//
você está lendo...
ARTIGOS

Schumacher andar atrás de Nico valoriza a atual geração de pilotos da F1

IMAGENS: Mercedes GP/Divulgação

Durante todo o final de semana o sujeito que é o maior campeão da história da F1 tomou sonoro meio segundo em média de um piloto que, até domingo, nada fez de relevante na categoria. Nico Rosberg fez o grande Michael Schumacher parecer ordinário, vocês hão de concordar. A expectativa era que Schumacher senta-se no W01 e desse “uma aula de pilotagem” em Nico, mas o fato é que os 41 anos — os últimos três na geladeira — pesaram nas costas do grande homem, que teve que engolir Rosberg à frente.

Se eu fosse um fã ardoroso, não me desesperaria. É provavel que Schumacher desconte essa vantagem de meio segundo ao longo do ano, ou bem antes, vai saber. Mas se é simples pilotagem relacionada a uma questão fisiológica, reflexiva, — ou mesmo adaptação a nova configuração dos pneus — eu imagino que poderá levar algum tempo até ele entrar no ritmo do jovem Nico.

Incidentalmente, caíram por terra alguns mitos da pré-temporada, principalmente o de que a Mercedes, comandada por Ross Brawn, não daria a Nico condições de paridade.

Confesso que é cedo para afirmar isso, mas a discreta performance de Schumacher no Bahrein, tenha talvez provado que a atual geração de pilotos que mandam na F1 é especial como há anos não houvera sido — mais precisamente, na fase em que Schumacher reinou glorioso como uma das engrenagens de uma das maiores equipes da F1 em todos os tempos.

Ninguém, nem Schumacher, irá sentar em um dos carros e, facilmente, andar no mesmo ritmo que a elite dessa atual F1.

Aquela Ferrari em que Schumacher era o “macho alfa” não existe mais. Por mais incrível que isso possa parecer, Schumacher terá que, finalmente, dividir uma equipe em pé de igualdade com seu companheiro.

Sim, talvez ele não tenha muito o que provar e esteja “enferrujado”, mas em termos de orgulho e desafio pessoal, essa poderá tornar-se a mais dura temporada de sua enorme carreira.

Discussão

50 comentários sobre “Schumacher andar atrás de Nico valoriza a atual geração de pilotos da F1

  1. Pô, “fracasso inicial” é um pouco demais, não Becken?

    Vou te dizer, se ano passado o medíocre do Rubens Barrichelo conseguiu andar na frente e vencer corridas aos 36, Schumacher aos 41 pode fazer isso com o pé nas costas!

    Publicado por Beatle Ed | 16/03/2010, 6:24 am
  2. Na pratica foi isso que aconteceu.
    Sou um fã do Shumi, depois de passar anos o odiando, ainda penso que ele ainda é o melhor.
    Vamos analisar pura e simples tudo até agora:
    1°) Está parado por três longos anos.
    2°) Esteve a bem pouco tempo, com um problema muito grande devido a um acidente.
    3°) Os treinos restritos da F1 atual, esses treinos em pistas onde não se podia treinar o tempo todo.
    4°) Um F1 totalmente diferente do último modelo que ele pilotou.
    5°) Os pilotos atuais, já conhecendo tudo o que para o Shumi era novo.
    6°) Um Formula Um que no ano passado, mostrou como é difícil pilotá-lo, que o diga os piloto que tentaram substituir o Felipe Massa, o piloto da Renault que substituiu o Nelsinho.

    Só ficar parada 1000 dias, já seria suficiente para uma longa adaptação, aos poucos é que os reflexos vão voltando e não vai ser um Nicozinho que nem raça para ultrapassar um piloto com um carro com defeito ele não conseguiu.
    Já imaginaram se ele entra e estraçalha, acabava de vez com essa F1 tão chata.
    Estamos falando de um piloto parado a tanto tempo que conseguiu chegar na sua primeira corrida atrás do seu companheiro, só isso já deveria ser comemorado, como somos torcedores da F1, queremos tudo de imediato.

    Publicado por Luiz Sergio | 16/03/2010, 6:45 am
  3. Bom dia Beatle!

    Vc leu todo o post ou só o título?

    O ponto central é que muita gente subestimaa atual gração de pilotos. A F1 não é fácil e não seria nem para o Schumacher — o que contradiz muita gente que fez oba-oba afirmando que ele voltaria e de cara andaria melhor que a molecada. Não andou, ponto.

    Pelo que conhecemos do homem, é provável que chegue lá, mas talvez leve tempo. Em suma é isso o post. Não fui ofensivo com o Schumacher.

    Publicado por Becken Lima | 16/03/2010, 7:01 am
  4. Vixe Becken! O título do post é um pouco demais.

    Como já disse antes, não sou fã do Schumacão, como não sou do Lewis (nesse caso pela pessoa), aliás antipatizo os dois.

    Mas se o cara com 41 anos, parado a três, guiando um carro que vai contra seu estilo e totalmente diferente daqueles que guiava quando deixou a categoria, consegue chegar imediatamente atrás de seu jovem, talentoso e treinado companheiro na primeira corrida (infernal em exigência física), não chamo isso de fracasso.

    Schumacher gosta tanto de carros saindo de traseira que quando saiu da Benetton seu substituto (não me lembro quem foi, lembro do fato) disse que o carro era inguiável, tamanha a “desenvoltura” com que a traseira planava na pista.

    Tem idéia do tamanho do esforço que ele está fazendo para ficar a “apenas” meio segundo da turma da frente na primeira corrida do ano??

    Entrentanto, concordo quando diz que a F1 atual conta com um bom número de pilotos muito talentosos (e com bons carros, diga-se), de modo que o Schumacão não teria tantos títulos se tivesse dividido a pista com eles em sua época dourada (aliás, confirmando o que muita gente sempre disse).

    Abraço

    Publicado por luiz carlos | 16/03/2010, 7:38 am
  5. Concordo sobre o título, Luiz. Para evitar polêmicas desnecessárias, modifiquei.

    Publicado por Becken Lima | 16/03/2010, 7:41 am
  6. Devo ser puxa-saco do Becken, ou então a galera não tá entendendo o Post. Vou um pouco além:

    O Hakkinen bateu o Michael com aquela McLaren…
    O Villeneuve bateu o Michael com aquela Williams…
    O Alonso bateu o Michael com aquele Renault…

    O Hamilton bateria,
    O Vettel bateria,
    O Alonso vai bater de novo…

    Rsrsrsrsrsrs!!!

    Vamos ser sinceros, apesar dele dirigir muito, a concorrencia no seu ‘período áureo’ foi nula…

    Publicado por Will | 16/03/2010, 7:46 am
  7. Becken

    Dois outros problemas a sersm considerados também.

    A Mercedes W01 está ainda alguns degraus abaixo de Ferrari e Red Bull e pelo menos “unzinho” da McLaren. Como bem falou o Luiz Sérgio o Rosberguinho não conseguiu ultrapassar o Sebastião com o carro bastante capenga. A W01, no atual estágio de desenvolvimento, não é carro de ponta. Só se fizerem alguma mágica na aerodinâmica da barata.

    O Alemão está desesperado com a tendência do W01 sair de frente nas curvas, o que vai de encontro ao seu estilo de pilotagem. Esse problema é que eu acho mais difícil deles resolverem, pois é uma característica de projeto. Acho que irão ter que chegar a um meio termo nisso. Um pouco pro carro e um pouco pro Alemão.

    saudações

    Publicado por celso gomes | 16/03/2010, 7:48 am
  8. Esse comentário eu não esperava de um blogger como você Becken. Não pela eventual e propositada malícia mas pela desinteligência conservadora e preconceituosa. Eu adorava ser um fracassado assim. Adorava mesmo. Pelo contrário fiquei verdadeiramente decepcionado com a prestação do Nico Rosberg e entusiamado com as atravessadelas do Hulkenberg mostrando que é duro de roer. Na frente o único que mereceu crédito foi o Lewis pela sua combatividade. Já o Button com o mesmo carro e campeão do mundo levou do “ordinário” alemão que também deu no Webber. Dessa vez o australapiteco não conseguiu aquele truque da largada que consiste em colocar adversários fora de prova. MS fez uma partida impecável, seguiu rectinho e no momento certo não cedeu à habitual paulitado do Webber comendo-o bem na cordinha. Tudo o resto parecia combinado. Não fora o azar de Vettel…e a Ferrari já com dois motores novos e essa história estranha do motor do Massa esquentando, não teria ganho
    Mas o melhor desse GP foi a comemoração dos 60 anos de GPS’s e as voltinhas da velha guarda com aqueles carros fantásticos. Pena que o Piquet não tivesse lá, mas até me encantou ver Jody Scheckter, Mario Andreti, Jackie Stewart e Emerson com aquele ar de putos em feira popular. Maravilhoso. Quanto ao post pode ser que você ainda veja muita coisa “ordinária” passar em frente dos seus olhos neste ano de F1. Abraço.

    Publicado por Ernesto Sousa | 16/03/2010, 7:48 am
  9. Becken…deixa o título original! ‘andar atrás de Nico’ ficou estranhíssimo!!! E até um pouco engraçado…tá parecendo o engenheiro do Schumacher com medo de ofender o alemão e mandar ele ‘descer a bota no da direita’!!

    Publicado por Will | 16/03/2010, 7:56 am
  10. Foi correto ter mudado o título do post Becken, pois, assim como os companheiros opinaram acima, tb não considero um fracasso esse retorno do Schumacão. Teve foi, muita expectavtiva de alguns comentaristas aqui do blog e eles não estavam sozinhos, já q o grande Keith Collantine, tb achou q o Schumacher ia sentara bunda na Merc e detonar td. Vamos com calma. Vejo q o carro é bem confiável, mas a tendência de sair de frente do W01, aliado à nova dimensão de pneus e a toda mudança radical desde a F2006 e inclusive as F2007 e F2008 q o Schumacher testou com pneus de GP2, vão fazer o Alemão levar alguns GPs até ele pegar a mão do carro.

    Resta saber se o Nico vai ser um alvo móvel, ou seja, o Schumacher evolui e o Nico tb, aí a diferença continua na casa dos 3 décimos a meio segundo. Esse é tb um elemento interessante para as corridas.

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 8:46 am
  11. Becken,

    Foi excelente o Schumacher não ter andado à frente do companheiro de equipe. Quanto mais puto ele tiver, melhor para nós – fãs – e pior para o Nico.

    A Mercedes tem dois problemas:

    1. Ajustar o carro ao estilo do alemão.
    2. Torná-lo competitivo em relação aos demais carros.

    Uma vez eliminada a saída de frente do carro, que para o Schumacher é o problema, o embate interno será prontamente resolvido.

    Se melhorarem a performance de ambos carros, aí tanto o Nico quanto o Schumacher vão andar muito e o problema passará a ser das outras equipes.

    O Schumacher é mágico, mas sem uma cartola, um coelho e um baralho…

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 16/03/2010, 8:49 am
  12. Vale destacar que a Mercedes se atrapalhou no pit stop do Nico, perdendo de 1.5s a 2s. Não vi ninguém falar nisso, mas eu percebi.

    Muito provavelmente ele terminaria à frente do Hamilton, mesmo com um carro visivelmente inferior. Digo isto pois até a parada dos boxes ele segurava o inglês e acabou perdendo a posição justamente nos boxes.

    E também povavelmente conseguiria a ultrapassagem no Vettel, chegando assim ao pódio.

    Não me entendam mal, não quis dizer que foi nada proposital da equipe, até porque eles sabiam que o Rosberg era o piloto mais rápido entre os dois no fim-se-semana, e não jogariam fora propositalmente esses preciosos pontos.

    Publicado por Esteban | 16/03/2010, 8:49 am
  13. Olha vou dizer uma coisa: nunca gostei do schumacher. Não que ele não seje realmente bom. No entanto, tenho que reconhecer que é um grande profissional, a frente de alguns novos que estão aí. No entanto, o Luiz Sérgio comentou com propriedade sobre este tema. Com certeza o Schumacher vai descontar esse tempo que anda levando, até porque o carro ainda não está do gosto dele. Esta saindo de frente. Quando ele acertar para ter um pouco de reação na traseira (um pouco mais difícil esse pois com todo peso extra no início parece um onibus na pista e não dá para fazer muita coisa) então vai tirar o melhor de sua mercedez e provavelmente nos encantar. Não tem margem para estratégias diferenciadas, que foi o que mais contribuiu para seus anos gloriosos, por enquanto, pois se continuar a mornidão dessa prova inicial ou o tio eclestone faz com entre em vigor aquela palhaçada de atalhos nas corridas ou então obrigatoriedade dois pits stops ( o chefão da mclaren, que é presidente da fota já anda falando nisso) Vamos aguardar para ver o que dá.
    Esse ano vai estar muito pulverizado a pontuação. Vitórias nas corridas vejo hoje ( a coisa pode mudar) que estarão lutando e ganhando Vettel, Massa, Alonso, Hamilton talvez o Schumi.

    Publicado por wilson | 16/03/2010, 8:57 am
  14. Concordo com o meu xará, Will.

    Schumacher é um grande piloto, mas a carreira dele foi facilitada por um período totalmente “soft” da Fórmula 1.

    Quando teve um adversário à altura, faturou apenas um título – o de 1995. Sim, porque 94 ele deveria ter perdido…

    E aqui eu concordo com o Becken sobre o potencial da nova geração. Muitos subestimam os pilotos atuais, o que é um grande equívoco. Ser piloto hoje em dia é tão ou mais difícil do que antigamente. E essa geração, talvez, seja a mais completa desde aquela dos anos 80. O que explica a dificuldade atual de Schumacher.

    Não significa que ele não vencerá. Apenas mostra que a F1 atual é bem diferente daquela que fez dele o que é hoje.

    PS: Eu apenas vou discordar do Will em um aspecto: Schumacher atrás do Rosberg faz todo o sentido. Literalmente falando.

    Publicado por Willian | 16/03/2010, 9:41 am
  15. Becken e amigos,

    No blog do Lívio tem um post recente e exclusivo, com as declarações do Schumacher sobre sua volta. Vale a pena dar uma olhada.

    Uma coisa é certa:
    O velho alemão queixudo está de volta e não é para brincar, mas para ganhar o 8o título. Isto está literalmente explícito no texto do post que indiquei acima.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 16/03/2010, 10:19 am
  16. William, concordei com o PS…pode deixar o título Becken!!! Rsrsrsrsrsrs…

    Publicado por Will | 16/03/2010, 10:31 am
  17. “Confesso que é cedo para afirmar isso, mas a discreta performance de Schumacher no Bahrein, tenha talvez provado que a atual geração de pilotos que mandam na F1 é especial como há anos não houvera sido — mais precisamente, na fase em que Schumacher reinou glorioso como uma das engrenagens de uma das maiores equipes da F1 em todos os tempos.”

    Olha, acho muito prematura essa constatação,

    Em seu retorno, ele andar atrás de alguns desses pilotos é realmente um indício de que a garotada é boa, mas, já vi que tem gente vindo com o velho argumento de que Schumacher não teve adversários à altura em sua carreira, e isso é inaceitável, pois demonstra arrogância e desdém com o trabalho alheio, além um certo desconhecimento da história da F1 (que eu acompanho desde 1980).

    Schumacher não chegou na F1 e teve vida fácil logo de cara (como por exemplo Hamilton), ele teve um início difícil e ralou muito até ser bi-campeão na Benetton. Além disso aceitou o enorme desafio que foi chegar na Ferrari para fazê-la campeã. Montou a equipe e trabalhou arduamente por 4 longos anos, sem conseguir ganhar o título, lutando com uma McLaren que sempre fazia bons carros e uma Willians ainda na fase áurea, para só depois de quase 10 anos de ralação, conseguir a supremacia na categoria.

    Somente em 2000 é que o alemão começou sua dinastia, e não foi por acaso, foi devido a muito trabalho, coragem e talento.

    Leve-se em consideração ainda o fato de que no início Michael enfrentou Piquet, Senna, Mansel e Prost, e, em várias corridas, conseguiu resultados relevantes contra todos eles (lembro muito bem do banho que ele deu em Senna, inclusive no Brasil, nas 3 primeiras corridas de 1994).

    Depois enfrentou Hill (que gostaria de saber porque só no Brasil é considerado um roda dura), Villeneuve (melhor estreante da história da categoria até Hamilton), Hakinnen (um baita piloto e melhor do que Kimi), Montoya, kimi e o próprio Alonso.

    Se ele se impôs sobre todos esses em algum momento de suas carreiras, não vejo como considerar que ele não teve bons adversários. Aliás, é bom que se diga que contadas todas as corridas em que todos esses estiveram na pista com Schumacher, Michael leva vantagem sobre quase todos eles (não sei em relação a Senna, Prost e Mansel, sei que ele não bateu Piquet), principalmente, Kimi e Alonso.

    Sei Becken, que você não afirmou que ele nunca teve pilotos de qualidade correndo contra ele, mas, o fato de dizer que os dessa geração são “especiais”, está dando força a um péssimo argumento, muito utilizado pelos fãs de um certo piloto, de que Schumacher só ganhou tantos títulos por conta disso, argumento vazio e que não acrescenta nada à discussão.

    O pior, é que a maioria dos que falam isso, são os mesmos que defendem que Barrichello seria “o cara” se tivesse as mesmas condições na Ferrari, o que é totalmente contraditório.

    Se tem uma coisa que a performance de Schumacher no Bahrein provou para mim é que ele é um gênio, pois, após tanto tempo parado, um grave acidente e com 41 anos, andou quase que em pé de igualdade com os atuais pilotos, sem cometer nenhum erro. Provou também que Ross Brawn não tirava as oportunidades de quem quisesse se estabelecer, então, tem piloto aí que chorava muito e trabalhava pouco para superá-lo, depois vinha com teorias da conspiração para mascarar a incompetência.

    A atual geração é boa? Sim, muito boa. É melhor do que a dos anos 90? Não me acho na posição de afirmar categoricamente que sim, afinal a F1 é categoria de muitas e complexas variáveis e poderia estar menosprezando Villeneuve, Hill, Hakinnen, Montoya, e outros pilotos que acredito que, no auge da forma, poderiam rivalizar com qualquer dos que estão aí hoje.

    O certo é que o Alemão foi tão dominante durante o início dos anos 2000, que muitos vem com esse fraco argumento de que seus adversários eram fracos, para mim, isso é despeito, pois, até chegar nessa supremacia, foi preciso muito trabalho e dedicação, portanto, não eram os adversários que eram fracos, Schumacher é que era um fora de série, um gênio que talvez nunca seja igualado e que os fazia parecer assim.

    P.S. De qualquer forma, o título do Post está bom.

    Publicado por ccregazzoni | 16/03/2010, 11:40 am
  18. Tenho que discordar, Becken.
    Nico Rosberg sempre se mostrou um piloto de alto nível, com um carro fraco. Muito subestimado no Brasil, devido a aspectos extra pista (paquita e etc).
    Eu não consigo subestimar um piloto que logo em sua primeira corrida na F1 faz a volta mais rápida, com um carro pouco competitivo.
    Não vou me alongar, mas tenho certeza que Nico é o piloto mais bem preparado com quem Schumacher já dividiu uma equipe.

    Publicado por KBK | 16/03/2010, 12:15 pm
  19. KBK “Nico é o piloto mais bem preparado com quem Schumacher já dividiu uma equipe.”

    Discordo totalmente.

    Publicado por Galkadesh | 16/03/2010, 12:59 pm
  20. Concordo com Becken nesque quesito: Sem dúvida a geração atual de pilotos é melhor que aqueles que corriam com Schumacher. Óbvio que Schumacher tinha seus méritos, mas tenho minhas dúvidas se ele conseguiria os titulos e vitorias se a geração dele fosse como a atual.

    Publicado por Leonardo | 16/03/2010, 1:45 pm
  21. Boa tarde Becken, é que li o post assim que acordei (F1 Around às 6:00 da manhã) e me bateu mal ler na mesma sentença a palavra “fracasso” associada ao nome Schumacher.

    Publicado por Beatle Ed | 16/03/2010, 1:48 pm
  22. Becken,

    Aqui o link do blog do Lívio com um depoimento do Shumacher. Muito bom mesmo.

    http://blogs.estadao.com.br/livio-oricchio/

    Confesso que achei o primeiro título tão ofensivo que resolvi não comentar. O título inclusive refletia pouco o texto. Mas entendo que sempre existe o instinto do jornalista. Normal.

    Achei que o Shumy iria andar na frente do Rosberg logo na primeira corrida. Não aconteceu, mas acho que vai acontecer.

    Também continuo achando que Ross Brawn vai priorizar o velho campeão. Eles trabalham juntos desde 92. Portanto são 18 anos de relacionamento quase contínuo, e sabemos que o chefe da Mercedes gosta de ter um piloto como foco.

    Ano passado com a Brawn as corridas de Barcelona e Nurbugring mostraram claramente que havia uma preferência por Button em detrimento a Barrichello. Isso é um fato, pode ser negado mas não deixa de ser um fato.

    Não resta dúvidas que a atual geração é uma das melhores, comparável a que tivemos nos anos 80, mas será muito surpreendente para mim Nico Rosberg se manter a frente de Shumacher ao longo da temporada.

    Neste caso estaremos diante de uma das mais equivocadas decisões de volta a competição da história, com efeitos enormes na reputação do hepta campeão.

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 16/03/2010, 1:52 pm
  23. Sirlan

    Como sempre, concordo com o q vc escreve, somente uma resalva aos dois últimos parágrafos do teu comentário.

    Segundo o próprio Schumacher, no texto do Livio q vc linkou, o prazo q ele se deu pra obter sucesso, leia-se, 8º wdc, é de três anos. Foi exigência dele o contrato com essa duração, q é o tempo q ele planeja obter o sucesso. O alemão tem td planejado e pelo visto, controle de toda a situação. Ele já vislumbrava a possibilidade dessa diferença de performance para o Nico, então não acho q seja um equívoco se ele ficar atrás do Rosberg nessa temporada. Mas parece focado em virar o jogo logo, logo…

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 2:04 pm
  24. Eu acho que realmente foi um equívoco o primeiro título do post por que, no fundo, ele não refletia o texto inteiro. Assim ficou mais adequado.

    Eu achei que muita gente ia chiar pelo texto, mas no geral achei bacana e fiquei satisfeito com o retorno nos comentários.

    Abs

    Publicado por Becken Lima | 16/03/2010, 2:15 pm
  25. ccregazzoni

    ótima a análise, quase perfeita (só discordo do “banho” ao Senna, mas isso dá pano pra manga), parabéns pela “leitura” dos fatos.

    Abs

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 2:16 pm
  26. ccregazzoni

    Concordo praticamente com tudo! Essa história de que o Schumacher se prevaleceu de uma safra ruim de pilotos é não querer constatar uma coisa que pra mim é óbvia: todos os outros pilotos que eram ruins ou o Schumacher que era genial demais?

    E o fato do Nico ter batido o Schumacher o fim de semana inteiro não é mais do que a obrigação… O que, ao meu ver, é um estímulo a mais para o Schumacher buscar a motivação que deixou de existir quando ele se aposentou. Acho que ele vai se sobressair e incomodar de novo em muito pouco tempo.

    Publicado por Fernando M. | 16/03/2010, 2:52 pm
  27. Sou suspeito pra falar do Schumacher, não gosto dele (como piloto, obviamente) e o associo a um período muito triste da F-1 (falta de competitividade e beneficiamento da Ferrari), além dos episódios ridículos de falta de escrúpulos em nome da vitória. Nem vou comentar o ‘banho’ que ele deu em 94 (sem filtro de combustível…).

    Salvo tudo isso, acho que a decepção vai ser tão grande que a Mercedes vai estar com 2 Nicos em 2011 (piloto 1: Rosberg / piloto 2: Hulkenberg).

    Aposta feita…

    Publicado por Will | 16/03/2010, 2:52 pm
  28. “Não vou me alongar, mas tenho certeza que Nico é o piloto mais bem preparado com quem Schumacher já dividiu uma equipe.”

    Prezado KBK,
    Vc esqueceu que o Schumacher teve o Nelson Piquet como companheiro de equipe ou está com o miolo mole? Claro que acredito na primeira opção.
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 16/03/2010, 3:07 pm
  29. Coyote, o Schumi teve tb o Barrichello como companheiro de equipe :D

    Ahh se lembra qdo eu disse q ia primeiro esperar pra ver se o Schumi ia bater o Rosberg e vc perguntou se eu engoli um palhacinho ?

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 3:12 pm
  30. Coyote II

    Schumi e Piquet companheiros de equipe, foi mais ou menos o q é hj Schumi e Rosberg. Um consagrado e outro com muito apetite

    Não nos esqueçamos q foi o Schumi q aposentou o tri-campeão, q deu o braço a torcer pro talento do queixada…

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 3:15 pm
  31. Ótimo texto do James Allen abordando a corrida do Michael:

    http://www.jamesallenonf1.com/2010/03/schumachers-race-sums-up-f1s-problem/

    Publicado por Becken Lima | 16/03/2010, 3:23 pm
  32. Não acho, não. Ele apenas chegou atrás de cinco dos outros 23! Schumacher ainda sobra, na frente de grande parte da turma. Meu Deus.

    Publicado por Ylan Marcel | 16/03/2010, 3:36 pm
  33. Boa Tarde Meus F1 freaks like me

    Se o Schuma-Brawn já declarou que tem tudo pensado e controlado, sai de baixo e deixa passar porque o cara..já vi declarações estapafúrdias mas essa é de parar o trânsito na Pacific-Ocean, como a Madonna pelada não conseguiu..e se há uns incautos a quem isso tranquiliza estamos conversados.

    Ninguém lhe vai tirar o Hepta-campeonato mas que é verdade que o conseguiu com um sem-número de particularidades ninguém o pode negar, nenhum piloto na altura em que ele correu,excepto o Barrichello tinha tanta vontade de disputar tantos Grandes Prémios,só que faltava ao brasileiro capacidade de conduzir para o bater, nunca mais esqueço como uma das coisas mais sem nexo que vi na F1 foi na primeira corrida do ano no GP da Austrália o Barrica liderar e ser obrigado a deixar passar o Queixada na última volta, nem desculpa de estar em disputa cerrada o Campeonato havia, foi vergonhoso.

    De uma coisa o Schumacher não se pode livrar é da fama de só ganhar Campeonato com o Brawn, até mesmo agora se houvesse alguma hipótese. Vai passar à história como o Schuma-Brawn. “Um Rei faz uma Rainha mas uma Rainha não faz um Rei”

    Como dizia acima Schumacher teve sorte de apanhar uma época de transição a geração dourada da época estava se reformando “Senna-perpétuamente- Prost Piquet Mansell Rosberg o próprio Lauda anteriormente”e a dele, propriamente, depois de o derrotarem se retiraram ou foram para outras paragens, Hakinen Villeneuve Hill, cansados de tanta traqi-tana? A “guerra” que se seguiu com a geração seguinte, ele próprio pôs fim depois de perder dois títulos seguidos, contra uma Scuderia média como a dos seus dois primeiros campeonatos mas aqui sem stock-crash-car na última volta, episódio lamentável também.

    Schumacher poderia ter dois títulos o de Campeão mais laureado, mais número de títulos, assim como Campeão de multas, penalizações e desclassificações em toda a história do Automobilismo, dois factos que são indesmentíveis qualquer que seja prisma, que aqui não há porque são isso mesmo a mais pura realidade.

    Esse ano começou penoso e assim irá continuar nem o próprio companheiro de equipe parece que vai ser capaz de bater..Não fossem umas Virgens Vestais e o título não seria assim tão ofensivo..como alguém inteligente disse “o Génio é provocador por instinto para acordar as mentes”

    Um Abraço

    Publicado por SennaCeccotto | 16/03/2010, 3:44 pm
  34. “Ele apenas chegou atrás de cinco dos outros 23! Schumacher ainda sobra, na frente de grande parte da turma. Meu Deus.”

    Ele chegou na frente só do Button e do Webber. Chegar na frente dos outros 16 é OBRIGAÇÃO pra turma das 4 grandes…

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 3:58 pm
  35. Alex,

    Realmente acho que vc não comeu um palhacinho. Vc deu foi um trago no repolho do capeta e está viajando.

    Daqui a pouco vc fala que o Massa aposentou o Schumacher e que o Nelson Piquet aposentou o Niki Lauda, uma vez que estavam nas mesmas equipes que o alemão e o austríaco quando estes se aposentaram… Sem comentários.

    Eu sei que vc é sennista, mas daqui a pouco vou me convencer de que é viúva. Aí, meu amigo, não vou mais conversar com vc.

    Provoque com inteligência e não inviabilize o diálogo.

    Melhore o nível, JÁ.

    Abs.

    aBS.

    Publicado por Anselmo Coyote | 16/03/2010, 4:15 pm
  36. Mas o Nico andando ali é apenas questão de tempo. Logo volta ao normal.

    Publicado por Ron Groo | 16/03/2010, 4:17 pm
  37. “(The front tyres) are very small and narrow for my style of driving and so I cannot get the car into the corners the way I like to,” he said after the race on his website.

    É o q a gente vem dizendo Becken, em relação a dimensão dos novos pneus dianteiros. Isso tá matando o Schumi, aliado a tendência do W01 sair de frente. Como ele mesmo disse aí em cima, ele não consegue entrar na curva do jeito q ele gosta.

    Qto tempo vai demorar pra ele “pegar as manhas” ?

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 4:19 pm
  38. Alex – A dimensão dos pneus é uma mudança para 2010, então é para todos, mas eu desconfio que é o conjunto das mundanças nos pneus — slicks + redução — o que anda complicando a vida do alemão.

    Publicado por Becken Lima | 16/03/2010, 4:29 pm
  39. Coyote

    Eu viúva do Senna? Confesso q já fui, mas hj em dia, não mais. Hj eu consigo enxergar F1 e reconheço o enorme talento do Piquet, pau a pau com o Senna. Depois de tanto conversar com vc, Claudemir, CCR, etc , passei a dar mais valor ainda ao Piquet.

    Mas eu lembro bem, qdo o Schumi chegou na Benneton em 91, ele meio q aposentou mesmo o Piquet. Primeiro ele desempregou o Roberto Moreno e depois botou pressão no tri-campeão. No ano seguinte, 92 ele era o primeiro piloto da equipe,e teve como companheiro o Martin Brundle, Foi o ano do domínio absurdo da Williams do Mansell e mesmo assim o Schumacher venceu sua primeira corrida, o GP da Belgica, e terminou a frente do Senna no campeonato, 53 a 50.

    Nada a ver com as situações q vc citou. Pra ajudar nessa questão, só o Claudemir…

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 4:36 pm
  40. A verdade é que o tempo é cruel com todo mundo.

    Eu, no auge da minha velhice de 30 anos, não consigo jogar F1 no PC igual jogava com 23. Não tenho os mesmos reflexos e a visão não é mais tão boa (rs).

    Pode ter certeza que o Schumacher de 5 anos atrás daria uma surra no Michael atual. Isso não é demérito algum, é o tempo falando pra ele largar o volante e pegar o cronômetro.

    Publicado por Costanza Yada Yada (fernando-ric) | 16/03/2010, 4:43 pm
  41. Hey, mas o Massa aposentou o Schummy em 2006. Lembram quando o alemão disse que saiu para não desempregar o Felipe? Pois é… ;)

    Publicado por Andy | 16/03/2010, 4:55 pm
  42. Andy

    O Coyote vai ficar nervoso rsrs. Mas se vc ler o ótimo texto do Livio Oricchio q o Sirlan, linkou aí em cima, vc vai entender as razões da aposentadoria do Schumacher.

    Publicado por Alex-Ctba | 16/03/2010, 5:01 pm
  43. Becken gostei muito do texto do James Allen, infelizmente nos nao temos acesso a telemetria e nao estamos dentro dos carros pilotando mas acho que ainda teremos que esperar por mais algumas corridas para podermos ” julgar” melhor a performance dos pilotos e equipes.

    Ao meu ver , sem o reabastecimento tivemos um limitante na estrategia das equipes alem disso,com os novos difusores se tem uma area de ar sujo muito grande que dificulta as ultrapassagens,isso de uma forma muito tosca, sabemos que a temperatura dos pneus, largura, peso do carro e regulagens influenciam muito na performance, assim acho que devemos esperar passar o GP de Barcelona para podermos tirar melhores conclusoes.

    Uma coisa eh que eu sigo sem entender eh , como sempre temos corridas otimas no Brasil e em muitas outras pistas tradicionais e temos essas corridas tao chatas nos Tilkodromos ?

    Por que nao arrumam autodromos que permitam aos pilotos ultrapassar ou curtir pilotar ?

    Just dont get it.

    Eu sigo achando que o o Schumacher eh o melhor e que vc esta superestimando essa nova geracao de pilotos, concordo com o CCRegazzoni em quase tudo que ele disse.

    Vamos esperar um pouco para tirarmos conclusoes que podem ser precipitadas.

    Um abraco

    Fernando

    Publicado por Fernando | 16/03/2010, 5:24 pm
  44. Bah, sou viúva e meus comentários (magníficos por sinal) não desmerecem ninguém.

    Mika Hakinen (escreve assim?) disse uma vez que não teria condições de voltar a competir em alto nível porque estava ficando era mais velho ao invés de mais novo e que, portanto, seus reflexos e percepções já não eram mais os mesmos.

    Isso prova o quanto Michel é um fora de série e, repito, não gosto do sujeito.

    Pegando carona com o Cosntanza Yada Yada (!!!!), eu com 34 anos sinto-me melhor jogando o mod Historic e Touring Cars do Rfactor do que os mod da F1 moderna!!! :)

    Já meu pai diz que eu com essa idade deveria tomar vergonha e parar de brincar de carrinho!

    Publicado por luiz carlos | 16/03/2010, 5:31 pm
  45. Misericórdia!!!! Quem não leu ainda o depoimento do Shumacão lá no Blog do Lívio, leia já!! O homem não está para brincadeiras!!!

    Publicado por luiz carlos | 16/03/2010, 5:42 pm
  46. “O Coyote vai ficar nervoso rsrs. Mas se vc ler o ótimo texto do Livio Oricchio q o Sirlan, linkou aí em cima, vc vai entender as razões da aposentadoria do Schumacher.”

    Acorda, Alex…
    Quem linkou (que p*rra é essa?) primeiro fui eu.
    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 16/03/2010, 6:15 pm
  47. Realmente Coyote, havia me esquecido do Piquet. Me lembro muito pouco da F1 daquele tempo, mas talvez pelo Piquet já estar em decadência, eu não devo ter errado por tanto. ;)

    O Nico é subestimado e o outro Nico é muito bom, pode anotar e me riducularizar no futuro, se for o caso.

    Publicado por KBK | 16/03/2010, 7:06 pm
  48. Para min Michael Schumacher,Foi um bom piloto,Porém muito beneficiado com a Morte do Senna,porque???
    Porque a Formula 1 se viu em 94 sem um campeão do mundo e pior…Sem referencia.
    O que aconteceu em imola desencadeou no fim de uma era,e seu Bernie Eclestone sabia que era preciso encontrar uma nova “galinha dos ovos de ouro”,que chamasse a atenção das pessoas que fosse a referencia da categoria,foi porisso que as trapassas que não foram poucas,forma encobertas pela FIA.
    Depois ele casou com a Ferrari,vejam só uma equipe decadente,mas tradicional com milhares de fãns loucos pela volta as vitórias,foi a aposta perfeita para a formula 1,o problema é que o efeito foi devastador para a categoria,A formula 1 fabricar um supercampeão foi um tremendo erro,o publico gosta de competitividade,pode haver um piloto que faça a diferença como Senna fez por exemplo com carros inferiores 91 e 93 que foi o melhor ano da carreira dele mesmo sem ser campeão.
    Ter um campeão que monopoliza a atenção da equipe fazendo inclesive seu companheiro ceder a vitoria deliberadamente em um ano que o campeão ja tinha sido anunciado na primeira corrida???
    Enfim,são inumeros os fatos e para mim Este é o verdadeiro Michael,pois eu penso que o melhor de todos os tempos tem de tirar a diferença se o carro sai de frente…
    Tem que saber lidar com os pneus dianteiros estreitos afinal ele correu com este tipo de pneu,ele e Barriquelo os dois correram na época que os pneus eram assim…
    Só posso concluir que Michael Schumacher foi um supercampeão fabricado pela formula 1 que se viu “orfã” ao presenciar o fim de uma era.
    Perdoem-me os que não concordo mais é o que eu penso.

    Publicado por Mayko | 16/03/2010, 9:29 pm
  49. Coyote

    Linkou = passado de linkar = ato ou efeito de disponibilizar o link

    Vc realmente foi o primeiro a citar a entrevista do Livio, mas quem colocou o link no comentário foi o Sirlan, por isso q eu disse q foi ele q linkou :D

    Ahh e hj se prepara pra tomar uma surra no Chile…

    Publicado por Alex-Ctba | 17/03/2010, 8:24 am
  50. Niki Lauda afirmou que o retorno de Michael Schumacher à Fórmula 1 não poderia ter sido melhor. Ele acredita que o alemão só precisará de mais algumas corridas para se adaptar aos carros atuais da categoria.

    “Foi uma performance perfeita. Não poderia ter começado melhor”, disse Lauda ao site oficial da Fórmula 1. “Ele andou muito pouco durante o inverno devido às restrições de testes e entrou em um carro modificado que nunca havia pilotado antes, então era simplesmente impossível que fizesse uma volta de classificação imediatamente”.

    “Suponho que ele precisa de cerca de três corridas para voltar ao mesmo nível em que estava. Levando isso em conta, ele fez uma super volta de classificação, até mesmo comparado a Nico, que foi apenas três décimos mais veloz. Acho que em Kuala Lumpur ele já terá recuperado a capacidade de fazer uma volta rápida que todo piloto regular precisa ter”.

    Publicado por Luiz Sergio | 19/03/2010, 6:25 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: