//
você está lendo...
ARTIGOS

Kimi: ‘McLaren minha única opção na F1’

kimidrinkingEu estou escrevendo um artigo mais longo sobre o potencial divórcio entre McLaren e Mercedes e prometo postá-lo de hoje para amanhã. Enquanto isso, a nota interessante sobre a equipe é a declaração de Kimi Raikkonen hoje de que a equipe prateada (por quanto tempo prata?) é a única opção viável para que ele permaneça na F1 no momento: “Se eu desejo pilotar na F1, então a McLaren é única opção. A situação deve esclarecer-se nos próximos dias.

Kimi não descarta ainda um ano sabático ou até uma debandada em favor dos Ralis em 2010: “[Rali] definitivamente está entre as opções, mas posso dizer que não é apenas Rali ou F1. Há outras opções e veremos o que acontece”.

Kimi andou falando da NASCAR dia desses…

Apenas para cruzar informações e entender como anda o mercado de pilotos no momento, segue abaixo uma modesta lista com estimativas dos salários dos pilotos elaborada por Tom Rubynthon — jornalista famoso por editar a BusinessF1, publicação especializada em escavar informações sobre os bastidores econômicos da F1:

1. Kimi Raikkonen………….$45 milhões
2. Lewis Hamilton…………$18 milhões
3. Fernando Alonso………$15 milhões
4. Nico Rosberg……………$8.5 milhões
5. Felipe Massa ……………$8 milhões
6. Jarno Trulli………………$6.5 milhões
7. Sebastian Vettel……….$6 milhões
8. Mark Webber……………$5.5 milhões
9. Jenson Button………….$5 milhões
10. Robert Kubica…….….$4.5 milhões
11. Heikki Kovalainen…..$3.5 milhões
12. Nick Heidfeld………….$2.8 milhões
13. Timo Glock…………….$2 milhões
14. Giancarlo Fisichella..$1.5 milhões
15. Sébastien Buemi…….$1.5 milhões
16. Rubens Barrichello…$1 milhão
17. Jaime Alguersuari…..$0.5 milhão

Esses valores não levam em conta patrocínios pessoais, mas observando-se o salário do Kimi, a soma parece irreal no cenário econômico atual e surpreende o quanto a Ferrari estava disposta a pagá-lo. Entende-se também o recado de Norbert Haugh para o finlandês essa semana.

Falando em Ferrari, por acaso a equipe de Maranello é a que mais investe em pilotos: são 53 milhões de dólares na folha de pagamento, enquanto a McLaren não chega à metade. Relembrando o quanto a equipe vermelha sofreu sem uma opção competitiva após o acidente de Felipe Massa, eu acho que está na hora de a equipe enxugar salários em Maranello.

Abaixo a lista:

1. Ferrari ……………………$53m
2. McLaren-Mercedes…..$21.5m
3. Renault ………………….$15m
4. Red Bull Racing ……….$11.5m
5. Toyota  ………………….$8.5
6. Williams…………………$8.5m
7. BMW-Sauber ………….$7.3m
8. Brawn GP ……………….$6m
9. Scuderia Toro Rosso…$2m
10. Force India $1.5m

Discussão

9 comentários sobre “Kimi: ‘McLaren minha única opção na F1’

  1. O G1 acaba de soltar a notícia de que Bruno Senna acertou com a Campos

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Formula_1/0,,MUL1359926-15011,00-BRUNO+SENNA+FARA+SUA+ESTREIA+NA+F+COMO+PILOTO+DA+CAMPOS+NA+PROXIMA+TEMPORAD.html

    Publicado por Galkadesh | 29/10/2009, 4:08 pm
  2. Essa lista é interessantíssima.

    Mostra que Trulli ganha tão muito bem, mas não explica por que, e como Rubens Barrichello, este ano, foi o negócio da China que a Brawn queria.

    Para cada ponto que o Rubinho fez, a Brawn lhe pagou (de salário) US$ 13,8 mil.

    Já Raikkonen custou aos cofres da Scuderia Ferrari US$ 937.500 por ponto conquistado…

    Isso porque não chegamos ao final ainda.

    Já nos construtores, a Brawn pagou US$ 37.267 por ponto conquistado por seus pilotos e a mesma Ferrari pagou absurdos US$ 757.142!!!

    Foi o campeonato mais barato do ponto de vista do custo/benefício em relação aos pilotos…

    Publicado por Daniel Gomes | 29/10/2009, 5:22 pm
  3. Sugestão de imagem pro seu post, Becken.

    Publicado por Leandro Magno | 29/10/2009, 5:59 pm
  4. É o Senna pode ter entrado na Toleman de 2010, pobre e sem futuro, vai ter que mostrar trabalho pra chegar a outra equipe.

    Só uma dúvida, de quantos anos foi esse contrato ?

    Publicado por Claudemir Freire | 29/10/2009, 6:15 pm
  5. Por um momento pensei que o Kimi tivesse um grande queixo e 7 títulos mundiais na gaveta…
    Realmente, por mais que alguns gostem dele, ele não vale o que lhe pagam (falando puramente de esporte, de marketing também tenho minhas dúvidas). Jamais consegue manter um rendimento de alto nível constante e duradouro, sempre tem as tais fases de “desmotivação”, “hibernação”, “Raikkonen está desligado, oras!”, “Raikkonen não está nem aí por tomar tempo do companheiro, ele se garante” e outros eufemismos de má performance que, curiosamente, só usamos para ele.

    Publicado por Carlos T. | 29/10/2009, 6:28 pm
  6. Falou tudo, Carlos.

    Publicado por Leandro Magno | 29/10/2009, 6:44 pm
  7. Mas ele enfrentou labaredas de 80 metros de altura e ultrapassou 347 carros em Interlagos…

    Publicado por Alex-Ctba | 29/10/2009, 8:04 pm
  8. Legal essa cor de mijo da Maclaren.

    Publicado por Andy | 29/10/2009, 11:45 pm
  9. Leandro – obriado pela dica. Infelizmente eu já tinha a foto prontinha para o post. Abração!

    Publicado por Becken Lima | 30/10/2009, 2:48 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: