//
você está lendo...
ARTIGOS, NOTÍCIAS

Em entrevista, Ron Dennis fala de Senna, Hamilton, vida pessoal e… Max Mosley

IMAGEM: McLareni/DivulgaçãoRon a bordo do MP4/12 C, o carro que promete mudar o futuro de sua companhia

Ron Dennis, o eterno grão Chefe da McLaren, saiu finalmente do seu mutismo ontem ao ter uma entrevista sua para a revista Esquire replicada no jornal inglês Daily Mail. Ron abordou um sem número de temas, indo de Schumacher a Senna, de Lewis Hamilton a sua vida pessoal.

A entrevista inteira é muito interessante, mas os temas sobre a sua vida pessoal revelam um pouquinho mais do discreto Dennis. Um exemplo é sua decisão em abordar sua fama por enlouquecer sua equipe na busca quase irracional por perfeição. Sobre o tema ele resgate da infância o que pretensamente explicaria essa obsessão por detalhes e limpeza:

“Atenção aos detalhes foi fundamental para o crescimento desta companhia. Sou percebido por gente de fora como se estivesse em uma torre de marfim.

Não, eu não estou. Eu sei exatamente o que está acontecendo. Há pessoas nesta organização, e não digo isso com orgulho, que me temem. E isto é por que elas não me conhecem.

Eu costumava ir para cama com um aspirador ligado porque minha mãe queria a casa imaculada quando acordasse. São estes os valores com os quais cresci, tudo deveria ser perfeito todo o tempo.”

Dennis exagera ao relativizar o envolvimento de toda a McLaren no Spygate, denominando o caso uma “indiscrição de membros juniores da equipe e que foi amplificada em um grande problema.”

Foi de forma velada e indireta, mas não há muita dúvida que a sua quase rancorosa fala abaixo foi endereçada ao seu desafeto mor na F1, o ex-presidente da FIA, Max Mosley:

“O que eu não gosto é quando pessoas tentam denegrir a reputação desta companhia por razões que tem origem em coisas relacionadas à feroz forma como eu lutei pelo que acredito ser o certo para a F1 e para a McLaren. Algumas vezes é um preço pelo qual você não desejará pagar, mas as coisas são assim.”

A separação da ilustradora americana Lisa Dennis o fez mudar de vida, estabelecendo-se em Londres, procurando enriquecer o seu circulo social:

“Mudei minha vida e tenho tido ajuda para voltar a ter um cículo social que não me veja como um velho sentado em nightclub, mas mais como alguém que está divertindo-se.

Minha prioridade ainda são meus filhos, mas quando eles estão fazendo as suas coisas, eu me ponho a fazer as minhas também.”

Um dos trechos mais curiosos, no entanto, é quando Ron aborda a relação com os seus pilotos. Sobre Lewis Hamilton ele se confirma como a figura paterna que deixa transparecer em público, mas sobre Senna revela, de forma inusitada, a admiração pelo brasileiro que chegou a as raias do “amor masculino”: “Eu uso a palavra quase deliberadamente. Não tem qualquer homossexualidade nisto, não é este tipo de amor.”

A última aparição pública de Ron Dennis foi no GP de Abu Dhabi, em que o dirigente teria acertado os detalhes do novo modelo da parceria entre a sua equipe e a Mercedes-Benz, que passou de acionista da equipe a simples fornecedora de motores.

Em 2009, Dennis passou em definitivo o cetro de Chefe de Equipe para Martin Whitmarsh, assumindo ele mesmo o desenvolvimento o MP4/12C, o novo carro esporte da McLaren Automotive, nova empresa do grupo. O carro é a primeira unidade da companhia que promete modelar o seu futuro na inspiradora Ferrari.

Anúncios

Discussão

5 comentários sobre “Em entrevista, Ron Dennis fala de Senna, Hamilton, vida pessoal e… Max Mosley

  1. Ron a bordo do MP4/12 C. Por culpa do Kimi Raikkonen esse carro não vai ser vendido ao preço do Twingo 0,5 cc, de 2cil e 25 cv em suaves prestações a sumir de vista. Putz! Eu ia comprar dois. Deixa pra lá.

    Será que com a mudança no comando da FIA ele volta?
    Será que o pequeno Napoleão recebeu ordens expressas de um dos seus chefes (todos eminências pardas), Max Mosley, para impedir que o Ron volte?

    PS. O outro chefe é o Luca di Montezemolo.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 04/01/2010, 6:36 pm
  2. Será que com a mudança no comando da FIA ele volta?
    Será que o pequeno Napoleão recebeu ordens expressas de um dos seus chefes (todos eminências pardas), Max Mosley, para impedir que o Ron volte?

    Duvido, Anselmo. O Jean Todt tem me surpreendido pelo “low profile” e acho que manter-se longe de encrencas com o Ron Dennis seria uma boa forma de continuar o início de sua boa presidência até aqui!

    Publicado por Becken Lima | 04/01/2010, 7:00 pm
  3. Becken,

    Não entendi bem. Vc acha que o Todt vai manter o Ron longe da F1 para não ter probelmas? E ao mesmo tempo acha essa atitude low profile?

    Mudando de assunto, mas continuando no mesmo…rsrs, o Todt vai ter que pisar em ovos na condução da FIA. Todo o mundo está de olho nele, principalmente no que diz respeito a qualquer decisão ou medida que envolva a Ferrari.

    E ainda tem o ingrediente que são as bênçãos do Mosley.

    Acho que isso vai dar m…

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 05/01/2010, 10:04 am
  4. Acho que Ron quis definir o tal “amor masculino” a Senna como devoção.

    Senna propiciava isso aos chefes de equipe.

    Não à toa Grove carrega seu logo no carro.

    Abraço e,

    Um ano de ótimas realizações. (I´m back! by T101).

    Publicado por Antonio | 05/01/2010, 12:25 pm
  5. Gosto muito de f1 por seus limites, acertos por tentar tirar tudo de uma maquina e sempre quando tocam no nome senna, sempre vejo por ser meu idolo. Traduzindo, para senna nao existia limites como homem, pessoa, piloto, sempre querendo um passo, uma marcha, uma aceleraçao amais pintando guard rail de preto.

    Publicado por Thiago | 19/06/2011, 11:39 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: