//
você está lendo...
ARTIGOS

Mclaren encara dilema do segundo piloto

IMAGEM. Ferrari.com mclarenpilotos(KIMI lidera Heikki e as apostas para sentar em um dos carros da McLaren em 2010)

A McLaren já está dando um duro danado no MP4/25, carro que segundo Martin Whitmarsh, “já é mais rápido do que o atual MP4/24”, o que, convenhamos, não é objetivo assim tão difícil de se alcançar. Mas a questão do momento é: quem pilotará esse outro MP4/25 ao lado de Lewis Hamilton? Rubens Barrichello foi, surpreendentemente, sondando pela equipe depois de acertado com a Williams, e Kimi Raikkonen, Nick Heidfeld e agora Robert Kubica, ameaçado pela indecisão da Renault, me parecem os homens a brigar pela vaga no momento.

Robert larga por fora e Kimi disparou como o favorito, mas dada a sobrevalorização do finlandês, Nick Heidfeld pode até atropelar no fim — algo que acabaria por satisfazer a parceira Mercedes que finalmente veria o seu alto investimento de décadas corporificado na figura de um piloto alemão. Dispor de Heidfeld seria também um movimento esperto, algo que ajudaria a abrandar um pouco os recentes atritos de bastidores entre as duas históricas parceiras.

Outro ponto a favor de Nick é que não se espera que o alemão seja capaz de desafiar Lewis dentro da equipe, sendo um segundo piloto rápido e consistente o suficiente para tornar a equipe novamente competitiva no campeonato de construtores.

Política de pilotos

Essa opção por Heidfeld, no fundo, é algo que responde diretamente à questão da tão propalada política de pilotos da McLaren, que se orgulha de sempre contar com a “melhor dupla de pilotos possível no grid”.

Historicamente a F1 mostra que são raras as ocasiões em que uma dupla de pilotos equilibrada em talento e ambição é capaz de vencer com segurança um campeonato. Na maioria das vezes essa é uma receita para o desastre como na Williams de Mansell e Piquet, na própria McLaren de Senna e Prost e novamente na McLaren de Hamilton e Alonso. Contrariamente, a era Schumacher foi inteiramente calcada no arranjo Primeiro/Segundo piloto e os bicampeonatos de Senna, Alonso e Hakkinen foram todos conquistados em uma combinação desigual de talentos.

A Ferrari terá a fortíssima dupla Alonso/ Massa brigando cabeça a cabeça e dividindo recursos dentro de Maranello e se Martin Whitmarsh assimilou a receita pragmática aprendida a duro custo na era Schumacher, ele optará por Nick.

Discussão

42 comentários sobre “Mclaren encara dilema do segundo piloto

  1. Existe o componente “aposta”. Você sabe que 2 “superpilotos” vão dividir a atenção da equipe, mas você simplesmente quer PAGAR(Kimi) pra ver.

    Publicado por KBK | 06/11/2009, 1:42 am
  2. Se Kimi não estivesse fazendo tanto doce já teria ganho o cockpit. Mas ao que parece ele continua a ignorar o atual panorama econômico e insiste em receber mais do que deve. Pena, seria uma dupla poderosa.

    Vai que é tua Anselmo! :-)

    Becken, não sei se eu concordo tanto assim com a sua “teoria do segundo piloto”.

    79 Jody Scheckter e Villeneuve de Ferrari
    84 Lauda e Prost de McLaren
    87 Piquet e Mansell de Williams
    88 Senna e Prost de McLaren
    89 Prost e Senna de McLaren
    92 Mansell e Patrese de Williams

    Fora o Patrese não se pode dizer que nenhum dos outros pode ser considerado como o 2º.

    Na “Era Schumacher” é que esse tipo de coisa pegou mesmo.
    E foram os anos mais chaaaaaaatos da F1 recente.

    Publicado por Beatle Ed | 06/11/2009, 3:05 am
  3. Eu adoraria ver um duelo Kimi-Lewis, mas sob condições de igualdade, o que não deve acontecer se o finlandês for para a McLaren.

    Eu tenho a impressão que a equipe deseja tornar Hamilton um piloto super-campeão, tal qual foi Schumacher. Por isso, eu penso que ela irá investir em um piloto escudeiro como Nick Heidfeld, por exemplo…

    Publicado por Willian | 06/11/2009, 6:24 am
  4. A Mclaren ainda pode contar com o alemão Timo Glock. Abs

    Publicado por Bruno | 06/11/2009, 7:02 am
  5. 2007 a Ferrari tb ganhou o wdc e wcc sem uma política declarada de segundo piloto.

    Além da forte dupla da Ferrari para 2010 tem tb a da Brawn Button/Rosberg,Red Bull Vettel/Webber e a boa combinação da Williams Barrichello/Hulkenberg. A Mclaren com certeza virá forte tb, torço para q seja o Kimi.

    Pelo visto, essas cinco equipes vão protagonizar o campeonato de 2010.

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 7:15 am
  6. A McLaren é igual à Ferrai. Favorecerá sempre um piloto em detrimento do outro como fez esta época.

    Publicado por Ernesto Sousa | 06/11/2009, 7:34 am
  7. Becken,

    Em 2007 a dupla equilibrada Hamilton/Alonso, só se mostrou Equilibrada depois que começou o campeonato.
    Ninguém em sã consciência, (nem Ron Dennis) acreditava que Hamilton se tornaria a grande estrela que é já na primeira temporada.
    Então a intenção da Mclaren na ocasião era ter Alonso liderando, e Hamilton como suporte.
    Mas o moleque andou demais, empolgou todo mundo, peitou Alonso, e o resto da história a gente conhece.

    Alex,

    Discordo de vc quanto à 2007.
    A Ferrari tinha um Primeiro piloto contratado à peso de ouro, Kimi.
    E tinha um piloto de suporte, rápido como só ele, porém muito inconstante, Felipe Massa.
    O Kimi foi campeão. No ano seguinte estampou o número 1 em sua carenagem. Felipe começou o Ano e errou nas duas primeiras provas.
    A imprensa colocava o Vettel no lugar dele toda hora.
    Até que ele se iluminou, sentiu a pressão, e reagiu de forma magnífica a ela. Parou de errar, se tornou mais cerebral, e manteve sua velocidade pura, principal característica do seu estilo de pilotagem. A partir daí, que ele deu um Pau no Kimi.
    Mas a Ferrari, Alex tinha um primeiro piloto, Kimi. Que só foi demitido por não cumprir o seu papel de primeiro piloto.
    Como também, tem um agora, Fernando Alonso.
    Não se iluda. Qualquer coisa diferente disso, é invenção do Galvão e sua Tchurma.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 06/11/2009, 7:39 am
  8. Fernando tua análise está correta, só q eu disse q ela não tinha um primeiro piloto “declarado”. Todo mundo sabia q o Kimi foi contratado pra substituir o Schumi, mas a Ferrari, não interferindo nas vitórias do Massa bem no início da temporada, mostra q não havia a mesmo política da era Schumacher, até pq, Todt/Brawn já tinham saído.

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 7:51 am
  9. Alex e Amigos,

    Não querendo estender a conversa até virar um Off-Topic, mas me ocorreu algo:

    Na época do Shummi, a Ferrari não intervinha tanto assim para sua vitória. Ele ganhava e pronto.
    É que o episódio da Austria ficou muito marcado, e a globo sempre vende a mesma história. Mas pra mim o fato é que o Rubens não era mais rápido que o Michael, e raramente admitia isto. Sabendo disso, a Ferrari optava por seu melhor piloto, para não perder pontos que julgava necessários. (o grande erro que manchou a história. E virou sinônimo de “Era Shummacher”).
    Mas o Shummi ganhava do Rubens com o pé nas costas.

    Deixa eu encerrar, que transformei o troço em um off-topic desnecessário. Sorry guys!!!

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 06/11/2009, 8:09 am
  10. Realmente o dilema da Mclaren é complicado.
    – Eles não querem um piloto que seja tão 2º piloto que a equipe seja criticada por isso, uma vez q a Ferrari, quem diria?, a Ferrari teoricamente não vai adotar essa política no próximo ano. Ex: Sutil e Glock
    – Eles não querem um 2º piloto que ao perceber sua condição de 2º piloto, comece a se rebelar. Ex: Kubica e Rosberg
    – Eles não querem um piloto que desafie e seja capaz de vencer Hamilton ocasionalmente, de modo que o campeonato seja decidido na última corrida com chances de uma Ferrari ainda estar na disputa. Ex: imho, Vettel(em algumas pouquissímas pistas) e Alonso. Que por sorte não estão no mercado.
    – Eles querem um garoto propaganda que ajude a pagar seu próprio salário. Ex de quem não é assim: Kimi.
    – Eles querem um piloto constante capaz de realmente ajudar a equipe a levar o WCC: Ex: Button.
    – Eles querem um piloto com um salário de mercado. Ex de quem não é assim: Kimi.
    – Eles não querem apostar em incertezas pois querem levar o WCC. Ex: Koba(Que pena!) e Paffett.

    Resumindo: O piloto seria o Button. Mas, para isso ele deveria comer salsichão e gostar de chucrute. Assim, a vaga cai no colo do Nick.
    Porém, talvez seja a hora de saber quem é mais forte hj para a Mclaren: A Vodafone que deve ficar por um bom tempo e que quer Button ou a Mercedes que quer um alemão, mas vive ameaçando sair da equipe.
    A única coisa que pesa a favor do Kimi é o fato dele não reclamar de nada e foi por isso que o papa Hamilton disse que prefere ele.
    Outra coisa, que deve pesar na decisão da Mclaren, vai ser o estilo de direção do piloto. Se o piloto tiver um estilo diferente do Hamilton vai complicar tudo, pois a equipe certamente deve estar constuindo o carro ao gosto do inglês e se o outro piloto chegar dirigindo “ao contrário”, pode dar adeus aos seus pneus no início das corridas e isso será fatal na próxima temporada.
    Se alguém tem dúvidas de quanto a equipe respeitar o Ham, basta rever o vídeo da última corrida e perceberão como o Martin quase ajoelhou na frente do Lewis quando ele saiu do carro após seu 1º abandono na carreira.
    Ao chegar no box, Ham para o carro e começa a balançar a cabeça em sinal de desaprovação. Martin corre lá e com uma voz trêmula e extremamente tenso, começa a pedir desculpas. Ham dá um tapinha em seu braço e canta: “Don’t worry about a thing, ‘cause ev’ry little thing is gonna be alright, se vcs me derem um carro vencedor no ano que vem”.

    Becken, desculpe por quase ter clonado seu post no meu comentário.

    Publicado por Leandro Magno | 06/11/2009, 8:24 am
  11. q isso Fernando, não tem do q se desculpar. Qdo um Post tem como tema dupla de pilotos, invariavelmente a famosa dupla da Ferrari acaba sendo citada. Realmente, Rubens sempre foi rápido, mas o Suchi era um fora de série e mais rápido do q o Barrica. No entanto o q eu via era sempre problemas no carro do Barrichello e nunca no carro do Schumacher. Não q isso fosse proposital, mas típico de tratamento diferenciado. Não davam atenção igualitária para os dois carros. Talvez não fizesse diferença e o Schumacher teria ganhado o mesmo número de vitórias e títulos, mas pelo menos não seria tão fácil. Mas é melhor encerrar esse assunto mesmo, senão daqui a pouco vem o Coyote e me detona rsss, daí vem o Flávio Gomes pra se promover etc etc

    Abraço

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 8:26 am
  12. Alex, em 2007 teve a desclassificação da McLaren(não defendendo os caras), então o wcc foi até facil. Só estou trazendo isso a tona porque parece que não dá pra tirar muitas conclusões, pois o “casal” Coughlan & Stephney envenenou a McLaren achando que estavam sendo malandros.(O que não isenta o Team de culpa, diga-se de passagem).

    Ernesto:
    “A McLaren é igual à Ferrai. Favorecerá sempre um piloto em detrimento do outro como fez esta época.”

    Pode até ser, mas se vc achar uma equipe mais transparente com relação à dar ou não privilégios a um primeiro piloto, não terei o que contestar. E nessa temporada(época, para os amigos lusitanos) é incontestável a decisão da McLaren dar total apoio ao Hamilton.

    Se puder responder dizendo se concorda ou não, serei grato, pois veja: Um piloto que em 2 anos de McLaren venceu apenas uma corrida, circunstancial, foi decisivo(de forma negativa) para a derrota no mundial de construtores ano passado. E nesse ano, andou do início ao fim como se o carro fosse aquele da Austrália. Sempre lá atrás. Ainda que ele demorasse um tempo para receber atualizações, sinceramente, não justifica. Em Monza foi ridiculo, parecia uma Minardi largando lá na frente.

    Diante disso, não tem cavalheirismo, filosofia ou ideal que mantenha o Kovalainen em condição de igualdade com o Hamilton na equipe. Numa situação dessas, até Senna ou Prost seria relegado a segundo piloto…

    Publicado por Alan McLaren | 06/11/2009, 8:32 am
  13. Alan, é verdade, se não fosse tirado os pontos a McLaren venceria o wcc. E o Kova não é piloto pra Woking.

    O q o Leandro comentou é bem interessante, torço pro Kimi, mas seria curioso ver o Button companheiro do Hamilton. Me parece q ele tem um estilo de pilotagem mais limpo do q o do Hamilton. Gostaria de ver o quanto essa história de um carro “vestir” estilo A ou B pode ser fundamental, como foi argumentado para justificar a vantagem de Felipe sobre Kimi em 2008.

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 8:45 am
  14. Se for pra contratar um alemão para satisfazer a Mercedes, eu contrataria o Glock. Tem mais chão pela frente e ainda pode se desenvolver como piloto.

    Uma pena se a McLaren não conseguir contratar o Kimi. Seria fantástico ter duas duplas fortes nas principais equipes, e não uma inversão de papéis.

    Off- topic: a Renault dá os primeiros sinais de que vai ser a quarta montadora a debandar…

    http://www.autosport.com/news/report.php/id/80031

    Depois do Koba (que rima com Kova, mas só rima…), maisum bom piloto corre o risco de correr em uma bomba, se correr: Kubica.

    Seria a provável saída da Renault a senha para a volta do Briatore? Aliás, como anda todo o rolo processual contra o playboy-gangster?

    Publicado por Vitor, o de Recife | 06/11/2009, 8:47 am
  15. Becken, históricamente a opção de um segundo piloto fraco só começou a ser deflagrada com Ayrton Senna na Lotus, onde ele barrou o Derek Warwick, mas na história da F1 existem mais casos de campeões com parceiros fortes do que ao contrário.

    Como citou alguns o Beatle Ed e não vejo a dupla Hakkinen_Coulthard como um fraco e um forte, a Mclaren não havia contrato nenhum dos dois com status de 1º e 2º, na verdade eram dois pilotos medianos que sempre perderam no grid para seus parceiros anteriores, ou seja, Hakkinen deu sorte em ter o melhor carro em 1998 e 1999 e o Coulthard como parceiro.

    Será um desperdício de dinheiro contratar um piloto fraco para bajular o Hamilton e lutar apenas pelo mundial de pilotos (se o carro da Mclaren for bom, claro) quando Ferrari e Brawn estão com duplas fortes e equilibradas.

    E pelas contas faltam apenas 2 milhões de dolares para a Mclaren equiparar o sálario do Kimi na Ferrari e aceitarem que ele trabalhe menos nas peças promocionais, vamos ver, torço que ele entre na equipe para termos um campeonato com 3 equipes brigando palmo a palmo por cada vitória.

    Publicado por Claudemir Freire | 06/11/2009, 8:57 am
  16. Interessante que eu acabei de ler por aí que Kimi na McLaren é um acordo selado:

    — Apenas o desejo de Kimi em disputar Rali causou atraso nas negociações

    — O anúncio será feito logo após a dispensa do Heikki

    — Os rumores de que Lewis tem um veto são falsos

    — A McLaren “esquentou” a imprensa com os rumores de que Jenson Button interessa á equipe para convencer o Ice Man.

    — Espera-se que o anúncio seja na próxima semana.

    Isso tudo acima não vem de fonte confiável, portanto não acreditem 100%, mas ao menos faz algum sentido… :)

    Publicado por Becken Lima | 06/11/2009, 9:07 am
  17. O que determina o primeiro e o segundo piloto é mais uma relação técnica do que esportiva.
    É a preferência do estilo de pilotagem na construção do carro, a preferência pelas melhores peças.

    Foi isso que o Kova reclamou este ano. (sem razão acredito eu).
    Foi isso que aconteceu com o Felipe no começo do ano, quando a Ferrari deu um chassi mais leve ao Kimi. ( e colocou o n 3 no seu carro – depois voltou atrás).
    Foi o que aconteceu com o Barrica em uma temporada que não me lembro qual, onde o Barrica correu umas 3 ou 4 corridas com o carro do ano anterior.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 06/11/2009, 9:08 am
  18. Alex-CTBA

    “No entanto o q eu via era sempre problemas no carro do Barrichello e nunca no carro do Schumacher”

    Perguntinha, qual foi a equipe que o Rubens correu que o carro nao quebrava ??

    Isso esta igual a historia do soldado marchando e a mae.

    O Pelotão desfilando e um cara marchando errado, ai a mae dele vira para uma outra e fala, olha olha olha so o meu filho ta marchando certo.

    Publicado por Claudio Cardoso | 06/11/2009, 9:12 am
  19. O que quer a McLaren:
    1. Mc Laren quer um piloto melhor que o Hamilton que aceite ser segundo.
    2. Esse piloto deve abaixar seu preço para parecer pior e aliviar o caixa da equipe.

    O dia que a Mc Laren vender o MP4-12C no Brasil a preço de carro popular (10mil dólares) ela vai conseguir o que quer.

    Conclusão:
    Quem não pode com mandinga não carrega patuá.

    Quer pagar barato, leve o pior e mais feio. Regra de mercado.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 06/11/2009, 9:15 am
  20. Becken, onde você viu isso? Any links? =P

    Publicado por Guilherme Teixeira | 06/11/2009, 9:16 am
  21. Becken, onde você viu isso? Any links? =P

    No, no links at all! :)

    Publicado por Becken Lima | 06/11/2009, 9:24 am
  22. Complementando o comentário.

    Quem quiser ver o Mc Laren MP4-12C clique no link abaixo. Para ser coerente, talvez o vendam pelo preço de um Celta básico (pé-duro).

    http://images.google.com.br/images?rlz=1C1CHMZ_pt-BRBR307BR307&sourceid=chrome&q=mp4-12c&um=1&ie=UTF-8&sa=N&hl=pt-BR&tab=wi

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 06/11/2009, 9:40 am
  23. Hahahahah
    Ri alto com essa do preço do Celta básico!!!

    Só de imaginar, sonho acordado

    Publicado por Alan McLaren | 06/11/2009, 9:57 am
  24. Alan McLaren, eu estou de acordo. O que eu acho mesmo é que o piloto tem uma personalidade independentemente das estratégias. Eu não tenho qualquer dúvida acerca do talento do Lewis e da superior qualidade do Kimi. Mas eu lembro que o Kimi quando esteve na McLaren tinha tudo para ser campeão e o carro estourou demais. E de uma coisa eu tenho a certeza. Se o Kimi for de facto na Mclaren o Lewis não terá de se preocupar com mais nada senão guiar. Não vai ter trica de cabeleireiro ou de desfile de moda ou de prima donna mesmo que lhe dêem o melhor carro – o que não é tradição na McLaren – mas essas queixas do Kovaleinen de que postei link anteriormente também me deixaram tão desapontado quanto as estratégias da Ferrari nesse ano sobretudo com o Kimi.
    O mesmo se passou na Renault com o Nelsinho e depois com o Grosjean. Dá para perceber que o Alonso escolhia sua estratégia e aos outros era imposta uma. Embora eu seja adepto de estratégia de team e ache que isso é natural, por vezes não se justifica levar isso ao limite. O que a experiência vem provando é que na maior parte das vezes isso falha mais do que produz resultados. O caso da Toyota é para mim paradigmático. Durante anos a Toytota usou sempre a mesma estratégia de stints extremamente longos e entediantes. Gastou milhões e milhões. Agora que o Kobayashi Banzai fez essas duas corridas loucas de certeza que ficamos todos pensando se com outra estratégia e outros pilotos a Toyota não teria desde há muito ganho GP’s. Portanto para finalizar eu sou mesmo adepto de que o piloto escolha sua estratégia, seja mais julgado por sua iniciativa individual pelo menos até se provar o contrário. A partir daí aceito perfeitamente que o team seja mais interveniente e favoreça mais um ou outro.

    Publicado por Ernesto Sousa | 06/11/2009, 10:10 am
  25. Ernesto,

    Assino embaixo. O Piloto que arrisca o pescoço, nada mais justo que ele próprio escolher a estratégia.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 06/11/2009, 10:20 am
  26. Ernesto (o que não samba),

    Concordo com tudo que vc disse.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 06/11/2009, 10:20 am
  27. Ernesto

    Matou a cobra e ainda deu um bico no ninho!

    Perfeito

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 10:25 am
  28. Alex-Ctba,

    A Mc Laren está vendendo os carros MP4-24 da temporada 2009 por 50mil reais cada um. Ótima opção para pendurar na parede de sua garagem, sala, bar… sei lá.
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 06/11/2009, 10:40 am
  29. Verdade, Ernesto!
    Também concordo totalmente no sentido de que a McLaren e Mercedes deixaram o Kimi na mão em 2005. E também acredito que tendo o Kimi novamente, a equipe não vai tomar posição a respeito de um deles enquanto o outro estiver sem chances reais.

    E Anselmo, ri alto aqui quando vi o lance do MP4-12C a preço de Celta basicão!!!
    Quem dera, isso sim!!!

    Publicado por Alan McLaren | 06/11/2009, 10:42 am
  30. MP4-24 ? mmmmmm acho q não gostei do nº do modelo. Quem sabe o MP4-25 do vice campeonato de 2010, posso pensar a respeito hehehehe

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 10:49 am
  31. Forza Ferrari e il suo nuovo progetto F661 !

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 10:55 am
  32. É isso aí, Alan.

    Com um pouco de coerência da Mc Laren, considerando o que ela tem proposto ao Kimi, a solução seria essa.

    Aliás, seria uma boa. Ele recebia o pagamento em carros, a preço de Celta pé-duro com IPI reduzido.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 06/11/2009, 11:11 am
  33. http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Formula_1/0,,MUL1368973-15011,00-SE+FICAR+PARADO+EM+KIMI+RAIKKONEN+RECEBERA+R+MILHOES+A+MAIS+NO+SALARIO.html

    Ora aqui está mais uma para a teoria da conspiração. Alguém acredita na razão oficial da saída do Kimi da Ferrari?

    Árabes, Santander?

    Publicado por Ernesto Sousa | 06/11/2009, 1:00 pm
  34. Arnesto,

    Só porque vc está pegando no pé do Kimi,
    Esta é pra vc (com o link do clipe)… rsrsrs

    O Arnesto nos convidou,
    Pro samba, ele mora no Braz.
    Nóis fumo e num incontremo ninguém.
    Nóis vortemo c’uma baita de uma reiva.
    Nós não semos tatu!

    No outro dia encontremo com o Arnesto
    Que pediu desculpas mais nós não aceitemos
    Isso não se faz, Arnesto, nós não se importa
    Mas você devia ter ponhado um recado na porta

    Um recado assim ói: “Ói, turma, num deu pra esperá
    Aduvido que isso, num faz mar, num tem importância,
    Assinado em cruz porque não sei escrever”

    Arnesto

    Publicado por Anselmo Coyote | 06/11/2009, 2:31 pm
  35. O Coyote é genial, e o Adoniran também.

    Mas discordo de você, se a McLata quer uma dupla de pilotos realmente forte, e um piloto que pode desafiar o clã hamilton (parece que o pai manda mais que o Ron Dennis mandava) tem de ser Kubica.

    Nick Heidfeld é só mais um, nem mar nem terra, só mais um.

    E infelizmente o Kimi quer salário demais para vontade de menos ultimamente.

    Publicado por Ron Groo | 06/11/2009, 3:13 pm
  36. Provalvemente a Mclaren quer fazer com inglês Lewis o mesmo que a Ferrari fez com o Michael Schumacher e para isso dever escalar o alemão Nick Heidfeld, senão o Kimi detonará o Hamilton

    Publicado por Wenderson Torres | 06/11/2009, 7:02 pm
  37. Koba na McLaren em 2010 ( by myself) e Kimi uma temporada de diversão no rally e faturando 17 milhões de euros por ano, pagos pela Ferrari , para não assinar contrato com nenhuma equipe para 2009 e valer o seu com a Scuderia até 2010, não ameaçando seu campeonato, como apurou a folha de São Paulo. Tá vendo Coyote ? O Fernando levantou essa possibilidade e vc não deu 1 real pela idéia do cara, de qualquer forma foi sensacional o vídeo do Arnesto rsrs como diz Marcelo D2 : Viva os arquitetos da MPB e Ardoniran Barbosa é um deles com toda certeza!

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 10:50 pm
  38. BTW essa é a minha predileta dele http://www.youtube.com/watch?v=ACg4OxVDr_w

    com o belíssimo vocal da mãe da Maria Rita…

    Abs

    Publicado por Alex-Ctba | 06/11/2009, 11:01 pm
  39. ” Tá vendo Coyote ? O Fernando levantou essa possibilidade e vc não deu 1 real pela idéia do cara,…”

    Alex,

    Claro. Real na Europa não vale nada. Teria que dar 1 Euro, pelo menos…rs.

    A possibilidade levantada pelo Fernando foi de a Ferrari deixar o Kimi de molho para ele desesperar, sair e ela ficar livre da multa rescisória.

    Não foi o que aconteceu. A Ferrari teve que romper o contrato.

    Eu disse ainda que a teoria era perversa e que se a Ferrari a adotasse estaria em risco, pois isso configuraria assédio moral por omissão e poderia gerar uma ação de indenização milionária, muito maior que a multa.

    É pena que nem sei mais onde escrevemos essas coisas. E não sei procurar também…rs.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 07/11/2009, 7:09 am
  40. Olha Anselmo, meu português não é assim tão bom que eu perceba patavina do que você escreveu ou o que quer dizer. Vai ter que traduzir para mim o que você quer de facto dizer senão não tenho como contestar. Quanto ao vídeo adorei porque sou músico de horas livres e portanto gosto de qualquer forma de expressão musical.

    Publicado por Ernesto Sousa | 07/11/2009, 8:23 am
  41. Ernesto,

    Foi só uma brincadeira; não se preocupe.
    Gostou da música. Então está ótimo. Não há na letra nenhuma elucubração ou provocação.
    É de um dos melhores músicos brasileiros.
    Trata-se de coisa lúdica, simples e, por isso mesmo, muito rica. Não há o que contestar.

    Aqui no blog é assim mesmo. Diagladiamos numa lua e confraternizamos na outra. No final dá tudo certo e ficamos mais ricos pela troca de idéias.
    Tradução? Pensei que vc fosse português… hehehehe.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 07/11/2009, 10:03 am
  42. Obrigado. Não conhecia, mas é brilhante. Fica meu samba então…o do arnesto.

    Publicado por Ernesto Sousa | 07/11/2009, 10:32 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: