//
você está lendo...
ARTIGOS

Peso dos carros oferece vantagem estratégica a Jenson

(Imagem: Brawn GP/Divulgação)jensonfavorito (Jenson: com duas voltas a mais de combustível ele poderá transformar essa pequena vantagem em mais uma vitória amanhã)

Dessa vez deu tudo certo para a Red Bull. Duas voltas mais leve que Jenson Button, Sebastian Vettel conquistou a pole na Turquia e assim pode ditar o ritmo no início de corrida antes da primeira parada nos boxes.

A Red Bull não parece muito criativa quando o assunto é estratégia, mas ao menos ela sabe que para transformar o bom ritmo de corrida de Vettel em vitória, ele precisa, necessariamente, largar na frente.

Cálculos indicam que 10 kg significam de 3 a 4 décimos por volta de vantagem — o que pode indicar um extremo equilíbrio entre Brawn e Red Bull. Jenson têm se mostrado muito regular quando ao assunto é ritmo de corrida, Vettel — vide o Bahrein — nem tanto. Qualquer erro durante a prova pode entregar a vitória nas mãos do concorrente.

A interrogação fica por conta dos pneus com o qual Vettel largará. Macios ou duros? O asfalto da Turquia é conhecido pelo seu alto consumo de borracha e o BGP 001 — em conjunto com o estilo de pilotagem ultra soft de Button — parece ligeiramente superior quando a questão é tratar bem pneus. Macios atingem rapidamente um “optimum” de performance, mas podem não agüentar o mesmo desempenho em toda uma perna de corrida. Enquanto os duros, muito mais resistentes, podem demorar de três a quatro voltas para ter um ritmo próximo dos macios.

Minha opinião é que Button, com uma largada limpa e tranqüila atrás de Vettel é o favorito para a vitória amanhã.

O resto

Lewis Hamilton — Ele estará pilotando um dos carros mais pesados do grid, com a estimativa de parada na 33ª volta, o que certamente o põe com pneus mais duros e resistentes no início de corrida e lhe deixariam, em tese, com 25 voltas para cobrir com os pneus mais macios. Tenho sérias dúvidas se essa não será uma estratégia suicida com pneus tão frágeis como os macios desse ano. A McLaren parece estrategicamente confusa esse ano. Em Mônaco obrigou Lewis a largar leve e se expor nas ruas apertadas do principado e hoje, onde se pode ultrapassar e não se perde tanto tempo nas paradas de boxes, obrigam Lewis a largar mais pesado.

Fernando Alonso — Ele é o mais leve do grid o que pode torná-lo o homem a se assistir amanhã. Para cada ultrapassagem que ele fizer, lembrem-se de que ele não estará com o KERS no R29. Se aminha suspeita de quie ele errou na última volta da classificação de confirmar, espero ele forte ao menos na zona de pontos com algumas ultrapassagens pelo caminho.

Ferrari — Felipe Massa uma vez mais ficou para trás com um carro mais leve que o de Kimi Raikkonen, motivo para o brasileiro começar a se preocupar com o recém adquirido status conquistado com méritos dentro da equipe.

Confesso certo desapontamento com a Ferrari. Eu esperava mais agressividade em sua estratégia, mas o início de temporada desastroso talvez tenha tolhido um pouco do ímpeto e da audácia da equipe italiana. Uma pena.

Rubens Barrichello — Ele é outro que largará mais leve que o companheiro, mas que ainda assim ficou atrás no grid. Sua vantagem é resume-se a largar no lado mais limpo da pista. No ano passado Lewis Hamilton ganhou a segunda posição de Heikki Kovalainen na largada e no ano anterior Kimi Raikkonen deixou Lewis para trás da mesma maneira.

Peso dos carros e estimativa de paradas

paradas e peso dos carros

Anúncios

Discussão

12 comentários sobre “Peso dos carros oferece vantagem estratégica a Jenson

  1. pensamos coisas parecidas p/ essa qualificação e tb fiz um esforço sistemático de analisa-la….se puderem conferir…
    http://historiasevelocidade.blogspot.com/2009/06/classificacao-e-pitacos-da-turquia-2009.html

    ei becken, o que vc usa p/ fazer os gráficos de tempo, peso e estimativa de volta? efeito bem interessante.

    Publicado por Ridson | 06/06/2009, 3:56 pm
  2. ei becken, o que vc usa p/ fazer os gráficos de tempo, peso e estimativa de volta? efeito bem interessante.

    A fórmula é:

    1. Deduz o peso mínimo dos carros que é 605k do peso divulgado.
    2. Divide a carga de combustível de 2.271 kg por volta (fonte: Williams)
    3. Deduz uma volta que os pilotos usam para a formação da volta e pronto, tem-se o resultado.

    Publicado por Becken Lima | 06/06/2009, 4:16 pm
  3. Lembrar q o motor Toyota da Williams tem, naturalmente, um consumo um pouco diferente dos demais. De tal forma q, para longos stints, esse consumo diferenciado pode provocar um “erro” de até duas voltas( para mais ou para menos, como diria William Bonner).

    Publicado por O Polêmico | 06/06/2009, 5:15 pm
  4. Becken,
    Os pneus médios n me pareceram tão ruins assim em termos de desgaste, só não foram significamente mais velozes q os duros, tanto q o Rubinho fez o Q3 com estes.
    Com as duas provas da GP2 e a primeira metade da corrida amanhã, estando, assim, a pista bem “madura”, a tendência, creio, é q os médios aguentem 25 voltas.

    Publicado por O Polêmico | 06/06/2009, 5:41 pm
  5. Os pneus médios n me pareceram tão ruins assim em termos de desgaste, só não foram significamente mais velozes q os duros, tanto q o Rubinho fez o Q3 com estes.

    É verdade. Mas eu refiro-me mais em termos de performance…

    Eu estou muio curioso para ver com qual compostos o Vettel largará. Eu arriscaria dizer que com os mais duros, talvez temendo o que aconteceu em Mônaco — se assim acontecer, mostrará certa fragilidade da Red Bull com relação aos pneus em definitio.

    Ross Brawn deve ter a mesma opinião e acho que o Button poderá ir de macios na primeira perna de corrida, fazendo essa primeira perna bem agressiva, indo para cima do Vettel ou do Barrichello se ele perder a segunda posição…

    Eu acho que com os carros no mesmíssimo peso dava Button na pole por uns dois décimos, e isso irá se refletir na corrida amanhã, por isso aho que o Vettel tem uma tarefa difícil mas que pode, ironicamente, ser facilitada pelo Barrichello se ele se interpuser entre Jenson e o piloto da Red Bull.

    Em termos estratégicos será uma das corridas mais fascinantes da temporada, assim como foi a do ano passado e é aí, meu amigo, que o Ross Brawn poderá fazer a diferença.

    Publicado por Becken Lima | 06/06/2009, 5:58 pm
  6. Caro Becken

    A temperatura para amanhã em Istambul será de 26 graus celsius, como acha que isso influenciará o desempenho do binómio carro/pneus de largada?

    Publicado por Ernesto Sousa | 06/06/2009, 6:39 pm
  7. A temperatura para amanhã em Istambul será de 26 graus celsius, como acha que isso influenciará o desempenho do binómio carro/pneus de largada?

    Esse foi o grande problema das equipes esse final e semana, Ernesto. Os carros com KERS parecem mais frágeis à mudanças de temperaura e grip da pista, mas ao que parece é algo imprevisível…

    Como eu disse acima, a Brawn parece menos propensa a degradar os pneus e isso pode contar quando calçadas com os macios. Será interessante saber se Brawn e Red Bull cruzarão o uso dos compostos, por exemplo: 1º stint: Rrawn/macios X Red Bull/duros.

    Se realmente Brawn e Red Bull estiverem equilibradas como eu imagino, pode haver luta direta e feroz pela liderança e isso seria emocionante…

    Abs

    Publicado por Becken Lima | 06/06/2009, 7:02 pm
  8. haha..não era sobre os dados da fórmula, eu já vi várias fórmulas como essa, algumas dando resultados diferentes, mas valeu…a pergunta era sobre o formato deste quadro, o seu blog tem uma ferramenta que ajude ou vc usa algum software que faça esse design do gráfico?

    mas valeu…já que vc nunca visita meu blog mesmo, eu venho aqui então…

    Publicado por Ridson | 06/06/2009, 7:40 pm
  9. o carro da Red Bull é favorecido por circuitos de curvas velozes, tendo mais rendimento aerodinâmico e menor atrito…Os pneus deles que em geral sofrem muito dessa vez vão sofrer menos, ou no máximo igual os da Brawn. Nunca eles tiveram tanta chance de vencer.

    Publicado por Ridson | 06/06/2009, 7:44 pm
  10. a pergunta era sobre o formato deste quadro, o seu blog tem uma ferramenta que ajude ou vc usa algum software que faça esse design do gráfico?

    Eu desenho todos os gráficos que aparecem aqui, Ridson, todos eles, inclusive os com dados e leituras de tempos. Desenhei tudo aqui, do topo à logomarca!

    já que vc nunca visita meu blog mesmo, eu venho aqui então…

    Aí é que vc se engana. :)

    Eu sou um leitor onívoro, que lê de tudo e não tem preconceito – Leio de Charles Darwin à bíblia. Leio o seu blog e todos os que me aparecem pela frente.

    Já disse que não comento apenas por que há algum problema com o meu proxy que bloqueia a sessão de comentários de blogs hospedados pelo blogger… :)

    Publicado por Becken Lima | 06/06/2009, 7:46 pm
  11. As Ferraris podem ter um ligeira vantagem na largada, pois a reta dos boxes é uma subida e o Kers pode dar um empurrãozinho fundamental.

    Publicado por O Polêmico | 07/06/2009, 8:20 am
  12. é mesmo bacana essa gráfico..infelizmente não tenho competências informáticas rssr p/ fazer um igual. E agradeço vc passar por lá e ler. è uma pena vc não poder comentar…

    Publicado por Ridson | 07/06/2009, 9:09 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: