//
você está lendo...
ARTIGOS

Toyota fora da Formula 1

kamui

Após coletiva de imprensa no Japão, Akio Toyoda, presidente da companhia, confirmou a saída da montadora da F1 “com emediato efeito”. Não há sinal de que, como a Honda ou a BMW, a equipe possa ser vendida como uma entidade independente, já que faz parte de um grande complexo na Alemanha pertecente à própria Toyota. A expectativa é que a fábrica da equipe simplesmente feche.

Como signatária do Pacto de Concórdia, é provável também que Toyota seja alvo de ação judicial por parte de FIA e FOM, mas a sua saída oferece chances reais à ex-BMW de permanecer na F1, agora como Lotus.A companhia antecipou o fatídico anúncio pré-programado para o próximo dia 8 de novembro, após o seu balanço anual e planejamento orçamentário para 2010.

Segundo os editores do site F1network, rumores na Alemanha já ontem garantiam que engenheiros da equipe começavam a enviar currículos para os times rivais — um processo muito parecido com o que ocorreu com a Honda dias antes do anúncio definitivo.

Como quase todas as montadoras ao redor do mundo, a Toyota vem acumulando perdas em vendas em comparação com anos anteriores, mas a pá de cal sobre o negro futuro da equipe talvez esteja no recente “recall” que a montadora poderá fazer nos Estado Unidos, seu maior mercado.

Por conta de um defeito “congênito” no acelerador de um Lexus ES350 que matou quatro pessoas em um grande acidente, 3.8 milhões de veículos Toyotas podem passar por reavaliação. Órgãos americanos que regulamentam a segurança de veículos nos Estados Unidos investigam os carros da montadora, mas o episódio pode causar ainda mais impacto negativo nas vendas da companhia japonesa.

A Toyota está presente na F1 desde 2002, e a despeito de contar com orçamentos multi milionários ano após ano, alcançou os seus melhores resultados exatamente  em 2009, como consequência da completa reformatação da regras aerodinâmicas na categoria. A equipe conseguiu três pole positions e treze pódios nesse período de 6 anos e sua grande revelação é o piloto japonês Kamui Kobayashi, estrela das duas últimas provas dessa temporada.

Discussão

42 comentários sobre “Toyota fora da Formula 1

  1. Aposto com quem quiser que até 2012 só a Ferrari ( leia-se FIAT) vai ficar na F1.

    Publicado por Leo | 03/11/2009, 7:30 pm
  2. Olá,

    Bem, agora a ‘Sauber’ achou o seu lugar no Grid no ano que vem. Sinceramente, eu acho que montadoras que são 100% equipes, eu nao acho legal ao esporte. Eu, como consumidor, e como visionario do esporte em sí, quero ver a concorrencia, desde o menor componente, até o maior. Acho que se deveria divulgar mais as marcas envolvidas na F1, por exemplo, divulgar a empresa que fabrica o cambio, a empresa que fabrica as pastilhas de freio, e os motores, queria ver mais empresas montadoras de motores, e pneus, queria tb ver varias marcas. Isso sim é competição, dentro da mesma equipe, varias empresas competindo com as fonecedora de outra equipe, isso faria com que se melhorase os componentes, acirando a disputa que iria muito alem das pistas. E é isso oq eu acho.

    Abraço

    Publicado por Anderson Dorneles | 03/11/2009, 8:15 pm
  3. Becken,

    Se sai a Toyota ( nao fara falta ), poderemos ver o pessoal da Sauber no GRID ?

    Talvez por isso o FWilliams foi contra a um time extra, jah sabia que a Toyota ia dar linha ( o deixando sem motor ) e assim pensou em poder ganhar algo da BMW.

    Tem gente dizendo que o motor Cosworth nao eh tudo isso, que ainda eh menos potente e mais beberrao….mas como eles tem ate marco podem melhorar a bomba relogio…

    E ahi vc nao vai escrever sobre os vetos do Hamilton, preferencia na MClaren, Status de numero 1 que pode vetar qualquer um ( que respeito o Hamilton ganhou na Mclaren), chegada ou nao do Raikkonen….

    Becken com o desempenho do Fisichella e do Badoer vc jah imaginou como seria se o Schumacher tivesse pilotado essa Ferrari ?

    Acho que todo mundo ia estar questionando os 7 titulos dele ….

    Abraco

    Fernando

    Publicado por Fernando | 03/11/2009, 8:44 pm
  4. Koba no lugar do Kova, já!

    Publicado por Leandro Magno | 03/11/2009, 9:10 pm
  5. Koba no lugar do Kova, já!

    Apoiado! ;)

    Publicado por Becken Lima | 03/11/2009, 9:35 pm
  6. Discordo de quem fala quem acredita que a Toyota não fará falta.

    Não é possível afirmarmos que a F1 não sentirão falta de marcas como Toyota, Panasonic, Denso.
    Não é possível afirmarmos que a F1 não sentirá falta de engenheiros como Dieter Gass e tantos outros profissionais como os da Toyota.

    É realmente uma pena, se a Toyota, ou qualquer outra equipe do grid abandonar o barco.

    Ffigueiredo

    Publicado por Ffigueiredo | 03/11/2009, 9:37 pm
  7. Diferentemente da BMW que estava na rabeira no momento em que decidiu sair, a Toyota não tem muitas desculpas dessa vez. Não brilha muito mas também não compromete sua imagem, já que é equipe que frequenta pódios. Sempre faltou um piloto com pedigree de vencedor e, ironicamente dado a origem, agora parece-me que estão com um exemplar a se lapidar nas mãos. Que pensem muito bem antes de qualquer coisa e lembrem-se da Honda…

    Publicado por Carlos T. | 03/11/2009, 9:55 pm
  8. Putz logo agora q aparece um japa bom de braço e a Toyota vem com essa? Espero q não mas, se se confirmar tomara q a Sauber alinhe no grid em 2010.

    Mas q será um vexame sair da F1 sem conquistar uma vitória, isso será. Que vergonha para a montadora q esteve próxima de obter seu primeiro êxito nessa temporada sair assim, pelas portas do fundo, um pouco pior do q a montadora alemã BMW mas uma derrota q poderia manchar o nome da montadora Toyota por um bom tempo.

    Publicado por Alex-Ctba | 03/11/2009, 10:04 pm
  9. E ahi vc nao vai escrever sobre os vetos do Hamilton, preferencia na MClaren, Status de numero 1 que pode vetar qualquer um ( que respeito o Hamilton ganhou na Mclaren), chegada ou nao do Raikkonen….

    Se houver tempo…

    Sobre o Schumacher, ficou bem claro depois da naufragada do Badoer e do Fisico o quanto o homem é esperto…

    Publicado por Becken Lima | 03/11/2009, 10:09 pm
  10. http://www.oconsumidoremdebate.blogspot.com

    Não acredito na debandada e digo mais, uma vaga já é do Koba…só não acredito que venham a contratar o Kova, como andam dizendo os sites de automobilismo, seria ruim demais…

    Publicado por Edgard | 03/11/2009, 10:28 pm
  11. Becken,

    Sugestão de post: Fale sobre os motores Cosworth, ou o que se sabe deles até agora. Frank Williams disse que os resultados dos testes foram animadores. Ele poderia ter escolhido os Renault (mas tem a questão da grana também).

    Nosso amigo Fernando disse: “Tem gente dizendo que o motor Cosworth nao eh tudo isso, que ainda eh menos potente e mais beberrao….mas como eles tem ate marco podem melhorar a bomba relogio…”

    Pensei que pelo fato de a Cosworth estar produzindo um propulsor partindo do zero e sem ter sido afetada pelo congelamento dos motores, eles estariam aptos a desenvolver um d propulsor de significativa qualidade.

    Publicado por Galkadesh | 03/11/2009, 10:30 pm
  12. O que a imprensa alemã anda dizendo, convenientemente, é que o ALEMÃO Nick Heidfeld será a escolha depois de Kimi na McLaren — algo interessante dada a crise brnaca entre a McLaren e a Mercedes.

    Kimi começa a ser inviável: quer mais dinheiro do que a McLaren quer pagar, liberdade para competir em ralis, pouca participação em eventos promocionais e um carro vencedor ao dispor.

    Sobre os motores Cosworth: na verdade esses motores não esão sendo desenvovlidos do zero. Eles são os mesmos motores que a Williams usou em 2006 (acertei?).

    Esse motor é um mistério. Só na pista, testando, é que poderá avaliá-lo e fazer um julgamento de sua competitividade.

    Publicado por Becken Lima | 03/11/2009, 10:37 pm
  13. Grande revelação não, acho que a única!

    Buscando pela memória, a Toyota promoveu apenas a estreia de McNish e Da Matta, dois veteranos com currículos já bem longos antes de chegarem à F-1.

    O Glock estreou pela Jordan, em 2004. Trulli, Ralf, Panis, Salo… todos velhos.

    Bom, acho que a saída da Toyota já está definida desde a assinatura do Pacto da Concórdia (que a equipe, pra mim, não assinou), mas vão oficializar agora. Toda a postura do time, sem falar do futuro, dispensando Glock e Trulli, sem confirmar Kobayashi, falando nas entrelinhas o tempo todo sobre as finanças… juntando tudo isso à Sauber-Qadbak, que já fechou fornecimento de motores com a Ferrari (por que fariam isso sem uma vaga assegurada???) e àquele papinho sem-vergonha de Mosley e Ecclestone falando em 14 equipes pra 2010, acho que já deixam a questão revelada.

    Desconfio disso faz tempo, mas se em Agosto eu tivesse que apostar na saída de algum time, apostaria na saída da Renault, não da Toyota.

    É uma pena, seria o máximo ver o Kobayashi ascendendo na carreira pilotando um carro japones.

    Publicado por Hugo Becker | 03/11/2009, 10:40 pm
  14. É uma pena, seria o máximo ver o Kobayashi ascendendo na carreira pilotando um carro japones.

    Concordo, Hugo! Será também uma grande pena se ele — um “diamante bruto,” nas palavras do james Allen — não conseguir um lugar entre tanta gente medíocre no grid…

    Publicado por Becken Lima | 03/11/2009, 10:53 pm
  15. Em setembro, Mosley já sabia da saída dos japoneses:

    http://br.esportes.yahoo.com/14092009/5/esportes-calendario-2010-da-f1-duas.html

    Publicado por F1lover | 03/11/2009, 11:26 pm
  16. Embaralharia ainda mais o mercado já q a Toyota colocaria no mercado Glock, Trulli e Kobayashi. Resta saber qual seria a dupla da Sauber. Até agora: Massa/Alonso, Vettel/Webber, Barrica/Hulk, Button/Rosberg e muitas vagas para serem confirmadas…

    Publicado por Alex-Ctba | 03/11/2009, 11:44 pm
  17. http://www.oconsumidoremdebate.blogspot.com

    Sei que é cedo para especular, mas se realmente os japoneses assinaram o Pacto da Concórdia, será que não irão fazer um repasse da equipe, nos moldes do que originou a Brawn, para evitar alguma multa pesada?
    Só o fato da desistência permite à Sauber (re)entrar no campeonato?
    E agora, com a desistência da Bridgestone e o anúncio quase oficial de Goodyear, Pirelli e Michellin que não vão assumir o posto, os monopostos irão andar como o carro dos Jetsons, levitando?
    Também li hoje pela manhã que a Renault reuniu a cúpula para deliberações de emergência: será mais uma a debandar?

    Publicado por Edgard | 04/11/2009, 7:52 am
  18. Pena a Toyota sair. Mas com o dinheiro que gastaram nesses anos…e sem conseguirem um piloto que lhes garanta o sucesso, o melhor é mesmo desistir.

    Os Hamilton (pai e filho) já disseram que não têm qualquer influência na contratação de pilotos e que Kimi seria bem vindo e o piloto certo se a McLaren quer ganhar campeonatos.

    Notícia original em filandês: http://www.ts.fi/f1/uutiset/85542.html
    A respectiva tradução:
    (link de http://darkmaiden.spaces.live.com/blog/)

    IT’S OKAY FOR HAMILTON’s IF KIMI COMES

    Turun Sanomat 2.11 2009 22:59:49

    According to British sources Anthony and Lewis Hamilton wouldn’t be thrilled at all of the idea that McLaren would hire Kimi Räikkönen to be Hamilton’s team mate.

    Anthony Hamilton wanted to correct all these claims through Turun Sanomat.
    – First of all I have to say that Lewis and I don’t have any influence when it comes to McLaren chosing drivers. But if you need badly championships then you also need Kimi in the team. Kimi is the best driver available. Lewis and Kimi would most certainly push each other in the best way into even better results.
    – If I would have to make the choice I would take Kimi but I don’t have anything againts Heikki continuing either, daddy Hamilton said.
    – We have always liked Heikki. He is a great team mate who does his work well. Kimi again is kind of a cool-guy. I think that he is the choice number one and the best driver who could come beside Lewis to this team, Hamilton says and waits with a great interest how the negotiations between Räikkönen’s managers and Martin Whitmarsh go forward this week.

    Turun Sanomat, Abu Dhabi
    HEIKKI KULTA

    E Bocken, quanto ao regresso de Schumacher eu bem avisei em meus posts da altura. E não esqueça a teoria da conspiração para se livrarem de Kimi.

    Publicado por Ernesto Sousa | 04/11/2009, 7:57 am
  19. “Concordo, Hugo! Será também uma grande pena se ele (Kobayashi) — um “diamante bruto,” nas palavras do James Allen — não conseguir um lugar entre tanta gente medíocre no grid…”.

    Hehehe!!!!
    Gente medíocre no grid… hummm. Well, eu não estou no grid. Então,…hummm. Bom. Então… O Kovaleinen já foi, o Badoer já foi, o Fisichella já foi, o Bourdais já foi, o Grosjean tá com a malinha no corredor… é sobraram alguns. Alguersuari, Buemi… rsrsrs.

    Tenho a sensação de que estou esquecendo alguém e não é o Nelsinho, óbvio.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 04/11/2009, 9:02 am
  20. Debandada nipônica!
    Agora só falta a Bridgestone, né?

    Abraço.

    Publicado por Antonio | 04/11/2009, 9:20 am
  21. “Antonio

    Debandada nipônica!
    Agora só falta a Bridgestone, né?

    Abraço.”

    Essa já foi desde de segunda feira.

    A Toyota só vai fazer falta a população de Colonia, na F1 eles não serão lembrados.

    Quanto ao Koba eu tenho certeza que ele terá uma vaga em 2010, resta saber se vai ser como pagante ou não.

    Agora ficou claro que quando se fala de dinheiro, japonês teve prejuízo não pensa duas vezes em chutar o pau da barraca e picar a mula.

    Publicado por Claudemir Freire | 04/11/2009, 9:40 am
  22. Quanto ao Koba eu tenho certeza que ele terá uma vaga em 2010, resta saber se vai ser como pagante ou não.

    Claudemir, ele não tem dinheiro nem pra comprar uma vaga na GP2, quanto mais na F1…
    Ele tem que ser contratado, se não vai ter que junta grana fazendo sushi com o pai.

    Publicado por Guilherme Teixeira | 04/11/2009, 10:12 am
  23. Guilherme, da mesma forma que nós aqui no Brasil o elogiamos muito, no Japão ele teve uma exposição ainda maior, o que não vai faltar é empresas apoiando a sua carreira.

    E o destino dele pode ser qualquer um, mas só não pagaria se fosse na Mclaren, algo impossível de acontecer, nas demais vagas que restam no mercado só pagando.

    Publicado por Claudemir Freire | 04/11/2009, 10:15 am
  24. A Mclaren bem que podia pegar o Koba e deixar ele um tempo na Force India até que se abra uma vaga em Woking.
    Se ele cair nas mãos da Ferrari, estamos fodidos.

    Publicado por Leandro Magno | 04/11/2009, 10:17 am
  25. “Se ele cair nas mãos da Ferrari, estamos fodidos.”… putz. Eu nem tinha pensado nisso. O Massa que engula seco… senão. Mais essa agora.
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 04/11/2009, 11:28 am
  26. Amigos, pra que o medo da Ferrari contratar o Koba ?

    Me digam vocês quando foi que a Ferrari apostou em pilotos de Base ou mesmo com pouca experiência ?

    Nunca, o unico piloto que diregiu um Ferrari na F1 sem experiência anterior na categoria foi José Froilán González nas primeiras voltas de um Ferrari na F1, de resto os vermelhos não apoiam pilotos com menos de 3 anos na categoria.

    Publicado por Claudemir Freire | 04/11/2009, 11:50 am
  27. A saída da Toyota já estava clara desde a metade do campeonato 2008.

    Isso significa que a crise está assolando ainda mais a categoria …

    Agora temos dois pilotos, desempregados.

    Se a Renault não aproveitar o gancho e cair fora,, Timo Glock fará companhia a Robert. Quanto ao Trulli, deve pegar uma vaguinha em alguma estreante, se bem que acho que tá na hora de se aposentar …

    Agora um bom piloto surgiu nessas duas últimas corridas. Kobayashi se mostrou rápido e agressivo. Provavelmente conseguirá um bom posto como piloto de testes para no ano de 2011 assumir um cockpit.

    Publicado por Murilo Silva Moura | 04/11/2009, 12:50 pm
  28. Não farão falta, a não ser por conta do Kobayashi que acabou ficando sem carro.

    Publicado por Ron Groo | 04/11/2009, 1:03 pm
  29. GP de SPA proibido? Isso é verdade?
    http://esportes.terra.com.br/automobilismo/formula1/2009/noticias/0,,OI4080708-EI12988,00-Populacao+contesta+proibicao+de+circuito+do+GP+da+Belgica.html

    Publicado por Filho do vento | 04/11/2009, 1:21 pm
  30. sem pneu, sem construtores et sem circuitos bons, sei não …

    Publicado por Filho do vento | 04/11/2009, 1:22 pm
  31. Seguindo o gatinho mal Jaguar.

    Honda
    BMW.
    Bridgestone.
    Por último Toyota.

    Agora a menininha Renault quer ir também para casa, esta cansada de brincar de carrinho com os meninos grandes (Ferrari, Mclaren e Williams) que não dão chance pra ela brincar direito.

    http://tazio.uol.com.br/f-1/textos/14828/

    Publicado por Claudemir Freire | 04/11/2009, 2:15 pm
  32. Olá,

    “E agora, com a desistência da Bridgestone e o anúncio quase oficial de Goodyear, Pirelli e Michellin que não vão assumir o posto, os monopostos irão andar como o carro dos Jetsons, levitando?”

    Não seria essa a hora de abolir a exclusividade desta empresa ou dakela fornecer pneus? Ter exclusividade de fornecimento de pneus a F1 é muito caro, aposto que se não existisse a exclusividade (monopolio) essas mesmas empresas que disseram nao querer fornecer pneus, iriam fornecer sim, cada uma a sua equipe de preferencia contratual. Isso sim seria otimo ao esporte, 3 ou 4 empresas de pneus na F1. Só lembrando que os dois Titulos de Alonso ele deve uns 70% aos Pneus Michellin.

    Abraço

    Publicado por Anderson Dorneles | 04/11/2009, 3:01 pm
  33. Uhmmm, a Renault ainda quer brincar de carrinho!

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Formula_1/0,,MUL1366461-15011,00-DIRETOR+DA+RENAULT+ASSEGURA+A+PERMANENCIA+DA+EQUIPE+NA+FORMULA.html

    Mas o mais interessante dessa matéria chupinhada do L’Équipe é esta frase:

    – Já contratamos nossos pilotos (o polonês Robert Kubica e o francês Romain Grosjean), aprovamos nosso orçamento e estamos inscritos no Mundial. A temporada 2010 começou –

    Ou o portal da Globo deu uma bela barrigada (normal no caso deles) ou o diretor da equipe Jean-François Caubet entregou o ouro e manteve o Grosjean????

    Publicado por Claudemir Freire | 04/11/2009, 5:10 pm
  34. Claudemir,
    É perfeitamente possível a Ferrari pegar o “passe” do Koba e colocá-lo em equipes pequenas q usa o motor italiano até o japa ganhar a tal experiência.
    Além disso, depois de Hamilton e Vettel, as coisas mudaram muito na F1.
    Depois da temporada de estréia arrasadora do inglês, a Ferrari andou colocando até uns moleques de 18 anos em seus carros pra ver se garimpava um novo Lewis Hamilton na velha bota.
    http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/esportes/conteudo.phtml?tl=1&id=832346&tit=Teste-de-jovens-italianos-impressiona-diretor-da-Ferrari

    Publicado por Leandro Magno | 04/11/2009, 5:40 pm
  35. Claudemir, acho que é barrigada, pois não existe no site do l’équipe nada confirmando a permanência da Renault. Devem ter requentado uma noticia…

    Publicado por Filho do vento | 04/11/2009, 5:50 pm
  36. Quando vejo notícias como essa e a da Bridgestone fico me perguntando se a F-1 caminha inexoravelmente para o seu fim ou se tudo não passa apenas de uma profunda e radical mudança em seus alicerces atuais.

    As equipes tiveram sua chance de construir um mundo novo onde o esporte falava mais alto e o dinheiro seria dividido entre si. Iludiram-se achando que o real culpado dessa falência esportiva e financeira que se tornou a F-1 era Mosley quando na verdade o problema está na FOM que suga todo o lucro gerado pelo circo como uma sanguessuga.

    Eis que preferiram ficar num modelo onde os reais participantes (equipes, patrocinadores, autódromos, etc.) só gastam e investem enquanto o retorno financeiro que é o que interessa de fato fica apenas com Bernie e as televisões.
    Vamos ver até quantos anos a F-1 resistirá dessa forma.

    Publicado por Carlos T. | 04/11/2009, 8:51 pm
  37. Claudemir,

    Sem Toyota, Renault, Goodyear, Pirelli, Firestones e Bridgestones, a F1 vai de Flintstones.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 04/11/2009, 9:56 pm
  38. ´´Nunca confie nos alemães. Eles são muito ambiciosos“ disse Margaret Thatcher.
    A McLaren tem toda a razão de dar um chute na Mercedez e fazer os seus motores.
    Olhando para esta noticia: http://esporte.ig.com.br/grandepremio/formula1/2009/11/04/renault+convoca+reuniao+de+emergencia+e+tambem+pode+anunciar+que+deixa+f1+9018963.html
    qualque da razão a eles.

    Publicado por Leo | 05/11/2009, 12:12 am
  39. Bom, se alguém tiver dúvidas do futuro da Renault.

    A montadora francesa Renault disse nesta quinta-feira que vai decidir até o fim do ano se continuará na Fórmula 1, após a japonesa Toyota ter anunciado sua saída do esporte.

    “Vocês terão que ser pacientes”, disse a jornalistas o chefe-executivo da Renault, Carlos Ghosn. “Vamos fazer um anúncio sobre a nossa participação na Fórmula 1 antes do fim do ano.”

    http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,renault-vai-decidir-futuro-na-f1-ate-fim-do-ano,461651,0.htm

    Agora não tem mais, a Renault subiu no telhado e esta caindo lentamente.

    Apostas!

    Vende a fábrica de Enstone para investidores picaretas, fica fornecendo motores para eles, Red Bull e GP2.

    Ou a Epsilon Euskadi entra na parada na vaga da Renault, deixando o grid com 6 estreantes, e um abismo de pelo menos 2 segundos no grid com 12 carros se arrastando e 14 dando voltas e mais voltas nos estreantes, alguém dúvida que será assim ?

    Publicado por Claudemir Freire | 05/11/2009, 11:53 am
  40. É sempre ruim, quando qualquer equipe deixa a categoria, andando atrás ou na frente, mas é o que mais tem acontecido por causa das montadoras, elas entram e saem quando querem, o compromisso com a F-1 é zero, concordo com o Leo no primeiro post, a unica que aparenta compromisso com a F-1 é a Ferrari.

    Publicado por Rodrigo Pedrosa | 05/11/2009, 12:31 pm
  41. Becken, você viu essa?

    http://twitition.com/zv6yf

    Um blogueiro britânico fez um abaixo-assinado virtual (via Twitter) para “manter” o Kobayashi na Fórmula 1. Até a última vez que eu olhei estava com 302 “assinaturas”.

    Publicado por Willian | 05/11/2009, 5:05 pm
  42. Muito estranha essa declaração de hj do Ghosn.
    Como uma equipe pretende arrumar patrocinadores deixando em dúvida seu futuro?
    Será q vão esperar pra ver o tamanho do ferro q a Toyota vai levar por ter rasgado o pacto assinado, pra saberem se vale a pena rasgar tb?
    Olha o Kubica ficando a pé aí tb…
    Olha a idéia dos 3 carros por equipe começando a ter q ser colocada em prática.
    Diziam q 28 poderiam alinhar em Manama. Será que teremos 18?
    Como é q se convoca novas equipes faltando tão pouco tempo? Só se for pra fazer um campeonato de carrinho de rolimã, porra.
    Em relação a isso, devemos bater palmas pra BMW pq não veio com a essa de retirada “imediata”.
    No meio dessa zona toda, só uma coisa me interessa: Koba na Mclaren! Aí pode ser apenas Ferrari contra Mclaren no grid q o show tá garantido.

    Publicado por Leandro Magno | 05/11/2009, 7:12 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: