//
você está lendo...
ARTIGOS

E Barrichello vence em Monza…

IMAGEM: Brawn/Divulgação rubenswins(RUBENS vence mais uma, mas Jenson se recupera. Será tarde para uma reação?)

Pela Terceira vez em sua carreira, Rubens Barrichello vence o tradicional GP de Monza. Como bônus, Rubens diminui um pouquinho mais a diferença no campeonato para o seu rival e companheiro Jenson Button, que completou a dobradinha da Brawn hoje. Rubens está agora a 14 pontos do inglês, faltando 4 provas para o final do campeonato.

Desde a Turquia Rubens manda na Brawn e nesse final de semana essa vantagem estava em risco pelo seu câmbio, afetado pelo incêndio na Bélgica. Ainda assim, Rubens fez valer os décimos que atualmente carrega no bolso na Brawn e superou Button na classificação; o risco do câmbio avariado; Heikki Kovalainen com uma agressiva largada; e manteve um ritmo constante para que a sua vantagem de apenas uma volta de combustível sobre Button funcionasse.

A chave para a vitória de Rubens foi, além da largada agressiva, a volta voadora no momento da parada de Jenson. Ali Rubens sacramentou a sua terceira vitória em Monza e, com as duas Red Bulls fora do jogo, nos deu a certeza de que ele é o único homem capaz de tirar o título de Button nessa reta final de campeonato.

O erro de Hamilton

Se você entrar na sessão de comentários agora, verá que a rapaziada está pulando no meu pescoço pelo erro de Lewis na última volta. Sim, eu nunca escondi minha admiração pela McLaren e pelo inglês nesse blog e isso talvez cause “espécie” em alguns que participam e comentam.

Mas o ponto é que sem um carro rápido para fazer a sua estratégia de dois pit stops funcionar contra as voadoras Brawns, Hamilton fez toda a corrida como estivesse na classificação, arriscando-se a cada volta e sendo perfeito até a última volta da corrida.

Essa mesma agressividade, responsável pelo erro de hoje, é a mesma que rendeu dividendos na briga pelo título no ano passado e entre a agressividade e a pilotagem no limite de Lewis, e a passividade de Hekki, fica fácil escolher.

Leandro Magno resumiu, sem ranços e de forma racional o grande pecado cometido pelo inglês hoje: “Hamilton perdeu a chance de aproximar a Mclaren da Ferrari no mundial de construtores.”

Red Bull dá adeus ao campeonatoVettel não jogou a toalha, mas verdade é que hoje — com o abandono de Webber e os erros do alemão — o sonho do campeonato acabou para a equipe austríaca. Não tanto pela falta de pontos hoje — apenas um de Sebastian — mas por que o ressurgimento Brawn nas duas últimas corridas indica que a equipe de Button e Barrichello retomou o status de melhor carro que tinha no início do campeonato.

Kimi  X  Sutil, Tonio e Giancarlo – Kimi Raikkonen vem a cada prova tirando leite de pedra desse medíocre F60 da Ferrari. A corrida dele hoje foi um replay da prova na Bélgica, com a diferença de que Sutil substituiu Fisichella no trabalho de pressionar o finlandês pelas 53 voltas de Monza. Tivesse Sutil feito o segundo pit stop com perfeição, talvez o pódio de Kimi fosse seu. Ainda assim, o piloto da Force India substituiu à altura estrela daequipe esse ano, o agora Ferrarista Giancarlo Fisichella.

Na Ferrari, Fisichella mostrou com a sua performance “average” a complexidade do F60, um carro difícil de se domar, enquanto Tonio Liuzzi não teve a devida chance de mostrar em sua estréia o bom piloto que é, abandonando.

A corrida – A corrida foi divertida, com uma sucessão de interessantes brigas por posições nas primeiras voltas e até um feroz “ménage à trois” entre Nakajima e os dois pilotos da Toyota. A diferença de estratégia entre Hamilton e as Brawns também foi um elemento a mais de excitação no seu último terço, mas em termos de entretenimento, Monza foi mediana, mas com uma média de diversão que o fã da categoria, afinal, deveria achar razoável.

Daqui a duas semanas é a vez de Cingapura, à noite e com um visual de cartão postal às margens da marina da cidade. Como no ano passado, a corrida promete ter boas brigas, mas poucas ultrapassagens. Divertido mesmo será acompanhar os desdobramentos do Nelsinhogate que promete nos próximos dias.

____________________________________________________________________

Resultados:

 1.  Barrichello   Brawn-Mercedes        (B)  1h16:21.706
 2.  Button        Brawn-Mercedes        (B)  +     2.866
 3.  Raikkonen     Ferrari               (B)  +    30.664
 4.  Sutil         Force India-Mercedes  (B)  +    31.131
 5.  Alonso        Renault               (B)  +    59.182
 6.  Kovalainen    McLaren-Mercedes      (B)  +  1:00.693
 7.  Heidfeld      BMW Sauber            (B)  +  1:22.412
 8.  Vettel        Red Bull-Renault      (B)  +  1:25.427
 9.  Fisichella    Ferrari               (B)  +  1:26.856
10.  Nakajima      Williams-Toyota       (B)  +  2:00.000
11.  Glock         Toyota                (B)  +  2:43.925
12.  Hamilton      McLaren-Mercedes      (B)  +     1 lap
13.  Buemi         Toro Rosso-Ferrari    (B)  +     1 lap
14.  Trulli        Toyota                (B)  +     1 lap
15.  Grosjean      Renault               (B)  +     1 lap
16.  Rosberg       Williams-Toyota       (B)  +    2 laps

Discussão

61 comentários sobre “E Barrichello vence em Monza…

  1. ….. e o ” SUPER CAMPEAO ” Lewis Hamilton ???

    Publicado por Fernando Piccione | 13/09/2009, 10:32 am
  2. Fazer o quê…
    É aguentar essa cara de (deixa pra lá) desse m.*.r.d.a.
    O inútil do Sutil fe**ou Kimi e Hamilton.
    E esse FI… ninguém sabe o que aconteceu com ele.
    Quando o campeonato acabar vamos saber.
    Abs.

    Publicado por A. Coyote | 13/09/2009, 10:33 am
  3. FANTÁSTICO!!! Pilotagem de GENTE GRANDE!!!

    Publicado por Daniel Gomes | 13/09/2009, 10:35 am
  4. Primeira análise, que piloto horrível em corrida é o Kovalainen
    Ele perdeu cinco posições na largada e com o Kers, pensei que depois do passão que o Rubens nele, ele iria se aprumar e segurar o Button, mas o cara é um ruim demais.

    “McLaren próxima de confirmar Heikki para 2010?” Só pode ser piada.

    Publicado por Claudemir Freire | 13/09/2009, 10:36 am
  5. O “piloto proveta” de Woking fez mais uma vez das dele!!!

    Publicado por Cavallino Rampante | 13/09/2009, 10:37 am
  6. ….. e o ” SUPER CAMPEAO ” Lewis Hamilton ???

    Eu acho que ele foi bem, mas esse tipo de erro acontece quando se tem que andar no limite extremo, em Monza e com um carro levemente inferior.

    O erro aconteceu, mas é bom ver um piloto no extremo até a última volta.

    Obrigado pelo cometário, Piccione… :)

    Publicado por Becken Lima | 13/09/2009, 10:38 am
  7. Todos sabem que eu não gosto nem um pouco de Barrichello, mas ele está pilotando como nunca o fez em sua carreira, por isso merece todos os elogios… vitória maiúscula, pena que ele demorou muito para fazê-lo, para ser mais exato, 17 anos!!!

    Ao contrário das idiotices ditas pelos globais, a verdade é que Button está vivo, e já começou a retornar à antiga forma, essa corrida foi uma prova disso, o inglês ficou na cola de Barrichello o tempo todo, por isso acho muito difícil que ele perca o título…

    Como muitos gostam de frisar: HAMILTON É UM GÊNIO (hoje deu mais uma prova disso) e a McLaren a favorita, porém, continuam apanhando da Ferrari, isso com a Ferrari com um piloto só por motivos alheios à sua vontade, se Massa estivesse correndo, a surra seria grande…

    O resto é irrelevante, pois o título está entre as duas Brawn GP.

    Publicado por Cassius Clay Regazzoni | 13/09/2009, 10:40 am
  8. O Hamilton partiu para o tudo ou nada, claro. É por isso que o admiro, muito.
    Kimi e Hamilton não ganharam porque não têm carros, evidentemente. Ou alguém aí acha que Button e Rubinho (rsrsrs…) chegam as pés deles?
    Tá claro, gente. Se o carro melhora até Sutil anda.
    Pelo menos sobrou um podiozinho de m**da p/Raikk.
    Abs.

    Publicado por A. Coyote | 13/09/2009, 10:41 am
  9. Diferente do amigo ai, eu duvido oque Raikkonem ou Hamilton pudesse fazer melhor hoje do que barrichello ou button.
    Papelão do Hamilton, onde que ele iria passsar o button em 2 voltas?

    Publicado por Rob | 13/09/2009, 10:51 am
  10. Button marcou o Rubinho, que fez uma corrida soberba.
    O Hamilton foi ridículo! Não tinha a menor possibilidade de ultrapassar o Button e tentou fazer uma graça buscando a melhor volta da corrida. Imaturidade que lhe custou um pódio.
    E olha que ele ‘era’ o favorito, né?kkkkk

    Publicado por Jayme | 13/09/2009, 10:53 am
  11. a mclaren perdeu a corrida porque errou na estratégia e hamilton perdeu o terceiro lugar porque foi ousado demais num momento em que era totalmente inútil sê-lo. sinceramente, havia alguma chance de ele passar o button no final da última volta? que piada.

    hamilton lembra senna até nesse tipo de bobagens.

    se fosse vettel errando assim na última volta, eu imagino como seria o comentário do dono do blog.

    Publicado por andre | 13/09/2009, 10:54 am
  12. Perdi o começo da corrida então não posso comentar muito, vou rever daqui a pouco, mas assisti da metade pro final um pouco antes dos pits e como eu disse Barrichello vencia esta, pena que eu achava que o adversário dele era o Hamilton, mas a tática de 1 parada foi bem mais inteligente por parte da Brawn do que duas da Maca e UM GRANDE OBRIGADO AO NELSINHOGATE por não ter tido TEAM ORDERS

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 10:55 am
  13. “hamilton lembra senna até nesse tipo de bobagens.”

    bem comentado, quando alguem piloto guia como um campeão sempre está sujeito a este tipo de risco, e o Barrica pilotou feito um e levou essa pro Brasil…

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 10:58 am
  14. Rubens foi perfeito, não tenho adjetivos para dizer como ele foi “nessa corrida”.
    Foi muito esperto já ao evitar que a Brawn trocasse seu cambio, e fez uma largada impressionante, passando o idiota do Kova, e mantendo a posição a frente dele, mesmo com o Kers, que no caso do filandês funciona colocando menos 80 cavalos, só pode.

    Button foi rápido e coeso, sem erros, sem afobação para passar o Rubens, correu como campeão.

    Hamilton, foi constante, e rápido como era de se imaginar com o carro que tinha, não cometeu um erro sequer durante a prova, pelo live timing ele era constantemente mais rápido que todos no primeiro setor, mas aí veio o Hamilton que não sabe correr atrás de outro carro com a mesma performance que o dele.

    Vide Brasil em 2007 e 2008 e China em 2007, se ele não tem um carro superior e muito ao seus adversários ele mostra imaturidade e burrice, quando tem um carro muito superior ele é um “super-piloto”, mas assim desse jeito até o Mansell era um “super-piloto”, mas também um super-trapalhão, pode ser o DNA inglês.

    O resto da corrida nem merece comentário, foi modorrente e sem ação, porque a F1 de duas regras é um saco.

    A Red Bull abandonou o campeonato, a briga agora é saber que vai ser campeão, com 80% de chances de ser o Button, que se for inteligente é só marcar o Rubens de perto, mas ele é inglês e tudo pode acontecer.

    Publicado por Claudemir Freire | 13/09/2009, 11:03 am
  15. Becken ,

    Theres a thin line between, boldness and stupidity.

    I do understand you cheer for Hamilton, I totally agree with you , hes one off the best of the grid BUT today he was stupid.

    Perdon pero que desafortunadamente si hubieramos visto a otro pilotro haciendo lo que el GRANDE CAMPEON lo hizo hubieramos dicho ” que tonto ” por que echaste tanto y pusistetodo a perder….

    Ojala sigamos con el campeneonato asi y que los Brawn ganen lo que les falta.

    Saludos mi estimado Becken y que el ” SUPER CAMPEON ” regrese pronto a su forma en Cingapure y llegue otra vez de tras de nuestro Retirado Barrichello.

    Publicado por Fernando Piccione | 13/09/2009, 11:05 am
  16. Perfeita a sua análise, Claudemir.
    A estratégia da Mclaren era casada e só funcionaria se a lesma do Kova segurasse as Brawns até o seu pit.
    Hamilton perdeu a chance de aproximar a Mclaren da Ferrari no mundial de construtores.

    Publicado por Leandro Magno | 13/09/2009, 11:09 am
  17. Como já disseram, o Button marcou muito de perto o Barrichello e tirando o ufanismo ‘tuiteiro-massa’ global, acho que não vai ser assim tão facil alcançar o Butão n/ao (alias, pra variar, narração imbecil além da média, essa a de hoje);

    Kova não presta para pilotar a Mclaren (alias, nem carrinho de rolimã), tomara que venha o Rosberg…nem com um carro bom o cara anda, apanhou pra todo mundo e só ficou pra tras;

    A estrelinha da Mclaren…sem comentários…ousadia é querer demais, pra justificar BARBEIRAGEM;

    O tal do grossão só não perdeu para os que ficaram pelo caminho…alcagueta ou não, o NAP era muito melhor do que isso;

    RedBull sentiu o tranco e não vai mais incomodar esse ano.

    Palpite meu, o Barrichello embola mais, mas não dá tempo de alcançar o Butão…e que o Massa volte de uma vez, pq não dá mais pra aguentar o falastão bueno…

    Publicado por Edgard | 13/09/2009, 11:13 am
  18. Hamilton foi… simplesmente Hamilton. Não é o tipo de pilotagem inteligente, tudo bem, mas é o tipo de pilotagem de um piloto espetacular, que sempre luta pela ponta. Gosto disso.

    Barrichello perfeito. Nada mais a comentar.

    Já o Kova… se a McLaren renovar com ele, começo a acreditar naquela teoria furada da influência do papa Hamilton… só pode! Não teria outro motivo pra McLaren renovar com o cara, ele tá muito mal!

    Publicado por Vitor, o de Recife | 13/09/2009, 11:19 am
  19. Agora é que pode entrar o imponderável em cena e que alguns criticam e taxam como “urubuzada” e outros ainda como “sorte de campeão” e eu como acaso…mas se em um dos proximos gp’s barrica vence e buton quebra? …a diferença cai pra quatro, resta saber quantos gp’s ainda vão faltar pro final ou se for no último o button leva o campeonato com quatro de vantagem pro “azarado” do Barrichello ( Espanha, Alemanha, etc )

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 11:20 am
  20. Uma coisa é certa: nas vitórias do Button, ele nunca teve Barrichello colado em si como Rubinho teve o Button agora.

    O que quero dizer é que as vitórias de Button ocorreram praticamente todas quando a Brawn era enormemente mais rápida que os rivais.

    Agora que outros carros entraram na briga, Barrichello começou a melhorar e venceu duas corridas, lembremos sempre, com características inversamente opostas: Valência e Monza.

    A vantagem da Brawn hoje (e em Spa e Valência) foi que eles conseguiram fazer o pneu duro funcionar de forma satisfatória para valer a pena os stints calçando estes compostos.

    E isso fez com que o ritmo de corrida em geral fosse muito forte nas últimas três provas, ainda que Spa tenha sido desastrosa tanto para Button como para Barrichello.

    Vai ser muito interessante ver o comprotamento de Rubinho nas próximas corridas, claramente com a vantagem psicológica sobre Button e mais motivado do que nunca.

    É interessante notar tb que, mesmo com os percalços, Barrichello não deixou de lutar. Um piloto mais fraco já teria entregado os pontos, mas ele não, e isso vai fazer uma enorme diferença até o fim do campeonato.

    Cingapura é uma pista quente, embora não tanto quanto Valência por ser à noite, mas o fato é que a chance de Rubens ser o piloto mais rápido lá também é muito grande.

    Vai ser dura a espera até lá, mas hoje foi uma corrida limpa, bonita e absolutamente perfeita de Rubinho. Não foi melhor que Valência, mas foi incrível.

    Publicado por Daniel Gomes | 13/09/2009, 11:26 am
  21. Se colocar o Kova, Nakajima, Badoer na balança é tudo o mesmo nível de pilotagem, não entra na minha cabeça a McLaren renovar contrato com um piloto inconstante como esse Kovalainen. E não é o caso de ter pressão de todos lados como foi o caso do piquet-jr para justificar fraco desempenho. O cara tem uma MAcLAREN q venceu corrida esse ano e q lutava pelo pódio com Hamilton hj em Monza…

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 11:29 am
  22. “Uma coisa é certa: nas vitórias do Button, ele nunca teve Barrichello colado em si como Rubinho teve o Button agora.”

    No GP da Espanha não foi o caso…

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 11:31 am
  23. Perguntinha besta……. Apesar da felicidade dos fãs e tocarem tema da vitória e tudo, agora ficou ainda mais difícil pro Barrica descontar os pontos nas provas restantes, estou certo?

    Publicado por fernando-ric | 13/09/2009, 11:34 am
  24. Grande batida do “Favorito do Becken”…

    bater ali daquele jeito é coisa de iniciante precipitado, ele sabia que não ultrapassaria, quem sabe em mais 4 temporadas ele aprende.

    O Barrichello cumpriu o script, mas o Button não está morto, basta chegar nas próximas corridas perto do Barrichello para ser campeão.

    Ah.. e o João Grandão? só seria melhor que alguém se o Badoer ainda estivesse correndo.

    Publicado por Sandro | 13/09/2009, 11:35 am
  25. Alex, o GP da Espanha não cabe na comparação porque a estratégia do Button foi mudada quando viram que Barrichello era rápido.

    Quando eu falo na cola, eu falo na cola MESMO como Hamilton e Barrichello correram e Valência, que foi algo muito mais disputado do que a corrida de hoje (aliás, pe or isso que eu acheo a prova de Valência mais sensacional).

    De todo modo, no meu blog, eu fiz uma análise detalhada do porque a estratégia do Button naquela corrida desbancou o Barrichello: http://splash-and-go.blogspot.com/search/label/GP%20da%20Espanha

    E é interessante notar que, caso estivessem em estratégias iguais, a coisa seria bem diferente. Mas o fato é que Rubens não foi rápido o suficiente na estratégia de três paradas, o que lhe custou a corrida.

    E ele terminou a 13 segundos do Button, uma eternidade na F1. Ou seja, Button venceu a corrida FÁCIL, coisa que não ocorreu nas duas vitórias de Barrichello até aqui.

    Publicado por Daniel Gomes | 13/09/2009, 11:43 am
  26. tem 40 pts em jogo e a diferença é de 14 pts

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 11:45 am
  27. Fala Daniel Gomes. Entendi seu ponto e realmente Button destruiu o Barrica no início da temporada. Acho q em parte pelas características das provas Asiáticas e tb pela dificuldade do barrica se adaptar a sua brawn, tanto q ele colcoou calota, tirou calota e não conseguiu acompanhar o Button no início. Veio a temporada Européia e a expectativa era de uma virada, ele mesmo bradava isto, mantendo aceso a esperança de seus torcedores. Daí a primeira do circuito já cheira marmelada, pq a questão é q os dois carros sairam para estratégia de 3 pits, pq mudaram a estratégia do Button? Eram necessários 2 míseros pontos naquela altura do campeonato? com a temporada européia inteira a ser percorrida e q muita gente sabia q ia ser a virada do Barrichelo, devido as caracteristicas de pilotagem entre os dois…então é só isso q eu questiono nessa campanha impecável da Brawn q

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 11:55 am
  28. Parte do meu “Race Report”…

    O erro de Hamilton

    Se você entrar na sessão de comentários agora, verá que a rapaziada está pulando no meu pescoço pelo erro de Lewis na última volta. Sim, eu nunca escondi minha admiração pela McLaren e pelo inglês nesse blog e isso talvez cause “espécie” em alguns que participam e comentam.

    Mas o ponto é que sem um carro rápido para fazer a sua estratégia de dois pit stops funcionar contra as voadoras Brawns, Hamilton fez toda a corrida como estivesse na classificação, arriscando-se a cada volta e sendo perfeito até a última volta da corrida.

    Essa mesma agressividade, responsável pelo erro de hoje, é a mesma que rendeu dividendos na briga pelo título no ano passado e entre a agressividade e a pilotagem no limite de Lewis, e a passividade de Hekki, fica fácil escolher.

    Leandro Magno resumiu, sem ranços e de forma racional o grande pecado cometido pelo inglês: “Hamilton perdeu a chance de aproximar a Mclaren da Ferrari no mundial de construtores.”

    Publicado por Becken Lima | 13/09/2009, 11:59 am
  29. First of all great drive by Barrichello. He surely deserves this victory more than anyone.

    I dedicate this song to Heikki Kovalainen :) What a driver!! He’s simply the best!! Better than all the rest!! Better than anyone I’ve ever met !!

    KOVI YOU ARE THE BEST!!!!!

    ………………………………………………………………………………………….

    Primeiro de tudo grande pilotagem de Barrichello. Ele certamente merece essa vitória mais do que ninguém.

    Dedico esta canção para Heikki Kovalainen:) Que piloto! Ele é simplesmente o melhor! Melhor do que tudo o resto! Melhor do que qualquer que eu já conheci!

    KOVI YOU ARE THE BEST !!!!!

    Publicado por mp4-19b | 13/09/2009, 12:00 pm
  30. Hamilton errou porque é sua característica dar o máximo de si sempre, o que foi exaltado pelo seu chefe após a corrida. Andar no limite por tanto tempo aumenta as chances de erros.

    Não compreendi o comentário de Alex-Ctba sobre não ter havido ordens de equipe no caso de Nelsinho. Ora, não há provas do que você está dizendo, assim como também não provas do contrário.

    Publicado por Sandro Rocha | 13/09/2009, 12:01 pm
  31. ops bati o dedão no send rsrsrs…então Daniel Gomes, finalizando na campanha impecável da Brawn, só manchada por esse excesso de de cuidado pelo wdc

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 12:03 pm
  32. Hey, mp4, this one is Ayrton´s Song!!!!! He just loved Tina Turner:

    Publicado por Becken Lima | 13/09/2009, 12:04 pm
  33. Perhaps this one, Becken ;)

    Publicado por mp4-19b | 13/09/2009, 12:09 pm
  34. “Hamilton fez toda a corrida como estivesse na classificação, arriscando-se a cada volta e sendo perfeito até a última volta da corrida”.

    pena que a corrida só termina quando acaba. ele foi ridículo…

    Publicado por Jayme | 13/09/2009, 12:27 pm
  35. Afinal o Badoer é bem melhor do que parece. Não teve tanta sorte é certo.

    O Fisico foi decepcionante em corrida e beneficiou de muitas desistências.
    A ultrapassagem do Buemi em recta é algo nunca imaginado.
    Ou afinal a Ferrari exige mesmo talento acima da média sendo um carro naturalmente desiquilibrado e muito gastador e difícil de guiar. Gostei do esgar de Michael Scummacher quando o Sutil encostou na traseira da Ferrari. Diz tudo.
    Massa e Kimi com carros bons deveriam fazer muito melhor.
    A manobra estúpida de Webber quando tinha espaço para aliviar na direita foi outro exemplo de que teimosia nem sempre é qualidade sobretudo na primeira volta. A culpa vai ser de outro. Não dele.

    O único que teve mesmo azar foi Vito Liuzzi que estava fazendo uma grande prova e o motor calou. Esse cara fez um fim de semana alucinante.

    Alonso a cumprir calendário. Grosjean a fazer o mesmo que o Nelsinho. Nada de valor acrescentado.

    O Lewis devia estar doido pensando que alguma vez chegaria no Brawn e cometendo um erro infantil e uma despesa desnecessária para a equipa. Deve estar bem arrependido, embora não tenha muito a perder. Sorte que não se machucou. O fustigado Kovas lá vai terminando.

    Continua a estratégia sem nexo da Toyota a não ser para ter o recorde de voltas sem abastecer. Talvez seja útil no próximo ano.

    Rosberg sem motivação e sem carro.

    Kimi, agradeceu a benesse e lá levou o tanque até ao terceiro lugar.

    Espero que Barrichello tenha a sorte que lhe tem faltado e seja campeão do mundo porque esse cara é fantástico aos 37 anos e merece mais.

    Publicado por Ernesto Sousa | 13/09/2009, 12:29 pm
  36. hehehe….

    O pessoal tem uma perseguição com o Lewiszinho…..

    Só pode ser porque ele é campeão, não vice.

    Publicado por fernando-ric | 13/09/2009, 12:30 pm
  37. Hamilton errou porque é sua característica dar o máximo de si sempre, o que foi exaltado pelo seu chefe após a corrida. Andar no limite por tanto tempo aumenta as chances de erros.

    Não compreendi o comentário de Alex-Ctba sobre não ter havido ordens de equipe no caso de Nelsinho. Ora, não há provas do que você está dizendo, assim como também não há provas do contrário.

    Publicado por Sandro Rocha | 13/09/2009, 12:32 pm
  38. Qdo li em algum blog alguem comparando o Ham ao Mansell eu achei piada, pq o Hamilton é muito mais brilhante do q o Leão era, mas as vezes ele tem esses rompantes e dá uma de Leão, mas pra mim continua sendo um dos melhores da turma ao lado do Massa, Kimi, Alonso, Barrichello e do provavel campeão do mundo Button…

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 12:44 pm
  39. http://www.oconsumidoremdebate.blogspot.com

    Credo, que (des)afinação!!! o Kovalainen desperta em todos os sentimentos mais toscos…tomara que pensem bastante a respeito, na equipe, pois o Rosberg é capaz de lutar pelo título, com o mesmo carro…quanto ao Hamilton, apesar de não gostar nenhum pouco dele (principalmente por ele ‘vender’ a imagem de ser uma coisa e, na verdade, ser outra bastante diferente), devo dizer que ele é batalhador e não perde a oportunidade de lutar, não se entregando, preocupado em fazer sempre o melhor…mas que foi barbeiragem, foi sim!

    Publicado por Edgard | 13/09/2009, 12:50 pm
  40. Faça me rir, dizer que a Ferrari dá surra na McLaren nessa temporada. O Finlandês mercenário só foi 3th porque o Hamilton errou. O Kova é uma nulidade. A Ferrari não tem um segundo piloto a umas 4 etapas, a McLaren não tem um a 2 temporadas.

    Deixa o Rosberg chegar(se chegar) e aí veremos como vai ser.

    A pangarezada rampante crente que ia ver o mercenário vencer, devia era agradecer aos céus pelo pódio dado de bandeija…

    Publicado por Alan McLaren | 13/09/2009, 12:54 pm
  41. Aqui não é o tribunal da FIA, WMSC ou o q seja mas um Blog então a gente comenta baseado nos nossos próprios entendimentos e convicções o q não quer dizer q seja a verdade absoluta de um assunto q está muito longe de ser encerrado ainda e mundo vezes a verdade é outra completamente diferente do q pensava-mos no momento q se desenrolou. Tanto q todo mundo q tem piquet-jr como péssimo piloto, julgou-o errado, naquele momento da bizarra batida de Cingapura, as habilidades dele, já q pelo seu proprio depoimento ele bateu deliberadamente, planejado por ele e a cúpula da Renault (Briatore e Symonds)

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 1:00 pm
  42. Não q ele não seja péssimo, pq teve outras “trocentas” q pelo visto não foram planejadas…

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 1:04 pm
  43. Becken –>

    DIzer que o carro da Ferrari é Mediocre, é um pouco demais nao ?

    Um carro que tem chegado em 2o 3o 4o ganho corridas é mediocre ?

    A Mclaren entao é o que ?

    QUal seria o Adjetivo apropriado.

    Nao esqueçam que a Mclaren ja esta ate na Versao B do carro, isso é apenas para dizer elegantemente que jogaram o outro no lixo e fizeram esse.

    A Ferraria a 4 corridas pelo menos ja abandonou o desenvolvimento desse carro e ainda ta na frente da Mclaren.

    Publicado por Claudio Cardoso | 13/09/2009, 1:37 pm
  44. O grande resultado do Barrichello nesta corrida, mais até que a vitória na corrida e tirar dois pontos do companheiro de equipe, além foi o resultado da Red Bull.

    Com a briga restrita agora à seus dois pilotos não existe motivo para a Brawn favorecer a A ou B.

    Hoje, com a responsabilidade e a obrigação toda em cima do Button, acho o Barrichello com muitas chances de ser campeão.

    No fundo um roteiro de cinema : um piloto veterano e dado como acabado, desempregado até um mês antes do início do campeonato, com problemas no início do campeonato e batido pelo companheiro de equipe, no final se recuperar e vencer. Seria muito bonito.

    Bonita e equilibrada as declarações do Barrichello no Tazio, vale ouvir.

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 13/09/2009, 1:37 pm
  45. DIzer que o carro da Ferrari é Mediocre, é um pouco demais nao ?

    Um carro que tem chegado em 2o 3o 4o ganho corridas é mediocre ?

    A Mclaren entao é o que ?

    Ahahah… Meu Deus do céu, hoje é o dia…

    Medíocre nos dicionários geralmente quer dizer: “que está na média.” No Houais e No Aurlião tem o mesmo significado…

    Publicado por Becken Lima | 13/09/2009, 1:41 pm
  46. medíocre
    adj. 2 gén.adj. 2 gén.
    1. Mediano; sofrível; meão; insignificante.

    Fonte: http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=medíocre

    Publicado por Cavallino Rampante | 13/09/2009, 1:48 pm
  47. Ralmente o debate está ficando cada vez mais rico, mas enfim, a definição do Houais é: “Médio ou mediano. Que não é bom nem mau, ou que está entre o bom e o mau.”

    Não quis ser ofensivo com a a sensibilidade dos ferraristas, mas destacar o soberbo trabalho do Kimi na corrida pilotando um carro que está na média…

    Publicado por Becken Lima | 13/09/2009, 2:00 pm
  48. me.dí.o.cre
    adj. 1. Médio ou mediano. 2. Que está entre bom e mau. 3. Que está entre pequeno e grande.

    O Becken, endeusa o Hamilton e esquece da McLaren: os Ferraristas caem de pau nele;
    O Becken fala a -verdade- sobre o F60 e elogia o trabalho do Kimi nas últimas corrdas: os Ferraristas caem de pau nele também.

    Deixem o homem em paz…
    E falo isso como um ferrarista.

    Publicado por Guilherme Teixeira | 13/09/2009, 2:15 pm
  49. Alguém viu o Grosjean?

    Publicado por Luiz Carlos Silva | 13/09/2009, 2:17 pm
  50. Ops… “O Becken endeusa o Hamilton esquece da —Ferrari—”

    Corrigido a tempo =P

    Publicado por Guilherme Teixeira | 13/09/2009, 2:20 pm
  51. Olá,

    No post anterior dei a classificação final de monza, errei por dois detalhes, apostei que rubinho ia troca o cambio e apostei que Kova era um piloto profissional, errei nos dois casos,

    1. Barrichello Brawn-Mercedes (B) 1h16:21.706
    2. Button Brawn-Mercedes (B) + 2.866
    3. Raikkonen Ferrari (B) + 30.664
    4. Sutil Force India-Mercedes (B) + 31.131
    5. Alonso Renault (B) + 59.182
    6. Kovalainen McLaren-Mercedes (B) + 1:00.693

    …no meu palpite anterior, somente inverti o barrichelo com o kova, o resto acertei tudo. Para os bachichelo maniac´s de plantão, na classificação, ele foi melhor que o button somente 15 milésimos, portanto, se o button achasse em seu tempo 16 miléssimos a mais, certamente ganharia a corrida.

    Abraço

    Publicado por Anderson Dorneles | 13/09/2009, 2:36 pm
  52. Pro pessoal criticando o Grosjean:
    Falaram aqui na TV francesa que o KERS dele não funcionava. Ai, nem o Alonso!

    Publicado por Filho do vento | 13/09/2009, 2:48 pm
  53. ” Para os bachichelo maniac´s de plantão, na classificação, ele foi melhor que o button somente 15 milésimos, portanto, se o button achasse em seu tempo 16 miléssimos a mais, certamente ganharia a corrida.”

    Realmente Button não conseguiu ser perfeito em sua volta lançada, já q o Barrica o superou em classificação, mesmo estando mais pesado, o q permitiu uma estratégia perfeita em cima do seu maior adversário para esta corrida, com voltas voadoras “a la” schumi, batendo o button tbm na corrida.

    Publicado por Alex-Ctba | 13/09/2009, 3:42 pm
  54. Então em resumo

    O Barrica tinha que descontar 16 pontos em 50 (3,2 por corrida)

    Agora tem que descontar 14 pontos em 40 (3,5 por corrida)

    É isso? Button está com a faca e o queijo na mão……

    Publicado por fernando-ric | 13/09/2009, 4:17 pm
  55. A coisa está relativamente simples pro Button. Basta copiar a mesma estratégia do Barrichello e chegar atrás dele uma ou duas(no máximo em duas corridas) posições até o final do campeonato.
    Estatísticamente, em pelo menos uma dessas 4 corridas, o Botão deve susperar o Barrica.
    Só dois abandonos, pra tirar o título do Botão.
    …………………………..
    A McLaren vem com grandes novidades pra Cingapura.

    Publicado por Leandro Magno | 13/09/2009, 4:38 pm
  56. Acabei de ver a corrida. Até que foi divertida, mesmo já sabendo de alguns resultados.

    Barrichello foi rápido, constante e cerebral. Largou direitinho e fez uma corrida soberba, gostei de ver! Infelizmente Button hoje resolveu correr bem, mas ainda dá pra ele sonhar. Cingapura, muros por todos os lados, quem sabe…

    Raikkonen não venceu mas foi bem. Não me impressionou e sinceramente, se ele estivesse andando nesse mesmo ritmo mas em 6º diria que ele foi burocrático. Mas como foi pro pódio e é isso que interessa, valeu Iceman!

    Sutil fez um excelente trabalho, seria uma bela opção para a McLaren.

    Hamilton, ah Hamilton, hoje ele não foi espetacular mas espetaculoso. Merece críticas sim, se ele não disputa nada esse ano a McLaren disputa uma 3ª colocação no mundial de Construtores. Como foi dito acima, no fim das contas é a Ferrari que vai engolindo a rival na pontuação. Mesmo assim, o maior prejuízo da McLaren é o “Fake Fin” do carro ao lado. Esse é um verdadeiro estorvo.

    Fisichella correu mesmo? Quase não o vi.

    No mais, é esperar a decisão do Renaultgate…

    Publicado por Carlos T. | 13/09/2009, 4:51 pm
  57. Po Becken ->

    Tudo bem que o significado possa “eruditamente” falando ser mediano.

    Mas como voce receberia um comentario de algum cliente seu falando que seu trabalho é MEDIOCRE.

    Se eu nao for de outro mundo, nunca vou pensar que a intencao é dizer que foi medio.

    Acho que o sentindo popularmente colocado ao Mediocre é sinonimo de Horrivel :-)

    Mas tirando sua puxada de saco do Hamilton e da Mclaren, seu Blog é o melhor da Internet
    :-)

    Publicado por Claudio CArdoso | 13/09/2009, 5:59 pm
  58. Texto opinativo é algo realmente muito interessante de se observar.

    Se vc puder, caro Becken, acompanhe essa comparação de olhares, sem qualquer censura de minha parte aos diferentes pontos de vista.

    Vc nunca escondeu sua admiração pelo jovem Hamilton, nem tampouco suas restrições ao jovem Vettel. Logo, segundo você:

    “Hamilton fez toda a corrida como estivesse na classificação, arriscando-se a cada volta e sendo perfeito até a última volta da corrida. Essa mesma agressividade, responsável pelo erro de hoje, é a mesma que rendeu dividendos na briga pelo título no ano passado.”

    Vc não deixa de considerar que Hamilton errou, mas no seu ponto de vista tal erro merece uma justificativa, um olhar menos condenatório. Já os erros do Vettel, no seu texto, são apenas “os erros do alemão” e ponto.

    Visitando outro blog, acho que vc não se importa se eu disser qual, deparo-me com outro olhar interessante sobre o mesmo fato.

    Flávio Gomes, que nunca escondeu sua admiração por Vettel [ já em 2007 exaltava as habilidades do garoto e comparava-o com o outrora também estreante Hamilton], falando da Red Bull, trata assim os erros do alemão:

    a Red Bull “sofre com os fracos e pouco confiáveis motores Renault, com a ansiedade de Vettel, que anda mais do que o carro, com o pouco brilho de Webber — regular e constante na maior parte da temporada, mas incapaz de ir além disso.”

    Ou seja, Vettel recebe de Flávio Gomes o olhar não condenatório, ganhando um elogio e uma justificativa para o que fez, que sequer é chamado de “erro” pelo comentarista do IG.

    Já Hamilton, na opinião dele, torna-se um “teórico barbeiro”: “O teórico barbeiro do dia acabou sendo Hamilton, embora eu ainda não tenha lido suas explicações para a batida na última volta. Me pareceu barbeiragem, mesmo.”

    Na minha opinião, e estes artigos são apenas uma amostra do que já pude observar, o “eu prefiro este a aquele piloto” ou o “este piloto é melhor do que aquele” contribui, e muito, para a análise que cada comentarista faz de uma corrida. Pode-se acusar tais profissinais de não serem imparciais. Mas, de fato, quem realmente o é? Imparcialidade é uma meta, não uma realidade. E o jogo das subjetividades, que é mais explícito em um artigo de opinião, é indissociável do nosso caráter humano. Aos leitores, só nos resta ler tudo o que for possível e formamos nossa própria opinião.

    Desculpa se cansei vc com esse papo, são apenas observações de uma aspirante a comunicóloga.

    Grande abraço,

    Rosa de Almeida.

    Publicado por Rosa de Almeida | 13/09/2009, 6:02 pm
  59. Olá Rosa.

    Não há muito o que acrescentar quanto às suas observações sobre “imparcialidade” por que, de forma geral, concordo, e é isso o que alimenta a natureza de um blog: opinião.

    No fundo, o papel da sessão de comentários é conter os vôos de imaginação e, claro, os vôos de parcialidade de quem edita o blog. Se vc notar, a maioria do que é postado no F1 Around tem a ver como F1 em geral e não com Hamilton ou McLaren porque, no fundo, a F1 está acima de um ou outro.

    Especificamente sobre o Vettel, eu não tenho restrições quanto a ele, mas quanto ao “hype” excessivo em cima de alguém que ainda está em desenvolvimento e essa temporada vem mostrando que o Vettel não é o fenômeno que se pensava.

    Ele esta na média dos bons e rápidos pilotos da F1. Só. Não tenha nada contra o garoto e tenho grande simpatia pela complicada fase que ele atravessa com os motores Renault…

    Quanto ao Hamilton, ele tem um título e isso fala por si só. A ojeriza que eu vejo contra ele, funda-se na mesma que se tinha de Senna: os homens têm talento e não fazem questão de, na pista, esfregar isso na cara dos outros pilotos.

    Espere o Alonso na Ferrari no ano que vem: ele fatalmente se transformará no inimigo nº do Brasil e a bile será destilada conta ele.

    Quanto aos erros do Vettel hoje, eu acho que foram similares ao do Hamilton, sem dúvida, produto de uma pilotagem no limite.

    Publicado por Becken Lima | 13/09/2009, 7:26 pm
  60. Primeiro o comentário principal da prova: depois de hoje mão dá para McLaren a sério considerar manter o Kova. Nem acho que o rapaz seja mau piloto, mas visivelmente algo na quimica com a equipe não funciona. A McLaren ontem tomou a opção certa para uma equipe que disputa apenas uma posição melhor nos construtores: jogou com as duas estrategias. Venceria a corrida não fosse o “detalhe” que um dos seus pilotos é um desastre.

    Sobre o Hamilton: errou mesmo. Não tem muito como justificar, se acontecesse a 3 ou 4 voltas do fim, entenderia-se que ele estava buscando o limite, mas na ultima volta era tolice (se ele ainda estivesse tão colado como o Sutil no Kimi…). Estragou o fim de semana inteiro a poucos metros do fim. Sim, Senna também fez estas coisas mas é por isso que o Senna de 93 era muito mais piloto que o Senna de 88, independente dos numeros.

    Engraçado desta discussão sobre o carro mediocre da Ferrari é que talvez o elemento mais interessante sobre a temporada da equipe é que se trata do carro mais estável do grid, enquanto a performance de todo mundo – seja nas equipes top seja nas que andam atrás – varia muito a Ferrari parece invariavelmente sempre com o terceiro ou quarto carro no grid independente de quem está na frente ou atrás não importa o tipo de traçado, as condições da pista, etc. É como se fosse o carro com a curva de desenvolvimento mais regular e também o mais adaptável. A unica regularidade comparavel é a Toro Rosso.

    Publicado por Filipe Furtado | 13/09/2009, 8:39 pm
  61. Caros…

    É claro que pela disputa do campeonato, Button se saiu muito bem, tirando dois adversários diretos pela disputa do título em uma só corrida. E ficou ainda próximo de Rubinho, o que lhe garantiu uma maior vantagem a ser tirada do que o ideal.

    Button mostra também que não é bom quanto parecia, mas é o suficiente para ser campeão.
    Barrichello mostra que mesmo se esforçando o máximo, ele vai pagar caro pelo início do ano. E mesmo assim se mostra o grande vencedor de 2009. Mesmo. O mérito é para ele. Não se enganem: Button e Barrichello estavam sem emprego, mas com certeza alguém arranjava algo p/ Button. Mas só Ross Brawn poderia apostar num cara que ninguém dava a mínima para ajeitar seu carro e deixá-lo correr livre.

    Rubinho foi, teve muitos problemas, e em outras não dirigiu bem por sua causa, mas foi insistindo, mostrando seu valor, melhorando seu parlatório, ficando mais vivo e ainda ganhou duas corridas no calendário (até agora, pode ser que ganhe mais). P/ quem não tinha nada disso, mostrar a todo mundo que está pilotando o suficiente para disputar um título, coisa que só o fez em 2002 e a Ferrari o barrou… e que ainda tem chance de disputar o título até a última corrida? venhamos e convenhamos… Isso é uma vitória e que ninguém tirará esse mérito dele. Ultrapassar a barreira das 10 vitórias é um feito que nem todo mundo pode fazer na F1, tendo disputado 200 gps ou 1000…mostrar essa vitalidade toda é um exemplo; não desistir é um exemplo.

    Também não se iludam: Button e Barrichello não são inferiores a Kimi, a Massa ou a Hamilton. Não o são. A F1 de hoje tem um nível melhor que o início da década, melhor que boa parte dos anos 90. Eu diria que, salve as devidas proporções, estamos no nível dos anos 70. Com uma diferença: a maioria dos pilotos é muito bom ou bom, e por não termos muita discrepância nos níveis é que todos ficam saudosistas, pq não veem pilotos se destacando dos demais como nos anos 80, quando tínhamos gênios competindo com lesmas pagantes.

    Barrichello também foi vitorioso pq agora a disputa está só com ele e Button, e a equipe não tem mais razões para favorecer a um ou outro.

    E Ross Brawn é, sem dúvida um gênio. Vai ser campeão de construtores e ter o campeão e o vice de sua equipe. Ele tem todos os motivos do mundo para deixar esses dois disputarem o título até a última corrida.

    Publicado por Ridson | 14/09/2009, 7:59 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: