 EM 2009

O simulador da McLaren

(Imagem: McLaren/Divulgação)mclaren-mp4-24-simulacao1(MP4/24: Linhas elegantes que serão refinadas no melhor complexo virtual da Formula 1)

A entrevista de Ron Dennis para a Autosport hoje é um dos mais interessantes depoimentos dessa pré temporada até agora. Além de revelar o seu novo papel no McLaren Group, Dennis toca em um ponto de extrema importância para essa temporada: o banimento dos testes em pista e a sua substituição pela revolucionária tecnologia de simulação virtual.

O consenso geral é que a McLaren de Ron Dennis possui o maior, mais bem desenvolvido e estruturado complexo de simulação da Formula 1 no momento. A equipe gastou em torno de US$ 40 milhões (quase 10% do orçamento anual da equipe) para construir o seu sistema em parceria com a companhia Britânica de Tecnologia Aeroespacial. Fernando Alonso, em um daqueles seus momentos de crua sinceridade, revelou que em comparação com o simulador da McLaren, o da Renault em Enston não passa de um mero Playstation.

O modelo no centro tecnológico de Woking é provido de um chassi na exata escala do carro, com largas e curvadas telas de plasma à sua frente. Todo o aparato é montado sobre uma plataforma móvel, composta de seis pernas independentes, chamada Hexapod, ou Plataforma Stewart. Sob o estímulo do piloto em interação com o carro, o aparato move-se em um espaço determinado, com o tamanho de uma quadra de basquete profissional. A sensação de extremo realismo de todo o sistema é baseada na relação de todos esses elementos juntos.

O mais próximo do que a McLaren tem em Woking, talvez seja este simulador da Cruden Hexatech, que tem a Virgin como cliente:

A simulação na F1 hoje está indo além do simples treino de pilotos, oferecendo suporte em soluções técnicas de configuração do carro e em qualquer estratégia de corrida possível.

Questionado sobre os novos processos de desenvolvimento na Formula 1 em tempos de proibição de testes em pista, Ron nos oferece um valioso e inteligente insight sobre a questão:

“Para dar uma perspective inicial, provavelmente 95% de todo o desenvolvimento do carro de 1998 foi resultado de desenvolvimento e pesquisa em simulação conduzidas nesse prédio [sede da McLaren em Woking].

[…] Simulação não tem a ver apenas com possuir um simulador. Simulação realmente é importante como resultado de análise de dados e softwares que você desenvolve para entender o comportamento do carro e como você pode testar os vários valores que vêm do carro, como valores aerodinâmicos e as forças que você está tentando desenvolver para aumentar velocidade em curva etc.

É esta habilidade para entender estes dados e simulá-los através do computador [que é o mais importante]. Todos têm ouvido a respeito do CFD [Dinâmica Computacional de Fluídos], que é o que você faz para desenvolver aerodinâmica, mas há outros programas e ferramentas para melhorar a performance do carro. Sim, o simulador desempenha um importante papel, mas é apenas uma ferramenta.

Se você puser péssima informação dentro do computador, obterá péssimos resultados. O que importa são as pessoas e a capacidade e a competência dessas pessoas. É nesse ponto que a McLaren é excepcional.

Nós trouxemos [a simulação] de forma muito agressiva como ninguém jamais trouxe no passado [para a Formula 1]. Espero que isso nos dê uma vantagem nesta temporada.

Foi um choque para muitas das equipes quando percebemos o quanto em dinheiro poderíamos poupar ao proibir os testes [em pista], mas pensamos ter muita sorte em sermos fortes em simulação quando [esta tecnologia] desempenhará um papel crucial.”

Discussão

3 comentários sobre “O simulador da McLaren

  1. Esse aerofolio traseiro lembra, guardadas as proporções, aqueles que os 911 usavam nos anos 70 nas provas de GT e Endurance, que pareciam um “fruteira” ou uma “bandeja”, deve ser pra criar mais aderencia do que se fose apenas com laminas laterais

    Publicado por R/T | 19/01/2009, 1:58 pm
  2. Valeu, já tinha lido quando voce publicou, aliás, ta sabendo que o pessoal já ta investigando o F60 por causa do escapamento a mostra, que segundo o regulamento, é ilegal

    E segundo a mesma materia da Auto Motor und Sport, eles estão tentando arrumar solução pra um problema que encontraram no aerofolio dianteiro

    Publicado por R/T | 19/01/2009, 4:15 pm
  3. R/T,

    Vc tem algum link? Se sim, por favor, socialize, isso é importante!

    Abraços

    Publicado por Becken Lima | 19/01/2009, 4:41 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: