//
você está lendo...
ARTIGOS

Twitter, a ferramenta de comunicação do ano na Formula 1

IMAGEM: Twitpic/Rubarrichellorubensandtwitter fans (RUBENS em meio aos seus fãs que o seguem no Twitter)

Longe da mini convulsão político-social que alimentou no Irã esse ano, o Twitter não fez nenhuma revolução na F1. Na verdade, é até irônico que na era da informação 2.0, compartilhada e difundida à velocidade da luz pelas redes sociais, a bomba nuclear do ano — a revelação da trapaça da Renault em Cingapura/2008 — tenha sido acionada e comunicada pela velha, ultrapassada e não-interativa fonte de cultura que é a televisão.

O grande mérito do Twitter, então, foi em alguns momentos cortar o intermediário da notícia, o jornalista, aproximando os pilotos do exigente e crítico público que consome informação on line. Nesse ponto, o Twitter conseguiu algumas vezes a proeza de subverter os papéis de quem é a notícia e de quem a reporta.

Entre os pilotos no Brasil, foi Nelsinho Piquet quem desbravou e deu cartaz à ferramenta, mas Rubens Barrichello foi o homem que melhor tirou proveito da onda. Com o Twitter Rubens talvez tenha descoberto que, opostamente àquela porção podre do Orkut que alimenta aquela craca ofensiva, há um público disposto a curtir a F1 de forma mais saudável e prazerosa, sem rancores ou bulling.

O piloto então mostrou sua família, fez sorteios, conversou abertamente com os pilotos e, principalmente, com seus fãs — exemplo que foi seguido por outros pilotos, como Jenson Button, e por algumas equipes, como pela McLaren.

Eu, particularmente, não uso o Twitter. Acho que ele tende a fragmentar discussões e dispersar conversações e para um ser prolixo como eu é impossível expressar-se em apenas 140 caracteres. Mas é inegável a sua agilidade, mobilidade e dinamismo como meio de propagação da informação.

Como em todo o planeta, foi a ferramenta de comunicação do ano, mas na F1 não houve estardalhaço.

Anúncios

Discussão

Um comentário sobre “Twitter, a ferramenta de comunicação do ano na Formula 1

  1. Becken,
    Esse negócio de Twiter é bacana. Comecei a pouquíssimo tempo e ainda estou meio que estranhando. Estou tendo dificuldade em postar, mas acompahar os ídolos é bem legal.

    Ah!! por acaso, eu estou te seguindo.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 13/11/2009, 7:44 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: