//
você está lendo...
VÍDEOS

Ross Brawn apresenta Schumacher (vídeo)

É curioso ver a mesma expressão de confiança e alegria de Schumacher nessa apresentação para o staff da Mercedes, mas direcionada para outra equipe que não a Ferrari. A ligação entre o heptacampeão e a equipe italiana foi, e é, tão visceral, que é inevitável o estranhamento.

O curto discurso para a motivada e alegre equipe está na medida, uma equilibrada mistura entre elogio e motivação:

“…É bom ver a emoção, emoção dentro e fora do prédio. Estive aqui ontem à noite visitando a fábrica, visitando as pessoas… Há muita coisa boa, me senti como um garotinho pulando de alegria.

Ter o desempenho no nível que vocês conseguiram é simplesmente maravilhoso. Sim, Ross é o líder, mas um líder não pode fazer nada sem forte apoio por trás e vocês provaram isso de muitas formas. Estou muito orgulhoso de fazer parte de vocês e espero um grande futuro ao lado de vocês. Feliz Natal, feliz ano novo. Obrigado.”

— Michael Schumacher

Anúncios

Discussão

4 comentários sobre “Ross Brawn apresenta Schumacher (vídeo)

  1. Becken e amigos,
    Wow… enfim, acendeu uma luzinha – trêmula flama de uma minúscula lamparina – no fim do túnel. No horizonte, um tornado em formação. Mas, como sou romântico, vou torcer pela lamparina e contra o tornado. Afinal, se ela teve a coragem de acender, mesmo nestas circunstâncias, o que me custa tentar alimentá-la.
    Feliz Natal a todos.
    Abs.

    Publicado por A. Coyote | 24/12/2009, 7:54 am
  2. Hoje podemos dizer que pode haver um piloto na F1 quase ou tão motivado que o Shumi, mais motivado do que ele não!
    Shumi, está louco para disputar freiadas, curvas, ultrapassagens com os novos pilotos que apareceram no pedaço. Tem uma grande fabrica/equipe voltada exclusivamente para ele e tem nessa equipe um chefe(Brawn) que faz qualquer coisa, qualquer coisa mesmo para não ter uma disputa interna. Tem o melhor motor atualmente da F1. Está com um preparo físico e psicológico fantástico. A unica coisa que com a experiência ele não vai ter é usar recursos sujos na pista, não porque ficou bonzinho é que o mundo está voltado para cada movimento que ele fizer.

    Publicado por Luiz Sergio | 24/12/2009, 8:13 am
  3. O legal no Schumacher é isso, esse envolvimento com a equipe. Td bem q é um video promocional, então rola um pouco de “caras e bocas”, mas a intenção é justamente mostrar ao público médio e aos novos fãs, quem é o Schumacher. Nós q acompanhamos F-1 sabemos dessa faceta do alemão, do interesse dele na fábrica, no desenvolvimento do carro, do envolvimento com engenheiros, mecânicos, mas quem está chegando agora, talvez só saiba q o cara é o maior nome da F-1 de todos os tempos e resolveu voltar.

    O principal motivo (alegado) da demissão do Kimi pela Ferrari, foi justamente esse, a falta de envolvimento com a equipe já q resultado, o finlândes entregou. O fracasso do F60, potencializou essa relação fria do “líder” da equipe com o time, o q reforça o argumento de vários comentaristas do F-1 Around de 2º piloto atribuído ao Massa.

    Se o Alonso for capaz de alavancar a equipe e contribuir de forma mais efetiva ao desenvolvimento da F661, ótimo, o q não me impede tb de pensar q o Massa é capaz de sentar a bunda na rossa e andar mais q o espanhol.

    Essa temporada vai ser sensacional, com o Schumacher, em um grande carro, disputando freiada com Hamilton, Alonso, Massa, Button e seu velho parceiro Barrichello hehehe

    Publicado por Alex-Ctba | 24/12/2009, 10:58 am
  4. “O principal motivo (alegado) da demissão do Kimi pela Ferrari, foi justamente esse…”.

    E qual foi o motivo alegado para manter o Massa, tão envolvido com a equipe, como 2o piloto?

    ACORDA ALEX!!!

    A Ferrari jamais poderia cobrar resultados com a carroça F60 (2009).
    Ela sabe que com carro bom (pior que a Mc Laren) teve um piloto campeão num ano (2007) e o outro vice-campeão no ano seguinte (2008). E sabe que o Massa não foi campeão em 2008 por causa das lambanças dela própria (pelo menos 50%).

    O que mais ela poderia querer? Pilotos bons ela tinha. Bastava fazer a parte dela, ou seja, carro e não fazer lambanças. Mas o que falou alto foi o dinheiro do Santander – os 30 dinheiros. Só isso. Nada mais. Para isso foi necessário f*rrar seus dois pilotos, mas ela nem piscou. Mandou ver.
    Será tão difícil assim entender?

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 24/12/2009, 8:49 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: