//
você está lendo...
ARTIGOS

Lewis agradece à equipe em Woking

Em nenhum outro esporte o trabalho coletivo é tão importante quanto no automobilismo: é um longo processo em escala que culmina com o piloto na pista dando o seu melhor. Essa reunião pós-GP da Hungria feita pela McLaren, com um clima de comemoração no fundo, é um exemplo de como é preciso manter a motivação do grupo lá no alto a cada momento, inclusive quando se vence.

O ponto interessante nessa reunião é quanto ao fato de a McLaren estar mais aberta e “friendly” para os seus torcedores — algo que parece parte da nova filosofia de Martin Whitmarsh de tornar a equipe cada vez mais acessível.

Discussão

2 comentários sobre “Lewis agradece à equipe em Woking

  1. Essa parte do acessível eu também vejo nas outras equipes de ponta, e a grande responsável sem dúvida é a internet que permite o acesso aos blogs com staff da F1, vídeos no youtube, fábricas virtuais e todo tipo de informação que possa se imaginar. Mas o que me mata é que tudo está em inglês, o que chega aqui no Brasil é uma cobertura muito superficial do que é mundo da F1, focada apenas nos pilotos brasileiros. É muito triste isso.

    Publicado por Larissa Oliveira | 02/08/2009, 12:03 pm
  2. Com raras exceções, claro.

    Publicado por Larissa Oliveira | 02/08/2009, 12:04 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: