//
você está lendo...
ARTIGOS

Pneus: onde a Ferrari começa mostrar real competitividade (estatísticas)

Dois fatos na sessão de testes sobre asfalto seco de ontem, são dignos de observação: primeiro as 15 voltas voadoras de Alonso, em que o bicampeão foi um relógio suíço com a média de giro variando na casa do 1:20.8.

É óbvio que não se deve decretar verdades quando não se tem acesso as quantidades de combustível que cada um carrega no tanque, mas ninguém ontem arriscou — ou não foi capaz talvez — de girar no mesmo segundo, nem com a mesma consistência em um espaço de voltas como fez Alonso:

Foi tão flagrante que, pela primeira vez, um dos pilotos que provavelmente estará disputando vitórias em 2010, foi franco o suficiente para admitir o quadro que vai lentamente emergindo dos testes de pré-temporada: a consistência e real competitividade do novo F10 da Ferrari.

Respondendo à Autosport, Jenson Button foi honesto e revelou suas impressões sobre o novo carro da casa de Maranello.

Eu acho que a Ferrari tem um carro forte. Se você olhar as suas voltas hoje, verá como eles são consistentes. Acho que eles são mais consistentes que todos no momento.

Para ir mais afundo no que diz Jenson, é interessante ficar atento quanto à perda de performance ao longo de uma perna de volta: esse fator certamente tem direta relação com o desgaste de pneus que parece muito mais influente que a quantidade de combustível no ganho ou perda de desempenho.

E aí também é bom ficar de olho no F10 de Alonso, que parece capaz de manter um nível médio de performance, sem cair de rendimento, mesmo usando os pneus macios, como foi o caso dessa sequência de voltas ontem:

Para efeito de comparação, observem o gráfico que ilustra a longa perna de voltas da Red Bull, o carro mais rápido ontem:

Descontem um erro de volta de Webber no meio do gráfico e parece que ao menos na mais longa sequência de voltas, o RB6 foi o carro menos consistente dos top 4 de ontem. Mark usou pneus médios nesse longo intervalo de voltas e isso pode sinalizar uma área de aparente fragilidade no carro de Sebastian Vettel ao longo de 2010.

O Mercedes e o Williams, mesmo que tenham usado compostos médios, ou até duros em suas pernas longas mostradas no gráfico, parecem carros também capazes de preservar a saúde dos pneus e consequentes tempos de volta em longas distâncias, mas caindo de performance mais lentamente:

Sem dados para comparação, o grande mistério ainda é a McLaren. Button não arriscou vôos longos ontem e suas voltas estão cheias de interrupções e descontinuidades. Se o dia hoje estiver seco e os testes sem muitas interrupções, talvez Button arrisque um “long run” e nos dê a oportunidade de ver como o MP4-25 se relaciona com os pneus.

Discussão

35 comentários sobre “Pneus: onde a Ferrari começa mostrar real competitividade (estatísticas)

  1. Parabens Lima, excelente analise, até agora não vi nenhum site nacional fazendo analise e tendo esta exclusive relação de volta a volta e telemetria de cada equipe…Queria saber se posso acompanhar esta telemetria dos pilotos em algum site europeu, e se tem como avaliar online, em algum site que mostra todas as voltas de cada piloto…

    Publicado por Marcelo Pazetto | 20/02/2010, 7:04 am
  2. Bom dia Becken –>

    Se a Ferrari usou o composto macio naquele grafico que voce montou e as outras estavam com o médio ou duro, a situacao torna-se pior ainda. Na corrida com a obrigatoriedade de se usar os dois compostos, e no grafico mostra claramente que a Ferrari de Pneu macio preserva mais o pneu que as outras equipes de Pneu Medio ou duro, podemos concluir que nas mesmas condicoes a Ferrari vai estar melhor no fim da corrida.

    Publicado por Claudio Cardoso | 20/02/2010, 7:35 am
  3. Ótima análise Becken. Apesar da consistência, precisamos ver qtas voltas duraria esse pneu macio com o carro lotado de combustível. Se Conseguir aguentar mais de 20 voltas, a Ferrari estaria muito bem, pois poderia ter boas opções de estratégia em relação à classificação, podendo até classificar de macios ou deixá-los para a perna final da corrida, qdo os carros estarão mais leves. Como disse o Claudemir, as corridas vão se transformar em um grande jogo de xadrez, e nesse cenário tem q se respeitar a dupla Schumacher/Brawn, claro, se o W01 for competitivo.

    Publicado por Alex-Ctba | 20/02/2010, 8:08 am
  4. Eu estava tentando fazer este gráfico do Alonso. Não consegui converter os tempos, por isso admiro muito mais esta informação.

    É, tá na cara que as voltas consistentes da Ferrari podem fazer a diferença durante a corrida, mas não acredito que tenha sido com o composto mole, e se com os moles, eles forem rápidos, não tem para ninguém. Resta saber qual piloto é melhor relóginho.

    Hoje, com tempo bom, talvez tenhamos mais por examinar.

    Publicado por Alexandre Gomes | 20/02/2010, 8:16 am
  5. É bom saber que o bicampeão terá um carro competitivo, depois de ficar séculos preso naquela bigorna da Renault. Go Alonso !

    Publicado por Cosmo Seinfeld | 20/02/2010, 8:40 am
  6. Becken,
    Parabéns por este post. Muito bom esta informação.
    Obrigado.

    Publicado por Diego | 20/02/2010, 8:52 am
  7. Becken, já vi que o Splash-and-go agora tem um concorrente direto… hehe!

    Mas para facilitar a comparação, seria interessanta usar a mesma escala nos eixos vertical e horizontal, pois, no visual, parece que Hulkenberg foi bem melhor que Schumacher e isso não corresponde inteiramente á realidade.

    Abraços!

    Publicado por Daniel Gomes | 20/02/2010, 8:58 am
  8. Bons dias

    Acho que se está comparando carro e muito bem mas temos que conceder quanto dessa consistência é do próprio Alonso é que a comparação fora o Schumacher que também é mas nas condições actuais vai ser preciso comprovar isso todos os outros pilotos nesse teste não são propriamente consistentes é preciso notar que foi essa característica que deu os campeonatos ao Asturiano.

    Abraço

    Publicado por SennaCeccotto | 20/02/2010, 9:18 am
  9. Parece q a Redbull perdeu o motor.
    Assim fica bem difícil de pensar em disputar o campeonato.

    Publicado por Leandro Magno | 20/02/2010, 10:05 am
  10. Ótima análise!

    Publicado por Luiz | 20/02/2010, 10:38 am
  11. Só mesmo no Bahrein é que saberemos a real competitividade das equipes. Esses dados mostrados no gráfico são apenas mais uma informação solta. Quando tivermos todas as informações a respeito dos carros, aí saberemos a real competitividade das equipes.

    Publicado por BRUNO | 20/02/2010, 10:51 am
  12. Bruno

    Talvez nem no Bahrein, tenhamos a real noção da competitividade dos carros, lembrando q ano passado o campeonato começou com uma Brawn dominante, McLaren e Ferrari claudicante. No final da temporada a RBR era o carro dominante seguido da McLaren.

    O Legal desses post analisando a performance dos carros, com gráficos, opiniões de pilotos e pessoas do meio, é a gente tentar ir montando o quebra-cabeças, pra ver se conseguimos fazer a leitura de todos esses testes e chegar a uma conlcusão a respeito dos carros. Isso é divertido, pra quem é doido por F-1 como a gente.

    São informações soltas sim, mas peças de um quebra-cabeça divertido de montar.

    Abs

    Publicado por Alex-Ctba | 20/02/2010, 11:01 am
  13. Ah, concordo com o Alex-Ctba. É muito divertido ficar avaliando, analisando os resultados dos testes. Tentando ver primeiro como vai ser a temporada!

    Publicado por Will | 20/02/2010, 11:34 am
  14. Mas ainda assim todos os números são questionáveis, uma vez que nãos abemos com quanto de combustível cada um anda. Como disse o Vettel, até os treinos de sábado, ninguém saberá quem realmente está andando leve ou totalmente lotadod e combustível.

    Publicado por Ylan Marcel | 20/02/2010, 12:26 pm
  15. Não sei se alguém reparou, mas parece que a Ferrari desenhou uma nova peça de encaixe dos pneus.
    Vejam o link abaixo
    http://www.worldcarfans.com/110021924669/ferrari-designs-wheel-nut-for-fast-pitstops

    Publicado por Luís Oliveira | 20/02/2010, 3:00 pm
  16. Becken,
    Estou acreditando no seguinte cenário:
    De fato o F10 preserva os pneus de forma impressionante como vc constata no post.
    A Ferrari desde 2008 tem tido uma certa dificuldade de aquecer os pneus e esse “defeito” nesse ano pode ter sido um trunfo q resolveram explorar.
    O pneu com dificuldade de aquecer é mais durável, no entanto é mais lento.
    Veja q a Ferrari nem sequer entrou na casa dos 1:19min em Jerez.
    Nesse cenário, eles provavelmente serão muito constantes e talvez quase sempre farão um pit a menos q os demais nas corridas, mas e a classificação?
    Será q é por isso q o Alonso tem dito q estão quase chegando no 100%? Ou seja, só falta conseguir fazer o carro aquecer o pneu um pouco mais rápido para poder partir para uma classificação melhor nas corridas?
    Se tudo o q acabei de dizer fizer algum sentido, então todos analistas terão uma parcela de razão nas suas opiniões/especulações – Ferrari é a mais constante, mas n a mais rápida.
    O fato de provavelmente haver mais safety cars poderá ser benéfico e maléfico para eles: se o safety car for no início da corrida, será interessante pois n verão os carros mais rápidos dispararem na sua frente; se for mais pro final da corrida, a eventual vantagem conseguida pela constância pode ir por ralo, especialmente se os mais velozes fizerem suas trocas de pneus durante o safety car.
    Considero q o aumento de safety cars acontecerá se houver realmente 13 equipes, o q está bem improvável hj.
    Bem… algumas das respostas pras perguntas q fiz aqui só serão respondidas no dia 14/03 e outras no dia 13/03. Aguardemos. Mas, Barcelona pode trazer mais algumas pistas.

    Publicado por Leandro Magno | 20/02/2010, 7:04 pm
  17. ah não…
    eu ia preferir se eles fizessem um stint curto para ficar com o melhor tempo do treino, por que esse lance de consistência é bobagem, afinal o público entende que equipe que tá detonando é a que faz a volta mais rápida nos treinos. Aposto que nenhuma equipe pensou nisso. :D

    Ah..
    daqui a pouco vai aparecer um pra falar que os pneus da Ferrari tão fora do regulamento, ou são feitos com borracha extra-terrestre. kkkkk

    Publicado por Felipinho | 20/02/2010, 7:49 pm
  18. Excelente post!

    Como o Daniel Gomes disse….agora o Splash-and-go tem um concorrente…rsrsrs

    Publicado por Gabriel Pogetti Junqueira | 20/02/2010, 8:31 pm
  19. Excelente análise, unico fonte de noticias das mais de 20 que acompanho sobre automobilismo que analisou mais profundamente os dados, se achismos ou chutes.

    parabéns.

    Publicado por henrique | 20/02/2010, 8:31 pm
  20. Eu avisei, Becken:

    Kolles não garante Senna na ‘nova’ Campos e diz: “Precisamos de grana”.

    Se aparecerem dois pilotos pagantes o primeiro sobrinho roda …

    Publicado por Galkadesh | 20/02/2010, 8:41 pm
  21. concordo com algumas opinioes acima;;;
    mas tenho a minha tambem\:

    os pneus sem dúvida ajudarão a ferrari neste ano, mas isso nao depende da pista, clima e etc?
    é sorte grande…

    abraço; Tomás
    http://theformula1.wordpress.com/

    Publicado por tomasf1 | 20/02/2010, 8:50 pm
  22. ah, mais uma coisa becken:
    eu mudei meu blog ao wordpress, e por isso ele tem um novo link:
    http://theformula1.wordpress.com/

    será que voce pode mudar o antigo por esse novo?
    fico grato;

    Tomás

    Publicado por tomasf1 | 20/02/2010, 8:56 pm
  23. Mas nos safety-cars os pneus ficam mais frio, não?

    Safety-car só seria vantagem no fianl da corrida.

    Alguma análise dos longs-run do Button? Kubica?

    Publicado por Alexandre Gomes | 20/02/2010, 11:45 pm
  24. Alguma análise dos longs-run do Button? Kubica?

    Talvez amanhã, com o resumo estatístico dos testes até aqui!

    Publicado por Becken Lima | 21/02/2010, 3:21 am
  25. Becken,

    Eu não tenho certeza, mas parece que os cobertores de pneus estão proíbidos. Procede ?

    Caso eles não posssam ser usados, quando os carros sairem dos boxes vão fazer uma ou duas voltas muito lentas, até aquecer os pneus.

    Mais um ponto para analisar com relação às estratégias, agora que não temos mais reabastecimento.

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 21/02/2010, 3:25 am
  26. Não, Sirlan, não foram proibidos!

    Publicado por Becken Lima | 21/02/2010, 3:39 am
  27. Valeu !

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 21/02/2010, 3:44 am
  28. “Red Bull, McLaren and Renault have been very quick and they have shown their cards, while we are still hiding ours” – Fernando Alonso

    O campeonato acabou de acabar…

    Publicado por Will | 21/02/2010, 9:19 am
  29. A Ferrari já provou que tem o carro mais consistente, mas não tem o carro mais rapido, e quem tem é a Mclaren e a Red Bull como ja fizeram algumas vezes tempos inalcansaveis…

    Isso so apimenta ainda mais as corridas, pois quem largar na pole não tem o carro mais constante, porém o piloto deverá mostrar sua habilidade de estrategia e de guentar a pressão das Ferraris, e em pistas de dificil ultrapassagens será uma agonia…Mas se a Ferrari conseguir fazer um carro top para o qualify, prevejo Alonso ganhando 5 das 6 primeiras corridas, e o Massa como sempre azarado quebrando em 3 corridas de 6…

    Publicado por Marcelo Pazetto | 21/02/2010, 10:24 am
  30. Na verdade o Alonso já deixou bem claro o q eu estava especulando comments acima:

    “Talvez o ponto em que a Ferrari deva melhorar é nas corridas de curta distância, com pouco combustível. Foi aí que Red Bull e McLaren foram mais rápidos e eles serão referência para tentar melhorar a F10 para o próximo teste, em Barcelona”

    http://tazio1.tempsite.ws/f-1/textos/16582/

    Publicado por Leandro Magno | 21/02/2010, 11:16 am
  31. Leandro Magno

    Na verdade o Alonso já deixou bem claro o q eu estava especulando comments acima:

    ————–
    Sim, isso mostra como o Alonso entra em contradição ao afirmar que ainda a Ferrari tem algo a mostrar, velocidade com carro de tanque vazio não é, então o que seria?Uma nova porca, uma nova estrategia? Depois admite que não tem o melhor carro para qualificação…E outra, veja como os testes mostraram a verdade, considerando as grandes que não brincam e não precisam de chamar atenção para conseguir patrocinio…Mclaren, Red Bull e Ferrari (que especulavam estar correndo sem o lastro, coisa ridicula e completamente sem nexo para uma equipe grande como a Scuderia Shell, salvo se for para testar o limite, balanço e equilibrio do carro)…

    Publicado por Marcelo Pazetto | 21/02/2010, 4:43 pm
  32. Muito legal Becken estas informações, tempos e graficos. Vamos aos poucos juntando as peças para o quebra cabeça, que só vamos terminar na hora do almoço do domingo 14/03. Continuo achando que vai ser uma briga boa a deste ano com as 4 super-poderosas mais alguma surpresa que pode ser a Willians[ai não é mais surpresa]. Pelo jeito a Ferrari realmente está muito concistente , equilibrada resultando neste provavel bom aproveitamento dos pneus, como já disse em comentários anteriores vão fazer diferença neste ano. Resta ver como ela[Ferrari] está em velocidade pura e em relação ao consumo de combustivel. Juntando estas 3 grandes variaveis na melhor equalização teremos o carro a ser batido[Não deixe o Shumi ouvir, pois pode dar alguma idéia para ele!!!!! HIHIHI!!].

    Publicado por Jopa | 21/02/2010, 5:29 pm
  33. O q ocorreu nesses testes de Jerez em q o piloto entra faz um stint de 3 voltas, crava uma flying lap e volta aos boxes, enche o tanque e simula um GP é relativamente simples de entender. Eu acho q eles configuram o carro para uma situação de classificação e depois observam como esse set up se comportará com o tanque cheio, q é a realidadde q eles vão encarar nessa temporada. Não tem nada de disputa em marcar a melhor volta, buscar patrocínio etc. Tem haver com teste mesmo. Faz uma flying lap com pneus macios e enche o tanque e vê como o carro se comporta, ou, configura o carro para uma situação de corrida, faz a flying lap e testa. Utiliza todas as variáveis com pneus macios e duros, set up de classificação e de corrida, compara os tempos e tenta achar o acerto ideal.

    Acredito q isso se tornará mais visível essa semana, nos últimos testes em Barcelona, pista q faz parte do calendário e q todas as equipes tem dados de sobra pra montar a fórmula do carro ideal. Claro q a particularidade de cada circuito, vai determinar a estratégia, mas com certeza veremos essa semana muito dessa situação q eu citei.

    Abs

    Publicado por Alex-Ctba | 21/02/2010, 6:53 pm
  34. Opa

    no detalhe a nova “porca” de roda da Ferrari

    me parece que é um dispositivo de trava, encaixou a roda travou…

    Publicado por Felipinho | 21/02/2010, 8:13 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: