//
você está lendo...
NOTÍCIAS

Autosport revela que Bruno Senna e Lucas Di Grassi disputarão vaga na Renault

IMAGEM: Honda F1/Divulgação (bsenna lightBRUNO : muito próximo da F1 em 2010)

A estréia de Bruno Senna na F1 em 2010 parece ir, finalmente, cristalizando-se. A Autosport revela hoje que o sobrinho de Ayrton estará presente nos três dias de teste em que a Renault avaliará o provável companheiro de Robert Kubica em 2010.

Assim como quando testou a Honda ao fim de 2008, Bruno terá Lucas Di Grassi na avaliação e disputa pelo segundo carro da ex-equipe de Nelsinho Piquet.

Além do teste com a Renault, a imprensa espanhola já vem especulando há alguns dias que Bruno tem grandes chances de pilotar pela Manor, ou mesmo pela Campos em 2010 — o que aumenta em muito as chances de vermos o piloto alinhado no grid do Bahrein em 2010.

Com as performances medianas de Romain Grosjean e sem nenhum brilhante novato com passe livre advindo das categorias de acesso, as chances de Bruno e Lucas podem ser consideradas boas, disputando a vaga talvez com Heikki Kovalainen, que pode ser dispensado pela McLaren para dar espaço para Kimi Raikkonen.

Discussão

33 comentários sobre “Autosport revela que Bruno Senna e Lucas Di Grassi disputarão vaga na Renault

  1. A temporada de 2010 promete!

    – Massa
    – Barrichello
    – B. Senna
    – Di Grassi
    – Pizzonia
    – e possivelmente Piquet Jr.

    Publicado por André Távora | 20/10/2009, 9:50 am
  2. Becken,

    Eu já vi o Bruno Senna na Renault, na Honda, na Williams, na Force India, na Manor, na Campos e até na Mc Laren, por causa de sua ligação com a Mercedes. Agora ele está de novo na Renault enquanto a Campos e a Manor esperam ávidas na fila.

    Que canseira desses caras para vender jornais. Pelo amor de Deus. Estão piores que os espanhóis que puseram o Alonso na Ferrari 228 vezes nos últimos 5 anos.

    E o Kimi Raikkonen? Já o vi no Rali, na Williams, na Red Bull, na Mc Laren e até na Toyota…

    Numa boa, esses caras são um saco.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 20/10/2009, 9:54 am
  3. Anselmo, esta é a graça da dança das cadeiras, acertar onde vai estar tal piloto.

    Ontem no Bem Amigos o Rubens -afirmou- que a Manor quer um piloto brasileiro, e a um comentário de que a Petrobrás quer apoiar o Bruno Senna, mas não quer ir parar em terras espanholas preferindo ficar na ilha da rainha.

    E o Bruno tem tudo mais bem encaminhado com a Campos, faltando apenas poucos detalhes, um desses o da estatal.

    Ainda ontem no programa tanto o Rubens quanto o Felipe -afirmaram- que a Manor é a equipe mais desenvolvida das novatas que já teria carro pra teste em dezembro, e pra meu espanto ambos disseram que é a equipe com melhor estrutura e mais dinheiro que as demais estreantes.

    Sendo assim as chances do di Grassi estar na Manor com patrocínio da Petrobras cresce a cada dia, e na minha opinião ele merece muito essa vaga.

    Publicado por Claudemir Freire | 20/10/2009, 10:07 am
  4. Se os rumores se confirmarem, a temporada de 2010 promete!!

    Massa / Barrichello / B. Senna / Pizzonia / Di Grassi / Piquet Jr (possivelmente).

    Publicado por André Távora | 20/10/2009, 10:10 am
  5. Só para não deixar passar em branco.

    Ontem Bernie Eclestone disse abertamente: “Button não venceria primeiros GPs com sistema de medalhas”.

    E o que o sistema de medalhas tem a ver com o desempenho de um carro de fórmula 1? Simples. A meu ver, Bernie deixou nas entrelinhas que se seu sistema de medalhas fosse inaugurado neste ano, ele nao o deixaria ser um fracasso devido ao estrago que a Brawn GP fez na concorrência no início da temporada. Com certeza o resultado do embate sobre os difusores duplos seria outro. Baniriam o mesmo para tirar as vitórias da acachapantes da Brawn e salvar o sistema de medalhas de Bernie.

    Publicado por Galkadesh | 20/10/2009, 10:20 am
  6. Anselmo – eu só repliquei essa notinha da Autosport aqui no blog por que foram exatamente os ingleses quem publicaram a informação.

    Afinal, é só um teste para avaliação, mas eles dificilmente erram, então…

    Publicado por Becken Lima | 20/10/2009, 10:22 am
  7. Os franceses afirmam que o Franck Montagny pode ser o segundo piloto da Renault:
    http://www.lequipe.fr/Formule1/breves2009/20091020_083308_franck-montagny-chez-renault.html

    Vai entender!

    Publicado por Filho do vento | 20/10/2009, 10:25 am
  8. Aguardo ansioso, a estréia desses dois na F1 no ano que vem.

    Depois de participações tenebrosas como a de Nelsinho, Pizzonia, Burti, Bernoldi, Pedro Paulo Diniz, Ricardo Rosset e Tarso Marques, tá na hora de um jovem brasileiro arrebentar.

    O nosso automobilismo precisa disso se quiser pensar em se manter ou mesmo voltar a ser um dos grandes na categoria. Senão, depois do Massa ficaremos órfãos.

    CBA! MONOPOSTOS AQUI E JÁ! Abandonem essa Stock para mauricinhos playboys braço duro com o fiofó cheio de $$$ e invistam em promessas de verdade, numa categoria de verdade!

    Kart então, é uma fortuna!

    Tem um rapaz bom na F-BMW, Felipe Nasr, que parece que tem chances de lavar nossa alma algum dia na F1.

    Com Hamilton e Button os Ingleses superaram o Brasil em número de conquistas mundiais na F1. Nao é patriotada, só quero dizer e defender, que o Brasil sempre teve bons pilotos, não conquistou 8 títulos à toa. Depois de Emerson veio Piquet, depois Senna, foram longos anos de vitórias e reconhecimentos. Agora, vivemos um período, não digo de vaca magra, mas de uma bezerra que não cresce (Massa).

    Sério, que perspectivas temos para o Brasil na F1?
    Uma mentira dita várias vezes pode se tornar uma verdade. Rubinho sendo capacho por várias vezes, fez do Brasil na F1, uma nação de perdedores. De segundos pilotos.

    “- Hein, vamos trazer Alonso!
    – Mas nós temos o Massa!
    – Ah, e daí?”

    É disso que estou falando. Não há, há tempos, pilotos brasileiros capazes de fazer uma equipe suar sangue para o tê-lo e propiciar-lhe disputa real por um WDC.

    Publicado por Iomau | 20/10/2009, 10:30 am
  9. A exemplo do Felipe Massa, tb nunca fui com a cara do Bruno Senna.

    O considero um piloto artificial, e bem diferente do Nelsinho Piquet, embora Nelsinho tenha de certa forma trilhado um caminho artificial em sua carreira.

    Mas como piloto, tenho dúvidas se Senna seria melhor que Piquet (meu Deus, estamos em 1988???).

    Quanto à empatia pura e simples, DiGrassi ganha de lavada de todos os novos pilotos brasileiros que aspiram vaga na F1.

    Entretanto, nos testes do ano passado com a Honda, Senna foi sempre mais rápido que DiGrassi, e isso diz muito sobre a adaptabilidade de Bruno aos monopostos da F1.

    Fico muito curioso para saber como será esse novo teste na Renault, e gostaria de detalhes de tempo de volta tanto de DiGrassi quanto de Senna, para ver se realmente Bruno tem o “edge” competitivo sobre seu conterrâneo.

    Mas no fim das contas, acho Bruno Senna um cara muito estranho, distante, meio arrogante (foi arrogante no fim do ano passado, quando estava disputando o cockpit da Honda com o Rubinho, foi arrogante depois que perdeu a vaga e continuou arrogante este ano).

    Alguém aí tem a mesma sensação que eu quanto ao Bruno?

    Eu acho o Nelsinho Piquet infinitamente mais simpático que o Bruno Senna, ainda que o Piquet Jr. seja um rapaz estranho tb. Mas o acho mais autêntico.

    Publicado por Daniel Gomes | 20/10/2009, 10:52 am
  10. Será que o Pizzonia tem chances mesmo? Apostaria nele mais como um terceiro piloto. Ficou queimado na categoria e não tem dinheiro.

    Com o Bernie na jogada é bem capaz que o Nelsinho consiga mesmo ressurgir. O bom desse blablablá todo sobre onde o Bruno Senna vai correr é que pelo menos uma coisa parece certa: ele vai correr. Falta o Di Grassi que tem talento mas não tem dinhiero. Vamos ver se sobra uma vaga pra ele.

    Se desses 6 brasileiros citados pelo Távora 4 ficarem, estaremos num lucro imenso. Se formos considerar o péssimo estado do automobilismo brasileiro que o Iomau bem citou, tá muito, mas muito bom tamanho.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 20/10/2009, 11:49 am
  11. O Pizzonia já disse no twitter que não vê a hora de tirar o “ex” do perfil dele, que tem a infomação: Ex-piloto de F1.

    Publicado por André Távora | 20/10/2009, 12:40 pm
  12. Oi, Becken.

    Foi só um desabafo meu em relação à silly session que esses caras promovem.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 20/10/2009, 12:48 pm
  13. A exemplo do Felipe Massa, tb nunca fui com a cara do Bruno Senna.

    O considero um piloto artificial, e bem diferente do Nelsinho Piquet, embora Nelsinho tenha de certa forma trilhado um caminho artificial em sua carreira.

    Mas como piloto, tenho dúvidas se Senna seria melhor que Piquet (meu Deus, estamos em 1988???).

    Quanto à empatia pura e simples, DiGrassi ganha de lavada de todos os novos pilotos brasileiros que aspiram vaga na F1.

    Entretanto, nos testes do ano passado com a Honda, Senna foi sempre mais rápido que DiGrassi, e isso diz muito sobre a adaptabilidade de Bruno aos monopostos da F1.

    Fico muito curioso para saber como será esse novo teste na Renault, e gostaria de detalhes de tempo de volta tanto de DiGrassi quanto de Senna, para ver se realmente Bruno tem o “edge” competitivo sobre seu conterrâneo.

    Mas no fim das contas, acho Bruno Senna um cara muito estranho, distante, meio arrogante (foi arrogante no fim do ano passado, quando estava disputando o cockpit da Honda com o Rubinho, foi arrogante depois que perdeu a vaga e continuou arrogante este ano).

    Alguém aí tem a mesma sensação que eu quanto ao Bruno?

    Eu acho o Nelsinho Piquet infinitamente mais simpático que o Bruno Senna, ainda que o Piquet Jr. seja um rapaz estranho tb.

    Mas o acho mais autêntico.

    Publicado por Daniel Gomes | 20/10/2009, 1:24 pm
  14. O fascinante no Bruno é a chance de — como blogueiro ou jornalista PRO — escrever e acompanhar de perto a sua carreira e entender a impressão que ele causará na F1 e na torcida brasileira — seja ele um fracasso ou um sucesso.

    Acho que que isso é o fascinante!

    Sobre a personalidade dele, as impressões que tive foram meio difusas, não tenho uma opinião formada ainda…

    Publicado por Becken Lima | 20/10/2009, 1:44 pm
  15. Daniel, você esta querendo mexer em vespeiro ?

    Mas eu também não gosto das atitudes que o Senna tem, ele é um cara distante, parece alheio a tudo.
    Mas se sentar num carro e fizer o trabalho dele está ótimo, então pouco importa se ele é legal ou não. Seu tio não era o primor de educação e amor que a TV Globo pintou, e que talvez muitos aqui não tenham noção de como ele era arrogante e prepotente, e que dentro dos boxes ele era temido por todos os mecânicos, bem no estilo Montoya que muitos aqui conheceram.

    Agora sobre os testes com a Honda em 2008 o Bruno não foi mais rápido que o di Grassi, o proprio Brawn disse que ambos estavam trabalhando acertos diferentes e que não podia-se comparar tempos.
    Mas ficou na cara que se a Honda continuasse o Bruno seria o escolhido, não pela velocidade pura, mas pelo marketing que tem no nome (pobre di Grassi), e esse teste com a Renault parece mais uma autopromoção da equipe do que um teste pra vaga, querem limpar a barra deles.

    Publicado por Claudemir Freire | 20/10/2009, 1:59 pm
  16. Com certeza a temporada de F1 em 2010 pode ser muitíssimo produtiva para o Brasil. Ao que parece, os pilotos brasileiros estão em alta e, com certeza, aqueles que tem mais dinheire e apoio terão mais chances. É o caso do BS (se não for pra Renault, por ir para Manor ou Campos), NP (onde o Nelsão conseguir tá bom), Pizzonia (corre muito por fora) e Di Grassi.
    Desses, tenho pena do Di Grassi. Para mim é mais piloto, mas não tem o mesmo apoio. De novo, lá vai ele fazer vestibular para concorrer com quem tem menos talento que ele (minha opinião), mas mais grana. É uma pena… se o BS ficar na Renault, tomara que ele arrume um lugar na Campos ou Manor.

    Publicado por Luiz Sibut | 20/10/2009, 3:33 pm
  17. Entrevista este ano ao Di Grassi:
    – o que vc vai fazer qdo na Renault, na F1?
    – Issso, aquilo, aquilo outro etc.

    Entrevista este ano ao Senna:
    – o que vc vai fazer qdo na Renault, na F1?
    – primeiro preciso chegar lá.

    Prefiro o Senna.

    Publicado por Anselmo Coyote | 20/10/2009, 4:43 pm
  18. #doublepostdetected

    Publicado por Daniel Gomes | 20/10/2009, 5:10 pm
  19. Claudio Cardoso.

    Vou por mais uma vez aqui na reta. Quem quer apostar que o Bruno Senna será outro fracasso comigo ??

    Nao adianta, Graças a Deus, na formula 1 nao adianta o cara ter um carro forte de dinheiro, a caixa do tio Patinhas, nao adianta. Na formula 1 quem nao nasceu para rei nao vai morrer majestade e nao importa quanto tenha de dinheiro.

    DOs que eu Lembro de pilotos duros.

    Michael Schumacher. Nao tinha dinheiro nem para andar de Kart, o pai dele montou um Kart com motor improvisado inicialmente. (cade a menina especilista em Schumcher, ela ta sumida..)

    Nelson Piquet (o pai claro ne) Nao tinha dinheiro para bancar temporada europeia, trabalhava como mecanico nas equipes para ter condicao de pilotar o outro carro, sempre com o pior equipamento.

    so ai sao 10 titulos mundias.

    O resto da lista é com o Clay e com o Claudemir :-)

    Publicado por Claudio Cardoso | 20/10/2009, 5:19 pm
  20. Claudio,

    Também o Kimi, que o Pai era tratorista e tinha que urinar do lado de fora , que não tinha banheiro dentro de casa.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 20/10/2009, 5:53 pm
  21. FFigueiredo,

    E tem mais. A Finlândia é um freezer a céu aberto. Em vez de balançar ele tinha que chutar a urina que congelava no ar. Vivia com o pé escalavrado.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 20/10/2009, 6:17 pm
  22. Mansell vendeu um terreno e um carro para entrar na Formula Ford Inglesa, seu pai era vendedor.
    Mansell era burro feito uma jaca, mas tinha coragem e determinação.

    Os Sennas não eram pobres, tinham uma loja de materias de contrução no Parque Novo Mundo na ZN, mas não dava pra bancar a carreira do filho na Europa, em sua primeira ida ao velho continente teve muito sucesso, mas por falta de uma coisa chamada “bufunfa” retornou ao Brasil e foi vender cimento na loja do pai, terminou um casamento precoce e retornou com alguns patrocínios e foi vitorioso.

    Massa, apesar de ter um pouco mais de dinheiro, foi faxineiro nos boxes da Ferrari em um GP Brasil.

    Claudio, nesse ramo não existem muitos cases de sucesso vindo do nada, principalmente nos últimos 30 anos, boa parte deles teve grana sufuciente para bancar uma carreira extensa, com patrocínios vultuosos e “paitrocínios” generosos.

    Barrichello por exemplo foi bancado pela Arisco desde as categorias de base no Brasil até chegar a Jordan em 93, até mesmo o “pobre” di Grassi dizem que tem 7 milhões de euros no bolso para comprar uma vaga.

    Uma coisa e ter uma familia pobre que não tem condições de comprar um carrinho de plastico no natal, quiça um Kart, outra é ter uma familia classe média que banca temporadas de 300 mil reais na F. Sulamericana, então Tenis, Automobilismo ou Golfe em nenhum lugar do mundo são para classes mais pobres, pode até haver um ou outro mas são raridades.

    Publicado por Claudemir Freire | 20/10/2009, 6:53 pm
  23. Claudemir ->

    O que eu quis dizer nao foi questao de ser pobre :-)

    Foi me referir, a pessoas que bancam tudo ate a formula 1.

    Mas ate agora listado por todos, estamos ai com 14 titulos mundias que foram ganhos, com pessoas que nao tinham dinheiro para chegar a F1.

    Pessoas que nao compravam equipes ou vagas na F1 do proprio bolso.

    pobre pobre concordo impossivel, nao vai nem comprar um volante de um Kart :-)

    Eu pessoalmente conheço varios que estao na Stock que tomavam Pau no kart de mais de 1 segundo. Quem ja pilotou ou acompanhou de perto, sabe bem o que sao 1 segundo no kart.

    Publicado por Claudio Cardoso | 20/10/2009, 7:04 pm
  24. http://www.oconsumidoremdebate.blogspot.com

    Claudemir, seu penultimo comentário reflete exatamente o que eu penso sobre o primeiro-sobrinho e tudo o que eu via no finado tio…alias, este ultimo nunca errava, era sempre a equipe, mas, contudo, todavia…
    pelo que eu entendi da noticia é que a Renault quer aproveitar a (pouca) experiencia do rapaz nos 3 dias de testes de novatos. Isso não significa que ele já está contratado, muito pelo contrario. Os desejos da Globo e da legião de torcedores do finado nem sequer considera se o rapaz é bom ou não, mas simplesmente que carregando o nome da familia, ele será o melhor de todos.
    Eu aposto com o Claudio Cardoso, mas fico do lado dele, também acho que o primeiro-sobrinho vai passar e ser esquecido logo, logo. Posso até me enganar quebrar a cara: tomara, mas não acredito muito no potencial dele.
    Quanto ao Di Grassi, que hoje é quase idolatrado e dito por injustiçado, bem pouco tempo atras diziam que ele não tinha carisma, não iria longe e não era competente. Não mudou quase nada, não evoluiu tanto assim, e agora ele é a salvação da lavoura, sei não.
    Lembro que o Massa foi demitido sumariamente, por falta de competência, logo no primeiro ano de Sauber…se recolheu, fez preparação, lutou muito como piloto de teste e conseguiu seu lugar. Mesmo assim não foi unanimidade. Ano passado, nas 3 primeiras corridas, para quem lembra, foram 3 erros estupidos, quase se chegou a falar em nova demissão. Depois disso ele se superou e pegou a mão da coisa, sendo atualmente considerado um dos melhores do grid. Portanto, não adianta ter nome e fama (da familia) – isso vale tanto para o primeiro-sobrinho, como para o pimpolho – se o cara não mostrar que tem braço e merece um lugar ao sol…

    Publicado por Edgard | 20/10/2009, 7:49 pm
  25. Edgard,
    O Massa venceu com louvor a 3ª corrida no ano passado .

    Publicado por Leandro Magno | 20/10/2009, 8:05 pm
  26. Claudemir,
    Acho q o Massa foi entregador de alimentos aos cozinheiros das equipes em Interlagos.

    Publicado por Leandro Magno | 20/10/2009, 8:11 pm
  27. Acompanhei ambos na GP2 por um bom tempo mas não tenho uma opinião muito sólida sobre eles. Ambos me pareceram rápidos, porém Di Grassi aparentou ser mais constante, não muita coisa também. Senna impressiona pela ascenção meteórica, já que corre de monoposto a pouquíssimo tempo. Também considero que são melhores que o Nelsinho.

    Sobre a arrogância do Senna, é possível que seja mas não vejo isso como algo ruim. Pilotos de alto nível estão sempre com profissionais trabalhando exclusivamente para si o tempo todo, seja preparador, nutricionista, psicólogo, engenheiro de corrida, empresário,enfim, todo um mundinho gravitando ao seu redor;assim, é mais que natural que alguns sejam arrogantes. Humildade demais nesse meio geralmente é teatro.

    Um dos dois deve entrar na F-1. Com alguma sorte ambos. Não tenho preferência. Espero que venha o mais preparado e com a cabeça mais madura pra não cometer nenhuma bobagem como fez o Nelsinho.

    Publicado por Carlos T. | 20/10/2009, 10:22 pm
  28. Todos são rápidos.

    Uma coisa que chamava a atenção no Nelson Ângelo Piquet era que ele não podia ser tão quanto seus resultados demonstravam.

    Ninguém vence na F3 Inglesa e anda na ponta da GP2 se não tiver algum talento. Pode não ser um gênio, mais não é um idiota.

    O Romam Grosjean comprova que há algo errado com o segundo carro da Renault. Talvez escolado pelo Hamilton o espanhou Alonso tenha tido muito mais cuidado dessa vez…

    O Senna e o Di Grasse pelo que já andaram nas categorias de base tem amplas condições de ascender a F1.

    A questão é se vão conseguir uma boa oportunidade, numa equipe com um carro legal, bem construído e minimamente competitivo e sem o estatus de segundo piloto.

    Pensando assim talvez uma das novas equipes sejam melhores opções que o segundo carro da Renault, com o Kubica sendo totalmente o centro das atenções da equipe.

    Num posto do Continetal Circus há uma análise muito bem feita e detalhada sobre as quatro novas equipes : Manor, Campos, USF1 e Lotus. O post já tem alguns dias, tem que procurar, mais vale a pena a leitura. Mostra as origens de cada uma, o estágio atual, a capacidade financeira e técnica e as perspectivas de cada uma. Muito esclarecedor.

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 21/10/2009, 12:11 am
  29. “Notícias

    Lucas Di Grassi assina pela Virgin
    Lucas di Grassi assinou contrato com a Virgin Racing na semana passada, mas o anúncio oficial só deverá ser feito depois do GP de Abu Dhabi quando a equipa der a conhecer os seus planos.
    Lucas Di Grassi assina pela Virgin –

    O jovem brasileiro viu a sua candidatura defendida por Christian Silk, que trabalhou com ele na equipa de testes da Renault e ficou com a tarefa facilitada quando Bruno Senna optou por rumar à Campos (ler em separado).
    O jovem brasileiro não quis confirmar esta notícia, dizendo apenas que, “tenho as coisas muito bem encaminhadas para correr na F1 em 2010″, mas fontes próximas da equipa garantiram-nos que o contrato já foi mesmo assinado.

    Álvaro Parente continua a ser o preferido de Nick Wirth, Director Técnico da equipa inglesa, para ocupar o lugar ao lado do brasileiro, até porque na Virgin já foi decidido arrancar em 2010 com dois estreantes, prescindindo de contratar um piloto experiente, pois a próxima temporada será de aprendizagem.

    Luis Vasconcelos”

    Fonte: http://autosport.aeiou.pt/gen.pl?sid=as.sections/12

    Publicado por André Costa | 21/10/2009, 1:20 pm
  30. André Costa, donde os patrícios tiraram essa informação, opa ?

    E Alvaro Parente não nem cogitado no resto da imprensa mundial, será que não estão querendo fazer marketing ?

    Publicado por Claudemir Freire | 21/10/2009, 2:01 pm
  31. Infelizmente não sei de onde tiraram essa informação, mas pelo que percebi nos 2 links lusos postados, ambos forçam um pouco a barra pro lado do Parente, não vejo ele com essa força toda assim.

    Não sou muito de acreditar em informações assim, mas já tem bastante gente replicando essa informação e como o Di Grassi recentemente conseguiu um patrocínio da Unilever conforme link a seguir (http://www.brasileconomico.com.br/noticias/lucas-di-grassi-ganha-ajuda-na-busca-de-um-lugar-na-f1_70086.html) começo a achar que isso pode ser verdade.

    Abs.

    André Costa

    Publicado por André Costa | 21/10/2009, 2:19 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: