//
você está lendo...
ARTIGOS

Vitória de ontem resgata Lewis e a McLaren

FOTOS: McLaren/Divulgação mclarenandlewiswin(EQUIPE COMEMORA: Whitmarsh, Lewi s e Heikki transformaram um carro mal nascido em vencedor de Grandes Prêmios)

Depois de um turbulento início de temporada, McLaren e Lewis resgatam prestígio conquistado com o título de 2008 e prometem embaralhar a segunda fase da temporada.

Clique aqui para ler o resto do artigo…

___________________________________________________________________________

A imprensa brasileira está concentradíssima na cobertura da recuperação de Felipe Massa e a corrida e o resultado de ontem acabaram, compreensivelmente, ficando mesmo para segundo plano.

O fato é que a dominante vitória de Lewis Hamilton ontem na Hungria, conquistada no seu velho e bom estilo, com ultrapassagens e dando espetáculo, é um justo resgate da equipe e do piloto que atravessaram juntos um dos mais turbulentos períodos da história da equipe e também de sua longa relação.

Além de ter que lidar com um carro mal nascido no início de temporada — 1 segundo e meio mais lento que Brawns e Red Bulls — Lewis se viu envolvido em um vergonhoso escândalo ao mentir para os comissários do GP da Austrália, o que arranhou a sua reputação e também da própria Formula 1. Por tabela, a McLaren dispensou Dave Ryan — um dos seus mais fiéis colaboradores — também envolvido no escândalo e testemunhou Ron Dennis anunciar afastamento definitivo de suas operações dentro do Grupo McLaren, resultado da forte pressão de Max Mosley.

A vitória de ontem, portanto, resgata parte do prestígio que a equipe — ela mesma — havia deixado no caminho desses últimos cinco meses — além de responder vigorosamente às dúvidas de quem ainda desconfia da capacidade e dos recursos técnicos concentrados em Woking,

Lewis desenvolve um carro de F1 vencedor

Há outro interessante fator no triunfo de ontem, que é a definitiva resposta de Lewis a quem o acha (va) incapaz de desenvolver um carro de Formula 1. Com a impossibilidade de testes nesse ano, Lewis e Heikki foram obrigados a penar durante dezenas de horas nos simuladores da equipe em Woking — sem o feedback de dados recolhidos em pista —, tentando encontrar respostas para os defeitos congênitos que nasceram com esse carro. O esforço dos pilotos junto a toda equipe, resultou, praticamente, na recriação do MP4/24 no espaço de cinco meses.

Até quinta-feira última, Pedro de La Rosa ainda levava componentes novos a serem instalados nesse novo carro para o GP da Hungria.

Mais vitórias em curso?

Há ainda dúvidas quanto à capacidade do carro em gerar performance e “downforce” em circuitos em que o equilíbrio aerodinâmico seja fundamental, para isso Martin Whitmarsh — que saboreia sua primeira vitória como chefe da equipe — avisa que haverá atualizações para Valência, enquanto Jenson Button aponta que os carros com KERS “irão destruir Brawn e Red Bull em Monza…”

A temporada tem demonstrado que poucas equipes têm permanecido no topo de forma contínua e estável, mas com Hamilton na briga por vitórias de novo, não duvide que a McLaren possa vencer mais uma esse ano.

Anúncios

Discussão

21 comentários sobre “Vitória de ontem resgata Lewis e a McLaren

  1. “Há outro interessante fator no triunfo de ontem, que é a definitiva resposta de Lewis a quem o acha (va) incapaz de desenvolver um carro de Formula 1.”

    Becken,

    Não deixe o lado torcedor prevalecer, tá certo que Lewis ontem foi muito bem, demonstrando toda sua grande capacidade como piloto, mas, sem testes, ou seja, sem piloto guiando carro em pista, não entendo como ele pode ter sido responsável direto em desenvolver o carro da McLiar.

    É mais do que evidente que os créditos devem ser dados à equipe de engenheiros do time, que, copiando (o que são mestres) e desenvolvendo os conceitos trazidos por Brawn e Red Bull chegaram a um novo carro nesse meio para final de temporada.

    Creditar a Hamilton o desenvolvimento da McLiar é, sem dúvidas, forçar demais a barra. Ademais, seguindo esse raciocínio, devemos também dizer que Kovalainen é um grande desenvolvedor de carros, o que convenhamos é pouco provável.

    Publicado por Cassius Clay Regazzoni | 27/07/2009, 2:24 pm
  2. Eu gostava muito da dupla “Ron Dennis + Lewis Hamilton”, achava um renascimento de uma época de ouro da McLaren, impossível não lembrar do Senna tirando sorrisos do sempre gélido Ron. E Hamiltinho voltou a tirar sorrisos do carrancudo.

    Mas depois do acontecimento da primeira corrida, não consigo mais torcer pro Lewis. E olha que torci por ele ano passado inteiro! Mesmo abrindo mão de torcer por um brasileiro, pois acreditava que o LH valia a pena acompanhar, mesmo sendo inglês.

    Vou esperar que outro piloto entre na F1 e me tire um “uau!”, que me leve a torcer de novo por alguém…. acho que por enquanto fico com o Alonso no seu Jegue-Renault……..

    Publicado por fernando-ric | 27/07/2009, 2:29 pm
  3. Becken agora soh falta a Renault melhorar um pouquinho para termos brigas Alonso x Hamilton… imagine os dois sem a responsabilidade de brigar pelo campeonato….

    Eh uma pena que a BMW nao conseguiu seguir a Mclaren e Ferrari que comecaram pessimas e jah estao bem melhor…

    Vc acha que a Brawn esta na descendente e nao se recupera mais ?

    Lemdro que vc postou algo do Webber no comeco do ano e eu te disse que nao ia com os cornos dele principalmente por tudo que o Galvao Bueno disse, MAS estou mudando de opiniao e acredito que ele vai ganhar do Vettel esse ano e se for campeao entao, sera uma das melhores recuperacoes da historia.

    Imagina se dah Webber em um campeonato que quase todos jah davam como ganho ao Button !!!!

    Um abraco e que o Massa se recupere logo.

    Fernando

    Publicado por Fernando Piccione | 27/07/2009, 2:36 pm
  4. Ahá!
    Eu sabia que o Kova era filho do Withmarsh!

    Abraço.

    Publicado por Antonio | 27/07/2009, 3:23 pm
  5. É mais do que evidente que os créditos devem ser dados à equipe de engenheiros do time, que, copiando (o que são mestres) e desenvolvendo os conceitos trazidos por Brawn e Red Bull chegaram a um novo carro nesse meio para final de temporada.

    Ah, entendi… Vc é daquela turma que acredita que se a McLaren não evolui a culpa é da inexperiêndia do Hamilton… Se evolui é dos acertos do Alonso; se não tem Alonso e o carro é novo, zerado, o crédito é dos engenheiros…

    Pára com isso, Cassius! :)

    Me chamar de torcedor é fácil, mas parece que dar crédito a quem merece tá difícil para vc também, hein… Ou vc não gosta do Hamilton e isso tá atrapalhando a sua excelente capacidade de julgamento.

    O Hamilton ganhou uma corrida saindo de quarto, fez ultrapassagens na pista para ganhar a corrida em um carro problemático que ele trabalhou o ano inteiro para refinar…

    Quae sunt Caesaris, Caesari, Cassius…

    Publicado por Becken Lima | 27/07/2009, 3:24 pm
  6. Becken nao esquece que o Kers deu uma forcona !!!!
    Que o Hamilton eh um baita piloto eu nao tenho duvida e que ele sabe aproveitar muito bem o equipamento que ele tem tambem, mas agora com a Mclaren bem e ainda por cima com o o Kers vai ser cada vez mais facil para ele chegar entre os tres primeiros se se classificar entre os 4 primeiros.
    Alias sera que as equipes se arrependeram de ter abandonado o KERS ?
    Ainda acho que veremos algumas muitas mudancas na temporada, tomara que a Renault possa correr em Valencia !
    Fernando

    Publicado por Fernando Piccione | 27/07/2009, 3:34 pm
  7. Becken nao esquece que o Kers deu uma forcona !!!!

    Indiscutivelmente e esse é mais um mérito de toda a equipe — inclusive do Hamilton — em desenvolver o mais confiável e potente sistema.

    Publicado por Becken Lima | 27/07/2009, 3:47 pm
  8. Desde a Alemanha a McLaren vem mostrando que voltou para a ponta do grid. Me impressionou como um carro que a algumas corridas atrás empacava no Q2 conseguiu um feito desses, e ainda por cima com o KERS que todos reclamavam.
    Quanto a atribuir este feito ao Lewis, acredito que ele colaborou sim, mas na minha opinião não foi o fiel da balanca no desenvolvimento da equipe. A equipe tem uma estrutura fantástica e muitos engenheiros competentes, creio que esses sim merecem o maior crédito pela evolução.
    Agora, que o Hamilton pilotou muito e foi soberbo , isso é indiscutível. Só mesmo ele pra tirar todo o potencial do carro nesses momentos pois o Kovalainen é muito, mas muito fraco. É impressionante como esse piloto filandês não inspira a menor confiança, acho que sua extrema incompetência acaba realçando ainda mais os feitos do companheiro.

    Publicado por Carlos T. | 27/07/2009, 3:57 pm
  9. Lewis fez um corridaço de encher os olhos na Hungria. Foi agressivo, rápido e preciso. Tinha o melhor carro e se aproveitou disso.

    Porém eu tambem nao vejo em como ele ajudou muito o desenvolvimento do carro. Hoje em dia os carros são desenvolvidos pelos engenheiros com os pilotos adaptando os carros à seu gosto. Os computadores falam por eles.

    Kimi Raikkonen, o cara mais calado e incapacitado na história da F1 a desenvolver um carro de corrida, fez melhor ainda na McLaren em 2004. O carro era horrível (talvez tão ruim quanto o MP4 24), o conceito do projeto era totalmente novo e pra piorar sua situação, os motores Mercedes explodiam a cada 5km.
    Terminou o ano ganhando na Bélgica e subindo regularmente ao podium. E eu pessoalmente duvido que foi Kimi que foi lá dizer ao engenheiro como fazer o carro ir mais rápido.

    Acredito em Fernando pra desenvolver um carro ‘na fala’ simplesmente por sua experiencia.
    Lewis às vezes parece perdidinho com setups, porque o que lhe sobra em talento, falta em experiencia.

    Agora Becken, ficar pedindo punição pro Kimi foi osso, né?
    Ele nao fez absolutamente NADA na largada,o Vettel que pecou por não ter cautela, vendo 3, 4 carros lado a lado e embolados um cara que disputa o titulo deve tirar o pé. Kimi jogou o carro pra cima de Lewis pra defender posição, não bateu nem tirou ninguem da pista. O ultimo dos primeiros ali, Vettel, é quem devia ter tirado o pé, nas duas situações.

    Publicado por Lucas | 27/07/2009, 6:21 pm
  10. Seis mitos caíram por terra ontem:
    – O legado do Adrian Newey;
    – A sombra do Stepney-Gate;
    – A susposta incompetência do Whitmarsh;
    – Os famigerados 7 décimos do Alonso e
    – A incapacidade do Lewis de desenvolver um carro.
    – A imaturidade do Lewis de “liderar” uma equipe.

    Não foi uma vitória extraída a forceps, foi um domínio absoluto. E a diferença não foi mais acachapante por conta da madura decisão do Hamilton de poupar os pneus e o motor.

    Tudo bem q o Lewis correu com uma asa dianteira nova e q n foi usada pelo Kova, mas q esse cara é lento demais, n tenho dúvidas. Mesmo com o Kers, ele conseguiu ficar preso atrás de carros mais lentos várias vezes. O Hamilton ao contrário, na 1ª chance q teve foi pra cima do Webber mesmo sabendo q o australiano às vezes joga um pouco sujo(nisso o Lewis se parece com o Schumi – se sentir q tem o melhor carro na pista, ele n aceita outro lugar q n seja o P1).
    Sou a favor de se aproveitar o De la Rosa a partir do ano q vem até q o Vettel esteja disponível no mercado, mas o Rosberg n seria nada mal tb.

    Apenas fazendo uma correção ao texto do Becken: nos testes em Barcelona, a McLaren era 3,5 segundos mais lenta q a Brawn.
    Acho q na F1 moderna nunca havia se visto coisa parecida.
    Pelo andar da carruagem, vamos terminar o ano com a Brawn ocupando o lugar q a Mclaren ocupou antes de chegar a Melbourne e vice-versa.
    O mais engraçado de tudo é q após a Turquia(se n me engano) perguntaram ao Lewis o q é q deveria ser feito para ele voltar a vencer e ele respondeu:
    Basta pegar uma Brawn, pintá-la de prata, colocar o Kers e pronto.
    Foi nessa ocasião tb q ele declarou q sua única meta em 2009 era de poder desafiar o Botão, mas acho q agora vai ficar difícil de isso acontecer.
    Q ironia do destino!
    Por falar no Botão, alguém sabe pq ele corre com uma batata quente na boca?

    Publicado por Leandro Magno | 27/07/2009, 6:26 pm
  11. o bom de ser torcedor é que assim pode-se escrever qualquer coisa.

    Publicado por andre | 27/07/2009, 6:49 pm
  12. Só mais uma coisinha q eu estava pensando hj…:
    Se a Mclaren e a Ferrari continuarem evoluindo seus pacotes e caso n chova mais, vcs já imaginaram q poderemos ter um campeão com apenas uma vitória(Webber ou Vettel) e o cara q vai ficar em segundo ou terceiro(Button) com 6 vitórias?
    Q loucura!

    Publicado por Leandro Magno | 27/07/2009, 6:55 pm
  13. Prometo q n encho mais o saco nesse post…
    N seria a hora da RedBull entregar a STR carros idênticos aos da RBR pra tentar colocar a Brawn ainda mais pra trás no grid(mesmo q só na classificação)?
    Ok, os caras são novatos e talvez n dessem conta de andar na frente dos dois veteranos da Brawn, mas só de colocar a Brawn fora do Q3 já ajudaria demais a RBR. Dinheiro pra fazer 4 carros idênticos eu tenho certeza q têm. Nos fds passariam os Set-ups para os meninos da STR. Tb sei q os motores são diferentes, mas dúvido q sejam bem diferentes.
    O q acham?

    Publicado por Leandro Magno | 27/07/2009, 7:06 pm
  14. vcs já imaginaram q poderemos ter um campeão com apenas uma vitória(Webber ou Vettel) e o cara q vai ficar em segundo ou terceiro(Button) com 6 vitórias?

    Uau, bem lembrado, Leandro. Aí voltaria toda aquela história das medaljas do Bernie novamente…

    Publicado por Becken Lima | 27/07/2009, 7:31 pm
  15. “vcs já imaginaram q poderemos ter um campeão com apenas uma vitória(Webber ou Vettel) e o cara q vai ficar em segundo ou terceiro(Button) com 6 vitórias?”

    Seria curioso. Isso quase – bem, nem tão quase – aconteceu em 2003, quando um surpreendente Kimi Raikkonen conseguiu um vice campeonato na base da regularidade. O finlandês havia vencido apenas na Malásia; aliás, sua primeira vitória.

    Quanto ao Webber, bem, tenho que rever os (pré)conceitos que tinha dele. Não o acho brilhante, mas é sem dúvidas um bom piloto. Se conquistar o campeonato, será um novo Damon Hill: longe de ser um gênio, mas também longe de ser medíocre, como muitos o contestam.

    Sobre a polêmica do papel dos pilotos no desenvolvimento dos carros, é um ponto interessante a ser discutido. Certamente o papel dos pilotos diminuiu drasticamente com a proibição dos testes. Seriam os feedbacks durante os GPs suficientes para auxiliar o trabalho dos supercomputadores e túneis de vento?

    Publicado por Vitor, o de Recife | 27/07/2009, 7:43 pm
  16. Ótimo texto e ótimo comentario do Leandro Magno!!! Quanto ao Cocôvalaien, eu gosto tanto de pilotos finlandeses que sinceramente torço para ele melhorar.

    Publicado por Rodrigo Kezen Leite | 27/07/2009, 9:07 pm
  17. “Ah, entendi… Vc é daquela turma que acredita que se a McLaren não evolui a culpa é da inexperiêndia do Hamilton… Se evolui é dos acertos do Alonso; se não tem Alonso e o carro é novo, zerado, o crédito é dos engenheiros…”

    Becken,

    O problema é que para defender seus argumentos você coloca em minha conta opiniões que eu nunca tive.

    Para esclarecer, eu sou da turma que não acredita que na F1 de hoje o piloto faça alguma diferença no desenvolvimento do carro (seja Alonso, Hamilton, Barrichello ou Massa).

    Não acredito também nesse papo de que fulano é ótimo acertador de carro.

    E para teminar, sequer acredito que o piloto seja peça fundamental hoje em dia para uma vitória na F1: Dê um carro ruim a Hamilton e ele não faz nada, dê um foguete ao Nakagima e ele ganha a corrida sem tomar conhecimento dos outros. Porém, se dois pilotos tiverem carros semelhantes, aí sim o piloto pode fazer a diferença (vide Hamilton e Massa ano passado). A F1 atual é 70% carro, 20% trabalho de equipe nos boxes e 10% piloto.

    Portanto, não desmereci a vitória de Hamilton, apenas acho que esse papo de que ele desenvolveu o carro da McLiar furado.

    O que a McLiar sentiu falta esse ano não foi da capacidade de A ou B de desenvolver carros e sim da continuidade de carros feitos em cima dos documentos roubados da Ferrari (já que esse ano os carros mudaram muito).

    Publicado por Cassius Clay Regazzoni | 27/07/2009, 9:26 pm
  18. Cassius, discordo um pouco de vc quanto ao fato do piloto n ter influência no acerto do carro.
    Se lembra dos primeiros testes da Brawn?
    No 1º dia, ela fez o 4º melhor tempo, no 2º o 3º, no 3º o 1º e depois disso foi sempre a 1ª até chegar a Austrália.
    Quando o carro foi levado pra Barcelona em fevereiro, baseando-se apenas nos dados dos simuladores, o carro não conseguia mostrar todo seu potencial.
    Com 3 dias e a experiência dos pilotos, o carro chegou no seu ápice.
    Se o piloto n tiver a capacidade de dizer para seu engenheiro coisas do tipo:
    – Olha, o carro tá saindo de traseira em tais curvas, vamo experimentar amolecer a suspensão um pouco.
    – Me dê um pouco mais de asa, pois nas curvas lentas tô tendo q tirar o pé demais.
    – Acho q pode diminuir a pressão dos pneus dianteiros pq tá perdendo aderência demais depois de 5 voltas.
    – Tá batendo demais o assoalho nas zebras, vâmo levantar um pouquinho.
    – Com o tanque vazio o carro começa a sair de traseira nas saídas de curva.

    Um piloto q n manja nada e n tem velocidade, n consiguirá distuinguir esses limites pra se fazer o ajuste fino q fará com q o carro ganhe os centésimos q faz a diferença.
    Concordo q os engenheiros usando a telemetria chegaria nesses mesmos ajustes, mas isso demoraria talvez o triplo do tempo.

    Publicado por Leandro Magno | 27/07/2009, 11:24 pm
  19. Duvido que a vida do Lewis tivesse sido tão fácil como foi se o Felipe estivesse alinhado no grid…

    Dado o retrospecto da dupla da Ferrari, ele renderia muito mais do que o Kimi, e mostraria mais competitividade frente ao time inglês.

    Publicado por zezinho | 27/07/2009, 11:50 pm
  20. Cassio, vc pede pro Becken parar de falar como torcedor e vem com esse papinho de McLiar. A Ferrada é uma santa neh? Todo ano usando brechas do regulamento nas primeiras provas, até alguem protestar, eles param de usar e fica por isso mesmo!

    E mais, o BLOG É DO CARA, ele escreve o que quer!

    Publicado por Alan McLaren | 29/07/2009, 8:23 pm
  21. Desculpe, eu quis dizer Cassius, não Cassio.

    Publicado por Alan McLaren | 29/07/2009, 8:26 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: