//
você está lendo...
ARTIGOS

Como anda o mercado de pilotos para 2010

AUSTRÁLIA EM 2009  — em 2010 poderá acontecer uma das grande mudanças no mercado de pilotos dos últimos anossillyseason

O iminente acordo entre as equipes de Formula 1, FIA e FOM (companhia detentora dos direitos da F1) que poderá ser anunciado nos próximos dias, foi o sinal verde para que equipes e pilotos começassem a articular negociações para o ano que vem.

Sebastien Bourdais foi o primeiro a ser defenestrado oficialmente da categoria pela Toro Rosso hoje, Nelson Jr está ameaçado e rumores circulam pelo paddock dando conta de que Nick Heidfeld será próxima vítima do facão dos chefões.

O certo é que apenas Lewis Hamilton, Fernando Alonso e Sebastian Vettel têm os seus futuros assegurados na Formula 1, o resto está à mercê das articulações e volatilidade das negociações para o próximo ano — o que poderá causar um dos grandes troca-trocas dos últimos anos.

Abaixo, segue um guia com o atual estado dos contratos e com pinceladas do que anda sendo discutido e especulado nos bastidores.

Clique AQUI e leia o resto do post…

___________________________________________________________________________

BMW

Robert Kubica (contrato até 2010)
Nick Heidfeld (contrato apenas até o fim de 2009)

Este talvez seja o rumor mais forte no momento e dá conta da substituição de Nick Heidfeld por Nico Rosberg em 2010. Seria um casamento perfeito: a BMW teria uma estrela alemã como Nico — piloto rápido, jovem, experiente e, principalmente, carismático — e Nico uma equipe com recursos o suficiente para lhe dar oportunidade de mostrar seu real potencial escondido hoje na humilde Williams.

Além de bom piloto, Nico seria um garoto propaganda perfeito para a BMW: fluente em inglês, alemão, italiano e até em finlandês (país onde nasceu). Em termos de marketing Nico seria um ótimo contraponto ao mal humorado e rápido Robert Kubica.

Já Robert, depois de sua fulgurante campanha em 2008, estava de olho na Ferrari para 2011, por isso renovou por dois anos com a BMW. Com os portões de Maranello devidamente fechados, mais o surgimento de Sebastian Vettel como estrela ascendente aos olhos da Ferrari, Robert não tem outra opção senão garantir o seu lugarzinho na BMW.

A TV Francesa já sugeriu que Robert pode ser o companheiro de Jenson Button na Brawn GP no ano que vem. Se a Mercedes-Benz confirmar a Brawn como uma de suas clientes em 2010, a equipe se manterá atrativa para um piloto com um salário razoável como Robert.

Ferrari

Kimi Raikkonen (contratado até 2010)
Felipe Massa (contratado até 2010)

É curioso que haja sempre especulação quanto ao destino de Kimi, mas é chocante saber da boataria que a prestigiosa Autosport anda levantando nos bastidores.

O boato é que o manager de Kimi tem investigado qual a melhor opção fora de Maranello. Kimi teria recusado uma oferta da Toyota e já teve discussões preliminares com Ross Brawn, mas é improvável que Ross tenha dinheiro suficiente para bancar o caro finlandês.

É bem plausível que a decisão esteja nas mãos de Kimi, mas a questão é como a Ferrari lidará com a pressão de um patrocinador de peso — prestes a aportar em Maranello em substituição à Marlboro — como o gigante Santander, que ama Fernando Alonso e deve desejá-lo imediatamente na equipe?

Será que sobraria para o “baratinho” Felipe Massa? Se estiverem corretas as especulações sobre as baixas multas rescisórias no contrato de Felipe, trocá-lo por Fernando seria ao menos compensador financeiramente. Mas seria um movimento político extremamente perigoso da Ferrari com um piloto muito popular entre os tifosi como é Massa.

McLaren

Lewis Hamilton (contrato longo de cinco anos)
Heikki Kovalainen (Contratado para 2099 com possível opção de renovação)

Lewis é um deus na McLaren, portanto irremovível e indiscutível.

Sobre Heikki, já circularam rumores de que Robert Kubica e Nico Rosberg se juntariam à McLaren, mas tradicionalmente, a equipe tende a lidar bem com pilotos que têm um temperamento suave e amigável como o de Heikki. Se considerarmos a confusão que foi a passagem de Alonso por Woking, é provável que Lewis e Heikki sejam parceiros durante um bom tempo na McLaren, mesmo com as performances abaixo da média do finlandês.

Com Rosberg morrendo de medo de dividir a McLaren com o seu amigão Lewis Hamilton e debandando para a BMW, Paul di Resta continua à espera na Mercedes e é única ameaça a Heikki no momento.

Toyota

Jarno Trulli (Contratado para 2009)
Timo Glock (contratado para 2009 com opção para 2010 em vias de renovação)

A Autosport soube que Kimi Raikkonen rejeitou uma proposta da equipe japonesa e é bem provável que Trulli fosse o homem a dar espaço para o finlandês. Mas em termos de performance, a Toyota tem a mais equilibrada dupla de pilotos da temporada, o que lhe dá razoável tranqüilidade para manter-se com os dois. Timo está confiante de que renovará para 2010 e o mesmo deve ocorrer com o veterano Jarno Trulli, que tem feito uma boa temporada esse ano.

Renault

Fernando Alonso (contrato de um ano com opção de renovação em mãos de Fernando)
Nelson Piquet jr. (Piquet tinha/tem contrato para 2009 com cláusula de perfomance)

A saga de Fernando na Ferrari continua indefinida e sua ida depende mesmo do próximo passo de Kimi Raikkonen. Se Fernando tiver sinal verde para ir para a Ferrari, restará um lugar vago na Renault a ser preenchido por um piloto experiente, o que compensará a imaturidade de um Romain Grosjean ou Piquet Jr. Abrem-se as portas para um Nick Heidfeld no time de Flávio Briatore.

Nelson Jr parece a cada dia na degola, mas a verdade é que nenhum piloto fora da categoria — Talvez agora Bourdais — nesse momento têm a sua quilometragem com esses novos carros de Formula 1. Nelson seria uma opção até atrativa para uma das novas entrantes.

Red Bull

Mark Webber (contratado para 2009 e com opção para 2010)
Sebastian Vettel (contratado até 2010)

Esta é hoje a mais forte e equilibrada dupla de pilotos no grid — opinião minha compartilhada com o chefe da Red Bull Christian Horner. Segundo a Autosport um acordo entre Mark e a equipe está próximo de ser acertado e a discussão centra-se apenas na duração desse próximo contrato.

A equipe permanecerá com os dois em 2010, afinal, quem iria se desfazer de um talentoso veterano como o agora vencedor Mark e de uma jóia rara como Sebastian?

Williams

Nico Rosberg (contratado até o fim de 2010)
Kazuki Nakajima (Contratado apenas até 2009)

Com os boatos de que Nico arrumou as malas e vai para a BMW, Patrick Head já declarou que necessita de um homem experiente em um dos seus carros e o boato mais fresco sugeria que Rubens Barrichello e Nick Heidfeld sondavam a equipe. Com o último chilique de Barrichello sendo duramente criticado por Frank Williams no último final de semana, é provável que Nick esteja sendo olhado com mais carinho por Patrick e Frank.

Kazuki vem tomando uma sonora surra de Nico esse ano, o que tem explicitado a sua presença na F1 como uma imposição do fornecedor de motores da Wiliams, a japonesa Toyota. O piloto reserva Nick Hulkenberg poderia ser a solução para substituir Kazuki em 2010, mas até onde vai a liberdade da Williams nessa decisão?

Brawn

Jenson Button (contrato para 2009 e grande potencial para prolongar até 2010)
Rubens Barrichello (contrato para 2009)

Jenson é o homem em quem a Brawn confia e a grande dúvida na equipe é mesmo se Ross Brawn continuará a aceitar em 2010 os chiliques prova-sim prova-não de Rubens Barrichello. Grande parte do dinheiro da Brawn injetado pela sua antiga dona, a Honda, esvai-se agora que a equipe precisa acelerar o desenvolvimento do seu carro em face do avanço da Red Bull. Um piloto com o potencial para atrair patrocinadores em 2010 — como Bruno Senna — seria uma opção atrativa para a equipe.

Rumores de que a Brawn anda conversando com Kimi é de que Barrichello anda sondando a Williams é sinal de que o brasileiro não está mesmo garantido na equipe em 2010.

Force India F1

Giancarlo Fisichella (contrato para 2009)
Adrian Sutil (contrato para 2009)

O grande mistério na Force India é Vitantonoi Liuzzi, que está atado contratualmente à equipe até 2011. O problema parta Tonio é que Fisichella e Sutil têm tido boas atuações esse ano. Fisichella em Silverstone e Sutil em Mônaco e Alemanha, quase marcaram pontos para a equipe. Terá Mallya coragem de sacar um dos dois em favor do sempre promessa Tonio Liuzzi? Fisichela, claro, seria o home a finalmente sair de cena.

Toro Rosso

Sebastien Buemi (contrato para 2009)
Jaime Alguersuari (provávl substituto de Sebastien Bourdais em 2009 e 2010)

Depois de mais uma chance na Toro Rosso em 2009, Sebastien Bourdais foi o primeiro a ir para a degola. Ele abre espaço para o espanhol Jaime Alguersuari, mais um dos “meninos” de Helmut Marko, o homem que coordena o programa para jovens talentos da Red Bull, o responsável pela descoberta do super talentoso Sebastian Vettel.

As novas equipes em 2010

Manor – o único piloto no radar da equipe no momento — nome citado por John Booth, um dos seus sócios — é o do muito jovem Roberto Merhi, espanhol de apenas 18 anos.

USF1 – Danica Patrick, Rubens Barrichello, Jacques Villenueve, Marco Andretti… São muitos nomes mas nenhum que tenha real potencial para se transformar em algo absolutamente concreto no firmamento da equipe. A prerrogativa em contratar um piloto americano limita o universo de escolhas, mas verificando o roll de pilotos genuinamente americanos com real potencial para pilotar de forma competitiva na F1, Jacques Villeneuve não seria uma má escolha.

Segundo o próprio Villeneuve os pneus raiados foram o eal motivo por trás de seu ocaso na F1, com mais grip mecânico á disposição seria um prazer ver e, principalmente ouvir, Jackes de volta a essa insípida F1.

Scott Speed seria outro bom nome, mas resta saber se Scott ainda tem interesse e motivação depois de sua passagem desastrosa pela Toro rosso em 2007, quando foi até agredido por Franz Tost, o chefe de sua equipe.

Campos – O grande Pedro de La Rosa é nome quase certo a juntar-se à nova Campos e até Lewis Hamilton já lamentou a sua saída da McLaren. Pedro será uma rande perda para Mclaren, ele que é hoje talvez o melhor piloto de testes da F1.

Discussão

17 comentários sobre “Como anda o mercado de pilotos para 2010

  1. “Heikki Kovalainen (Contratado para 2099 com possível opção de renovação)”

    Será que ele estará vivo até lá ? xD

    Publicado por i.David | 16/07/2009, 11:48 am
  2. Belo texto, boas idéias que dão pra pensar um pouco do que pode acontecer na temporada 2010 em relação aos pilotos.

    Mas tudo vai depender pra onde Alonsito for, quando o espanhol sentar na cadeira e anunciar seu destino teremos rápidos movimentos nos bancos e cores dos uniformes dos pilotos.

    Becken, sei de sua admiração por Mclaren e Hamilton, mas nenhum piloto hoje no grid perderia a oportunidade de andar nos prateados por medo do Hamilton, acredito que nenhum deles tem essa idéia de não ir por medo, pode recusar sim, mas por um contrato estilo Alonso-Renault.

    E de la Rosa o melhor piloto de testes da categoria ?

    Publicado por Claudemir Freire | 16/07/2009, 11:52 am
  3. Becken, sei de sua admiração por Mclaren e Hamilton, mas nenhum piloto hoje no grid perderia a oportunidade de andar nos prateados por medo do Hamilton

    Claudemir – na verdade eu só disse quanto ao Rosberg, que foi sondado em 2008 e parece que novamente em 2009 para fazer par com o Lewis, mas ao que parece ele prefere uma equipe sem Lewis do lado.

    Na verdade Nico conhece bem o Lewis, os dois são dois dos melhores amios na F1 e foram companheiros de Kart no início das carreiras na equipe do Keke. E lá Lewis sempre foi mais rapído que Nico no Kart…

    Eu imagino que Rosberg tenha uma exata noção do que o Hamilton pode fazer e também, claro, da relação do inglês com a McLaren. Por isso eu acho que ele realmente tem medo de dividir a McLaren com Lewis — o que eu considero um erro…

    E de la Rosa o melhor piloto de testes da categoria ?

    Eu cito na última linha: a Campos pode ser o destino…

    Publicado por Becken Lima | 16/07/2009, 11:59 am
  4. Estimado Becken,

    Dando uma viajada na maionese vc nao acha que a Ferrari pode fazer um acordo de fornecimento de Motores a Brawn por exemplo e mandar o Raikkonen para la ?
    Dizem que a multa eh de 38 milhoes de USD assim o Ross Brawn teria motores de graca e o Filandes.
    Eu honestamente nao sei se uma troca boa, principalmente pela preguica do filandes em testar e trabalhar com os engenheiros mas podia ser uma saida.

    Outra coisa, vc nao acha que o Piquet Jr tem chances na BMW( Primeiro campeao era turbo ), williams e ate mesmo em uma das 3 novas pela influencia do Eclestone ( ex patrao do Piquet na BRabham ) e da Ford ( piquet correu e foi campeao de FORD).

    Abraco

    Publicado por Fernando Piccione | 16/07/2009, 12:22 pm
  5. Amigos,

    Eu ainda penso que nessa novela “Alonso na Ferrari” quem deveria dar o primeiro passo seria o Massa.

    Ele hj tem um baita currículo, e seria um profissional disputadíssimo. Eu no lugar dele, levaria um CV na Mclaren. Disputar a equipe com o Alonso ou com o Hamilton é a mesma coisa, e não sei se o Lewis é tão “dono” da Mclaren assim. Ainda mais com um nome de peso como o massa no carro do lado.

    Conseguiria um bom aumento de salário, e continuaria num bom cockpit.

    Publicado por Ffigueiredo | 16/07/2009, 1:34 pm
  6. Caro Becken,

    O Livio Orichio dá como sacramentadas as transferências de Alonso para a Ferrari e de Rosberg para a Williams, só faltando o anúncio.

    Disseram (não tive como comprovar) que o Nelson Piquet pai foi visto conversando longamente com Frank Williams durante todo o final de semana.

    Frank, por sua vez, disse em entrevista que gostaria de ter um piloto jovem, mas com experiência de Fórmula 1 na equipe.

    Pergunto – existe a possibilidade? Ou é só sonho mesmo?

    Obrigado e abraços

    Publicado por Antonio Carlos Fernandes | 16/07/2009, 2:00 pm
  7. Corrigindo, perdão

    Rosberg para a BMW

    Abraço

    Publicado por Antonio Carlos Fernandes | 16/07/2009, 2:01 pm
  8. O problema do Massa partir para ação é que ele esta preso por contrato e apesar desta ser uma temporada com muitas vagas abrindo a bagunça no satatus quo da categoria foi tamanha que qualquer movimento que se faça será uma aposta e por melhor que o curriculo do Massa seja os dois cockpits mais seguros para o ano que vem são o que ele já tem e o da Red Bull para onde ninguém irá (e vale dizer que ele é da nacionalidade errada para McLaren). E a situação dele é comoda, algo só acontece com ele caso o Kimi esteje irredutivel e a Ferrari se recuse a pagar a multa milionaria. O maior problema do Massa é 2011 e não 2010.

    Publicado por Filipe Furtado | 16/07/2009, 3:38 pm
  9. Filipe – Em quem vc está de olho para sentar na USF1?

    Publicado por Becken Lima | 16/07/2009, 3:56 pm
  10. Pelo que vem saindo na imprensa americana USF1 deve contar com um piloto com experiencia na categoria e um jovem americano. Num mundo ideal, o piloto experiente seria certamente Scott Speed, mas isto depederia do contrato dele na Nascar. Vale dizer que existe um rumor que a equipe da Red Bull na Sprint Cup poderia trocar a Toyota pela GM e se isto acontecer Brad Kaselowski que é uma das grandes apostas parao o futuro da categoria (e cujo contrato pertence a maior equipe ligada a GM, mas que não tem carro para coloca-lo para correr) poderia ser emprestado a Red Bull ano que vem como parte do acerto, o que deixaria Speed desempregado e disponivel para voltar a F1. Se este cenário ocorrer Speed é favoritissimo a uma das vagas, mas se não o provavel é que o veterano seja ou alguem com ligações com o automobilismo americano (leia-se o imortal Villeneuve ou Bourdais) ou um dos dois test drivers espanhois (De La Rosa e Gene). Vale lembrar que a USf1 tera sede europeia na Espanha e parece vir procurando manter boas relações comerciais por lá, então este me parece o mais provavel cenário se Speed ficar na Nascar.

    A outra vaga tem muitos candidatos. Vale dizer que Danica Patrick deve fechar um contrato gordo com a Chip Ganassi para ano que vem e esta no momento usando a F1 e Nascar para aumentar o valor dele, ou seja não é uma alternativa realista. Se Windsor correr atrás de alguem da IRL teria 3 opções Marco Andretti, Graham Rahal e Ryan Hunter-Reay.
    Marco seria o preferido por questões de marketing, mas apesar do avô adorar a idéia, o pai não parece gostar muito dela e ao contrario dos outros dois pilotos, Marco rende melhor em ovais do que circuito mistos.

    Quando Graham Rahal ganhou a Formula Atlantic em 2006, a familia não escondeu o desejo de leva-lo a F1, chegou inclusive a disputar a A1GP pelo Libano (a familia tem dupla nacionalidade) e optou pela ChampCar a despeito do pai ter equipe na concorrencia justamente por ser voltada para circuitos mistos. Mas este ano fez várias declarações no sentido de que esta feliz onde está incluindo varias indiretas a F1 então não sei até que ponto o projeto ainda existe. O jovem Rahal é rapido, mas ainda erra muito. Vale dizer que ele largou entre os cinco primeiros em todos os circuitos mistos este ano, mas que conseguiu se envolver em alguma confusão na primeira volta que o obrigou a fazer uma prova de recuperação em todos eles também.

    Hunter-Reay não tem nome, mas é mais experiente e constante, também é piloto de circuitos mistos e tem um bom patrocinador pessoal e suspeito leva mais jeito para agradar patrocinadores pequenos que USF1 supostamente buscaria do que os dois rapazes de sobrenome famoso mas atitude um tanto arrogante.

    Ainda não se pode excluir alguns pilotos vindo das categorias de base, em especial a dupla Jonathan Summerton e Jr Hildebrand. Ambos joens talentos rápidos e que se sentem a vontade em circuitos mistos. Vale dizer que Hilderbrand foi mais competitivo qure Marco Andretti quando guiou na A1GP nesta ultima temporada.

    Uma última opção seria Richard Antinucci, sobrinho do Eddie Cheever e vice campeão da Indy Ligyrs ano pasado e com p-assagem boa se não espetacular pwlo feeder system europeu. É bom e rápido, mas contra ele pesa que a despeito de correr com licença americano ter nascido em Roma, suspeito que só seria considerado se Speed topar voltar.

    Publicado por Filipe Furtado | 16/07/2009, 5:22 pm
  11. Meu comentário não tem nada a ver com o mercado de pilotos, é que agora fiquei em dúvida sobre Nico falar finlandês fluentemente. Eu lembro de uma entrevista no início da F1 na qual ele dizia não saber a língua, ele nasceu mesmo na Alemanha, e deve talvez saber uma palavra ou outra em finlandês. Mais curioso ainda é Keke que nasceu na Suécia, foi criado na Finlândia e tem um filho alemão, que grande confusão, hehe!

    Publicado por Larissa Oliveira | 16/07/2009, 9:44 pm
  12. “Heikki Kovalainen (Contratado para 2099 com possível opção de renovação)”

    Seria o Kova a Dercy Gonçalves da F1? Fico imaginando a situação:
    – Essa po*** desse carro não anda? Ca*****, vai se f****, seus mecânicos filhos da p***!
    Detalhe que ainda pode ser renovado o contrato!

    Publicado por Andy Bell | 17/07/2009, 12:08 am
  13. Penso que a McLaren imaginava em Kovalainen como um novo Coulthard na era Mika/David e, posteriormente, David/Kimi: um piloto que não incomoda o “homem para o título”. O problema é que Coulthard era experiente e trazia pontos para a equipe (e, vez por outra, vitórias), mesmo não sendo brilhante, e Heikki atualmente nem isso faz.

    Sobre a Brawn: Barrichello tem um papel muito importante na equipe com a área técnica, vide as “consultas” de Jenson reveladas pelo rádio: “vamos ver o que Rubens faz”. O problema é que a língua de Barrichello não ajuda… mas, pelos rumores de que a Mercedes vai para a Red Bull, acho difícil a Brawn sofrer alguma influência dos alemães; logo, Di Resta ficaria em outro time dos prateados: ou a McLaren, limando o “novo Coulthard” Kova, ou fazend a dispensa geral no time de Mallaya, com Liuzzi e o escocês. Aposto que ele fica é mais um ano na DTM.

    Belo comentário do Filipe Furtado sobre a USF1. Dentre tantos nomes, cogitaria, a depender do reguisito: por marketing, Marco Andretti. Por talento, Graham Rahal, apesar da inconstância. Duvido que ele recusasse… Neste último requisito, caberia também o experiente Ryan Hunter Reay, mas acho que este já está velho para os padrões da categoria. E como o outro piloto deve ser experiente na categoria, e eu apostaria no Sato. Villeneuve, depois de tanto tempo fora, não deve ter chances.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 17/07/2009, 9:56 am
  14. Kimi e Massa estão muito bem na Ferrari. Só um louco mudaria esta dupla de pilotos. Alonso é excelente mas não vai para lá fazer nada que os que lá estão não façam. Além disso é muito prima dona também. Lembrem-se do que Kimi e Mika sofreram na Maclaren com fiabilidade do carro. O que tem de mudar é a engenharia Ferrari da F1. No tempo de Todt, seria impensável o que se passou no ano passado e o Massa merecidamente seria campeão do mundo com a entreajuda natural de um dos melhores pilotos e companheiros de equipa de sempre: Kimi Raikonnen. Só um parvo como o Weber poderia ter o comentário que teve sobre Kimi na F1 actual tratando e desrespeitando um colega de profissão que é Campeão do Mundo. Foi de um mau gosto atroz. Mas também é verdade que nunca lhe chegará nos calcanhares em condução e educação para com os companheiros de pista. Nem sei como é que esse cara é patrão dos pilotos depois de ter dito que disse. E também não chega ao talento doFilipe Massa que é excepcional em qualificação e em prova claro está quando está em posição de discutir posições cimeiras. Basta rever a carreira de Kimi para perceber que é um dos melhores pilotos de sempre, embora nem sempre tenha tido o carro fiável que precisava.
    Na equipa RBR, nenhum piloto chegará a discutir o título se não optarem claramente por um deles. A RBR perdeu uma excelente oportunidade na Alemanha de ajudar Vettel a consolidar. E a F1 vai ser isso. Não vai ser mais ganhas tu ganho eu. Ora Kimi e Massa sabem fazer jogo de equipa, só é preciso que a equipa “jogue” certo para eles.
    A F1 actual só dá chance praticamente para a linha da frente. Os outros estão mais sujeitos à sorte e ao desempenho do carro do que a qualquer virtuosismo que tenham por muito que penem.

    Publicado por Ernesto Sousa | 18/07/2009, 3:04 pm
  15. O Villenueve é canadense, talvez o Dario Franquitti seja uma opção. No entanto o mais seguro seria optar pelo Scoot Speed que chegou a F1 por meritos. As outras opções Marco, Graham Rahal, Danica não vão fazer nada na F1 sequer são pilotos razoaveis.

    Publicado por Pedro | 21/07/2009, 1:59 pm
  16. O problema de Kimi Raikkonen é a champagne se fosse um garafão de vodka no podium ele ganhava todas as corridas.

    Publicado por Beto | 21/07/2009, 2:05 pm
  17. Um boa dupla na minha opinião seria VETEL e HAMILTON , como na ferrari ja é FELIPE( O MELHOR ) e ALONSO, seria um temporada excepicional.

    Publicado por aldo | 22/10/2009, 5:18 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: