//
você está lendo...
ARTIGOS

Ferrari focará esforços em desenvolver carro de 2010 sem KERS

FOTO: McLaren /Divulgação lucaspeaks(LUCA: deixou Mosley falando sozinho e foi cuidar de sua equipe)

Ao que parece, Luca di Montezemolo deixou Max Mosley falando sozinho e foi cuidar de sua equipe, tomando uma decisão que já era esperada por todos os tifosi: a Ferrari finalmente concentrará recursos técnicos no carro da próxima temporada.

Luca não deixou que o F60 caisse para o fim do grid — a Ferrari ainda levará atualizações para o GP da Alemanha —, mas finalmente admitiu pelo site da Ferrari “a dificuldade, senão a impossibilidade, de mudar dramaticamente a performance do carro de uma corrida para outra em uma temporada sem testes.”

O importante ao se ler essa declaração do Presidente da Ferrari e da FOTA é que há também a confissão — muito nas entrelinhas, admito — de que em 2010 voltem ao menos parte dos testes que foram banidos esse ano como uma das medidas de contenção de gastos. A medida confirmaria rumores de que os ajustes nas regras que a FOTA faz nesse momento contenham a inclusão de testes.

Outro ponto importante é que ao admitir que o desenvolvimento do novo carro se dará sem o KERS (Sistema de Recuperação de Energia) embarcado, Montezemolo e a FOTA sepultam de vez uma experiência que se tornou um dos maiores fracassos em termos políticos, financeiros e tecnológicos na categoria (veja discussão no post anterior).

Suspeito que ao disputar o Grande Prêmio da Inglaterra sem o KERS, a McLaren já mudou o seu foco para 2010 há muito tempo.

Discussão

10 comentários sobre “Ferrari focará esforços em desenvolver carro de 2010 sem KERS

  1. Tomara que a Ferrari consiga desenvolver um bom carro para 2010.
    Ela deve estar no topo, pois tem a cara da F1.
    Sobre a McLaren, eu tenho a mesma opinião: eles já começaram a pensar em 2010. Assim como a BMW.
    Seria bom ver Ferrari e McLaren fortes novamente no ano que vem.

    Publicado por Will | 26/06/2009, 8:58 pm
  2. Graças a Deus! Como bom Ferrarista que sou, fico aliviado em ouvir isso.
    Bom, sobre a BMW, ano passado eles focaram esforços no carro desse ano, e olha o que deu…
    Espero que a experiência com as regras deste ano ajudem os bavaros.

    Publicado por Guilherme Teixeira | 26/06/2009, 9:47 pm
  3. Seria ótimo (na minha opinião) se o uso do KERS fosse realmente abandonado.

    Essa geringonça simplesmente não serve para F1 e sim para caminhões de várias toneladas.

    Até agora no campeonato nenhum carro com Kers sequer subiu ao pódio.

    Se não me engano o melhor resultado foi o quarto lugar de Massa em Silverstone.

    Por favor, me corrijam se eu estiver errado.

    Publicado por Beatle Ed | 27/06/2009, 2:44 am
  4. Kimi em 3° lugar Mônaco.

    Publicado por I.David | 27/06/2009, 8:28 am
  5. Heidfeld 2º na Malásia.

    Publicado por Hugle | 27/06/2009, 9:27 am
  6. A moçada aqui tá afiadinha, heim!?

    Tô sentindo o cheiro de um MP4-24B na Alemanha.
    Será q a Mclaren vai finalmente abandonar seu bico bonitinho mais ordinário?
    N creio q Silverstone foi um sinal do abandono do Kers pelos prateados. O n uso foi por conta apenas das características da pista.
    Acho q ficam com o Kers até o fim do ano. A Ferrari tb já disse, através do Massa, q vai ficar com o dispositivo pra esse ano.
    Acho q vai ser um erro das duas grandes continuar 2009 com o Kers e construir o de 2010 sem. O natural seria usar essas 9 corridas para colher dados para o próximo carro, o q se torna inviável com o equipamento(Me recuso a chamar de geringonça. Acho a idéia do Kers fantástica.) comprometendo a distribuição de peso.
    Se abandonarem pro ano q vem, acredito q voltam com o kers em breve, pois foi muita grana investida. A Mercedes deve estar puta da vida, mas sabe q n é hora de brigar e correr o risco de abrir qq fisura na estrutura da FOTA.
    Vão ter q engolir esse sapo.
    A saída, em minha opinião, seria vender essa tecnologia pra carros de turismo, onde o peso do Kers atrapalharia menos. Afinal, o objetivo é fazer com q a tecnologia desague nos carros de passeio.
    Já q o caro foi desenvolver a tecnologia, n creio q fique tão dispendioso instalá-la nos carros da DTM, por exemplo. Lógico, a Nascar seria uma vitrine melhor, mas aqueles ovais onde n se freia n iria funcionar. Os amercianos tb n topariam se submeter a uma tecnologia européia, imagino.

    Publicado por Leandro Magno | 27/06/2009, 11:33 am
  7. ….seu bico bonitinho MAS ordinário?

    Publicado por Leandro Magno | 27/06/2009, 11:34 am
  8. Tô sentindo o cheiro de um MP4-24B na Alemanha.

    Eu acho que será a última corrida em que a McLaren dará alguma atenção ao carro atual, afinal, é a casa da Mercedes. Mas acho que daí em diante eles pensarão em 2010 usando as corridas para recolher dados de desenvolvimento…

    Publicado por Becken Lima | 27/06/2009, 11:41 am
  9. eu queria q f.massa ganhase esse ano mais como ñ tá vamos para 2010

    Publicado por sidney | 27/06/2009, 3:36 pm
  10. Leandro Magno:

    Não é totalmente errado de parte da Ferrari continuar usando o KERS de vez em quando, uma vez que o carro foi construido em torno da ‘geringonça’. Digamos que tirá-lo atrapalha mais do que ajuda, dependendo da pista.

    Também duvido que o KERS volte algum dia. Continuar apostando em um erro depois de se provar tão dispendioso é digno de “levar chumbo”.

    Contudo, magnifica a idéia de instalar o sistema em carros da DTM (WTCC também, talvez…)

    Publicado por Guilherme Teixeira | 27/06/2009, 8:10 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: