//
você está lendo...
ARTIGOS

Carro de Formula 3 ecologicamente correto: preste atenção Max!

(Imagem: University of Warwick/Divulgaçãosideoncar-light(World First: uma lição para Max Mosley)

A universidade Warwick no Reino Unido desenvolveu um monoposto de Formula 3 feito de fibra vegetal e que utiliza chocolate como combustível. O carro pode chegar a impressionante velocidade de 201 km/h.

Segundo o gerente do projeto, James Meredith, a concepção por trás do projeto “era construir o primeiro carro de Formula 3, desenvolvido e manufaturado, de materiais sustentáveis e renováveis, pensando primeiro no planeta na hora de gerenciar os seus recursos.”

O projeto teve apoio tecnológico de companhias como a LOLA, que planeja voltar à Formula 1 em 2010, e a BASF.

O projeto é, obviamente, uma abordagem radical na tentativa de dar algum verniz ecologicamente correto a um esporte predador de recursos naturais como o automobilismo.

Obviamente, nem todas as soluções ali encontradas poderiam ser adotadas, mas é certo que dos muitos conceitos ali pensados, alguns poderiam ser alternativas viáveis à Formula 1. Essas soluções talvez fossem muito mais efetivas que o KERS, uma boa idéia que une a proposta ecológica com a competitividade, mas que tem se mostrado economicamente inviável em tempos de crise financeira — além de uma dor de cabeça técnica para engenheiros.

Luca di Montezemolo já confirmou que o dispendioso KERS foi uma das maldições que levaram a sua equipe a perder competitividade nesse início de temporada, o que só reforça a minha impressão pessoal de que o KERS, e não os difusores, é o grande problema de Ferrari e McLaren esse ano.

Anúncios

Discussão

11 comentários sobre “Carro de Formula 3 ecologicamente correto: preste atenção Max!

  1. ôô, rapaz!! Muito legal esse novo visual do blog hein? Legal mesmo, parabéns!

    Agora pô, claro que tem soluções positivas nesse carro ecológico, sobretudo a fibra vegetal, mas o quanto ela seria resistente, ou melhor dizendo – o quanto ela seria mais resistente do que a fibra de carbono no caso de um acidente?

    Além disso, combustível de chocolate, não vão poluir mas vão acabar com o cacau do planeta! hahaha… e viver sem chocolate seria realmente triste (deu pra perceber que tô especialmente bobo hoje, né… coisas que a paternidade faz com a gente).

    Abraço!

    Publicado por Hugo Becker | 06/05/2009, 3:05 am
  2. Seria legal se a Ferrari desse um baita upgrade e entrasse já a partir do GP da Espanha na briga por vitórias, mas isso parece realmente pouco provável.

    Gostaria de ver até onde o Kimi Räikkönen ainda tem bala na agulha, pq ele parece cada vez mais desmotivado e mesmo com um carro aquém de sua conhecida capacidade, não vem mostrando um desempenho digno de um campeão mundial já há algum tempo… e gostaria também de ver o Felipe entrando nessa briga, mesmo que com quatro provas de atraso.

    Enfim, são só alguns desejos que dificilmente se realizarão.

    Abraço!

    Publicado por Hugo Becker | 06/05/2009, 3:08 am
  3. Não dá ideias…
    Os velhinhos da fuzarca podem levar a sério e pedir que para o ano que vem as equipes tragam motores movidos a chocolate…

    Publicado por Ron Groo | 06/05/2009, 10:08 am
  4. @Becken

    Também vi este projeto no fórum da Autosport ontem.

    Interessante notar que boa parte do carro foi feita com sucata dos chassis aposentados da Lola e de fibras de carbono reaproveitadas. tal qual os pneus que são de borracha Avon reaproveitada. Isto sim é interessante, o fato de ter um volante feito a partir de cenouras é um mero detalhe.

    Mais informações, no site.

    _____

    Sobre o KERS e a Ferrari… Foi o próprio LdM quem decidiu por restringir o poder do dispositivo para esta temporada. Com uma potência maior certamente o equipamento teria apresentado ganhos mais significativos. E de qualquer forma, o mesmo sempre foi opcional.

    Gosto da idéia de um F1 equipado com um KERS AW e (quem sabe futuramente) também um sistema de recuperação de energia dissipada por calor.

    Como exemplo, temos os turbos na F1, que não eram os melhores motores quando estrearam, mas passaram a imperar com o desenvolvimento da tecnologia.

    Publicado por Thiago Leopoldo | 06/05/2009, 12:39 pm
  5. Bom dia Becken,

    Saindo um pouco do tema do carro ecologico, eu queria saber se os pilotos ainda podem utilizar os simuladores e o qto isso melhora a pilotagem deles.
    Eh possivel transmitir ao simluador o comportamento do carro atual ?
    Qto tempo os pilotos utilizam um simulador ?

    Te pergunto isso por que o Piquet pai disse que o Nelsinho poderia mudar o approach dele no fim de semana por que o ponto fraco dele eh a classificacao… vc saberia dizer se ele ( Piquet Jr) tem poder de decisao na escolha da estrategia e se em nesse caso o simulador seria util .

    Alias qual equipe tem o melhor simulador da F1 ?

    Abracao e parabens a nova cara do blog .

    Fernando

    Publicado por Fernando Piccione | 06/05/2009, 1:15 pm
  6. @Fernando Piccione

    Robert, Kimi, does it mean you will probably go to the factory and go through everything and maybe some simulation?
    RK: We go to the factory, of course, but I think the problem for everybody is known, so you don’t need additional input from the driver.
    We don’t have simulators, so there will be no simulation but of course we try to help the team as much as we can from the driver point of view but as I said, I think the problem is known by everybody and there is no need for additional meetings or things like that.”

    (Robert Kubica, Conferência de Imprensa antes do GP do Bahrain)

    Sabemos pelo menos que na BMW os simuladores não são utilizados.

    Publicado por Thiago Leopoldo | 06/05/2009, 1:32 pm
  7. Boa dica do Thiago! :)

    Na pré-temporada eu escrevi um posto sobre o simulador da Mclaren:

    https://f1around.wordpress.com/2009/01/18/mclaren-a-%E2%80%98virtual%E2%80%99-favorita-para-2009/

    Naquele tempo eu ainda acreditava que isso seria uma das armas para a equipe manter-se competitiva nesse ano. Estava enganado, mas há informações interessantes lá!

    Publicado por Becken Lima | 06/05/2009, 1:37 pm
  8. Valeu Backen e Thiago.

    Um abraco,

    Fernando

    Publicado por Fernando Piccione | 06/05/2009, 1:58 pm
  9. @Fernando Piccione,

    De nada!
    Porém o próprio Piquet Jr. parece ter respondido tua pergunta em entrevista recente:

    Q: Do you need a super simulator, similar to that of McLaren and Williams to make up for the loss of track testing ?

    Piquet: ”We never had one. I’d rather have a proper one than an ineffectual one. When you’ve got a few million to spend then it’s better to put it into the car instead of into an ineffectual simulator. You need a lot of time to build something like that. We should have started working on it a long time ago already.”

    Publicado por Thiago Leopoldo | 07/05/2009, 1:19 pm
  10. Achei estranho boa parte da imprensa ter divulgado essa notícia somente agora, com quase um mês de atraso. Em meados de abril eu já havia escrito um micropost sobre esse carro em meu Twitter: http://twitter.com/almanaquedaf1, depois de ter lido uma nota num blog do Globo Rural (se não me engano).

    Publicado por Alexandre Carvalho | 11/05/2009, 2:26 pm
  11. Confesso ter sabido apenas no dia anterio ao post, mas acho que o importante e como posicionar a questão em perspectiva com o que a Formula 1 vem tentando apresentar em termos de políticas ambientais, que é bela enganação…

    Publicado por Becken Lima | 11/05/2009, 2:32 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: