//
você está lendo...
ARTIGOS

Acidente na GP2 serve de alerta à Formula 1

O acidente da GP2 de ontem, evolvendo Andrea Zuber e Romain Grosjean, tem causado alguma celeuma e debate com a procura por um culpado. Filipe Furtado acha que Zuber se excedeu na manobra defensiva, mas vendo o vídeo, me parece que o zigue-zague de Grosjean foi excessivamente agressivo em um ponto impossível de se fazer ultrapassagem em Mônaco — a curva da Tabacaria, a curva mais rápida do circuito (feita a 166 km). Zuber faz um movimento defensivo e volta a sua linha natural para fazer sua curva.

Fica a seu encargo decidir quem é o culpado, mas o que o acidente suscita de importante é quanto a segurança de Mônaco.

Coincidentemente, ontem eu revi a abertura do clássico filme Grand Prix de 1966. O circuito era ligeiramente diferente e mais veloz na orla, sem a chicane logo após o túnel, mas a famosa cena do acidente no GP de Mônaco, se não me engano, é exatamente no mesmo ponto do acidente de ontem.

Enquanto nós aqui ficamos embasbacados com o grande evento que é o GP de Mônaco, acabamos por esquecer o quanto as estreitas ruas que recebem a corrida são perigosas para terem carros andando a 280 km, podendo vitimar fatalmente pilotos, equipes de televisão, comissários de pista e, principalmente, o público.

A cena do filme foi inspirada em um acidente real, ocorrido com Alberto Ascari no Gp de Mônaco de 1955.

Mônaco é apaixonante, mas o acidente de ontem é um belo alerta para Max Mosley e companhia reverem a segurança de Mônaco em algumas partes da pista.

Abaixo, os vídeos

___________________________________________________________________________

Acidente de Andrea Zuber e Romain Grosjean:

Cena do filme Grand Prix:

Discussão

Um comentário sobre “Acidente na GP2 serve de alerta à Formula 1

  1. Segurança é uma outra questão. Monaco não é seguro, que a FIA ignora cri´terios para o principado que ela exige nos demais circuitos, é um dos segredos mais obvios da Formula 1. Se este acidente fosse entre dois Formula 1 poderia ser ainda mais grave.

    Publicado por Filipe Furtado | 24/05/2009, 8:34 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: