//
você está lendo...
ARTIGOS

Nelsinho Piquet: ‘Mr. Largada’ tem pequena evolução na Europa, mas será o suficiente para ficar em 2010?

(Imagem: Renault/Divulgação) nelsonpiquetevolui(NELSON: largadas são ponto forte de Nelson em 2010, mas será o suficiente para mantê-lo na categoria em 2010?)

Nelsinho Piquet não esconde que o seu principal ponto fraco ainda é a classificação no sábado. Nelson tem sofrido com esse formato de classificação com ênfase em apenas uma volta lançada, quando paga-se caríssimo. David Coulthard foi outro piloto que confessou jamais ter gostado do atual formato e talvez não seja por acaso que a carreira do escocês tenha entrado em declínio definitivo quando o atual formato foi adotado.

O mais interessante nessa dificuldade de Nelsinho, é que ele vem tornando-se um dos pilotos que melhor larga na Formula 1. Não se pode esquecer o benefício do KERS, mas o seu companheiro de equipe, o poderoso Fernando Alonso, não tem a mesma média de ultrapassagens por largada que Nelson: são duas por corrida d o brasileiro contra 1 e meia do bi-campeão.

O seu desempenho de forma geral também melhorou sensivelmente depois da chegada da F1 a Europa, aonde ele conhece a maioria dos circuitos. O Q2 na Espanha foi o ponto alto, com ele a menos de um décimo de Fernando. Em Mônaco recuou para a casa de meio segundo e na Turquia, onde o brasileiro sofreu com problemas nos freios, Nelson voltou para o limbo do Q1.

A suspeita é que o R29 — como todos os carros com KERS — parece sensível a bruscas mudanças de condições pista e isso afeta mais a Nelson que ao experiente Fernando.

Em corrida Nelson parece estagnado e na Turquia um pit stop desastroso também não ajudou, mas o seu desempenho na classificação tem realmente afetado os seus resultados na bandeirada final. A única explicação para a Renault insistir em colocá-lo em longas pernas de corrida é a desconfiança — da própria equipe talvez — de que ele sofra com a mudança de comportamento do carro após o reabastecimento e troca de pneus, preferindo que ele cumpra longos períodos de corrida ao invés de fracionar a sua corrida em três “stints”.

Nelson certamente deve estar atento ao que Romain Grosjean vem fazendo na GP2, mas com uma profusão de equipes precisando de pilotos experientes na próxima temporada, não será surpresa se Nelson arrumar um lugarzinho para correr bem longe da Renault em 2010 — o que sem dúvida lhe faria muito bem.

___________________________________________________________________________

trocadeposicoes(Fonte: F1fanatic.co.uk)

Discussão

13 comentários sobre “Nelsinho Piquet: ‘Mr. Largada’ tem pequena evolução na Europa, mas será o suficiente para ficar em 2010?

  1. Bem, se as coisas continuarem assim ele estará no grid em 2010, afinal podem ser até 46 vagas, se não sobrar nenhuma pra ele o pai traz a Piquet GP pra F1, e pronto.

    Becken, você não vai falar do novo golpe do Max Mosley ?
    O prazo dado por ele ja terminou na Europa, e não houve nenhuma notícia a respeito das inscrições incondicionais para se discutir depois um acordo de unanimidade, ele é palhaço esse Max!

    Publicado por Claudemir Freire | 09/06/2009, 1:57 pm
  2. Acho uma palhaçada o modo como a Renault conduz os trabalhos do NAP. É a mesma estratégia desde o ano passado. O cara é um motorista de caminhão-tanque! Daqui a pouco dão uma scania da Total pra ele correr!

    O melhor que ele tem a fazer é sair dessa equipe. O melhor que qualquer piloto tem a fazer é ficar longe de qualquer equipe que tenha o Sr. Alonso em uma das vagas. A uma porque o cara é gênio, a duas, porque deve ser um pé no saco como pessoa, quando o assunto é disputa interna. Um baita cagão.

    Deixem o moleque andar direito pô. Concordo que o Alonso MERECE todo o tipo de atenção por parte da equipe, mas há de se considerar que os resultados não estão aparecendo. E assim o maior prejudicado vai sendo o NAP, que recebe toda a caca de críticas pra cima dele.

    Já que o carro é uma cadeira elétrica, deixem-no andar leve, fazer estratégias diferentes, sei lá. Eu me recuso a considerá-lo um piloto tão fraco a ponto de rifá-lo do campeonato de 2010.

    Só que também tem outra, o NAP tá EMO demais! Reage! Nem parece que é filho do Piquetzão! Tá na hora de afiar essa língua e fazer duos com o pai, mirando Briatore e até o próprio Alonso. Com a temporada como está, declarações pitorescas do Nelsão viriam bem a calhar, ante o marasmo criado pela disparada da dupla Button/Ross, o “Esperto”.

    Quanto a Rubens, ele deve ter batido com a cabeça depois que saiu da Ferrari. E agora que a sua consciência está voltando aos pocos, ele deve estar pensando: “PERA AÍ! EU JÁ SENTI ESSA SENSAÇÃO ANTES, PARECE QUE EU JÁ VIVI ISSO ANTES!”

    Não Rubens, isso não é um Déjà vu. Você está MAIS UMA VEZ na pegadinha do Ross Brawn! Ieié! Salci Fufu!

    Publicado por Iomau | 09/06/2009, 3:40 pm
  3. Desde que abri o blog estou tateando um post sobre o atual sistema de classificação. Ele é ótimo para as TVs, mas é visivel que muitos pilotos tem dificuldades com o sistema.

    Publicado por Filipe Furtado | 09/06/2009, 4:00 pm
  4. Desde que abri o blog estou tateando um post sobre o atual sistema de classificação. Ele é ótimo para as TVs, mas é visivel que muitos pilotos tem dificuldades com o sistema.

    Boa idéia. Aqui vai mais um ponto para se refletir em seu post:

    — Alguns dos tipos de pneus só aquecem o suficiente para uma volta lançada produtiva com um estilo de pilotagem particular, com frenagens mais agressivas — como é o caso de Felipe Massa e Robert Kubica, que conseguem extrair mais de seus carros que os seus companheiros de equipes na classificação.

    Isso é justo? Porque um piloto deve ser punido se o seu estilo de pilotagem não combina com as caraterísticas do composto?

    Outra questão off topic é: por que chama a classificação de treino oficial ou treino classificatório se aquilo é a “classificação” para a corrida? (ok, esqueça essa rsrsrsrs… :)

    Publicado por Becken Lima | 09/06/2009, 4:10 pm
  5. Concordo com o Iomau. A Renault está “matando” muito o Piquet. Tenho certeza de que muito do ritmo fraco dele deve-se à política de privilégios e atenção exclusiva ao Alonso.

    Tanto isso é verdade que o novo difusor da Renault só foi utilizado pelo Piquet uma corrida depois do Alonso e na Espanha o carro do Alonso tinha alguns outros updates a mais.

    O problema é que na atual situação ele não tem, digamos… moral… pra peitar o Briatore. Não se esqueçam que o pai dele só foi dar as famosas peitadas, citadas pelo Iomau, quando já era campeão do mundo. E o companheiro de equipe dele é “só” bicampeão… situação complicada.

    E digo mais: se o menino fosse realmente ruim como todo mundo gosta de cantar aos quarto ventos, penso que o Briatore já ia ter dado um belo pé na bunda dele no final do ano passado?

    Publicado por Bruno | 09/06/2009, 4:31 pm
  6. Isto dos pneus é algo que eu pensei em abordar justamente por causa do Heidfeld.

    Publicado por Filipe Furtado | 09/06/2009, 4:33 pm
  7. A ultrapassagem dele sobre Hamilton foi um colírio para os olhos, e olha que este elogio vem de um dos críticos mais ferrenhos de Nelsinho – no caso, eu mesmo.

    Ou seja, talento ele tem. Ultrapassar ele sabe, porque não é qualquer um que faz uma ultrapassagem daquele nível sobre um Lewis Hamilton, conhecido por devorar adversários sem ter, digamos, escrúpulos na pista.

    Andar na frente ele também sabe, como mostrou no GP da Alemanha do último ano.

    É preciso melhorar na classificação, fato. Mas… ainda bato na tecla de que o problema não é esse. Acho que essa é a superfície do problema, apenas. E se eu tivesse que apostar em alguma coisa, apostaria em critérios emocionais e motivacionais. Não técnicos, pq ninguém tira do bolso de uma hora pra outra as características citadas nos parágrafos anteriores.

    O problema é que com esse carro tosco da Renault nem o Alonso consegue mostrar serviço ou ter motivação…

    Publicado por Hugo Becker | 09/06/2009, 11:17 pm
  8. Becken,

    Qual piloto de F1 quer correr na Renault e ser companheiro do Fernando Alonso? Alpinistas (nada contra) como o Grosjean, o Di Grassi, o B. Senna tem muitos. Mas, da F1, nem Kovaleinen, Bourdais e Nakajima querem.

    A Renault é a Tabajara da F1, meus amigos. Nem o Alonso que ganha 46 vezes mais que o Nelsinho faz aquilo andar. É igual a Force India. A Tabajara é uma vergonha. Uma equipe de F1 que não consegue fazer um único carro e ainda contrata um bi-campeão para nela pagar mico. Se ela puser suas carroças na GP2 toma pau até perder o rumo de casa. Eu fico besta de ver a arrogância do Briatore. Como pode? Se eu fosse ele só entraria no paddock disfarsado de padre.

    Para o Nelsinho a Tabajara ainda é pior que Force India, porque nesta pelo menos ele dividiria em igualdade de condições a atenção da equipe e o “meio-carro” que ela consegue fazer.

    Quanto ao Alonso, ninguém duvida: ele é um piloto muito bom. Quase não erra e é bom de briga. Gênio? Só se for agora, depois que voltou para a Renault.

    Quando correu sozinho com o melhor carro (Renault) e nenhum adversário com carro competitivo lavou a alma. Assim até o Button faz.

    Com o melhor carro (Mc Laren), o Alonso tomou pau feio de um estreante (Hamilton) que nunca tinha sentado a b*nda num F1, mas teve carro igual, e de um bebum (Kimi Raikkonen) que tinha carro inferior. Com o melhor carro ele ficou em terceiro. Onde esteva o gênio? Sinceramente, não a vejo.

    Se o Alonso for para a Ferrari no lugar do Raikkonen será para ser o primeiro e ter toda a atenção da equipe. Ele não vai arriscar se f*rrar de novo como na Mc Laren, onde foi tratado com um igual, sem privilégios.

    Conclusão: o Massa estará f*errado e de forma lamentável, pois sequer poderá lutar para ser campeão. Pode esquecer esse sonho. Será uma pena.

    Em tempo: sou o maior fã do “bebum” acima.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 11/06/2009, 9:49 am
  9. Anselmo,
    O momento emblemático do pau q o Alonso levou em 2007 foi quando ele disse q não concordava q o Hamilton copiasse mais seus acertos.
    Se vc é bom e confia no seu taco, ter medo de um estreante conseguir andar mais rápido que vc tendo carros iguais é no mínimo estranho. E olha q o carro deve ter sido todo construído em função do Bicampeão q estava chegando naquele momento.
    Hamilton em seu 1º ano não tinha nenhuma condição de acertar um carro de F1.
    Mas, com o acerto trazido pelo Alonso, virou a metade do campeonato à frente do Bicampeão em exatamente 10 pontos(após o GP dos EUA). Depois disso(fim do fornecimento de set up), o campeonato se reequilibrou para os dois, tendo ambos terminado com a mesma pontuação, com os 10 pontos sido descontados após as duas lambanças do Hamilton na China e no Brasil.
    Ou seja, apesar do Alonso ser um dos 4 q considero fora de série hj, a Michellin tem uma grande parcela de responsabilidade nos dois campeonatos perdidos pela Ferrari e q o Espanhol venceu.

    Publicado por Leandro Magno | 11/06/2009, 12:48 pm
  10. Leandro,
    Alonso e Hamilton correram com carros iguais até o meio da temporada e o Alonso terminou atrás. Por quê não ganhou daquele garoto, inexperiente em F1, deslumbrado e trapalhão? Para mim, “o cara” continua sendo o Raikkonen que ganhou com carro inferior.
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 13/06/2009, 8:01 am
  11. Leandro,
    Piloto “acertador de carros” que eu conheci foi só o Nelson Piquet, que ganhou três vezes com carros inferiores, diferentes e com motores diferentes.
    Fazer os “ajustes finos” num excelente projeto é “fácil”. Por quê o Alonso não “acerta” o R29? Por quê o Barrichello, tido por “bom acertador”, andou para trás com o Honda e não anda para frente com o Brawn? Cadê o “acertador”? Seria o Button que também andou para trás com o Honda?
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 13/06/2009, 8:16 am
  12. Leandro,
    Antigamente um piloto ouvia um barulho diferente no carro ou uma mudança de comportamento e tinha que descobrir, junto com o engenheiro, o que era. Nem rádio havia. Hoje são feitas mudanças no carro durante a corrida que o piloto só fica sabendo quando vê a telemetria.
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 13/06/2009, 8:20 am
  13. Leandro,
    O Hamilton, o Massa e o Alonso, nessas carroças, estão tendo a oportunidade de um aprendizado muito valioso. Os dois primeiros perderam campeonatos por erros primários. Se tiverem aprendido a lição e tiverem novas chances veremos pilotos muito melhores. Eu gostaria que isso acontecesse simultaneamente. Meu sonho é ver Raikkonen, Hamilton, Alonso, Massa, Kubica, Button, Vettel e Nelsinho (claro, sou fã do garoto) em carros excelentes numa só temporada, com equipes bem treinadas para não fazer muita m*rda nem beneficiar ninguém. Aí sim, veremos o quanto vale a pilotagem, o ajuste fino e a estratégia.
    Mas acho que isso não vai passar de um sonho mesmo. Infelizmente!
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 13/06/2009, 8:39 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: