//
você está lendo...
ARTIGOS

Sobre o reabastecimento em 2010

FOTO: McLaren /Divulgação refuelling(REABASTECIMENTO: fontes dentro da FOTA apontam como certo o banimento em 2010)

A Autsport confirma hoje o que eu já desconfiava: o reabastecimento será mesmo banido em 2010 — algo que ficou confuso após o comunicado da FIA de que todas as regras para 2010 haviam sido revogadas permanecendo as mesmas de 2009.

O comunicado oficial da FIA após o acordo entre Max Mosley e FOTA dizia que:

“Não haverá campeonato alternativo e as regras de 2010 em diante serão as de 2009 acrescidas das regras em comum acordo de 29 de Abril de 2009.”

Eu esperei um anúncio oficial da FIA que ainda não veio, mas segundo a Autosport fontes dentro da própria FOTA confirmam que “haverá alguns ajustes que precisam ser aceitos de forma unânime. Estes ajustes referem-se ao reabastecimento e alguns outros poucos itens e estarão completos nas próximas semanas.”

Sobre Mosley

As declarações públicas de Max Mosley nos últimos dois dias são sinais claros de um explosivo coquetel que envolve uma avançada senilidade  e uma monstruosa ego mania.

Max não aceita o tom triunfal da FOTA após a resolução do impasse que deixou em suspense o mundo da Formula 1 por meses. E, ao invés de como aqueles grandes mastodontes à beira do fim, recolher-se digna e solenemente ao esquecimento, insiste em assombrar a F1 com cartas públicas contra a FOTA, especialmente direcionadas a Luca di Montezemolo, presidente da entidade e hoje um herói celebrado na Itália.

O que me surpreende é que conhecendo muito bem Max, talvez os membros da FOTA devessem ter mantido um certo low-profile após o anúncio do acordo. A declaração de Montezemolo de que “não haverá mais ditadura na F1”, dado o passado fascista da família de Max, pode realmente ser interpretado como afronta a um homem orgulhoso como ele, muito longe de deixar as picuinhas na imprensa de lado em nome de qualquer atitude mais magnânima.

Max pode estar senil, mas a FOTA deveria comemorar apenas depois da eleição para Presidente da FIA em Outubro próximo.

Anúncios

Discussão

10 comentários sobre “Sobre o reabastecimento em 2010

  1. Becken ->

    Voce leu que a Manor, ja esta revendo a entrada no mundial ?
    EU acho que foi na Autosport que eu li, mas nao tenho certeza, que eles dizem que quando fizeram a inscricao estavam fazendo pensando com o teto orçamentario.

    Publicado por claudio cardoso | 26/06/2009, 12:56 pm
  2. Acho que será ótimo se o reabastecimento for realmente banido.

    Disputas por posições e ultrapassagens devem ser feitas na pista e não nos boxes. (se bem que ainda teremos as trocas de pneus)

    Se o objetivo é cortar custos nada mais normal do que acabar com esse procedimento que além de caro envolve grande risco.

    Como o dramático incidente com Jos Verstapen no GP da Alemanha em 94.

    Ou o de Eddie Irvine em Spa em 95.

    Ou Schumacher na Áustria em 2003

    Publicado por Beatle Ed | 26/06/2009, 12:57 pm
  3. Era realmente previsível esta reação no Max. É mesmo a cara dele ainda espernear depois de abatido.
    Mas agora é apenas gritaria desnecessária…vai espernear…gritar…ocupar mais algumas manchetesinhas na autosport e depois sucumbirá. A F1 continuará a existir.

    Enfim, o pior já passou. Já posso dormir tranquilo, uma vez que não consegui comprar o ingressos para o GP do Brasil esse ano, e estava com medo de NUNCA ter a oportunidade de ver de perto o esporte que tanto gosto.

    Ffigueiredo

    Publicado por Ffgueiredo | 26/06/2009, 2:29 pm
  4. No melhor estilo pergunte ao Becken, qual equipe é a recordista de (menor)tempo em pit stop na era antes do reabastecimento?

    Também achei q a Fota tripudiou demais e muito cedo sobre as cinzas ainda quente do velhote.

    Publicado por Leandro Magno | 26/06/2009, 6:48 pm
  5. em pit stop na era antes do reabastecimento?

    Tenho quase certeza que era a Ferrari, acho que uns 6 segundos, mas é bom conferir…

    Achei em alguns fóruns os mais rápidos

    4.6 segundos — McLaren/Senna 93 na França
    4.3 segundos — Patrese/Benetton 93 na Bélgica

    Mas o recorde parece mesmo que é da McLaren no Grande Prêmio da Austrália que conseguiu trocar os pneus do Senna pouco abaixo
    de 4 segundos.

    o Wikipedia tem uma página muito bacana dedicada só a pit stops: http://en.wikipedia.org/wiki/Pit_stop

    Publicado por Becken Lima | 26/06/2009, 7:13 pm
  6. Também sou favorável ao fim dos reabastecimentos.

    Na verdade preferiria que não existisse também o Pit para troca de pneus, que os carros fossem alterados para permitir ultrapassagens (melhorou esse ano m ais ainda não está bom) e que as posições fossem mais decididas na pista. Mais isso não vai acontecer então não vale a pena discutir.

    Uma implicação grande quanto ao fim do reabastecimento é que o projeto dos carros vai sofrer uma grande mudança novamente.

    Nós sabemos o quanto 50kg de peso “pouco gerenciáveis” fizeram com os carros que usam Kers.

    Imagina o que vai acontecer com carros eram projetados para ter uma variação entre 50 kg de combustível para ama variação agora de cerca de 150 kg ?

    O tamanho do carro também deve sofrer alterações, afinal vão ter que achar espaço para um tanque com o dobro da capacidade, respeitando toda a questão relativa a segurança que envolve esse reprojeto.

    Muda muita coisa com o fim do reabastecimento. A começar do projeto dos carros.

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 26/06/2009, 7:37 pm
  7. Valeu pela atenção, amigo.
    É só para ter um referencial de como as equipes vão se sair nos próximos anos.
    Na belíssima imagem q ilustra esse post, temos 21 mecânicos em serviço.
    3 desses devem rodar na próxima temporada.

    Publicado por Leandro Magno | 27/06/2009, 11:06 am
  8. é Becken, vc , eu, o speeder, e todos esses jornais sabem que as escolhas das equipes novas para 2010 não foram corretas e que Manor não era p/ estar entre elas, e só esteve por camaradagem a Mosley. E agora a notícia de que a Virgin comprará a Manor, como se especulou antes que faria com a brawn, só nos leva a crer que a FIA ainda tem cartas financeiras na manga, e ao que me parece, a melhor tática política no momento é deixar o Mosley quieto na dele, se mandando da FIA (pelo menos oficialmente) e cuidando da f.. vida pessoal que ele tem agora. É detestável isso, e muito, mas parece a melhor coisa a se fazer, no Ânimo em que as coisas estão.

    Qualquer outra atitude resultará em impasse. No entanto, eu discordo de vc quanto à bem-aventurada FOTA e a Ferrari, de Montezemolo. Se vc puder aparecer lá no Histórias e Velocidade,verá o que a gente andou escrevendo sobre o Montezemolo e a atitude elitista da Ferrari. A FOTA tem em seu escopo de argumentos boas medidas. A FIA, olhando por certos ângulos, tinham as dela. Montezemolo e Mosley, aliás, o elitismo da Ferrari e a truculência de Mosley é que levaram a guerra a níveis baixos e perigosíssimos, pondo em risco muitos empregos, a categoria e a paciência do torcedor.
    Fica aí o link para quem não conhecia:
    http://historiasevelocidade.blogspot.com/

    Publicado por Ridson | 27/06/2009, 11:44 pm
  9. os pits inicialmente eram uma grande jogada, evitando o fim das panes seca,e muita gente era de acordo. E foi evoluindo até se tornar o jogo complexo estratégico, uma partida de xadrez de mestre, a qual nós meros jogadores medianos não compreeendemos nada ou muito pouco.

    Eu ahco tão frustrante um cara que termina ou perde uma corrida no box por conta de combustível, mas igualmente detestável é ver alguém no fim com pane-seca, tendo feito uma corrida estupenda.

    Na minha opinião, nem uma coisa, nem outra: faz-se um único abastecimento ao longo da corrida, e as outras paradas por punição ou troca de pneus.

    Publicado por Ridson | 27/06/2009, 11:48 pm
  10. Domingo assisti a corrida da DTM, que possui, por força do regulamento,dois pits obrigatórios. Em um deles, além da troca dos pneus, há o reabastecimento; o outro trocam-se só os pneus. Neste, naturalmente, o tempo de parada é mais curto, e os tempos surpreendem: o mais rápido na corrida de domingo foi na casa dos 3,6s! A velocidade e precisão são realmenteimpressionantes. Tavlez sirva de parâmetro para as paradas de 2010. Vale lembrar que na DTM, como na Indy, os carros são levantados por macacos hidráulicos, não por mecânicos, o que pode interferir no tempo de parada.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 29/06/2009, 12:09 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: