//
você está lendo...
ARTIGOS

Vettel eleito melhor piloto da temporada por Chefes de Equipe. E para você, quem foi o melhor?

Primeiro eu gostaria de saber de vocês aí do outro lado a lista dos dez melhores pilotos da temporada, mas antes, vamos ver de perto essa lista dos chefes de equipe porque ela me pareceu um pouco incongruente.

1. Sebastian Vettel

2. Jenson Button

3. Lewis Hamilton

4. Fernando Alonso

5. Rubens Barrichello

6. Kimi Raikkonen/Mark Webber

8. Felipe Massa

9. Robert Kubica

10. Adrian Sutil

Primeiro: Fernando Alonso pareceu levar sua 4ª posição nessa lista exclusivamente no prestígio de seus dois bicampeonatos. O espanhol disputou a temporada como se já houvesse transportado suas ambições para a Ferrari em 2010.

Segundo: Kubica ocupa a 9ª posição, melhor ranqueado que o “regular” Nick Heidfeld que novamente o bateu em 2009. A mesma situação aplica-se a Adrian Sutil, que foi colocado na 10ª posição, à frente de Giancarlo Fisichella, que o bateu e o pôs à sombra com a pole e o desempenho espetacular em Spa  — o que lhe valeu a contratação pela Ferrari.

Onde está o regular Nico Rosberg nessa lista?

Para Vettel talvez tenha sido um prêmio de consolação pela boa temporada recheada por quatro vitórias e cinco voltas mais rápidas, mas é bom lembrar que com duas equipes no grid sob o patrocínio da Red Bull ficou fácil para o alemão levar o primeiro lugar.

Outras listas aparecerão nos próximos dias, mas a revista on line GP Week já elegeu Lewis Hamilton a estrela da temporada e Mark Hughes, da Autosport, também classificou o britânico como piloto que mais o impressionou em 2009.

Minha lista fica assim:

1. Button

2. Vettel

3. Hamilton

4. Barrichello

5. Webber

6. Raikkonen

7. Fisichella

8. Rosberg

9. Heidfeld

10. Kobayashi

E vocês, como classificam os dez melhores pilotos em 2009? Fiquem à vontade na sessão de comentários.

Anúncios

Discussão

78 comentários sobre “Vettel eleito melhor piloto da temporada por Chefes de Equipe. E para você, quem foi o melhor?

  1. Eu concordo mais com o GP Week. Para mim, no conjunto da obra, Lewis Hamilton foi o melhor piloto da temporada.

    Ah, se a McLaren tivesse acertado o carro antes… Bem, aí fica a lista dos dez melhores na minha opinião:

    Hamilton
    Vettel
    Button
    Barrichello
    Raikkonen
    Webber
    Rosberg
    Heidfeld
    Sutil
    Alonso

    Publicado por Willian | 20/11/2009, 11:13 am
  2. No resto pode até ser que a lista foi incoerente, mas Vettel foi o melhor sem nenhuma dúvida.

    Depois nós é que somos pachecos, os caras escolherem Hamilton é uma piada de mau gosto.

    O que Hamilton fez nesta temporada de excepcional? Enquanto a McLata era um caminhão ele andou lá atrás, depois que a equipe fez outro carro, aí sim ele fez boas corridas (e mesmo assim não deixou de fazer suas cagadas).

    Publicado por Cassius Clay Regazzoni | 20/11/2009, 12:39 pm
  3. Não vou considerar o Massa nem o Kobayashi, pq não disputaram a temporada inteira. Foram muito bem nas provas q participaram. O Alonso perdeu o foco nas provas finais, mas ainda assim foi bem, levando a Renault quase sempre ao Q3.

    Sendo assim vou de:

    1. Button
    2. Hamilton
    3. Vettel
    4. Barrichello
    5. Raikkonen
    6. Webber
    7. Rosberg
    8. Alonso
    9. Kubica
    10.Heidfeld

    Publicado por Alex-Ctba | 20/11/2009, 12:41 pm
  4. Becken, essa sua lista não é de coração! hahaha

    1 – Button
    2 – Raikkonen
    3 – Lewis
    4 – Vetel
    5 – KK (Kamui Kobayashi)
    6 – Massa;
    7 – Alonso
    8 – Rosberg
    9 – Sutil
    10 – Glock

    Publicado por Luiz Carlos Silva | 20/11/2009, 1:05 pm
  5. Eu coloco o Kimi numa posição mais alta do que sexto… só porque o F60 não andava um ovo, a galera não se liga na ótima temporada que ele fez…

    1. Raikkonen e Hamilton empatados.
    2. Button (somente pelas 7 primeiras provas)
    3. Vettel
    4. Barrichello
    5. Webber
    6. Rosberg
    7. Fisichella
    8. Sutil
    9. Ninguém mais fez nada para merecer
    10. Ninguém mais fez nada para merecer [2]

    Publicado por Guilherme Teixeira | 20/11/2009, 1:13 pm
  6. LISTA INVERSA:

    1° – Luca Badoer.
    2° – Grosjean.
    3° – Jaime não sei o quê.
    4° – Fisichella na Ferrari.
    5° – Nakajima;
    6° – Nelsinho Piquet enquanto durou;
    7° – Liuzzi na FI
    8° – Kovalento

    Não consigo achar o nono e o décimo!

    Publicado por Luiz Carlos Silva | 20/11/2009, 1:16 pm
  7. Essas listas só dão para rir.

    Publicado por Ernesto Sousa | 20/11/2009, 1:57 pm
  8. Minha lista :

    1.Button : Campeão, nenhum erro o ano todo. No meio da temporada em diante andou um pouco mais lento que Barrichello principalmente nas classificações, mais pelo conjunto da obra foi o melhor.

    2.Barrichello : Começo de ano difícl, com corrida muito ruim na Turquia, mais disparado um exemplo de empenho e determinação. Fez 10×7 em Button nas classificações e ganhou duas corridas sem ter o melhor carro do grid. Os poucos problemas da Brawn aconteceram no seu carro.

    3. Vettel : Rapidíssimo, mais ainda jovem. Na Turquia errou na primeira volta. Em Mônaco uma corrida para esquecer. Em Barcelona e Bahrein faltou combatividade e um pouco de agressividade para ultrapassar. Depois de uma grande bobagem na Austrália foi o melhor nas últimas três corridas, mostrando que o campeonato difícil foi lhe trazendo a maturidade que faltava.

    4. Webber : Impossibilitado de bater Vettel em velocidade nas classificações, mostrou grande consistência e velocidade nas corridas. Venceu duas corridas e foi um dos destaques do campeonato. Em um ponto supera Vettel : É mais decidido nas ultrapassagens.

    5. Hamilton : Duas vitórias muito boas e apenas uma grande bobagem, Monza. Mostrou muita maturidade em pilotar no máximo das possibilidades um carro que até o meio do ano não tinha nenhuma competitividade.Liderou o time e não tomou conhecimento de Kovalain.

    6. Massa : O verdadeiro lider da Ferrari. Grande corrida em Barcelona, quando teve pela primeira vez um carro minimamente veloz. Quando chegava o momento de aproveitar as pistas mais favoráveis ao Kers e as mudanças do assoalho de carro se acidentou. A postura do time no período subsequente ao acidente e sua preferencia em detrimento do campeão Kimi mostra o quanto as pessoas que tem os dados para avaliar com segurança sabem como ele é bom.

    7. Alonso : O pouco que a Renault conseguiu foi com o espanhol, inclusive uma pole com pouco combustível. Acho que a velocidade de Alonso de certa forma mascarou o quanto era ruim o carro da equipe francesa. Nelson Angelo e Romam Grosjean devem ter dado uma amostra mais verdadeira da bomba que foi essa Renault.

    8. Rosberg : Faltou o pódio, mais foi um ano de muita consistência para o jovem e já experiente filho do campeão. O problema quando se faz uma aposta nele é que sua referência na Williams era um piloto muito limitado. Na Mercedes vamos ter uma resposta definitiva de até onde ele pode chegar.

    9. Kimi Raikkonem : Melhorou depois da saída do Massa ou apenas perdeu a referência de sua performance ??? Difícil saber, talvez apenas os engenheiros da Ferrari de fato o saibam, mais eles preferiram se livrar do Finlandês mesmo gantando uma fortuna para rescindir o contrato, o que dá uma amostra muito crua do que Kimi de fato fez nesses anos na equipe de Maranello. De qualquer forma em Spa teve uma corrida soberba e mostrou que, pelo menos nessa pista, ele ainda é o melhor.

    10. Kobayashi : Em duas corridas colocou em xeque todas as justificativas para as performances mediocres de Piquet, Grosjean, Alguessuare e cia ltda. Será que o Galvão tá certo em dizer que depois de vinte anos procurando acharam o japonês certo ??? Vamos torcer para ele está no grid ano que vem.

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 20/11/2009, 1:59 pm
  9. Os melhores do ano, e acho que não deixei ninguém de fora porque essas listas dos dez melhores não refletem a verdade, assim o melhor do ano começa pelo glorioso:

    1 – Grosjean
    2 – Badoer
    3 – Nakagima

    Vão para o pódio.

    O resto ficou a desejar.

    Bourdais
    Piquet
    Kova
    Alguersuari
    Buemi
    Alonso
    Liuzzi
    Suttil
    Fisichella
    Kubica
    Heidfeld
    Trulli
    Glock
    Roberg
    Massa
    Kimi
    Hamilton
    Barrichello
    Webber
    Vettel
    Button

    E termina com o campeão mais sem graça desde Villenueve 1997, mas como ele ganhou titulo recebe o troféu de pior do ano.

    Publicado por Claudemir Freire | 20/11/2009, 2:03 pm
  10. Button (Vencer seis corridas em sete foi um desempenho impressionante mesmo tendo caído de produção na segunda metade do campeonato)

    Vettel (Segunda temporada e já ser vice campeão é um marco e tanto, ainda precisa amadurecer mas será campeão sem dúvida)

    Hamilton (Sua ascensão no decorrer do campeonato pode ser considerada como uma grande prova do seu talento para desenvolver um carro)

    Webber (Conseguiu suas primeiras vitórias na F1 e mostrou muita regularidade)

    Räikkönen (Após o acidente de Massa melhorou muito e apesar da falta de desenvolvimento do carro mostrou que ainda é muito rápido)

    Barrichello (Duas boas vitórias apesar da performance irregular mas perder o vice para Vettel foi imperdoável)

    Rosberg (O “leão das sextas feiras” mostrou potencial com uma Williams limitada pelo fraco motor Toyota)

    Kobayashi (Apenas dois GPs e conseguiu seus primeiros pontos, sua estréia no Brasil foi um dos pontos altos da prova)

    Alonso (Melhor piloto da atual F1 merece estar presente em qualquer lista, levou a Renault nas costas durante todo o ano e só pareceu desanimado quando sua transferência para a Ferrari já era evidente)

    Massa (Mesmo não tendo disputado todo o campeonato teve garra e vontade e de vez em quando apareceu entre os seis primeiros guiando um dos piores carros já construídos pela Ferrari)

    Publicado por Beatle Ed | 20/11/2009, 2:13 pm
  11. Cassius – Por que vc simplesmente não faz a sua lista como todos e pára de causar com o seu ódio ao Hamilton? Já não basta dar uma de Troll em tudo quanto é blog quando o assunto é o Barrichello?

    O interessnate é ver a sua percepção particular das corridas. Quando a mp4/24 era um “caminhão,” na Austrália, por exemplo, o Hamilton largou em 18º e chegou em 3º. Na Malásia largou em 12º e chegou em 7º. Em Mônaco — onde não se passa ninguém — ele largou em 20º e chegou em 12º.

    Que tal ao invés de sair espalhando essa bile por aí, prestar mais atenção nas corridas?

    Que chatice…

    Publicado por Becken Lima | 20/11/2009, 2:32 pm
  12. Eu senti um pouco de inveja e frustração pós Interlagos 2008 no post do Cassius.

    Hamilton, em Monza, mostrou o que é ser piloto de COMPETIÇÃO. Qualquer outro piloto, desses que se enquadrão no universo dos medíocres (vide Massa no GP da Itália de 2008), se contentaria com o cômodo 3º lugar mesmo tendo como lutar pelo 2º.

    Publicado por João Júlio | 20/11/2009, 2:55 pm
  13. Belo desafio, Becken. Minha lista (meio que feita às pressas):

    1) Button
    2) Vettel
    3) Rubens Barrichello
    4) Kimi Raikkonen
    5) Lewis Hamilton
    6) Nico Rosberg
    7) Mark Webber
    8) Alonso
    9) Massa
    10) Trulli

    *: Definitivamnete, Hamilton como o melhor da temporada é dose pra mamute! Depois de roubar na Austrália e de estampar o muro na Itália??? Eu, hein;;;

    Publicado por Ylan Marcel | 20/11/2009, 3:08 pm
  14. “Qualquer outro piloto, desses que se enquadrão no universo dos medíocres (vide Massa no GP da Itália de 2008), se contentaria com o cômodo 3º lugar mesmo tendo como lutar pelo 2º.”

    João Júlio

    Então o Massa é medíocre ? Respeito sua opinião, mas discordo. Pra mim ele está entre os melhores da F-1 atual.

    Becken, os Regazzonis, Cardosos, Dornelles são um mal necessário no universo blogueiro. Eles tem pontos de vistas interessantes, e comentários pertinentes, mas, muitas vezes, alimentam polêmicas desnecessárias.

    Paz e Abraço a todos!

    Publicado por Alex-Ctba | 20/11/2009, 3:22 pm
  15. 1. Jenson Button – campeão com méritos. Embora tenha perdido rendimento, manteve a cuca fresca e foi frenético nas corridas. Puta piloto.

    2. Sebastian Vettel – seria campeão se não tivesse o problema dos motores. Vettel é simplesmente sensacional, mas ainda falta um cadinho pra desabrochar. Quem sabe 2010?

    3. Lewis Hamilton – Hamilton foi incrível. E o mais interessante, fez com que tudo parecesse natural, como se a McLaren TIVESSE que melhorar no meio do campeonato. Basta ver onde está Kovalainen para ver que Hamilton realmente destruiu esse ano.

    4. Rubens Barrichello – Rubinho apertou o coração de 99% dos fãs do Brasil na F1. Deu azar, foi sacaneado, mas brilhou com as duas melhores vitórias da temporada, as únicas (fora a de Raikkonen) em que o carro mais rápido NÃO venceu. Vitórias de gente grande.

    5. Mark Webber – o australiano desabrochou, mas também sofreu com o carro, mais do que Vettel ainda. Só não está acima na lista porque tomou um banho do alemão na classificação e, com um carro que era tão rápido, é imperdoável.

    6. Kimi Raikkonen – Kimi tirou leite de pedra. Quando todo mundo começou a melhorar seus carros, Kimi começou a correr, mesmo com a mesma Ferrari do meio do ano. Na pior das hipóteses, Raikkonen mostrou claramente onde a Ferrari era boa e onde era ruim. E isso mostra o nível de pilotagem dele, extremamente constante e consistente.

    7. Nico Rosberg – incompreensível a falta do pódio do alemão. Mas fez 3/4 de campeonato sempre pontuando, destruindo Nakajima e chamando a atenção dos grandes. Se não tivesse cometido o erro de Cingapura, estaria entre os cinco, com certeza.

    8. Jarno Trulli – Trulli não foi genial como Barrichello, mas mostrou também todas as qualidades e falhas da Toyota em várias corridas. Cometeu poucos erros e ficou refém do carro. Os três pódios, um segundo lugar e uma pole só não lhe elevam acima de Rosberg porque o alemão foi mais constante.

    9. Fernando Alonso – o espanhol sofreu muito mais em 2009 com talvez o pior carro do grid. Se se comparar com o que fizeram seus companheiros, mesmo com desvantagem, é impressionante. Talvez na minha lista ele devesse estar acima do 9º, mas os outros pilotos foram muito fortes pra isso.

    10. Timo Glock – Glock não correu as últimas três corridas em que Trulli fez 10 pontos. Até Kobayashi pontuou com a Toyota em Abu Dhabi. É certo dizer que o alemão fez uma excelente temporada também com dois pódios e um segundo lugar. Faltou consistência na classificação para transformar sua velocidade em pontos. Ainda não brilhou na F1, mas continua prometendo muito.

    Publicado por Daniel Gomes | 20/11/2009, 3:52 pm
  16. Becken, os Regazzonis, Cardosos, Dornelles são um mal necessário no universo blogueiro. Eles tem pontos de vistas interessantes, e comentários pertinentes, mas, muitas vezes, alimentam polêmicas desnecessárias.

    Alex,

    Eu convivo de forma saudável com opiniões contrárias as minhas, no fundo eu estimulo e tenho curiosidade a respeito do que outros pensam, mas de vez em quando é duro engolir…

    Publicado por Becken Lima | 20/11/2009, 4:16 pm
  17. Becken.

    Não adianta dar audiência a pessoas que querem dar uma bagunçada no blog.

    Eu as vezes tenho opiniões divergentes as suas, mas não as torno um cabo de guerra ou ofensivas, e isso faz parte de um bom ambiênte de discussões.

    Então seja mais razoável e os ignore.

    Alex, tire o Claudio Cardoso da lista, ele só ficou bravo quando falamos do excesso de liberdade na internet e estava envolvendo o Rubens, sabe como ele e o Anselmo gostam do brasileiro. :)

    Publicado por Claudemir Freire | 20/11/2009, 4:44 pm
  18. É verdade Claudemir. Os comentários do Claudio são interessantes de ler, exceto qdo o assunto envolve um tal de Rubens, daí eu não vejo nada de interessante e aproveitável, mas enfim, seria pior se não houvesse. Como defenderíamos o nosso ponto de vista então ?

    Abs

    Publicado por Alex-Ctba | 20/11/2009, 4:54 pm
  19. Alex, tire o Claudio Cardoso da lista

    Concordo!

    Publicado por Becken Lima | 20/11/2009, 5:48 pm
  20. Becken ahi vai minha lista :

    1 – Vettel
    2 – Lewis Hamilton
    3- Button
    4 – Barrichello
    5- Raikkonen
    6- Rosberg
    7- Heidfield
    8- Alonso
    9- Fisichella ( na Force India )
    10 – Massa

    Nao entendo por que deixaram o Rosberg na lista dos chefes de equipe e colocaram o Alonso e 4 mas cada um na sua.

    Vc vai acabar fazendo uma media das nossas listas ?

    Soh de curiosidade….

    Abraco,

    Fernando

    Publicado por Fernando Piccione | 20/11/2009, 5:59 pm
  21. Ahhh nao me esqueci do Webber nao… eh que nao vou com os cornos dele e nao sei ser imparcial… rs rs rs…

    Mas se fosse estaria logoa abaixo do Rubinho em 5.

    Abraco

    Publicado por Fernando Piccione | 20/11/2009, 6:01 pm
  22. Hamilton, em Monza, mostrou o que é ser piloto de COMPETIÇÃO. Qualquer outro piloto, desses que se enquadrão no universo dos medíocres (vide Massa no GP da Itália de 2008), se contentaria com o cômodo 3º lugar mesmo tendo como lutar pelo 2º

    Engraçado… pensei que piloto de competição era aquele que corre no limite máximo do carro, extrai décimos onde não se imagina e ultrapassa os oponentes, e não aquele que excede o limite do carro e o estampa no muro ;-)

    Na boa, não entendo por que todo mundo diz que a batida do Hamilton foi por excesso de arrojo – e acabam, por consequencia, passando a mão na cabeça dele. Se fosse o Raikkonen, que ultimamente vem sendo altamente criticado, ou Rubinho (desconsiderando se ele estivesse na luta pelo título ou não), eterno motivo de chacota entre a massa brasileira, todo mundo ia considerar “barbeirice”, ia dizer que “tinha o terceiro lugar garantido”, que “não conhece os limites do carro” ou que “devia se contentar com os pontos que tinha”.

    Galera, ele tava correndo, se afobou e bateu o carro, period. Todo mundo faz isso, até mesmo os grandes, mas dificilmente (ou nunca) manifestam coisas como essas bizarrices que se viu internet a fora, de gente quase tendo um orgasmo e dizendo “nossa, como o Hamilton é foda, é tão sedente pela vitória que ultrapassou o limite do carro!”.

    Não estou querendo alimentar polêmicas fúteis, apenas expressar minha opinião sobre este caso.

    Publicado por Guilherme Teixeira | 20/11/2009, 6:08 pm
  23. Daniel disse:
    2. Sebastian Vettel – seria campeão se não tivesse o problema dos motores.

    Si, pero no mucho, muchacho.

    Vejamos:

    Austrália: Era simplesmente impossível segurar Kubica, mais de 2 segundos por volta mais rápido. Jogou 6 pontos fora.

    Malásia: Deixou o carro morrer na chuva. Jogou cerca de 1 ponto fora.

    Mônaco: Bateu sozinho. Jogou uns 3 pontos fora.

    Cingapura: Ultrapassou o limite de velocidade do pit. Jogou 3 pontos fora.

    Cerca de 13 pontos jogados fora.
    A diferença entre ele e o Botão ao final do campeonato foi de 11 pontos.
    Portanto…

    Publicado por Leandro Magno | 20/11/2009, 6:19 pm
  24. Leandro – Vc esqueceu Turquia: erro na segunda curva liderando a corrida, dois pontos jogados fora. 13+2=15 pontos.

    Publicado por Becken Lima | 20/11/2009, 6:30 pm
  25. Very true, Becken.

    Publicado por Leandro Magno | 20/11/2009, 6:45 pm
  26. Em que posição ele tava quando bateu em Mônaco? Tenho a impressão que nem em 6º ele chegaria… O mesmo serve para a Malásia – o final da corrida virou uma “putaria”, como diz um amigo meu. Poderia ter perdido mais ou menos de 1 ponto…

    E creio que ele estava na briga do pódio em Cingapura: mais 6 pontos fora.

    Publicado por Guilherme Teixeira | 20/11/2009, 6:52 pm
  27. Becken, pra acrescentar mais ao lance dos feitos do Hamilton antes e depois de Nurburgring, devemos considerar também que o Kovalainen não andou nem depois que a equipe melhorou o carro, ou seja, se tivessemos 2 Kovalainens na McLaren, diriam que o carro foi ruim da Austrália a Abu Dhabi.

    Acho que só percebemos mesmo a melhora da McLaren graças as atuações do Hamilton, que cresceu junto com o carro, algo absolutamente normal e esperado de um campeão do mundo.

    Quanto a minha lista, ainda não fiz. Mas fico tentado a eleger Vettel como primeiro também…

    Publicado por Alan McLaren | 20/11/2009, 6:58 pm
  28. Guilherme,

    Ele foi o 1º a abastecer em Mônaco e bateu logo em seguida. Ele havia calçado os pneus certos quando saiu da prova, pois tinha feito uma má 1ª parte com os pneus macios.
    N sei q posição estava quando bateu, mas todo mundo tinha q abastecer ainda e ele recuperaria sua posição “real”. Na sequência, todo mundo teria q usar os lentos pneus macios e ele não. Coloquei os pontos de um 6º lugar( considerando q Webber terminou em 5º).
    Na Malásia coloquei ele terminando em 7º considerando q Webber terminou em 6º. Porém, como a corrida foi uma zona, esse 1 ponto( a corrida terminou antes dos 75%) não faria diferença.
    Acho bastante razoável ele ter perdido pra si mesmo cerca de 15 pontos(com 3 pontos para mais ou para menos, como diria William Bonner).
    Concordo com o Daniel q os motores comprometeram, mas não foram determinantes para seu vice campeonato.
    abs

    Publicado por Leandro Magno | 20/11/2009, 7:12 pm
  29. “Kobayashi (Apenas dois GPs e conseguiu seus primeiros pontos, sua estréia no Brasil foi um dos pontos altos da prova)” Beatle Ed.

    “Massa (Mesmo não tendo disputado todo o campeonato teve garra e vontade e de vez em quando apareceu entre os seis primeiros guiando um dos piores carros já construídos pela Ferrari)” Beatle Ed.

    Total acordo Beatle Ed, e, queria acrescentar algo a mais nas performances do Massa: Ele poderia ter pontuado nas três primeiras corridas e estava inclusive brigando por pódium em uma delas, q não me recordo agora, então por esses dois pilotos, Becken, gostaria de alterar minha lista:

    1. Button
    2. Hamilton
    3. Vettel
    4. Barrichello
    5. Raikkonen
    6. Webber
    7. Rosberg
    8. Alonso
    9. Massa
    10.Kobayashi

    Acho q ficou melhor agora, peço desculpas ao pilotos da BMW, e tb por causa da saída da mesma, senti uma certa mágoa contra a montadora e penalizei dois bons pilotos da temporada.

    Cheers !

    Publicado por Alex-Ctba | 20/11/2009, 7:46 pm
  30. Becken,

    Vc acha que com esse investimento que a Williams ta recebendo agora ela vai conseguir dar um upgrade no seu projeto e desenvolvimento do carro ao longo do ano? Ou a grana que entrou não deve fazer muita diferença frente a concorrência pesada do ano que vem?

    Publicado por Galkadesh | 20/11/2009, 8:09 pm
  31. Turma,

    Eu venho pra praia um dia pra curtir o feriado e vcs se engalfinham…. desse jeito vou deixar vcs sozinhos não hein??? ( brincadeira).

    Em relação ao Vettel, sinceramente turma, não dá pra engolir não.

    Ele tinha um avião na mão, e só. Teve um trabalhão retado pra bater o Webber, que todos consideravam carta fora do baralho.

    Me lembro de uma prova, acho que a turquia, em que ele ficou o tempo todo tomando pau do Massa. Só conseguiu passar que a Ferrari errou na conta do combustível e mandou o massa tirar o pé. Sinceramente, esperava muito mais dele.

    Então lá vai minha lista:

    1-Hamilton – sem dúvida o mais “ball’sludo” do grid;
    2-Button – foi o campeão mais sem graça da história, mas como diz o Coyote, é isso que fica.
    3-Webber – Esse sim me surpreendeu.
    5-Vettel – Esperava que ele fosse um avião, mas foi muito pragmático. Mas ele tem muito a melhorar como piloto.
    6-Rubens – Me surpreendi com a motivação e velocidade do Rubens, mas ele é muito limitado. E outra coisa, essa coisa de usar o pé direito pra pisar no freio, é prejudicial a ele. Isso pra mim é falta de técnica.
    7-Kimi – carregar praticamente sozinho a Ferrari não é pra qualquer um.
    8-Massa – As vergonhas alheias que senti pelo Badoer, e principalmente pelo Fisico, só provam que aquela Ferrari era uma Bomba. Então com um carro daqueles, O massa e o Kimi fizeram um bom trabalho. Merecem estar em qualquer lista de melhores.
    9 – Alonso. Estava meio avoadão nessa temporada, parecia que brincava de correr. Esta postura Ligth, como vimos naquela entrevista em Abu-dabhi, acho que foi decisivo pra ele levar aquele cortador de grama ao Q3 algumas vezes.
    10 – Nico Rosberg. – Leão das sextas. e muito constante nas corridas. Mas o carro não ajudava. Acho que ele era o contrário do Button, onde o carro fazia tudo praticamente sozinho. Ele só precisava frear com o pé certo, para o carro não ficar parecendo um “cachorinho de 3 patinhas” ( É brincadeira esse Rubens).

    O Koba, bom o Koba só correu duas provas, é muito cedo pra bater o martelo. Mas convenhamos, foram exepcionais suas duas provas. Então para ele vai o trofeu Revelação do ano.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 20/11/2009, 8:53 pm
  32. Nem tanto acima nem tanto abaixo. O Cassius não gosta da McLaren nem do Hamilton.
    O Becken não gosta do Vettel então a discussão se tornou engraçada.

    “Quando a mp4/24 era um “caminhão,” na Austrália, por exemplo, o Hamilton largou em 18º e chegou em 3º. Na Malásia largou em 12º e chegou em 7º. Em Mônaco — onde não se passa ninguém — ele largou em 20º e chegou em 12º.”

    Chegou em 3° na AUS roubando, né. Tanto é que foi punido depois e como acho engraçado lembrar da cara de criança marota dele dizendo “I’m sorry!”.
    Na Malásia se aproveitou da confusão, enquanto outras equipes (como a própria Ferrari) se afundavam na estratégia. Em Mônaco, primeira pista do ano onde a McLaren andou realmente bem, largou em 20° por erro próprio e chegou em 8°. Ja vi o Coulthard (O COULTHARD!!) largar em último no grid com 22 carros e chegar em 6° (2001).
    Em 2007, pra ser mais recente, o Raikkonen largou em 16° e foi 8°.

    “Leandro – Vc esqueceu Turquia: erro na segunda curva liderando a corrida, dois pontos jogados fora. 13+2=15 pontos.”

    Nem que o Vettel fizesse a corrida perfeita ele ganharia. Button era imbatível. E não foi na segunda curva, foi quase no fim da volta já. Não justifica o erro de jeito nenhum, mas do modo como diz parece que quer desmerecer de propósito um ou outro piloto e enaltecer o seu favorito.

    Em tempo: não acho que o Vettel ganharia o campeonato, mesmo que os motores fossem perfeitos. Errou muito e foi inconsistente. Porém, em minha modesta opinião, foi o melhor do ano. O problema foram os outros que foram muito medíocres, tanto por culpa do carro, quanto deles mesmos.

    O Cassius não merece nem resposta, me abstenho, tento discutir só com pessoas com um pouco de nível.

    Publicado por Lucas | 21/11/2009, 1:48 am
  33. “Eu coloco o Kimi numa posição mais alta do que sexto… só porque o F60 não andava um ovo, a galera não se liga na ótima temporada que ele fez…”.

    Guilherme, assino embaixo.
    Só ver os comentários sobre Interlagos, quando o cara fez o maior número de ultrapassagens, deu o maior show de “sangue-frio”, enfim…chover e ninguém viu.

    A pachecagem anda solta.

    O Button andou legal mesmo, sem dúvida. Mas, com aquele carro. Se Raikkonen, Hamilton, Alonso, Vettel e Button tivessem carros iguais o Brawn o campeonato terminaria empatado nos primeiros quatro lugares e ele seria o 5o.

    Considero 4 pilotos:
    1o. Hamilton
    2o. Raikkonen
    3o. Kobayashi…. (vão dizer que não viram também? que não conhecem proporcionalidade, que não têm faro?)

    Em 20o (vigésimo, com todas as honras), claro, o Barrichello. Por ser o mais velho, mais burro, mais chato, mais feio, mais roda-dura, mais arrogante, mais antidesportivo e pela proeza de perder o campeonato com o melhor carro para um dos pilotos até então mais inexpressivo da F1.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 5:09 am
  34. Anselmo, só vc e a turba de fãs irracionais do Barrichello achavam que ele era de fato melhor que o “inexpressivo” Button.

    Fatos são fatos: http://splash-and-go.blogspot.com/2009/11/button-x-barrichello-definitiva.html

    Publicado por Daniel Gomes | 21/11/2009, 7:12 am
  35. Daniel,

    Eu não achava que o Barrichello era melhor que o Button. Inclusive sempre soube e para a tristeza das barriquetes, quando dizem que ele já bateu o Button eu provo que não.

    O lance é que com um carro que era um foguete, 17 anos de experiência, aposenta-não aposenta, a última chance … putz, pensei que o cara tinha pelo menos brio. Me enganei. Não tem.

    Quer saber? Melhor assim. Já pensou se aquela anta tivesse vencido?

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 8:03 am
  36. Daniel,

    Já que hoje é sábado, vou fazer um comentário sabático.

    A propósito:

    Sabático sa.bá.ti.co – adj (lat sabbatu+ico)

    1 Pertencente ou relativo ao sábado.
    2 O que se repete de sete em sete (como na expressão: ano sabático).

    Ano sabático: período de descanso remunerado que certas instituições escolares, sobretudo universidades dos Estados Unidos, concedem a seus professores, para fins de viagens de aperfeiçoamento.

    Esse “ANO SABÁTICO” é uma praga. Parece erva-daninha. Está em todos os blogs, em todos os artigos, dentro da geladeira, debaixo do capô… pior que música da Ivete Sangalo.

    Deus me livre.
    É pior que o gerundismo dos operadores analfabetos dos call center “senhor, vamos estar fazendo…”, “o senhor vai estar sendo nosso cliente e nós vamos estar te ferrando…”, “a empresa vai estar ligando…” e por aí vai, quero dizer, foi, porque Graças a Deus a ficha caiu e ninguém mais fala isso. Nem os operadores analfabetos… Uns até juram que nunca falaram assim.

    Nenhum piloto de F1 entra em férias, dá um tempo, um perdido, um sumiço, some do mapa ou se deleita num belo “coça-saco” regado a vodka e louras finlandesas gostosas. Não. Todos, absolutamente todos, mesmo sem saber que p*rra é essa, estão condenados pelos blogueiros, comentaristas, jornalistas e o c*rajo a quatro a “TIRAR UM ANO SABÁTICO”…

    Putz.

    Eu vou rolar de rir quando começarem a dizer que nunca disseram isso.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 8:16 am
  37. Para pensar no final de semana.

    Quinta-feira próxima passada recebi a visita de uma garota. Linda, 24 anos. Um doce. Veio trazer o convite para sua colação de grau. Foi muito gratificante. Conversamos um pouco (ela tinha mais convites a entregar). Nessa curta conversa ela me contou – nem precisava, eu já sabia – que por ser da zona rural, começou a estudar aos 7 anos.

    4 anos – dos 7 aos 10, foi alfabetizada.
    4 anos – dos 11 aos 13, concluiu o primeiro grau.
    3 anos – dos 14 aos 16, concluiu o segundo grau.
    6 anos – concluiu o curso de medicina na UFMG.

    Nesse período aprendeu a digitar, a utilizar um computador (assim como nós), aprendeu inglês (fala fluentemente), fala razoavelmente alemão (está aprendendo alemão avançado), tirou carteira de motorista e cozinha maravilhosamente.

    É muita coisa, não é mesmo? Eu acho. Ainda mais para uma garota que aos 7 anos só conhecia galinhas, porcos, horta, pomar, roças de feijão, arroz, milho, rapadura… enfim.

    Pois é. Foram 17 anos de um aprendizado muito proveitoso. Um feito e tanto. Orgulho dos pais, dos avós, dos tios…

    Não sei por quê, eu relacionei essa garota exemplar a outra, da F1: Rubens Barrichello.

    Por quê, Rubens Barrichelo?

    Porque enquanto essa menina fez tudo isso em 17 anos, essa “coisa”, esse TERCEIRÃO, não aprendeu sequer a frear com o pé esquerdo.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 8:39 am
  38. Anselmo, por um acaso vc não teria o telefone dessa beldade pra passar pra nós não? Vai esconder o leite?

    Quanto ao Barrichello, se eu, dos meus 22 aos meus 37, somasse um patrimônio de R$ 50 milhões, acho que eu é que passaria a vida ensinando os outros uma ou duas coisas sobre como vencer na vida.

    É tudo uma questão de ponto de vista.

    Publicado por Daniel Gomes | 21/11/2009, 9:33 am
  39. Anselmo, porque tanta raiva nesse coração canino ?

    Assim parece que você norteia a sua vida de acordo com o que o Barrichello faz, pega leve hoje é sabadão, mais tarde tem churrasco na casa dos amigos regado a cervejas e bom papo, então deixe esse rancor pra lá.

    :)

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 9:39 am
  40. Daniel ->

    Nao acho que seja ponto de vista nao.

    Talvez voce nao tenha compreendido, mas o Anselmo refere-se ao campo esportivo, e nao ao campo monetário…

    No campo esportivo ele é um derrotado.

    AO Pessoal da boa memória.

    QUantas vezes o Barrichello viu alguem com o mesmo carro que ele ser campeao do Mundo ?

    Alguem aqui tem duvida que o Barrichello queria ser campeao ? Ou será que e ufanismo meu pensar que ele queria muito ter sido ?

    Outra pergunta, quantas vezes alguem com um carro campeao o Barrichello nao conseguiu nem chegar em 2o no campeonato. Isso ai é um trabalho para o SUper Claudemir….. Alguem tem a relacao dos campeonatos dos companheiros do Barrichello com a posicao que ele chegou no fim ??

    Publicado por Claudio CArdoso | 21/11/2009, 9:45 am
  41. “É tudo uma questão de ponto de vista.”

    Daniel, concordo que é tudo questão de ponto de vista, o que muitos acham que é ruim outros acham bom.

    O Barrichello é um bom piloto, tem suas qualidade, defeitos e problemas, mas ninguém fica na categoria por ser apenas um segundão, e porcamiséria o que foi aquilo que aconteceu em Valência, foi aplaudido de pé por todos que estavam no autódromo. Ou todos levantaram para achincalhar o piloto ?

    Ok, ele é piada pronta, motivo de ódio nacional, mas isso é pra pessoas um tanto irracionais e muito passionais que assistem humorísticos de baixa qualidade e aqui no blog de 10 pessoas que comentam fica claro que 10 são inteligentes e racionais o bastante para não se deixar levar para esse lado.

    Parece que querem fazer a piada mais longa da história, porque nunca esquecem de sempre tocar no assunto mesmo quando ele não seja assunto.

    E o que o Barrichello passa a todos é de ser um bom carater que cativa muitos amigos por onde passa, coisa que hoje em dia poucos sabem fazer isso.

    Para não dizerem bobagens sobre o que falei, desisti de torcer para ele em 2004 ou seja a 5 anos, mas nem por isso vejo motivos pra bater nele (mesmo porque ele nunca vai saber) porque não gosto dele. E o acho mediocre como piloto, mas os mediocres que lá estão são piores do que ele, e dá pra contar nos dedos de uma só mão os que hoje são melhores do que ele.

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 9:57 am
  42. Claudemir,

    Que tipo de polidactilia é essa q vc tem, cara? rs
    Putz! Deve ser pelo menos uns 9 dedos em cada mão.
    Abs

    Publicado por Leandro Magno | 21/11/2009, 10:12 am
  43. Cardoso… oh no, here we go again!!!

    Claudemir, poupe seu latim. Sou fã ardoroso do Rubinho.

    Só não sou cego.

    Agora, Rubinho nunca foi medíocre. Antes pelo contrário. Vc argumenta que “o Barrichello é um bom piloto, tem suas qualidade, defeitos e problemas, mas ninguém fica na categoria por ser apenas um segundão, e porcamiséria o que foi aquilo que aconteceu em Valência, foi aplaudido de pé por todos que estavam no autódromo. Ou todos levantaram para achincalhar o piloto?”.

    Ora, justamente por isso que ele é MUITO ACIMA da média. Mas não o suficiente para ser campeão, ou não o suficiente para ser comercializado como campeão -as duas coisas ocorreram com ele, diga-se de passagem.

    Agora, quem bate nele é justamente quem apostou mais fichas nele durante sua carreira. Mas os seus detratores nunca vão admitir isso. É a hipocrisia, que existe em qualquer esporte a qualquer tempo.

    Publicado por Daniel Gomes | 21/11/2009, 10:24 am
  44. Está aceito o desafio.

    1993 Jordan

    Barrichello 02
    Irvine 01

    1994 Jordan

    Barrichello 19
    Irvine 9

    1995 Jordan

    Barrichello 11
    Irvine 10

    1996 Jordan

    Barrichello 14
    Martin Brundle 8

    1997 Stewart

    Barrichello 6
    Jan Magnussen 0

    1998 Stewart

    Barrichello 4
    Jos Verstappen 1

    1999 Stewart

    Barrichello 21
    Johnny Herbert 15

    Até então ele fora melhor que todos seus companheiros, mas a partir de 2000 ele só enfrentou o cara que ganhou do Piquet e do Senna na pista.

    2000 Ferrari

    Schumacher 108
    Barrichello 62

    2001 Ferrari

    Schumacher 123
    Barrichello 56

    2002 Ferrari

    Schumacher 144
    Barrichello 77

    2003 Ferrari

    Schumacher 93
    Barrichello 65

    2004 Ferrari (O melhor carro da F1 em todos os tempos)

    Schumacher 128
    Barrichello 114

    2005 Ferrari

    Schumacher 62
    Barrichello 38

    2006 Honda ( A fase pior de sua carreira, carro ruim e equipe nova)

    Button 56
    Barrichello 30

    2007 Honda

    Button 6
    Barrichello 0

    2008 Honda

    Barrichello 11
    Button 3

    2009 Brawn

    Button 95
    Barrichello 77

    Perdeu para o Schumacher porque ele é só o melhor de todos os tempos.

    Perdeu duas para o Button com a Honda (mas essas não contam o carro era uma merda)

    E perdeu novamente pra o inglês e essa conta, mas deu a volta por cima em sua quase falida carreira, ou seja saiu ganhando.

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 10:34 am
  45. Minha Lista:

    1 Vettel

    2 Button

    3 Webber

    4 Barrichello

    5 Hamilton

    6 Raikonnen

    E é só, o resto e fim de grid!

    Becken,

    Não sei porque você fica tão chateado quando falo mal de Hamilton e McLaren, pois sempre que falo mal me refiro a fatos e não conjecturas.

    Jamais disse que Hamilton pilotava mal ou que a McLaren era uma equipe ruim, apenas acho Hamilton um mau caráter e a McLaren uma organização mafiosa, é meu direito achar isso e os fatos corroboram minha percepção.

    Agora, falar que eu me comporto como “Troll”, é uma grande injustiça, pois, apesar de meter o pau em determinados pilotos e equipes (podem a té não concordar com meu ponto de vista, mas sempre argumentei de forma coerente), jamais fiz uma referência à pessoa de nenhum outro comentarista, nunca xinguei ninguém e sempre me desculpei quando alguém disse ter se sentido ofendido.

    Se for o caso eu paro de postar, já estou de saco cheio de uma galera que pode falar o que quiser, mas, quando alguém mete o pau por exemplo no Barrichello (sem fazer referência a eles), os caras sobem nas tamancas e se acham no direito de querer controlar as opiniões alheias. Se você acha que isso é justo beleza!!!

    Publicado por Cassius Clay Regazzoni | 21/11/2009, 10:38 am
  46. Leandro tenho 5 dedos.

    Tem cinco pilotos

    Button
    Hamilton
    Vettel
    Massa
    Alonso

    Enumere mais e seja coerente no seu comentário, para não parecer que é só mais um que bate sem saber porque está batendo no Barrichello.

    Daniel, sempre defendo o Barrichello de seus detratores aqui no blog, mas como você também não sou cego, gosto dele acho ele um acima da média mas essa média é deturpada por um safra de pilotos fracos e pagantes, se fosse no tempos aureos nós o comparariamos com um Rene Arnoux, nunca com um Jody Scheckter, Alan Jones ou James Hunt, mas o problema como relato logo acima nos números de sua carreira foi ter pego um Schumacher e a bomba da Honda.

    Ou seja, dos que aí estão ele é bom, mas não se comparmos com a história, por isso digo que ele é mediano.

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 10:48 am
  47. Claudmir ->

    Esse é o Homem da estatistica mesmo…

    Mas o que eu me referia era que tirando acho 1 unica vez, que foi com o melhor carro da historia da ferrari, o Rubinho sempre que seus companheiros eram campeos ele nem em 2o no campeonato conseguia chegar.

    Ai depois vem com a historia que o cara tem de dar passagem e que nao pode ser campeao, ate dar passagem qualquer um pode dizer o que quiser, mas pq o cara entao toda corrida nao chegava atras grudado do cara que era campeao ?

    DANIEL ->

    O Proprio becken ja colocou aqui que MEDIOCRE = Mediano, logo Barrichello é Mediocre :-)

    Publicado por Claudio CArdoso | 21/11/2009, 10:50 am
  48. Claudemir ->

    “mas o problema como relato logo acima nos números de sua carreira foi ter pego um Schumacher e a bomba da Honda”

    Comparar com o Schumacher ok, Mas e comparar com o Button, com certeza um dos pilotos mais fracos a ganhar um campeonato mundial. Essa ai nao tem desculpa.

    Voces sabem que eu nao torço pra Mclaren e menos ainda pro Hamilton, mas que ano que vem ele vai ser DETONADO pelo Hamilton eu nao tenho a menor duvidaaa que vai ser algo vergonhoso. Ou entao vamos descobrir que o Button é um genio injustiçado das pistas.

    Publicado por Claudio CArdoso | 21/11/2009, 10:53 am
  49. Claudio Cardoso.

    Ele foi vice-campeão em duas oportunidades em 2002 e 2004 e seis titulos que seus companheiros venceram.

    Mas mesmo assim na era Schumacher ele não pôde fazer nada.

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 11:09 am
  50. Claudemir,

    É injusto e ingênuo de sua parte dizer que Rubens é “mediano” ou “medíocre” quando o pico de sua forma ocorreu nos anos de 1998 a 2000, com destaque excepcional para 2002, com quatro vitórias na temporada.

    Quando Rubens alcançou seu pico, ele pilotava a Stewart e, em 1999, que considero o melhor ano do Rubinho na categoria do ponto de vista da competitividade, ele pilotava um carro que, tendo sido criado do ZERO em 1997, alcançou nada menos que um quarto lugar no mundial de construtores, ficando á frente inclusive da Williams.

    Sobre isso ninguém fala na carreira do Rubens. Só fala dele perdendo pro “alemão”.

    Vamos lá. Schumacher é o MAIOR PILOTO DE TODOS OS TEMPOS, O DONO DE TODOS OS NÚMEROS, O CARA MAIS DOMINANTE DA HISTÓRIA DA F1, sendo que a equipe se chamava praticamente Scuderia Ferrari-Schumacher-Marlboro.

    Nem Rubinho nem nenhum outro piloto teria chance contra Schumacher. Simples assim.

    Quanto a ele não chegar em segundo sempre na Ferrari, como ele nunca foi o melhor piloto do mundo, ele perdia algumas e vencia outras. Normal diante da inconsistência dele.

    Mas muitas vezes, quando Schumacher não estava lá para vencer, foi ele quem venceu e cumpriu seu papel de sempre maximizar a pontuação da equipe Ferrari no campeonato. É por ISSO que ele foi contratado. Brawn e Todt sabiam que ele podia incomodar, mas quando isso ocorria, mandavam ele encostar pro Schumacher. Amigos amigos, negócios à parte, infelizmente.

    Portanto, quando Rubinho teve um carro competitivo, ele estava na Ferrari. Quando estava no pico de sua forma, tinha um carro não competitivo.

    Se ele fez ESCOLHAS erradas, problema dele. Mas as escolhas dele não o tornam um piloto “mediano”. Ele é um piloto acima da média SIM e o que ele fez com carros de merda na década de 1990, NENHUM OUTRO PILOTO FEZ.

    Mas como o fã básico de F1 só quer saber de quantos campeonatos o cara ganhou, aí o Rubinho é fraco mesmo. Afinal, são TANTOS PILOTOS que venceram um campeonato né? Rubinho não arrumou nem uma beirada pra si mesmo.

    Claudio, e daí que medíocre é mediano? Nenhum dos dois adjetivos se aplica.

    Publicado por Daniel Gomes | 21/11/2009, 11:12 am
  51. Só para fechar este ponto, foram 815 pilotos que já pilotaram um F1 em campeonato desde 1950, sendo que destes, 78 não chegaram a largar.

    Desse total de 737 pilotos, 4%, eu disse QUATRO POR CENTO deles (31) venceram um campeonato.

    Restam 706 (SETECENTOS E SEIS) pilotos.

    Para o Rubinho ser mediano, ele tem de estar de 300 para baixo.

    Acredite, o Rubinho NÃO ESTÁ do 300 para baixo. Ele está dos 50 para cima. Seus feitos são absurdamente fodas dentro de uma lista desse tamanho. ABSURDAMENTE.

    Publicado por Daniel Gomes | 21/11/2009, 11:19 am
  52. Pra mim a carreira dele entre 2000 e 2005 foi um híato, não comparo ele nessa época a nada.

    Em 2007 o carro é incomparávelmente horrível, talvez o pior que ele dirigiu.

    O que sobra são 2006 onde ele perdeu para o Button, certo, ele era novo na equipe e o carro já tinha sido desenvolvido em torno do inglês.

    2008, venceu o Button na pista e fora dela, não entendi porque o inglês era tão bem visto pelos japas.

    2009, agora sim, essa foi uma derrota categórica, mas como tudo na vida dele é estranho, foi a derrota mais benéfica a ele, devolveu sua estima e lhe deu mais um ou dois anos de categoria.

    É estranho comparar a carreira dele, porque tudo que o cerca é diferente.

    Por isso o comparei com:

    Arnoux competiu na Fórmula Um de 1978 a 1989, obtendo 7 vitórias, 18 pole positions, 22 podiums e 181 pontos em toda a sua carreira.

    Em 1983, Arnoux fez um grande campeonato no final da primeira e início da segunda fase. Chegou a pontuar nas 6 corridas com 5 podiuns incluindo as três vitórias importante fazendo com o piloto da Ferrari nº 28 disputasse o campeonato com Prost e Piquet na reta final. Chegou a ocupar a vice-liderança com chances de ser campeão, já que estava 2 pontos atrás de Alain Prost da Renault. Porém, na penúltima etapa, no Grande Prêmio da Europa, em Brands Hatch, na Inglaterra, o piloto sentiu a pressão. Largando na 5ª posição, chegou a mantê-la por 9 voltas seguidas, até que rodou na 19ª volta. Perdendo várias posições, teve que fazer uma enorme corrida de recuperação; terminou em 9º lugar. Sem pontuar, caiu para 3º, indo para a última etapa no Grande Prêmio da África do Sul em Kyalami precisando da vitória e torcer para que Prost termine em 6º e Piquet em 4º lugar. Arnoux largou na 4ª posição, perdeu três e ocupou a 7ª por quatro voltas seguidas, caiu para 8ª por mais quatros voltas seguidas também, até que o motor italiano estourou. Arnoux abandonou a prova e o sonho de ser o primeiro piloto francês campeão mundial acabou.

    Piquet campeão.

    Não lhe soa familiar.

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 11:28 am
  53. Daniel, vamos ser mais pragmáticos.

    Onde você acha que estaria o Barrichello na época de ouro da F1 a década de 80, onde os grandes campeões se degladiaram de verdade ?

    Prost.
    Lauda
    Piquet
    Senna
    Mansell
    Rosberg (só porque foi campeão coloco na lista)

    E muitos outros que por lá habitaram nossos domingos.

    E o colocaria no mesmo lugar que está hoje, abaixo dos grandes campeões junto com os grandes coadjuvantes.

    Arnoux
    Laffite
    Warwick
    Alboreto
    Boutsen
    de Angelis
    Tambay

    Ou seja em uma safra rica de grandes pilotos ele seria um grande coadjuvante.

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 11:54 am
  54. Daniel ->

    Se ele nao é mediano entao ele é bom é isso ?

    Porque entao ele é mandado embora das equipes ? Ja sei as equipes nao gostam de bons pilotos.

    Alias o proximo patrao dele, fez o seguinte comentario sobre o genio Barrichello.

    “É uma atitude passível de um cartão vermelho”, disse, em entrevista também à BBC

    O experiente dono da Williams afirmou que as palavras de Rubens representam uma “ofensa para cartão vermelho”, se referindo, evidentemente, à representação esportiva da expulsão.

    Bem um dono de equipe que pensa isso do piloto que contratou so podemos pensar, que pegou simplesmente pq era a melhor opcao de piloto $$$$$$$$$$$$$$$$$$. resumindo o mais barato experiente. Alias ele ja pode ser ate pai de alguns que estao pilotando la, logo logo avo.

    Alguem ai ja viu ? eu nunca vi o Hamilton, o Alonso , o Schumacher, o Senna, nenhum deles serem mandados embora.

    Mas cada um quer ver o que quer ai nao adianta. Quem ver uma formiga e quer achar que é um Elefante nao tem jeito.

    Realmente eu tenho certeza que daqui a 30 anos vao estar todos falando que no hall da fama dos grandes pilotos tinha um brasileiro que se chama Barrichello..

    Eu tambem tenho certeza que a unica coisa que vao lembrar é que tinha um cara que foi o que mais correu na formula 1 e so. Talvez o mais chorao tb. mas somente isso.

    Publicado por Claudio CArdoso | 21/11/2009, 12:00 pm
  55. “Quanto ao Barrichello, se eu, dos meus 22 aos meus 37, somasse um patrimônio de R$ 50 milhões, acho que eu é que passaria a vida ensinando os outros uma ou duas coisas sobre como vencer na vida. É tudo uma questão de ponto de vista.”

    Não é.
    Dinheiro é uma coisa. Inteligência é outra.
    Albert Einstein, entre milhares de exemplos, não juntou 50 milhões.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 12:00 pm
  56. “…pega leve hoje é sabadão, mais tarde tem churrasco na casa dos amigos regado a cervejas e bom papo, então deixe esse rancor pra lá. :)”.

    Claudemir, de uma forma geral vc está coberto de razão. Rancor tá por fora.

    Não tenho rancor, não. É sadismo mesmo..rsrs. Acabem com as Genis e os sádicos entrarão em extinção.

    Mas, falando sério, estamos aqui. A temperatura está amena. Comemos um macarrão ao alho, óleo, funghi, manjericão e pimenta-do-reino, regado a azeite extra virgem com ervas aromáticas, e tomamos um vinho argentino a 18 graus.

    Estamos escolhendo um filme para assistir juntinhos. Só não pode ser sobre galinhas, porcos, hortas, rapadura etc… porque disso ela entende melhor que os cineastas, capice?

    Abraços e bom final de semana a todos.

    PS. o Rubinho vai para a Williams? Azar da Williams…kkkkk!!!!

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 12:14 pm
  57. Eu não disse (não quis dizer) que o Massa é um piloto medíocre e sim que, na Itália em 2008, ele FEZ uma corrida medíocre. Largou e chegou na mesma posição enquanto Hamilton e Kimi fizeram várias ultrapassagens.

    Publicado por João Júlio | 21/11/2009, 2:00 pm
  58. Esses cornetas não se aguentam, né?

    LUCAS DIZ, se referindo ao Hamilton:

    Chegou em 3° na AUS roubando, né. Tanto é que foi punido depois e como acho engraçado lembrar da cara de criança marota dele dizendo “I’m sorry!”.

    Não meu amigo. Ele largou em 18º e chegou lá na frente pilotando. A mentira dele foi na última (ou penúltima volta), ocasião em que ele já tinha dado um show durante toda a corrida. Ele errou ao mentir. Mas não foi a mentira dele que o fez chegar em 4º. A mentira dele o fez sair do 4º para o 3º lugar.

    Acho que você não viu isso porque a corneta estava à frente do seus olhos.

    Publicado por João Júlio | 21/11/2009, 2:08 pm
  59. Claudio. Ele nunca foi mandado embora de equipe nenhuma.

    Ele nem sequer negociou com a Brawn. Da Ferrari ele saiu porque quis, ainda tinha mais um ano de contrato. Das Jordan e da Stewart tampouco. Ele brigou com Eddie Jordan na época, e não foi porque pilotava mal, e a Stewart acabou sendo extinta por falta de fundos.

    Claudemir. Eu nunca falei que Rubens era protagonista da F1. Mas é interessante vc dizer que ele seria um grande coadjuvante… afinal, até no Oscar entregam prêmios para o ator coadjuvante, e muitas vezes ele brilhou mais que o ator principal.

    Eu concordo com vc. Rubens foi um grande coadjuvante. Aliás, vc esqueceu de citar Alesi, Berger e Patrese na sua lista, além de outros que estamos esquecendo.

    Agora, antes um coadjuvante vencedor do Oscar do que um mero figurinista querendo aparecer.

    Publicado por Daniel Gomes | 21/11/2009, 2:32 pm
  60. assim como a sua lista,na minha também nao apareceria o Alonso, muito menos a frente do Raikkonen…

    Publicado por aguasdemari | 21/11/2009, 2:52 pm
  61. “vc esqueceu de citar Alesi, Berger e Patrese na sua lista, além de outros que estamos esquecendo.”

    Não os esqueci.

    Alesi e Berger foram grandes na década de 90, já o Patrese disputou quase toda década de 80 mas sem brilho como os demais que citei, ele só fez um brilhareco com a Williams mas já na década de 90.

    E como disse Daniel, eu não acho que o Rubens seja um J. P. Diniz (playboy com dinheiro do papai) longe disso, sei que alguns aqui acham.
    Mas também não acho que ele seja um Jody Scheckter, Alan Jones ou James Hunt, verdadeiros campeões mundiais no meio de leões prontos para abocanhar titulos, como Emerson, Lauda e muitos outros.

    Tá na média. :)

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 2:54 pm
  62. Coyote, esquece as Genis e os Zeppelins e larga do pé do Barrica. “Ouça um bom conselho, q eu lhe dou de graça: Inútil dormir q a dor não passa! Espere sentado, ou vc se cansa, está provado, quem espera nunca alcança! se vc esquecer dessa canção do Chico o Barrichello consegue levar o time q já foi de Piquet, Senna, Mansell, Montoya ao top five em 2010. Essa é minha aposta.

    Vc vai ver q no futuro ele vai ser lembrado como um grande piloto de sua época, e diferente do Claudemir, penso q ele está escrevendo uma história única. O Barrica será como um Shrek, Tipo Único! kkkkkk

    Impressionante q esse post supostamente seria para uma lista dos dez mais, mas confesso q tb tive participação para a discussão descambar para uma Barrica’ s talk, uma vez q defendo os q o achincalham.

    Mas é isso aí companheiro Coyote, como vc mesmo diz, todos contra o Alonso e Kimi Ice-Silver-Man no grid em 2010. Vamos ver quem é quem na F-1 atual com todo mundo com carro bom e o Button com a chance da vida de calar a boca dos críticos para sempre. Particularmente, acho difícil ele bater o Hamilton. Só o LH pode derrotar o LH na McL, e se o Botão tiver firme na pontuação ele pode superar-lo tal qual Heidfeld, em menores proporções, fez com Kubica na BMW.

    Na Ferrari, como diz Mano Brown dos Racionais MC’s, vai ser treta de mil grau ! Não preciso nem dizer q eu sou 100% Massa nessa luta interna contra Alonso o Bam Bam Bam !

    Q vença o melhor conjunto.

    Cheers!

    Publicado por Alex-Ctba | 21/11/2009, 2:56 pm
  63. Daniel –>

    O cara nem ser cogitado a renovar realmente prova que é O CARA.

    O Button que nao é la grandes coisas o Brawn brigou pra ficar.

    A Ferrari tb liberar o cara. Será que a Mclaren quisesse contratar o Schumacher naquela epoca, eles iriam liberar assim tao bonzinhos ?

    Adorei essa frase sua.

    Aliás, vc esqueceu de citar Alesi, Berger e Patrese na sua lista, além de outros que estamos esquecendo

    Assim como o mundo tambem irá fazer quando o Barrichello parar.

    Publicado por Claudio CArdoso | 21/11/2009, 2:59 pm
  64. Daniel, concordo em td o q vc fala sobre o Barrichello e acrescento ainda uma característica em sua trajetória pela F-1: A sobrevivência! Rubens é um piloto experiente q conhece os meandros do meio em q ele habita e caminhando para sua 18º temporada, prova q sabe como ninguém permanecer no circo, fazendo papel de palhaço para os brasileiros médios e os pseudo-intelectuais-fazedores de opinião, e tb de um grande profissional para o público especializado q acompanha e cobre F-1.

    Rubens q vc permaneça na eterna máxima, falem bem ou falem mal, mas falem de mim enquanto nós vamos cumprindo nossa parte nos blogs da vida…

    Publicado por Alex-Ctba | 21/11/2009, 3:19 pm
  65. “…Vamos ver quem é quem na F-1 atual com todo mundo com carro bom e o Button com a chance da vida de calar a boca dos críticos para sempre. Particularmente, acho difícil ele bater o Hamilton.”.

    Alex,

    A F1 é um antro de armações. Lendo a sua frase me ocorreu que talvez o Ron Dennis esteja vendo o Hamilton (e seu pai) como um Frankenstein. Por isso contratou outro inglês que, além de ser igualmente campeão, é um sujeito bonito e um bom garoto. Sem se esquecer, claro, que com um excelente carro, mostrou que pode ser campeão.

    Se se confirmar essa minha tese (estapafúrdia, admito) a coisa muda radicalmente de figura e o Hamilton estará em maus lençóis, tal e qual o Massa perante o Alonso, ou, na melhor das hipóteses, Prost perante Senna e Mansell perante Nelson Piquet.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 3:22 pm
  66. Orra Coyote, foi fundo nessa TC, mas não é q faz sentido hehehe. Mas vc há de convir q essa dupla explosiva Massa-Alonso parece uma bomba-relógio igual Senna-Prost em 89. Durou três corridas. Preferiria q fosse igual a de 88. Prost já um bi-campeão respeitou um talento como o Senna e tentou derrotá-lo na pista e não usou bastidores, resultado: perdeu o wdc pro Senna.

    Publicado por Alex-Ctba | 21/11/2009, 3:32 pm
  67. “Rubens q vc permaneça na eterna máxima, falem bem ou falem mal, mas falem de mim…”

    Alex,

    Lamento, mas não é possível defender Barrichello sem se contradizer. Vcs precisam se encontrar e combinar a historinha a ser contada. Senão dá nisso.

    Veja quão inconciliáveis são a máxima que vc atribui a ele e esta, também dele:

    “…Eu acho que tá na hora daquele humorista que fala coisas ficar quieto… chegou a hora de parar a brincadeira e de fazer o humor como sempre foi na época em que a gente ligava a televisão para dar risada e não ver uma pessoa falando mal da outra…”.

    Como vc pode ver, ele não admite que falem mal dele.

    Não precisa responder, Alex… foi só brincadeira. Hoje é sábado, dia de churrasco, bom papo etc… rsrs.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 3:36 pm
  68. Só tava zoando Coyote, não me leve tão a sério, principalmente aos Sábados rsrs, quem sou eu para defender alguém, qto mais o Barrica, nem faço parte de qualquer movimento Barrichellista, eu só defendo os fatos q vc e o Cardoso querem relegar ao mínimo, qdo na verdade se não é o máximo ou o título q é a única coisa q conta, como vc mesmo diz, não é de todo o mal.

    Paz e todos contra o Alonso! ( mas só o suficiente pro wdc q não prejudique a scuderia no wcc )

    Abs

    Publicado por Alex-Ctba | 21/11/2009, 3:58 pm
  69. Claudemir, é sempre uma grande honra ter um comentário meu comentado por vc.

    Porém, deixemos a cosmética de lado e vamos ao seu pedido:
    Costumo colocar os pilotos do grid em grupos.
    No primeiro grupo, os pilotos q a média de suas notas em 3 requisitos(arrojo, velocidade e fome de P1) ficam entre 8,5 e 9,5.
    Para me fazer entender, segue exemplos de pilotos do passado q ganhariam nota máxima em cada um desses quesitos:
    Arrojo: Mansell e Montoya.
    Velocidade: Prost e Piquet.
    Fome de P1: Schummi e Senna.
    No segundo grupo, as notas ficam entre 7,5 e 8,4; no terceiro, entre 6,5 e 7,4. E no quarto e último, entre 5,5 e 6,4.
    Só de estarem pilotando um F1, ainda q com cockpit comprado, o piloto alcança pelo menos uma nota 5,5. Abaixo dessa nota ficaria o Badoer, por exemplo, pelo q mostrou nessas corridas nesse ano.

    No primeiro grupo(em ordem alfabética): Alo, Ham, Kub, Mas e Vet.
    No 2º: But, Hei, Kob, Rai e Ros.
    No 3º: BAR, Bue, Fis, Sut, Tru e Web.
    No 4º: Alg, Gro, Kov, Nak e Piq.

    Dentro de cada grupo, eu não arriscaria dizer que exista uma ordem clara entre os pilotos. No entanto, eu como torcedor, prefiro os q possuem fome de P1 e arrojo.

    Por estar no 1º grupo, eu considero os pilotos como foras-de-série; no 2º, de bons; no 3º(onde Bar está), de medianos ou medíocres, pois o piloto se equipara a maioria dos pilotos q já pilotaram um F1 até hj; e no 4º, de bração.

    Sobre o Barrica…
    Ele não deu conta do Button, entre outros fatores, por falta de preparo físico por conta da idade.
    Em muitas corridas, em 2009, ele, depois do 1º pit, simplesmente parecia q puxava o freio de mão.
    A única corrida q ele andou forte o tempo todo foi em Valência. Em Monza, o Button se contentou com a posição q ocupava no campeonato e n partiu pra cima dele.

    Respondendo a seu pedido:
    Para mim, o Bar, no conjunto de sua obra, estaria, pelo menos, atrás de 10 pilotos hj. De tal forma q, se eu fosse dono de 5 equipes na F1 e me fosse dada a oportunidade de escolher os 10 melhores do grid(de 2009), ele n seria um piloto de nenhuma das 5 Magno GP’s.

    Acho q é isso aí.
    Abs

    Publicado por Leandro Magno | 21/11/2009, 4:42 pm
  70. Magno GP…rsrsrs. Sabe que é um bom nome?! Pomposo até.

    Vou confessar.
    Se o Kimi tivesse baixado o preço e sido contratado pela Mc Laren, ela ia baixar o preço do MP4-12C, iguallando-o ao Celta báxico, também chamado de pé-duro ou canela-seca.

    Como eu já disse, ia ser o feliz proprietários de dois MP4-12C.

    Minha idéia era montar a Coyote GP com as duas bagaças. Os pilotos seriam o Coyote e o sushi-maker Kobayashi.

    Imagina, alinhadas no grid, dentre outras barangas, as equipes Magno GP e Coyote GP… kkkkkk!!!!!!!!!

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 5:13 pm
  71. Vamos a tréplica. :)

    Alo, Ham, Kub, Mas e Vet.

    O que fez o Kubica até agora para constar no seu top 5 ? Apanhou sumariamente do Heidfeld, precisa falar algo mais ?

    Suba o Button para seu top 5 porque de qualquer maneira foi campeão.

    No 2º: Hei, Kob, Rai e Ros.

    Heidfeld, Who ? Tá de brincadeira…

    Quem é o Koba até agora, um piloto de duas corridas, calma que o santo é de barro, depois posso lhe mostrar alguns exemplos de pilotos como o Alesi, excepicionais em algumas corridas e de carreiras pífias.

    Kimi estaria a sua frente com toda certeza, mas está a pé. Então não conta, se fosse assim colocaria uns 50 a sua frente.

    Rosberg, o que dizer do paquito, o que fez até agora, a não ser perder para o Webber em 2006 e ganhar do Naka nos três anos seguintes (não vale essa comparação) veremos em 2010 se ele merece estar na frente do Rubens.

    Então ainda sobraram os mesmos 5 e depois o Rubens e o Webber porque no resto de sua lista nem constam pilotos de verdade apenas refugos com dinheiro.

    Leandro não torço para Rubens, mas não faço coro aos que metem o pau nele, ele é um bom piloto e não merece esse status de perdedor que o Brasil dá a ele.

    E no meu modo de ver, se o Massa não for campeão entra no mesmo Hall da fama do Rubens, bom piloto, mas sem titulo.

    Publicado por Claudemir Freire | 21/11/2009, 5:23 pm
  72. Claudemir,
    Button não é um fora-de-série. Apesar do título, não encontrou adversário na garagem ao lado quando tinha um carro do outro planeta. É um bom piloto apenas.

    O problema do Kubica é a falta de motivação. Assim, ele tem uma fome de P1 pequena, mas tem muita, muita velocidade. Seu arrojo pode ser observado quando se assiste às corridas não prestando atenção nos ponteiros – ele normalmente aparece disputando posições destemidamente.

    Heidfeld bateu Kimi mas n n tinha um grande empresário como o filandês. Além disso é consistente e rápido o suficiente para ser considerado bom.Veja seus resultados contra seus companheiros de equipe pra descobrir Who is he.

    Koba: em duas corridas fez mais o q todos os demais q estão nos grupos 3 e 4 fizeram, em média em suas carreira. Velocidade n é seu ponto forte tanto q não foi ao Q3, mas suas notas em Arrojo e Fome de P1 são altíssimas.

    Já o paquito é só bom. Mas não é um Ham da vida, por isso n era de se esperar q ele batesse Webber em seu 1º ano. É bem consistente tb e costuma tirar do carro tudo q ele oferece. Estreou fazendo a melhor volta da prova, o q é bem significativo para mostrar sua velocidade. Sofre de falta de motivação por ter tido sempre um carro mediano. Nota baixa em fome de P1.

    Não relegaria Massa apenas a categoria dos bom se ele continuar pilotando como em 2008 e 2009. Lembre-se: apenas 1 pode ser campeão por ano e no grid há outros 4 foras-de-série ao seu lado e, além disso, corrida de automóveis é a soma de piloto + carro.

    abs

    Publicado por Leandro Magno | 21/11/2009, 7:28 pm
  73. 2009 foi um ano em que eu mais prestei atenção nos bastidores da F-1 do que na pista mesmo mas acho que minha lista do 60º campeonato mundial seria:

    1º- Button: um piloto que vence 6 corridas em 7 sendo 2 e 4 seguidas mais 1 pódio; pontua em todas as corridas que terminou e foram 16. Campeão do mundo com 11 pontos de vantagem para o 2º e 18 para o 3º. Mais o que vi em pista, não tenho como escolher outro.

    2º- Vettel: gosto de compará-lo com o Massa de 2007, muito bom ano mas ainda falta melhorar algumas coisas, principalmente o quesito ultrapassagem. Ou então é só andar cada vez mais na frente que não precisará fazer muitas ultrapassagens em sua carreira. Mas já é Top driver sem dúvida nenhuma!

    3º – Hamilton: teve atuações fracas e excelentes, com um saldo final bastante positivo. Foi um ano difícil para sua equipe mas honrou o nº1 em seu carro. Nos mostrou definitivamente o quão ruim é o seu companheiro de equipe.

    4º – Barrichello: a sina de Rubens não são seus números e resultados, que foram muito bons para o ano, e sim a eterna comparação com seus companheiros de equipe, que sempre conseguem os louros da vitória quando ambos estão em um carro vencedor. Podia ter feito mais.

    5º – Webber: é tão inexpressivo que às vezes me esqueço que ele venceu em Interlagos e também qual corrida venceu no meio do ano. Mas de forma geral, pilotou satisfatoriamente.

    6º – Massa: o melhor dos que estavam de carroça até o momento em que se foi.

    7º – Raikkonen: salvou a Ferrari de uma humilhação maior nesse final de campeonato. Merecia ficar na equipe, mas não por aquele salário.

    8º – Kobayashi: foi o piloto estreante que mais me impressionou nos últimos anos. Ainda quero vê-lo nas pistas novamente.

    9º – Rosberg: é aquele de sempre, parece ótimo piloto mas daqueles que não evoluem, igual ao Heidfeld.

    10º – Fisichella: nunca pensei que fosse assistir ao dia em que a Force India faria a pole sem uma hecatombe com os demais. Assisti na globo.com ainda.

    Menção deshonrosa para:
    – Nelsinho
    – Kasuki
    – Heikke
    Trio braço-duro hasta la vista!!

    Publicado por Carlos T. | 21/11/2009, 7:53 pm
  74. “… além disso, corrida de automóveis é a soma de piloto + carro.”.

    Certíssimo.
    Os carros estão tão parecidos… a diferença entre o 1o e o 8o é de décimos, às vezes centésimos de segundo. No final das contas as provas acabam sendo um jogo mental, um jogo de sutilezas. Respirou errado, perdeu. Piscou na hora errada, perdeu. Suspirou, perdeu.

    Isso mostra o quanto os pilotos de ponta estão ligados. O melhor carro vence quando o piloto não comete o mínimo erro.

    É por isso que eu valorizo o Kobayashi. Os caras não andavam e punham a culpa no carro.
    De repente chega o japa afinado com essa sintonia fina, finíssima, e arranca um resultado. Tem que valorizar. Se foi sorte de principiante, se não vai dar em nada, como, por exemplo, o Jean Alesi, é outra história. Ele mostrou que merece um crédito, um cockpit.

    Abraços.

    Publicado por Anselmo Coyote | 21/11/2009, 7:56 pm
  75. Passei para dar uma olhada antes da cerveja dominical.

    Muito bom Leandro, você tem o meu respeito, claro que vamos divergir e essa é a parte legal das discussões saudáveis, parabéns.

    Anselmo, o Alesi fez miséria com uma Tyrrel Yamaha (to com preguiça e a cerva pode acabar, rsrs, de pesquisar se é esse mesmo o motor), mas fez péssimas escolhas de carros onde sentou, ele era pra ter ido para Williams Renault, mas preferiu uma Ferrari capenga depois foi só declínio, uma pena.
    Apenas uma vitória no Canandá com Ferrari.

    O Koba ainda não mostrou muito, terá que ter um carro e mostrar em uma temporada inteira se merece tudo que estão lhe dando de afagos.

    Publicado por Claudemir Freire | 22/11/2009, 11:00 am
  76. “De repente chega o japa afinado com essa sintonia fina, finíssima, e arranca um resultado. Tem que valorizar. Se foi sorte de principiante, se não vai dar em nada, como, por exemplo, o Jean Alesi, é outra história. Ele mostrou que merece um crédito, um cockpit.” A Coyote.

    Coyote, vc precisa direcionar sua reza braba primeiro pro Kimi assinar com os pratas, depois, se sobrar um cadinho, focar numa vaguinha pro Koba tb.

    Cheers mate!

    Publicado por Alex-Ctba | 22/11/2009, 12:20 pm
  77. Alex,

    O Kimi é experiente, está com a vida feita, correndo ou não os milhões de euros vão cair na conta. E sabe se defender. Já o Koba, está nas mãos das hienas…. rsrs. Tomara que tenha uma chance. Se foi só um balão de ensaio, que se vá como muitos outros.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 22/11/2009, 10:08 pm
  78. 01) Vettel
    02) Button
    03) Rubens Barrichello
    04) Lewis Hamilton
    05) Nico Rosberg
    06) Kimi Raikkonen
    07) Mark Webber
    08) Alonso
    09) Massa
    10) Trulli

    Publicado por Alec | 27/11/2009, 9:16 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: