//
você está lendo...
ARTIGOS

Equipe de Bruno Senna segue sem patrocínios

O sites Autosport, Motorsport-Total e o Grand Prix estão com artigos em suas capas reportando que a equipe de Bruno Senna, a Campos Meta, anda passando o pires em busca do financiamento necessário para prosseguir com o desenvolvimento de seu carro e fazer parte dos testes que abrem a temporada no início de fevereiro.

Aqui em São Paulo, Bruno sugeriu para Will Buxton, editor chefe da GP Week, que a Campos testaria em Valência com as outras equipes desde o início, mas essa nova onda de más notícias que estão disseminando-se em portais e publicações de prestígio sugere o contrário.

No Grand Prix, Joe Saward descreve a situação da equipe assim:

“O diretor esportivo da Campos, Daniele Audetto, anda ocupado tentando acertar acordos com o jovem piloto venezuelano Pastor Maldonado e o russo Vitaly Petrov — acredita-se que ambos tenham acesso a sérios financiamentos em seus países —, mas ainda não chegou a ter sucesso em sua missão, uma situação que está pondo o futuro da equipe em dúvida.

Adrian Campos tem contatado diversos investidores em potenciais nas últimas semanas, na busca por dinheiro que ajudem a pagar a dívida a dívida com a Dallara — a companhia que esta construindo o chassi para a equipe espanhola —, incluindo Tony Teixeira e a Ultimate Brian Walsh, mas sem fechar acordo.

Com a construção do segundo chassi e muitas peças sobressalentes para serem testadas, a Campos precisa encontrar, o mais rápido possível, uma boa quantidade de dinheiro sob o risco de atrasar o trabalho da companhia italiana ainda mais. De acordo com fontes próximas a Dallara, os pagamentos vêm sendo atrasados.

Com a companhia diminuindo o ritmo de desenvolvimento do carro, é certo que a Campos não consiga atender aos testes de Valência no início de fevereiro, mesmo que encontre rápido o  dinheiro necessário para prosseguir com sua campanha em 2010.”

Com a contratação de Bruno Senna a intenção da equipe espanhola era óbvia: usar um dos mais famosos sobrenomes da história da F1 para atrair investidores e patrocinadores de peso como, por exemplo, a petrolífera brasileira Petrobrás.

A Petrobrás, que não utiliza a sua verba de marketing/pesquisa para patrocínios individuais, recusou, claro.

A única boa notícia vinda da Campos é que seu carro passou no “crash test” da FIA. Até o Bahrein, no entanto, há uma longa jornada para a equipe de Bruno.

Anúncios

Discussão

12 comentários sobre “Equipe de Bruno Senna segue sem patrocínios

  1. F1… ô categoriazinha de m…a. Ninguém quer patrocinar, ninguém quer ver a sua imagem atrelada a esse circo onde palhaços são só os torcedores e quem põe dinheiro – o resto é uma combinação de bilheteiro com tesoureiro.
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 10/01/2010, 12:33 pm
  2. São as consequências da actual crise, combinada com os critérios nebulosos da FIA na escolha das suas equipas. Se o Adrian Campos achava que só com sobrenomes teria o orçamento recheado, infelizmente enganou-se. Agora vê-se aflito para conseguir o dinheiro necessário para começar a época, o que é pena para ele e para o Bruno.

    De uma certa forma, a “profecia” do Bernie Ecclestone está aos poucos a ser cumprida. Contudo, ainda acredito que ele fechem contrato com o Venezuelano ou o russo, embora fique com dúvidas para saber onde é que vem o dinheiro desses…

    Publicado por Speeder_76 | 10/01/2010, 12:49 pm
  3. Um ligeiro absurdo e FIA dar vaga para equipes sem a menor condição e estrutura financeira para participar de uma temporada da F1. Era melhor ter apenas as nove equipes que ficaram e liberar três carros por equipes. Grids com 27 carros e corridas mais competitivas.

    Publicado por Ylan Marcel | 10/01/2010, 1:32 pm
  4. Ué! O Nelson Piquet não teria posto $$ na equipe pra ter seu filho de volta à F1? Não sei onde li isso…

    De qualquer maneira não deixa de ser um certo constrangimento pra categoria. Há pouco tempo não seria muito difícil conseguir gente interessada em patrocinar uma equipe.

    Depois da crise e dos vários escândalos a credibilidade financeira e moral da F1 está literalmente no chão.

    Uma pena. Espero que Bruno Senna tenha um plano ‘B’ sendo posto em prática, seria desastroso para sua carreira ficar mais um ano sem correr.

    Publicado por Beatle Ed | 10/01/2010, 2:13 pm
  5. O Tony Teixeira, aquele que deve uma baba para a Ferrari em função dos motores para a práticamente defunta A1GP (só falta enterrar) é que iria socorrear a Campos Meta?
    Nesse caso, o rasgado socorrendo o roto. Horizontes definitivamente negros para o BruNNo.

    saudações

    Publicado por celso gomes | 10/01/2010, 4:32 pm
  6. Será que uma equipe nova e carente de verbas, sem um piloto com experiência, pode fazer uma boa estréia?
    Pensei que com o Bruno Senna a Petrobras iria despejar uma montanha de dinheiro na equipe.

    Publicado por Luiz Sergio | 10/01/2010, 6:29 pm
  7. http://www.oconsumidoremdebate.blogspot.com

    …enquanto isso na Sala de Justiça…ops, quer dizer, no site oficial, da emissora oficial, o assunto é solenemente ignorado e, pior, ainda estampam que a equipe do primeiro-sobrinho ‘vai estar participando’ normalmente dos primeiros testes coletivos…

    Outra coisa, não querendo desemerecer o rapaz, que ainda mal forjou seu banco para os testes e vai penar pelo noviciado (tanto dele quanto da equipe), mas o que este post demonstra subliminarmente é que a idéia de sua contratação teve sim as cores de um belo e retumbante golpe de marketing, arrecadação e captação de bufunfa (ainda mais quando, por ‘incrivel’ coincidência, o número de seu bólido fora ‘agraciado’ com o (faz um) 21…).

    Nada contra o primeiro-sobrinho, mas é bom ele mostrar serviço – e logo! – senão, capaz de não terminar o ano (não por culpa dele, mas por falta de verba para a equipe).

    Quero ver se colocam o apadrinhado do Hogo Chaves pra correr na mesma equipe, o que o GB vai dizer…

    Publicado por Edgard | 10/01/2010, 6:32 pm
  8. Que situação lamentável. levando-se em consideração que esses carros vão andar a mais de 300 km’s por hora, é um absurdo permitir que uma equipe sem condições participe do mundial.

    ah, mas passou no crash test!

    e daí?

    e se quebrar uma peça do carro por uso de uma material inferior, ou por algum outro tipo de problema causado por falta de recursos?

    é uma temeridade permitir que uma equipe assim participe da temporada..

    Publicado por Danilo | 10/01/2010, 9:30 pm
  9. A direita acha que tem a primazia até para lavar dinheiro… kkkkkkkkk!!!!

    Publicado por Anselmo Coyote | 11/01/2010, 8:58 am
  10. Turun Sanomat sugerindo fusão ou aquisição da Campos Meta 1 pela Stefan GP. Ecclestone seria opositor a uma parceria entre Teixeira e Campos. Senna e Nakagima seriam os pilotos, utilizando o carro produzido pela Toyota. Não é mencionado porém qual pacote de motores seria utilizado.

    Difícil de acreditar…

    Publicado por Thiago Leopoldo | 11/01/2010, 11:14 am
  11. O Bruno Senna demorou tanto para escolher sua equipe e foi justamente na pior estruturada financeiramente para correr, seria muito melhor ele ter escolhido a Lotus oua Sauber ou qualquer outra. Essa equipe só queria ele para arrecadar patrocinadores “o que não aconteceu”. Fico muito chateado pois queria velo em uma equipe pelo menos mediana para correr tranquilo .
    Creio que ele foi mal acessorado ao escolher a equipe.

    Publicado por Samuel | 11/01/2010, 2:31 pm
  12. A verdade é que a f-1 está em crise (não pela queestão financeira global) há muito tempo, e tanto é verdade que as montadoras estão dando no pé. Ficou elitista, esnobe, desinteressante (não existe corrida e sim desfile em fila indiana) e politiqueira pela ganância de poucos em querer tudo (Bernie e Max Mosley) enquanto que o real interessado e mais importante (o público) está afastado dos pilotos (não se pode pedir autógrafos, tirar um photo, etc.). Dá Nisso…

    Publicado por Fernando Kesnault | 11/01/2010, 4:01 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: