//
você está lendo...
ARTIGOS

Com Lucas Di Grassi, Virgin lança sua equipe de F1

Com alguma pompa e com Lucas Di Grassi, Timo Glock e Alvaro Parente como piloto reserva a bordo, a Virgin se lançou hoje no mundo da Formula 1. O lançamento confirma a expectativa de há meses de que a companhia de Branson bancasse as operações da Manor.

No quesito “marketing” a equipe dá uma amostra de que será uma locomotiva pronta a aproveitar qualquer chance de auto-promoção. O site, que tem a literalmente a cara de Branson estampada na home page, é o mais “cool” entre todas as equipes — acho que a Red Bull acaba de perder esse posto de equipe mais bacana do grid.

O slogan — “Uma nova equipe para uma nova era” — espelha, nas palavras de Branson, o engajamento da equipe nos tempos do corte de custos e baixos orçamentos.

Há pistas de que o banco inglês Lloyd será acionista da equipe, mas o portfolio de patrocinadores trabalhado pelo seu departamento comercial é, para uma equipe tão nova, impressionante. Entre os oito a ter a logomarca imprensa no carro, estarão lá a Kappa, a Bridgestone, a Marrusia, a FxPRO que era da BMW, e a Unilever de Lucas di Grassi, bola cantanda pelo Fernando Figueiredo aqui já há alguns meses.

No site há também um belo vídeo com a apresentação da equipe e com alguns “highlights” do carro, que se chamará Virgin-Cosworth VR-01. Pelas cenas da simulação virtual do carro, percebe-se que ele provavelmente terá uma pintura vermelha, bem no estilo da Virgin Atlantic Airways — companhia de aviação do Grupo. Há também cenas de Timo Glock moldando o seu cockpit, o que acaba nos dando uma pista de que ao menos o bico terá inspiração nas formas do RB5 da Red Bull.

Se ainda há algum dúvida quanto a abordagem do staff técnico em desenvolver um carro sem um túnel de vento, é bom ver que Lucas di Grassi começará por uma equipe que terá Richard Branson no comando.

Branson passou um ano atento ao mundo da Formula 1, seguindo de perto e aprendendo com a dinâmica da Brawn. Ele é um sujeito que não costuma dar furo n’água.

Boa sorte para a Virgin e para o Lucas, então!

___________________________________________________________________________

Fotos e frames do vídeo com o carro da Virgin



Anúncios

Discussão

9 comentários sobre “Com Lucas Di Grassi, Virgin lança sua equipe de F1

  1. Becken,

    What about a Petrobras ?

    Nao vem nada a caminho ?

    Pensei que eles estariam ahi com o Di Grassi….

    E a USF1 nada de pilotos, nada de nada…..a Sauber tao pouco…..

    Uma parte do pessoal da Toyota foi aproveitado pela Lotus…..

    Sera que o japonezinho da Toyota alinha em alguma equipe ?

    Tem gente ahi que jah esta dando como certa a volta do Schumacher e vc acredita na volta ?

    Se ele volta e nao se dah bem vc acredita que a reputacao dele sai abalada ?

    Eu pessoalmente nao acredito, nao ha como uma temporada de F1 depois de 3 anos de aposentadoria vir a manchar uma carreira vencedora, apesar de muita gente jah estar preparando os dedos para criticar um “eminente” fracasso….

    Um abraco,

    Fernando

    Publicado por Fernando Piccione | 15/12/2009, 11:58 am
  2. Fernando.

    “What about a Petrobras ?

    Nao vem nada a caminho ?

    Pensei que eles estariam ahi com o Di Grassi….”

    Estarão provavelmente na Campos e Williams em 2010.

    Não me convence esse negócio de construir carros a partir do CFD, coisa que parece que a Renault tentou nos últimos 3 anos e como vimos não foram bem sucedidos.

    Sobre os pilotos na minha opinião forma umas das duplas mais equilibradas das novatas (a não ser que o Trulli resolva puxar o freio de mão ante ao Kova) por serem muito próximos em idade e carreira.

    Sobre a grana, acho que o He-Man entrou pra ganhar dinheiro e não gasta-lo como fazem a maioria, porque rodar uma temporada de 2010 toda com 45 mi de euros parece pouco, visto que só de patrocínios e cotas conseguirão um valor superior a esse falado. Então o murrinha deve ganhar algum e quardar pra investir em ricos_loucos que queiram dar uma voltinha no espaço.

    Publicado por Claudemir Freire | 15/12/2009, 12:41 pm
  3. Valeu Claudemir,

    Tomara entao que eles retomem a parceira com a Williams e que venham com a Campos.

    Nao sabia que a Renault tinha embarcado nessa de CFD nos projetos anteriores…. talvez ahi esteja o atestado do fracasso gaules.

    Claudemir sempre eh muito legal teclar com o pessoal aqui por que o pessoal vem sempre muito bem informado e tem opinioes bem formadas.

    Deixa eu perguntar uma coisa que nao consegui entender como as esquipes segume anunciando pilotos de testes , 1, 2 e ate 3 pilotos de testes se os testes estao proibidos…

    Sera que teremos alguma novidade em relacao a esse assunto a caminho ?

    Um abraco

    Fernando

    Publicado por Fernando Piccione | 15/12/2009, 12:49 pm
  4. Putz….

    Esse Branson é aparecidão mesmo viu….Estampar seu cavanhaque na tela de abertura da Página…. Mas certamente esse camarada é cobra criada. E não dá bola-fora.
    Gostei da Página, gostei da equipe. Gostei do Lucas e gosto do Glock.

    Lótus, Virgin….ao menos no aspecto comercial, é uma nova F1. Acho que a Revolução que o He-man e seus asseclas(Tony Fernandes) vão causar na F1 será maior que o Dietrich causou com a RedBull.

    Será uma pena se a USF1 não decolar, gostaria de ver como o Youtube iria mexer com a F1.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 15/12/2009, 1:09 pm
  5. Não sei…

    Continuo não confiando num carro feito sem desenvolvimento em túnel de vento.

    O Nick Wirh foi o homem por trás da Simtek (aquela onde morreu o Roland Ratzemberg) e depois foi responsável pela Beneton durante os anos Fisichela e Wurz, e nunca fez um bom carro.

    O Lucas di Grassi também não me convence. Comparado a Bruno Senna na Honda foi mais lento (ainda que com mais que o dobro de tempo de carreira que o sobrinho de Senna), e numa declaração do Adrian Campos que li no Blog do Ico, ele foi sublinarmente taxado pelo seu antigo chefe na GP2 de um piloto rápido e técnico, mas pouco agressivo.

    Acho a postura da Lotus mais firme.

    Vamos ver agora a Campos/Dalara e se a USF1 vai sair do papel.

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 15/12/2009, 2:15 pm
  6. “Não sei…

    Continuo não confiando num carro feito sem desenvolvimento em túnel de vento.”

    Tenho a mesma desconfiança Sirlan, nunca achei os trabalhos do Nick Wirth excepicionais como alguns colunistas andaram pintando por aí, e muito menos os trabalhos que ele teve com a Acura na Amls, uma coisa são carros com rodas cobertas outra coisa são os formulas que tem um arrasto e pressão aerodinâmicas totalmente difrerentes.

    Quando em 2006 Flavio Briatore e Pat Symonds anunciaram com pompas que os túneis de vento eram coisas do passado e que a Renault tinha desenvolvido um super computador para fazer seus projetos pelo CFD, eu já fiquei com o pé atrás, depois dos seguidos fracassos dos carros de Enstone em 2007 ninguém mais na equipe tocou no assunto. Porque agora a equipe cabaço vai conseguir ?

    Se fosse assim a Mclaren já teria desistido dos seus túneis e partido pra o CFD, é como eu disse, o He-Man quer fazer dinheiro com a F1 e não gastar dinheiro.

    Fernando, existe uma proposta do uncle Bernie para que as equipes possam colocar seus pimpolhos as segundas-feiras para treinar no circuito onde acabará de correr todo o circo, mas ninguém mais tocou no assunto, seria uma bela forma de coloca-los pra correr e economizar uma grana com translados e hospedagem das equipes.

    Saudades de quando a F1 vinha para o Rio e passava o verão quase todo por aqui, tomando caipirinhas e vendo a mulherada. Pena que eu era criança e morava em São Paulo.

    Publicado por Claudemir Freire | 15/12/2009, 2:43 pm
  7. Só falta um detalhe.
    O carro.

    Publicado por Ron Groo | 15/12/2009, 3:20 pm
  8. Só falta um detalhe.
    O carro.

    Mas… não está nas fotos que ilustram o post?

    Publicado por Becken Lima | 15/12/2009, 3:44 pm
  9. O Branson tá aí pra ganhar uma graninha, e o cara é esperto. Mesmo não estando nem aí pra F1, se der retorno ele fica por aí uns 20 anos, e gosto da cara da equipe.

    Mas me passou aqui pela cabeça, com tanta gente falando que a USF1 (não tinham sido obrigados a mudar pra USGPE ou algo assim?) não vai sair do papel, eu lembro da Brawn. Tá certo, são circunstâncias completamente diferentes, mas alguém apostava 1 dólar que aquilo daria certo em fevereiro? Mais ainda: em 16/12/08 alguém tinha coragem de dizer que a Honda alinhava no grid em 2009?
    Não sei, o silêncio está estranho, o site da equipe é lindo (sic), mas…

    Publicado por Rafael Crivelli | 16/12/2009, 12:39 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: