//
você está lendo...
ARTIGOS

F1 nos USA: Laguna Seca vs Nova Iorque

Está lá no italiano Gazzetta dello Sport hoje que Bernie Ecclestone está, novamente, tentando transformar em realidade o seu sonho de levar os carros de F1 às ruas de Nova Iorque.

Não é a primeira vez que Bernie traz a idéia à tona, mas esse eterno desejo do homem que comanda o Circo da F1 revela um pouco o grande dilema da categoria no momento. Ver os carros de F1 cruzarem a “Times Square” traria um componente quase surreal e cinematográfico à categoria, além de nos oferecer real projeção no competitivo mercado americano, mas o preço, claro, seria mais uma procissão nos moldes das que vimos nos cartões postais de Valência e Cingapura nos últimos anos.

É exatamente esta tendência, alimentada pelo próprio Ecclestone, o que tem levado muita gente a questionar, afinal, o que é a F1: se uma competição de pilotos temperada pelo enduro tecnológico da indústria automobilística ou simples entretenimento, mascarada de competição com um apertado escopo de regras tornando-a mais e mais superficial.

Se Ecclestone assumisse parte da culpa pela falta de ultrapassagens e pobreza do “seu show”, ele certamente direcionaria o GP dos Estados Unidos para a tradicional Laguna Seca, uma pista muito similar a Interlagos, a melhor da F1 no momento.

Óbvio que uma prova sem a auto-promoção de uma cidade como Nova Iorque exigiria esforço e talento promocional mostruosos. Será que Ecclestone ainda tem energia para esse desafio?

E vocês, aonda gostariam de ver o GP dos Estados Unidos: em Laguna Seca ou Nova Iorque?

Laguna Seca

Nova Iorque

Discussão

28 comentários sobre “F1 nos USA: Laguna Seca vs Nova Iorque

  1. Laguna Seca, com certeza.
    Saca-rolha é muito melhor que Times Square ou Central Park e afins…
    Não sei como fica a questão de a Indy correr lá (ainda correm?).
    Nos últimos anos as corridas de MotoGP lá têm sido espetaculares.

    Além do mais, “fechar” parte da Big Apple pra F1 deve gerar mais prejuízo que lucro.

    Publicado por KBK | 25/03/2010, 8:04 pm
  2. Becken

    Ficaria com Laguna Seca, sem sombra de dúvida. Nova Iorque, bem como Roma – que o Bernie diz que estréia em 2012 – não combinariam, ao meu ver, com a velocidade e competitividade da F1. Para mim, já basta Monte Carlo que é o charme da categoria. Prefiro o esporte no palco apropriado do que misturá-lo com pontos turísticos.

    saudações

    Publicado por celso gomes | 25/03/2010, 8:07 pm
  3. Laguna Seca é bom, mas o circuito é muito curto para um Formula 1, então depende do circuito ou lugar escolhido em nova york, mas se fosse para escolher algum lugar para o GP do EUA, seria muito legal em Phoenix ou em Detroit.

    Abraços

    Publicado por Lucas | 25/03/2010, 8:10 pm
  4. Lucas – Interessante obervação. Para efeito de comparação, Interlagos tem hoje 4,309 km, enquanto Laguna Seca tem 3.602 km.

    Um dos fatores que ajudam as corridas aqui em São Paulo é exatamente a extensão curta do circuito.

    Eu, sinceramente, acho que seria um fator positivo ao invés de negativo para Laguna Seca.

    Publicado por Becken Lima | 25/03/2010, 8:20 pm
  5. Celso,
    Assino embaixo, sobretudo por Mônaco e seu charme indispensável à F1.

    KBK,

    Várias vezes por mês são fechadas 10/15 quadras da ilha de Manhattan para a produção cinematográfica. O retorno cultural e turístico é fantástico. Tudo sem maiores transtornos – eles tem know-how.

    Minha preferência tb é por Laguna Seca. Só não entendi a comparação com Interlagos.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 25/03/2010, 8:30 pm
  6. Minha preferência tb é por Laguna Seca. Só não entendi a comparação com Interlagos.

    As duas pistas são curtas, com um bom mix de curvas de alta e baixa e tem uma topografia acidentada e irregular.

    Publicado por Becken Lima | 25/03/2010, 8:33 pm
  7. Aqui também seria bacana:

    Publicado por Becken Lima | 25/03/2010, 8:41 pm
  8. Laguna Seca na cabeça. É uma pista de verdade.

    Publicado por Ron Groo | 25/03/2010, 8:45 pm
  9. Andei vasculhando a blogaiada. Nada de excepcional, o que não quer dizer que os posts não sejam bons. Mas, o que me chamou atenção foi o novo jargão que está pipocando em posts e comentários. Está igual ao “ano sabático” que graças a Deus deu uma trégua porque não tinha nada a ver com o assunto em que era sistematicamente empregado.

    A nova bagaça é: “relação de forças”.
    Parece uma cópia empobrecida do jargão do PT nos últimos 4/5 anos, “correlação de forças”. Opsss… o PSDB também tem o seu: “choque de gestão”.

    Cada um é pior que o outro e nenhum me diz bulhufas. É só mesmo para impressionar os incautos que os adotam e saem repetindo sem qualquer questionamento, deslumbrados talvez pela sonoridade das palavras. Veja que são usadas uma oxítona e uma paroxítona nos três jargões, mudando apenas a ordem delas no do PSDB.

    Então, são comuns comentários assim:
    A relação de forças na Austrália será *diferente do Bahrein. Esse diferente aparece significando melhor, pior, mais intenso, menos intenso, mais alto, mais baixo etc.

    Alguém aí pode me explicar que p*rra é essa chamada “relação de forças”, que forças são essas, em que se relacionam?

    Abs.

    aparece

    Publicado por Anselmo Coyote | 25/03/2010, 8:55 pm
  10. Becken,

    Em termos de relevo, LS é muito mais acidentada, mas faz sentido o que vc falou.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 25/03/2010, 9:01 pm
  11. Bom,agora me digam…
    O Bernie cogita que a corrida seja feita em laguna seca???
    Ele moverá esforços é lógico para que a corrida seja em nova York….
    Olha gente no meio de tantas mudanças,todos os anos que f1 vem sofrendo,não seria nada mal alguem chegar perto do Bernie e dizer: Por que você não se aposenta???
    Ta na hora de o manda chuva ir pescar e deixar alguem com ideias mais realistas, esportivas e objetivas tomar conta da situação.
    Eu sinceramente me pergunto se é apenas nós que estamos sempre acampanhando a formula 1 nos blogs que temos essas carencias por mudanças no esporte.
    Só posso concluir,que carros e altódromos são o de menos para melhorar a formula 1 o grande problema hoje chama-se Bernie Eclestone.

    Publicado por MAyko | 25/03/2010, 9:30 pm
  12. “Ta na hora de o manda chuva ir pescar…”… ótima.

    Mas pescando e olhando para o vazio ele estava antes de ficar rico, pô. Largou para virar milionário. Se fosse para pescar ele não precisaria ter feito nada… era só ficar num barquinho no Tâmnisa….rsrsrs.

    Abraço

    Publicado por Anselmo Coyote | 25/03/2010, 11:29 pm
  13. Laguna Seca é ótima e desafiadora, mas seria uma procissão também. Ninguém conseguia passar lá nos ultimos anos da ChampCar e a categoria tinha mais ultrapassagens que a F1.

    Publicado por Filipe Furtado | 26/03/2010, 12:30 am
  14. Laguna Seca é bem legal! É uma pista curta, sim, mas é uma PISTA de corridas!!

    De que adianta um autódromo novinho em folha, com zilhões de curvas, com a segunda maior extensão dos circuitos da atual F1, se o resultado é uma corrida modorrenta??

    No mínimo, haveriam ‘ultrapassagens’ nos retardatários. Mas acredito que seria melhor do que só isso. Não lembrava (ou sabia, sei lá) de um F1 andando em Laguna Seca. Muito legal a curva ‘saca-rolha’ – para o Brian Herta ela chama ‘segura o Zanardi’.

    um abraço.

    Publicado por Renato | 26/03/2010, 1:08 am
  15. Becken,

    Laguna Seca é uma pista muito interessante, com o saca rolhas sendo um grande desafio mesmo, afinal é um S em descida com uma entrada cega no final de uma subida. Uma curva fantástica !

    Mas acho que um carro de F1 não passa outro em Laguna Seca.

    A reta é longa, porém no finalzinho tem uma curva suave de alta velocidade em que acho dificil um carro conseguir se manter atrás de outro sem perder aderência na frente. Além disso a freada no final dessa reta é para uma curva lenta que começa com raio longo, como acontece na Hungria e Suzuka, atrapalhando muito a disputa de freadas porque os carros realmente começam a frear bem “dentro” da curva.

    Nas outras partes do circuito nem em sonho um carro de F1 passa outro. São curvas de raio longo sem grandes freadas.

    Para carros normais é uma pista de emoção garantida. Para os F1 atuais acho que seria uma frustração.

    O melhor traçado americano para mim é Elkart Lake. É uma pista longa situada num bosque, com subidas e descidas e que lembra muito o Interlagos antigo ou Spa. Acho que foi lá que o Da Matta atropelou um viado e quase morre.

    O problema é que o autódromo é velho e no meio do nada. NUNCA TEREMOS UMA CORRIDA DE F1 LÁ….

    Caso vc ache um vídeo de Indy acho que vale a pena mostrar. É uma pista fantástica.

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 26/03/2010, 3:00 am
  16. Sirlan, é isso mesmo. Nunca foi uma pista que proporcionou um numero grande de ultrapassagens (a não ser que você seja o Alessandro Zanardi), mas com o passar do tempo piorou mais neste sentido e ninguém na Champcar passava ninguém lá nos ultimos anos (mesmo com chassis spec que permitem carros seguirem mais proximos e um sistema de push to pass). Agora as provas da MotoGP e da ALMS lá sáo ótimas.

    Concordo Elkhart Lake (ou Road America como os americanos a chamam) é o circuito misto mais interessante dos EUA.

    Publicado por Filipe Furtado | 26/03/2010, 3:54 am
  17. Renato, grande menção á ultrapassagem do Zanardi! Ou “the Pass” como dizem por lá…

    Publicado por Will | 26/03/2010, 8:41 am
  18. Se fosse a pista de NY que fizeram para o jogo Gran Turismo, seria ótimo. Duas retas grandes e curvas travadas:

    Publicado por Andy | 26/03/2010, 10:08 am
  19. Sirlan, a F1 já se especializou em fazer corridas no meio do nada: Silverstone, Magny Cours….

    Ok, falando sério: Laguna Seca é uma pista de F1 de verdade, como os colegas falaram, mas tem sérios problemas de segurança, o que implicaria em várias reformas. E adivinhem quem a FIA chamaria para efetuar as mudanças?

    Em outras palavras, uma possível corrida da F1 em Laguna Seca significaria a morte do circuito. Hockenheim que o diga.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 26/03/2010, 10:33 am
  20. Elkart Lake é linda. Claro que é um exagero chamar de “Spa americana”, mas é uma baita pista. Mas também não deve atender aos requisitos de segurança da FIA.

    A entidade elabora graus de segurança que seguem uma numeração, que infelizmente não me lembro até que número. Sei que a maioria dos autódromos mistos tradicionais dos EUA são categorizados como intermediários, o que seria insuficiente para abrigar uma corrida de F1. Por isso acho que Bernie deve tentar insistir em uma corrida em NY, embora duvide que consiga (lá não é São Paulo). Uma pistinha de rua insossa made by Tilke, com um péssimo espetáculo para os fãs e muito dindim pro bolso do Tio Bernie.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 26/03/2010, 10:38 am
  21. Sou gosto da idéia de uma pista de rua (mais uma) em Nova York. É como já disseram antes, Valência e Cingapura já não são legais, Mônaco só é legal porque é Mônaco, então não dá para fazer mais uma pista de rua…chega.

    Agora, sobre Laguna Seca, realmente, acho a pista curta demais para um F1, não sei se funcionaria, para carros de turismo e protótipos a pista é ótima, mas não sei se alguém conseguiria ultrapassar alguém lá.

    Minha sugestão é Road America, um circuito com retas imensas, e curvas muito variadas, de alta e baixa, é bastante desafiador…

    Publicado por The Stig | 26/03/2010, 11:16 am
  22. Vitor, Laguna provavelmente teria que investir numa reforma dos pits e ampliar algumas areas de escape, mas não precisaria do açougueiuro alemão. A pista é categoria 2 para a FIA (mesma classificação de Portimão por exemplo) e já passou por reformas pesadas de segurança por conta da MotoGP. Já Road America definitivamente seria um problema.

    Publicado por Filipe Furtado | 26/03/2010, 11:27 am
  23. Só pra mostrar Road America. O carro é um Cobra com motor 358 de Nascar, amansado, rendendo 660 hp… É de babar.

    Publicado por The Stig | 26/03/2010, 11:48 am
  24. Sirlan,
    Uma pequena correção sobre o ser atropelado por Da Mata:
    Não era: homo sapiens sapiens homossexualis macho (viado)
    Era: artiodáctilo cervidae (veado).
    Bom final de semana

    Publicado por Sandro | 26/03/2010, 2:07 pm
  25. Sandro,

    Bem lembrado. Para que não fiquem dúvidas…

    Sirlan Pedrosa

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 26/03/2010, 3:31 pm
  26. Becken,

    Ficou comentário preso…

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 26/03/2010, 3:40 pm
  27. Felipe, só ultrapassa se você for o Zanardi ou o Bryan Herta! Nunca vi outro piloto que “se transformasse” daquele jeito.

    Publicado por KBK | 26/03/2010, 6:14 pm
  28. Quando comecei a ler o tópico, me veio na cabeça a pista de Elkhart Lake, pois nunca fui muito fã de Laguna Seca, que é mais desafiadora. Daí fui descendo e vendo que também pensaram nela, bem legal.

    Penso da seguinte forma. Há várias pistas nos EUA, incluindo Indianápolis, um templo mundial. Se quiser insistir numa corrida de rua, poderia ser Long Beach, por exemplo. Por que tem que ser em Nova Iorque? Porque a F1 nos EUA não possui um bom público, senão não sairia de Indianápolis. Só por isso não esperem que vovô Bernie realize um GP em qualquer autódromo, seja ele bom ou ruim. Vai levar para onde possa chamar bastante a atenção. Esse é o caso de Nova Iorque ou de Las Vegas (um GP noturno). Mas há de ser mais uma corrida chata, o que nos leva a pensar que mais importante não é a emoção das corridas, mas sim a visibilidade dos patrocínios e de quanto fatura a FOM.

    Publicado por Eduardo Sacramento | 26/03/2010, 6:42 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: