//
você está lendo...
ARTIGOS

Ferrari atenta à percepção de sua torcida no caso Schumacher/Mercedes

IMAGEM: Ferrari/Divulgação (Estará a Ferrari preocupada que o “fantasma” de Schumacher a atormente em 2010?)

Ao que parece a volta de Michael Schumacher às pistas em 2010 é uma mera questão médico/ burocrática. Michael já comunicou a sua decisão a Montezemolo e o Presidente fez o favor de nos informar que “há uma forte, muito forte possibilidade” de o acordo entre a lenda viva alemã a Mercedes se confirmar.

Se por um lado a volta de Michael vai cristalizando-se, por outro a Ferrari parece preocupada com o que a sua torcida anda pensando, principalmente sobre a forma como a equipe vem gerenciando os seus pilotos nos últimos anos.

Ontem, a equipe divulgou uma nota em seu no site na qual Montezemolo proclama “Alonso o piloto certo, na hora certa”, o que parece uma clara reação tanto a saída de Michael quanto as recentes declarações de Kimi Raikkonen, “de que o Santander teve importante papel na contratação do bi-campeão espanhol.”

O cerne da questão para a Ferrari nesse momento é que a torcida ferrarista, que cresceu vendo Schumacher enfileirar títulos, não parece ainda convencida com Alonso a bordo — talvez cônscia do duro e crítico oponente de 2005 e 2006, um homem e que tende a causar fissuras políticas pelas equipes por onde passa.

Se Michael mostrar-se competitivo em 2010 pela Mercedes — algo que certamente acontecerá — os Tifosis começarão a questionar a decisão em deixar um piloto do calibre do heptacampeão, eternamente identificado com a equipe, ir embora reforçar as fronteiras inimigas.

Será preciso que a equipe desenvolva um super carro para dissipar dúvidas, algo bem improvável dado o estreitamento das regras técnicas dos últimos anos que não permitem grandes inovações.

Se o embate interno entre Felipe Massa e Alonso já era motivo de preocupação, a volta de Schumacher por outra equipe que não a Ferrai pode ser mais um ingrediente no caldeirão político da equipe em 2010.

Anúncios

Discussão

27 comentários sobre “Ferrari atenta à percepção de sua torcida no caso Schumacher/Mercedes

  1. passar uma década declarando amor à família ferrari e sair de lá dessa forma é simplesmente errado. mas schumi realmente não é das pessoas mais corretas nesse esporte. não é mesmo?

    Publicado por andre | 19/12/2009, 9:42 am
  2. O que parecia um campeonato equilibrado, pois as grandes equipes estavam com suas duplas de pilotos para disputar o campeonato,
    Ferrari, com Massa e Alonso; Mclaren, com Button e Hamilton, Red Bull, com Vettel e Webber, todos tendo que vencer primeiramente uma disputa interna e sabendo que o chefe da equipe Mercedes GP não aceita uma disputa aberta na equipe, prefere sempre colocar panes, errar intencionalmente, com o que ele determinou ser o segundo piloto, fico com pena do Nico Rosberg e de todos os outros pilotos onde a igualdade na equipe vai fazer perder pontos preciosos, para que o Shumi reine novamente soberano na equipe.

    Publicado por Luiz Sergio | 19/12/2009, 9:47 am
  3. Bem, depois que Mercedes perdeu um dos principais patrocinadores para a próxima temporada, fica claro que eles querem o Schumi cada vez mais.

    Uma dupla com Rosberg-Heidfeld não é atrativa comercialmente, mas com Rosberg- Schumacher a história será outra.

    Enfim, será um campeonato com muitas particularidades interessantes. Se o Alonso não vingar, com certeza terá pressão em Maranello por ter contratado o espanhol ao invés de Schumi.

    Agora eu confesso que começo a me preocupar com essas declarações de Domenicali e Montezemolo. Sempre é algo do tipo “queremos que Alonso repita a Era Schumacher”.

    Ou seja, eles querem claramente que o espanhol assuma a liderança da equipe e que Felipe se torne um escudeiro. Porém, eles precisam que Alonso ganhe a confiança de todos, algo que o Massa já conquistou.

    Eu temo pela falta de liberdade já no início da temporada. Nada melhor para o Alonso conquistar a torcida do que superar o Felipe Baby.

    Será que a equipe permitiria ao Massa, após um acidente, ser melhor do que o Alonso? Justamente quando o espanhol precisa da confiança dos Tífosi. Eu acho difícil…

    Publicado por Will | 19/12/2009, 11:11 am
  4. Lembremos q o Felipe desde 2008 não é uma mosca-morta e se começar a ser escancaradamente preterido vai chiar e muito.
    E q será preterido n tenham dúvidas: se a grana do Santander foi suficiente pra mandar o Kimi ir catar coquinho na descida, imaginem se n será o bastante pra “comprar” o posto de nr. 1 na Ferrari.
    ………….
    Schummi n gosta do Alonso e n haveria espaço para os dois em Maranello.
    P q então n ir pra outra equipe e se divertir um pouco e quem sabe derrotar o Alonsito e se vingar de 2006?

    Publicado por Leandro Magno | 19/12/2009, 11:34 am
  5. Bem como o Leandro diz, Schumacher não gosta nem um pouco do espanhol, isso ficou claro nos treinos livres de Valência, transmitido pelo Sportv, ri demais da cara que o alemão fez quando o Alonso bateu no Heidfeld.

    De fato, não haveria motivo para o Schumacher continuar na equipe, tendo que engolir o Alonso como pupilo que, para mim está claro, foi contratado para ser o primeiro piloto da equipe, independente de manifestações nos sentido contrário por parte de Domenicali e companhia.

    Tomara que o queixudo volte, será como reviver a infância para mim.

    Publicado por The Stig | 19/12/2009, 1:17 pm
  6. A Ferrari só faz é merda. Fez merda com o Kimi e acredito, vai levar a maior banhada nesse ano com o Alonso e o Massa. Vai ser uma espécie de Prost vs Senna com as conseqências que se conhecem isto se a tartaruga vermelha fôr sequer competitiva. Quem dá tiro no pé desse jeito só merece mesmo é pontapé na bunda.

    Publicado por Jonas Markklund | 19/12/2009, 2:01 pm
  7. Andre, se você passar 10 anos casado e por ventura se separar da atual mulher você pode arrumar outra ou sua honestidade e memórias não o deixarão ?

    Você trabalha numa empresa a 10 anos, e num jantar de fim de ano recebe o convite para ganhar mais e fazer o que gosta em outra empresa, você vai ou fica por prezar o trabalho chinfrim que foi encarregado por amor a empresa ?

    Amigo, não é esse o caso, nem na vida financeira/esportiva e pessoal existem parâmetros para julgar o que está certo ou errado, você faz o que gosta e o que lhe é mais conveniente a ocasião.

    O que a Ferrari fez foi preterir o Schumacher por Kimi Raikkonen em 2007, ele tomou então a atitude de aposentar-se (justa, não devia querer bater de frente com o nórdico) mas a Scuderia não comprou nenhum direito de exclusividade sobre o futuro do alemão, então não é o caso de vir a público chorar pela despedida exasperada e sem beijos de adeus.

    Como já venho dizendo a algum tempo desde o início da novela, ele precisava da anuência da família e pagar a dívida com a Mercedes.

    A primeira já aconteceu, sua esposa já veio a público informar que se o marido quer se divertir que o faça sem preocupações com a família.

    A segunda é só questões médicas, assim que estiverem ok, bye Ferrari, “Welkome” AMG Mercedes.

    Yes, I believe now.

    Publicado por Claudemir Freire | 19/12/2009, 2:35 pm
  8. Andre, se você passar 10 anos casado e por ventura se separar da atual mulher você pode arrumar outra ou sua honestidade e memórias não o deixarão ?

    Você trabalha numa empresa a 10 anos, e num jantar de fim de ano recebe o convite para ganhar mais e fazer o que gosta em outra empresa, você vai ou fica por prezar o trabalho chinfrim que foi encarregado por amor a empresa ?

    Amigo, não é esse o caso, nem na vida financeira/esportiva e pessoal existem parâmetros para julgar o que está certo ou errado, você faz o que gosta e o que lhe é mais conveniente a ocasião.

    O que a Ferrari fez foi preterir o Schumacher por Kimi Raikkonen em 2007, ele tomou então a atitude de aposentar-se (justa, não devia querer bater de frente com o nórdico) mas a Scuderia não comprou nenhum direito de exclusividade sobre o futuro do alemão, então não é o caso de vir a público chorar pela despedida exasperada e sem beijos de adeus.

    Como já venho dizendo a algum tempo desde o início da novela, ele precisava da anuência da família e pagar a dívida com a Mercedes.

    A primeira já aconteceu, sua esposa já veio a público informar que se o marido quer se divertir que o faça sem preocupações com a família.

    A segunda é só questões médicas, assim que estiverem ok, arrivederte Ferrari, “Welkome” AMG Mercedes.

    Yes, I believe now.

    Publicado por Claudemir Freire | 19/12/2009, 2:41 pm
  9. Becken, enganchou meu comentário em algum lugar. :)

    Publicado por Claudemir Freire | 19/12/2009, 3:55 pm
  10. Penso um pouco diferente do Claudemir. Não acho q a Ferrari preteriu o Schumi qdo assinou com o Kimi. Acredito q eles continuariam com o alemão até qdo ele quisesse. Para mim, Schumi decidiu pendurar as luvas ao término da temporada em 2006 e comunicou a Scuderia para procurar um substituto, tanto q se não fosse assim ele não seguiria valorizado e empregado pela Ferrari. Agora ele talvez queira voltar a competir de fato, e como não tem espaço na Ferrari, já q tem dois grandes pilotos sob contrato e com o surgimento da Mercedes sob a direção de seu velho parceiro Ross Brawn, tudo convergiu, com uma ajudinha do acaso, a colocar o nome do Schumi no olho do furacão dessas especulações todas. Foi a sequencia dos fatos q levaram a essa situação:

    Acidente do Massa
    Troca do Kimi por Alonso
    Criação da Mercedes GP
    Saída do Button para McLaren
    Kimi competindo de Rally em 2010

    Publicado por Alex-Ctba | 19/12/2009, 4:48 pm
  11. “Kimi competindo de Rally em 2010”

    A Mercedes pode ter cogitado o Kimi, mas ao que parece o Kimi nunca cogitou a Mercedes.

    Bom Alex, se não me engano o Kimi assinou contrato com a Ferrari no início de 2006 porque já sabia que em 2007 seria o Alonso seu parceiro de equipe caso ele continuasse por lá. E no fundo todos sabiam que ele não ficaria mais em Woking por não ser mais o piloto preferido de Ron Dennis (a mesma coisa aconteceu agora com a Ferrari, parece que o nórdico tem problemas com o Alonso).

    Então o Schumacher já estava de sobre aviso que seu companheiro em 2007 seria o Kimi, ele Schumacher se sentiu no mínimo sacaneado porque ainda tinha lenha pra queimar e queria continuar com o Felipe como parceiro de equipe. Tanto que no anúncio em Monza ele deixou claro que queria dar maior espaço ao brasileiro para que este crescesse mais como piloto. Balela, ele não queria dividir a Ferrari com o preferido de Luca de Montezemolo.

    Imagino que essa varreção étnica na Ferrari (dê a Ferrari aos italianos, e matem os estrangeiros) tenha começado justamente com a cabeça do alemão, desfazendo o trio vencedor, quebrando assim a possibilidade de um deles chegar ao posto de presidente da Ferrari (intensão de Jean Todt) e Montezemolo mandando matar todos (grande teoria da conspiração, mas plausível).

    Resumindo, ele foi preterido na equipe resta agora aos italianos reclamarem sem razão.

    Publicado por Claudemir Freire | 19/12/2009, 5:36 pm
  12. Claudemir,

    As teorias conspiratórias são sempre mais charmosas, mas normalmente não passam de teorias conspiratórias…

    Concordo com o Alex. Acho que uma série de fatores aleatórios (descritos por ele) fizeram as coisas chegarem a esse ponto do Shumacher estar quase assinado com a Mercedes.

    Acho também que o Alemão correria na Ferrari por quanto tempo quisesse, e poderia ter vetado a contratação do Kimi, para isso bastaria ter assinado um contrato por mais três anos. Mas, era isso que ele queria naquele momento ??? Não era justo para a Ferrari, sabendo que seu primeiro piloto não assinaria um compromisso de longo prazo procurar um substituto ???

    Ainda que em 2006 o Alemão decidisse correr por mais um ou dois anos, não seria ele o líder natural da Ferrari ??? Ele seria preterido por Kimi, algo que nem Massa o foi ??? Ele não bateria o Filandês ??? Massa o bateu…

    Acho que a grande questão foi o acidente de Massa e a possibilidade de voltar. Isso acendeu de novo a chama, e a Ferrari não teria como dispensar seus pilotos para abrir uma vaga para o Alemão.

    Acho que a ligação com a Ferrari tem um peso contrário na tomada de decisão para a volta, assim como a gratidão pelo apoio da Mercedes no início da carreira (não nos esqueçamos que foram eles que compraram a vaga para o alemão na Jordan em 1991). Entretanto não resta dúvidas que é o desafio que move o homem.

    Mudando de assunto…assistindo um documentário ontem a noite sobre os anos 60, foi relatado o seguinte diálogo :

    “O jovem Stewart comenta com o grande campeão Clark que cometeu um pequeno erro numa determinada curva, mas que conseguiu corrigir e não bater.

    Clark responde :

    – Não é possível…cometer um erro e não bater…ter tempo de corrigir…então você não estava no limite…

    Diz-se que essa resposta ficou na cabeça do jovem piloto e mudou sua forma de pilotar a partir de então.”

    Eu gostaria de ter visto Clark pilotar…

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 19/12/2009, 6:25 pm
  13. Dando uma folga ao figado aos sábados…

    Sirlan.

    “Ele não bateria o Filandês ??? Massa o bateu…”

    Ok, poderia bater, mas ele ficou na minha modesta opinião com medo de perder para o Kimi, medo plausível, estava perdendo para um piloto novo chamado Alonso, e anos antes já dissera que se fosse batido por outro piloto penduraria o capacete.

    Então esse embate seria degradante a sua imagem e ego caso viesse a perder, junto a isso ainda tinha a pressão da patroa Corina para que parasse e fosse cuidar da casa (arrumar o encanamento, lampadas e dar banho no cacchorro aos domingos, putz, faço isso sempre e ai de mim se não fizer).

    Junta-se a isso o fato de, ele não confiar na italianização da equipe já que o carro de 2007 seria de Aldo Costa e apenas supervisionado por Rory Byrne mais o ano sabático de Ross Brawn e o afastamento sistemático de Jean Todt, ele não teve certeza de que teria um carro campeão para brigar com um companheiro a altura dele como Kimi poderia ser.

    Ainda continua achando que ele foi preterido por Montezemolo, é só lembrar que Todt nunca foi a favor do nórdico por sempre acreditar em Michael Schumacher.

    Falando de coisas que gostaria de ter visto Sirlan, queria mesmo era ter visto os senhores John Bonhan, Robert Plant, Jimy Page e John Paul Jones tocando ao vivo. Poderia ser apenas duas músicas Down by the seaside e Ten year gone, ficaria feliz para o resto da vida.

    Já F1 comecei a assistir em 1982, vi quem eu queria ver, Piquet, Lauda, Prost e Mansell o louco.

    Publicado por Claudemir Freire | 19/12/2009, 8:39 pm
  14. Pô Claudemir,

    Você cita minha frase e nem corrige o meu erro no texto : Filandês na verdade é Finlandês….

    risos

    Quanto a turminha que não vimos…

    Gostaria muito de ter visto Jim Clark, acho que deve ter sido uma espécie de Ayrton Senna da época. Nesse mesmo documentário que vi o Dan Gurney (americano que criou o Eagle e venceu também em Le Mans com Ford GT 40) afirmando que um dia o pai de Clark lhe falou que ele havia sido o único piloto a quem o escocês voador temeu nas pistas. Dan Gurney com lágrimas nos olhos diz que esse foi o maior elogio que recebeu em toda carreira.

    Também gostaria de ter visto Tazio Nuvolari derrotar as poderosas Mercedes e Auto Union.

    Gostaria de ter visto Fangio.

    Afinal sou da sua geração…que começou a ver essa brincadeira no final dos anos 70 e início dos anos 80.

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 19/12/2009, 11:50 pm
  15. De novo essa história “o Massa bateu o Finlandês”…

    O Kimi, em três anos de Ferrari, conseguiu um título mundial, 9 vitórias, 26 podiums e marcou 233 pontos.

    O Massa, nesses três anos (07/08/09) teve as mesmas 9 vitórias, 21 podiums e 213 pontos, mas sem ganhar campeonato, apenas um vice.

    Acho que foi o Kimi que socou a massa e fez um pelo pão sovado.

    Publicado por São Cosmo | 20/12/2009, 9:42 am
  16. *onde se lê “pelo” entenda-se “belo”

    Publicado por São Cosmo | 20/12/2009, 9:43 am
  17. São Cosmo, nem sempre números traduzem a realidade.

    Quem acompanhou esses 3 anos viu o que era claro, o Massa sendo constantemente mais rápido do que o Raikkonen.

    Pra mim o vice do Massa vale muito mais do que o campeonato do Raikkonen, pois se formos avaliar, o Raikkonem não “ganhou”, o Hamilton e o Alonso que perderam um título certo.

    E o Massa perdeu o título pra Ferrari… pq se dependesse somente dele, era certo!

    Abraços.

    Publicado por André | 20/12/2009, 1:46 pm
  18. Toda vez que eu falo que o Senna foi melhor que o Schumacher sou apedrejado em qualquer fórum/blog.

    Então eu aprendi a contar que SETE é maior do que TRÊS e nunca mais toquei no assunto.

    Da mesma forma, UM ainda é maior do que ZERO.

    E não acredito que o Massa consiga um campeonato um dia….

    Publicado por São Cosmo K. | 21/12/2009, 7:22 am
  19. Pode ser q o Massa não consiga um campeonato, mas a sua atitude desde q sentou para pilotar uma Ferrari, já é digna de aplauso. Nunca aceitou a condição de segundo piloto.

    Em 2007 se impôs e lutou até qdo foi possível. Cometeu vários erros q o ajudaram a crescer como piloto e foi fundamental no título do Kimi ao entregar-lhe de bandeja o GP do Brasil.

    Em 2008, os constantes erros da Ferrari + o crashgate, contribuiram para a perda do título, mas não a perda da dignidade. Sua atitude diante do triunfo do Hamilton, foi elogiada no mundo inteiro e desde então, passou a ser mais respeitado.

    Em 2009, até a mola assassina, o Massa liderava a equipe e conseguia melhores resultados, se quiserem conferir um pouco disso, aqui no blog do Becken mesmo, tem o vídeo do GP da Inglaterra na íntegra. Ele, com a bomba F60, larga em 11º e quase chega no pódio, ficando bem perto do Barrichello q chegou em 3º.

    Então, pelos números frios, eu até aceito quem acha q o Kimi foi melhor, mas não concordo.

    Publicado por Alex-Ctba | 21/12/2009, 10:04 am
  20. Mas esse mesmo Massa, em Silverstone 2008, não conseguia segurar o carro na pista. Terminou em último enquanto o Kimi lutava na quarta posição, igualmente “quase” chegando ao pódio .

    Ou seja, é muito subjetivo, mas pra definir quem sai com o troféu ainda se usa o método de contar pontos/vitórias/títulos.

    Você fala da atitude diante do título do Hamilton, o que queria que ele fizesse? Pegasse uma arma e matasse o Glock? Tinha mais mesmo é que cumprimentar o campeão e chorar muito. Foi o que ele fez.

    Voltando à 2009, foi o Kimi o primeiro a marcar pontos pra Ferrari. E o primeiro a conseguir um pódio, no ano. Se o Massa o passou em pontos em algum momento, parabéns para ele, mas dizer que ele “liderava a equipe” é exagero. Ainda mais se contar que na Espanha o Kimi teve um problema hidráulico, e na Alemanha pau no radiador. Assim fica fácil, e não foi fácil pro Kimi depois que o Massa ficou fora?

    Infelizmente o que conta na F1 são resultados, e o Kimi tem muito mais.

    Publicado por São Cosmo K. | 21/12/2009, 12:27 pm
  21. Gente, patriotismo e torcidas à parte, quem mais sabe da performance dos pilotos é a equipe.

    E a Ferrari demitiu Kimi, pagando uma pequena fortuna para ele sair mais cedo, e manteve Massa mesmo depois do acidente.

    Quem fala que Shumacher foi melhor que Senna, é porque não viu Senna pilotar.

    Os números são importantes e podem até servir como critério para se fazer um ranking, mas jamais podem ser considerados a expressão exata do que aconteceu nas pistas.

    Valdir Peres, Edvaldo, Oscar, Luisinho e Júnior, Falcão, Cerezo, Zico e Sócrates, Serginho e Éder. Alguém viu esses caras jogarem ??? Eles foram quinto colocados na Espanha em 82, a campeão foi a seleção Italiana. Quem jogava mais futebol ??? Quem tinha os melhores jogadores ??? A seleção brasileira ou a italiana ???

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 21/12/2009, 2:40 pm
  22. Sirlan,

    Dizer que a Ferrari demitiu o Kimi ao invés do Massa porque o segundo é melhor que o primeiro, é simplificar demais as coisas. Veja quanto cada um deles custa pra equipe. Talvez seja o mais óbvio dizer que o Kimi era “caro demais” pra ser primeiro piloto que não desenvolve o carro, e o Massa tem um bom preço pra ser escudeiro do Alonso. Falei bobagem?

    Basta lembrar que o Schumacher deu lugar pro Massa (ou Kimi?) quando contraram o Kimi. Foi simplesmente demitido? Aposentou? Nada disso é verdade 100%, as coisas são muito mais complexas.

    Publicado por São Cosmo K. | 21/12/2009, 4:45 pm
  23. Outra coisa, eu acho SIM que o Senna era melhor que o Schumacher. Mas nunca teremos certeza por motivos óbvios.

    Logo, como argumentar que ele era o melhor? A única referência que temos são títulos, vitórias, pontos, etc.

    Não adianta nada o melhor piloto correr, correr, e não ganhar campeonato. Ninguém vai lembrar dele como o “melhor da época”. Tem que ganhar sim, e o Kimi ganhou mais que o Massa, fato.

    Publicado por São Cosmo K. | 21/12/2009, 4:50 pm
  24. Kimi foi muito melhor que Massa em 2007, Massa foi muito melhor queele em 2008, a situação em 2009 vinha bem disputada com Massa a frente nos pontos e Kimi nos treinos quando a mola do Rubens a interrompeu.

    Publicado por Filipe | 21/12/2009, 5:41 pm
  25. Cosmo,

    Dizer que Kimi era primeiro piloto da Ferrari, isso sim é simplificar demais. Dizer que eles queriam economizar um ano de salário é não querer considerar o fato que estão pagando “uma pequena fortuna” para demitir ele.

    Também não acho que o Massa ganhe tão pouco assim…

    Acho que o Shumacher parou porque quis sim. Não consigo imaginar uma pressão dos italianos para que ele saísse da equipe. Precisa ser muito estúpido para tirar o melhor piloto de sua equipe, e isso eles não são, tenha certeza.

    Não acho que Kimi seja melhor que Massa, como muitos imaginaram quando da contratação do finlandês. Também não quer dizer que seja pior. Acho que são pilotos muito equivalentes, que se reversaram em quem andava na frente muito em função das caracteristicas das pista.

    Porém de uma forma geral Massa andou melhor que o Kimi em mais vezes. Não foi campeão. Kimi foi campeão. Isso fica para a história, sem dúvida. Como ficou a seleção de Paolo Rossi.

    Só que essa parte da história eu questiono, afinal eu vi como ela foi escrita…

    Um grande abraço

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 21/12/2009, 6:02 pm
  26. Debate interessante mas sem fundamento.

    Quem torce para o Kimi vai argumentar que o nórdico foi melhor e tem um titulo.

    Já o Massa foi mais consistênte em 2008 e no início da temporada 2009 e cativou mais a italianada.

    O que não é admissível são as previsões do futuro de que o Massa vai ser capacho do Alonso ou frases prontas do genêro, isso é bobagem.

    Ou seja, sou palmeirense e nunca vou adimitir que o time da marginal s/n seja melhor em qualquer coisa, mesmo estando errado.

    Sirlan, copa de 82 é sacanagem, naquela copa só tinha uma seleção jogando as demais eram conglomerados de pernas de pau, mas nem sempre no futebol dá a lógica então os Deuses da bola pregaram mais uma de suas peças.

    Publicado por Claudemir Freire | 21/12/2009, 6:34 pm
  27. Pois é, não estou detonando o Massa gratuitamente, só acho que dizer que ele “bateu o Kimi na Ferrari” é um exagero.

    Também não podemos esquecer que a Ferrari tinha três combinações a escolher: Kimi e Alonso (três títulos), Kimi e Massa (um título) e Massa e Alonso (dois títulos). Se acharam melhor o Massa como companheiro do Alonso, e dizendo que este tem que trazer uma “nova era Schumacher” pra Ferrari, oras, dois mais dois são um (rs), o Massa é o novo Barrichello, essa estratégia de escudeiro deu MUITO certo pro Michael, não deu?

    Querem a mesma coisa pro Alonso: um piloto principal, que desenvolva o carro e traga títulos de pilotos; e um segundo piloto que NÃO gere atrito e que garanta o campeonato de construtores. Aquele cara que larga em segundo abanando na pista enquanto o alemão-espanhol dispara na frente.

    Por que não quiseram o Kimi? Porque ele era cotado pro cargo de “Schumacherlíder” na Ferrari e mostrou que não era bom nisso. Simples assim:

    Kimi não era bom o bastante pra ser o novo Schumacher. Mas Massa parece perfeito pra ser o novo Barrica.

    Publicado por São Cosmo | 21/12/2009, 9:32 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: