//
você está lendo...
ARTIGOS

Será Valentino Rossi o maior herói moderno do esporte a motor?

FOTO: motogp.com/Divulgação valentino(VALENTINO: com números inalcançáveis e carisma insuperável, ele é a personificação moderna do herói do esporte a motor)

Meu grande herói no motociclismo é o velho australiano Michael Doohan. Era Michael quem eu assistia, embasbacado, quebrar recordes no início de minha adolescência. Desde a aposentadoria de “Mick” por uma série interminável de contusões sofridas em múltiplos acidentes, eu perdi o interesse em motociclismo.

Tristemente, isso aconteceu no momento em que Valentino Rossi surgia para o estrelato, o que acabou me fazendo perder parte da magia do início. Ainda assisto a Moto GP, mas não acompanho com regularidade — o que talvez explique o fato de eu achar Valentino e parte de suas comemorações algo histriônico, e às vezes artificial.

A questão é que funciona. O que para mim é histriônico, para o resto do mundo é espirituoso e carismático. É esse tipo de promoção que todo grande ídolo do porte de um Valentino Rossi deve fazer pelo seu esporte.

Ontem, “The Doctor” (apelido auto-referencial de Valentino que faz alusão a frieza com que “opera” seus adversários) atingiu a estratosférica marca de 100 vitórias em sua brilhante e vitoriosa carreira — quase o dobro do meu herói, Mick Doohan (54) e a 22 de alcançar a lenda Giacomo Agostini.

Ao observar os resultados ao longo de sua carreira (ninguém na era moderna do esporte a motor tem os seus números), além da maneira efusiva como se relaciona com o seu próprio esporte e seus fãs — o que lhe dá um status de ídolo universal além de seu esporte —, eu ouso dizer que o italiano é hoje o maior herói do esporte a motor moderno. Uma unanimidade que um piloto não atingia desde Ayrton Senna nos anos 80 e 90; Gilles Villeneuve nos 70 e 80; Jim Clark nos 60; Fangio nos 50; e Tazio Nuvolari na era pré-Formula 1.

Não é por acaso que os rumores de Valentino indo para a Ferrari se renovem a cada 6 meses. Seria o casamento perfeito entre a lendária Ferrari e o mágico e “italiano” Valentino.

Uma das grandes ironias na história de Valentino, é que ele iniciou sua carreira pilotando Karts e uma suposta transferência para a Ferrari seria trilhar o caminho inverso feito por Tazio Nuvolari, outro italiano ilustre que iniciou pilotando motos e acabou como piloto de carros.

Na sua excelente autobiografia (What if I had never tried it) há uma passagem curiosa que talvez desvende o porquê de Valentino ter, infelizmente, optado pelas motos ao invés dos carros:

Por dois anos eu competi nos dois [motos e Kart). Kart é mais sério, ao menos no início, por que é mais profissional mesmo nas categorias mais baixas. Correr sobre quatro rodas, no lugar de duas, faz você parecer mais importante quando é pequeno. Eu não sei exatamente porquê, mas  levei o Kart muito a sério, enquanto minibikes era mais um jogo para mim. Eu achava que competia em Karts e brincava na minibike.

— Valentino Rossi

Basta ver a sua épica batalha com o espanhol Jorge Lorenzo em Barcelona— nos mesmos moldes da luta de titãs entre Renè Arnoux e o Gilles Villeneuve no GP de França de 1979 — para você compreender que ele ainda preserva essa visão lúdica da Moto GP, mesmo com oito títulos e 100 vitórias em seu invejável currículo.

Em tempos em que a castradora Formula 1 digere a si mesma em um interminável e sujo fosso de política e egolatria, Valentino é o que de mais puro você encontrará nessa era moderna do esporte a motor.

____________________________________________________________________

Em vídeo, a épica batalha entre Jorge Lorenzo e Valentino Rossi em Barcelona

Anúncios

Discussão

9 comentários sobre “Será Valentino Rossi o maior herói moderno do esporte a motor?

  1. Valentino é um autêntico showman das 2 rodas, multicampeao e carismático como poucos.

    Esse final de corrida na Espanha foi alguma coisa??!!! Pobre F1!..

    Claro que ele não ganha isso tudo sozinho, tem uma equipe competente por trás!

    Mas é quem eu mais admiro em esportes a motor nos últimos anos.

    Publicado por F1Slick | 29/06/2009, 5:50 pm
  2. Ele é o cara!!

    Publicado por F1Slick | 29/06/2009, 5:54 pm
  3. Becken,

    O Valentino Rossi é muito carismático e certemante é o grande destaque entre as duas rodas.

    Na verdade vivemos um momento meio único nesta década, onde pilotos como Valentino Rossi, Loeb e Shumacher pulverizaram, praticamento ao mesmo tempo, os principais recordes de suas respectivas categorias.

    Da sua lista de unanimidades eu tiraria o Gilles Villeneuve e certamente incluiria o Michael Shumacher. O Jackie Stewart também foi um dominador em sua época.

    Na verdade, em minha opinião, o Villeneuve pai é uma espécie de “Roque Santeiro” da F1 no Brasil. Ele não era nem a metade do que falam em termos de talento e velocidade. Quanto a resultados era sofrível.

    Sua morte, e seu arrojo (este sim, bem acima da média), aliados ao fato de correr numa Ferrari, alimentaram na Itália e em alguns países esse mito do super-piloto, que de fato ele nunca foi.

    O Gilles seria o Montoya de sua época, no máximo.

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 29/06/2009, 6:48 pm
  4. Já pensou um piloto brasileiro comemorando a centésima vitória e descendo do carro e estendo uma faixa com todas as fotos das vitórias brasileiras, os comissários teriam infartos fulminantes.

    A MotoGP é muito melhor que a F1 em termos de promoção e organização, e o Valentino é fantástico como piloto.

    Publicado por Claudemir Freire | 29/06/2009, 7:02 pm
  5. Acompanho o corridas mundiais de motos, antes eram as 500, agora são Moto GP.

    As poucas épocas em que acompanhei as 125 e 250 foi quando por lá andava um puto adolescente de nome Rossi…

    se vcs acham que ele é fantástico agora… na altura era muito mais ainda. não ao nivel da pilotagem, mas ao nivel da emoção, dos festejos, dos riscos que corria….

    Não há palavras para o descrever… procurem no youtube por videos dessas épocas.

    É simplesmente o melhor de sempre nas 2 rodas.

    Publicado por Nuno | 29/06/2009, 7:18 pm
  6. O Valentino surgiu como um foguete. Não vou citar estatísticas, mas dizer que ele aposentou Max Biaggi e Sete Gibernau já adiciona um pouco.
    No seu começo nas 500cc, conseguiu hegemonia guiando as poderosas e imbatíveis Hondas HRC (equipe oficial).

    Faz a pole, cai pra lá de 10 na largada e faz uma corrida de recuperação até chegar à vitória. Isso, que poderia ser considerada a corrida de vida de um piloto, Valentino fazia a cada 2 corridas…

    Sua frieza e inteligência ao perseguir o primeiro colocado durante toda a prova, deixando pra fazer a ultrapassagem no final, conseguindo em pelo menos 90% das vezes, deixa Schumacher no chinelo.
    Cansado com toda aquela facilidade ( e vendo uma montanha de dinheiro do outro lado para acabar com jejum de títulos), trocou a onipotente Honda pela sofrível Yamaha. Assim como o alemão, conseguiu cumprir a missão e levou seus títulos…

    As comemorações Becken, no começo eram mais “autênticas” mesmo. Afinal, a emoção da sua primeira vitória não é a mesma da nonagésima terceira…
    Com certeza as comemorações começaram pela alegria, bem italiano mesmo. Mais louco que ele só seus fãs…

    Mick Doohan também era um passeio atrás do outro…pobre Barros…

    Publicado por KBK | 29/06/2009, 8:08 pm
  7. Sobre o que o KBK falou eu sempre tive a impressão de que o Valentino cai para as posições intermediárias na largada para poder “brincar” de ultrapassar seus adversários.

    Publicado por Luiz Carlos Silva | 30/06/2009, 1:33 pm
  8. Quem esses ¨%@$¨%@$& pensao que sao para diminuir o grande GillesVilleneuve, nao conhece procura conhecer ao inves de falar bosta

    Publicado por GLAUCIA VECCI | 13/12/2009, 7:33 pm
  9. Por que The Doctor para Valentino Rossi ate agora não consegui entender por que?

    Publicado por Jean Ferreira | 11/03/2012, 1:53 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: