//
você está lendo...
ARTIGOS

Entretenimento, tédio e tensões na McLaren

IMAGEM: McLaren/Divulgação — Na marra, Lewis deixa Jenson para trás no Gp da Austrália

Os “Talking Heads” da imprensa inglesa estão caindo de pau em Lewis Hamilton de ontem para hoje. Nem você nem eu ouvimos por causa da costumeira verborragia vazia e histérica de Galvão Bueno atravessando as transmissões de rádio das equipes, mas o fogo amigo contra Lewis centra-se na sua crítica direta feita à equipe via rádio, logo depois de sua segunda e última parada nos boxes.

Irritado, Hamilton questionou de “quem era a responsabilidade” pela estratégia que o pôs em dois pit stops, contrária à vitoriosa estratégia dos ocupantes do pódio na Austrália de apenas um pit stop.

A questão é: será que o primeiro jogos de Lewis aguentariam? Ele diz que sim, a McLaren duvida, mas temos aí, portanto, uma rara divergência expressa publicamente entre equipe e piloto — potencial foco de conflito.

A raiva de Lewis é pura imaturidade e arrogância — algo inadmissível em sua posição de campeão e co-lider da equipe —, mas em certo nível compreensível. No confronto direto ontem, em pista, com um mesmo carro e mesmas condições de corrida, ele fez Button passar o único constrangimento do final de semana ao ser ultrapassado. Sua vigorosa remada em direção ao pódio, cheia de ultrapassagens, talvez tenha sido a pilotagem do ano até aqui.

No fim, qual o produto de tal esforço? Acabar a prova em sexto e ver Button sair com uma vitória limpa, produto de um mix de esperta estratégia e sorte, sem o mesmo suor que fez o sangue do campeão de 2008 ferver.

Se Hamilton foi imaturo, ele também mostrou certas fissuras na capacidade de planejamento da McLaren, que o obrigou novamente a cobrir um potencial erro estratégico como no GP da Alemanha em 2008.

Incidentalmente, a corrida de ontem expôs mais um paradigma do esporte: o espírito gladiador de Lewis é exatamente o que falta à moderna F1 e sua dura jornada em direção ao pódio é a medida do que o fã médio da categoria deseja como entretenimento.

Por outro lado, o esporte é tão complexo em sua estrutura regulamentar que ontem venceu quem foi mais esperto e sortudo, mas muito menos excitante, divertido e exuberante de se assistir.

Discussão

74 comentários sobre “Entretenimento, tédio e tensões na McLaren

  1. Olá,

    Não sei pq Hamilton achou ruim as 2 paradas, ele nunca poderia ter terminado a corrida com 1 parada, ou poderia? eu tenho quase certeza q não.

    Abraço

    Publicado por Anderson Dorneles | 29/03/2010, 12:08 pm
  2. Totalmente compreensivel a revolta dele… assim como também é totalmente normal uma equipe optar por estratégias diferentes para seus dois carros. Até porque eu aprendi o seguinte com a Formula 1: quem tá na frente, não arrisca… arrisca é quem tá la no fundo. E Hamilton tava na frente e Button no fundo no inicio da corrida.
    Aconteceu isso com Rubinho e o proprio Button na Brawn…

    Publicado por Vito | 29/03/2010, 12:08 pm
  3. Não sei não.. se “o responsável” pela estratégia de Hamilton opatesse para uma parada só para ele, tenho algumas dúvidas se ele teria pneu até o fim. São coisas diferentes, e ele também não teve a audácia de ser o primeiro a colocar os slicks (aliás, o único mérito de Button, o resto foi só levar, a ultrapassagem sobre Kubica foi contra pneus frios se me lembro bem).

    Agora, estou assistindo aqui a F-Indy e pensando numa coisa… na Indy também tem os pneus duros e macios (que por sinal é muito mais interessante a faixa vermelha que a verde, que é que tem a ver aquela coisa verde?!). Mas o detalhe é que os pneus, tanto duros quanto macios, se dissolvem em algumas voltas, obrigando os pilotos a várias paradas e possibilitando estratégias diferentes, com uma parada a menos e pneus muito piores por exemplo. Essa de ver vários pilotos na F1 fazendo 50 voltas com o pneu MACIO sem precisar trocar me pareceu estranho. O macio aqui na Indy está durando 10 voltas quando muito… depois é só um pouquinho de borracha em volta da roda e braço do piloto! Certo, são realidades diferentes, mas que a competitividade na Indy é incomparavelmente maior que na F1, disso não há dúvida.

    Publicado por crisman | 29/03/2010, 12:17 pm
  4. Hamilton reclama de estratégia e a McLaren mantém posição sobre pit stop. Pra mim, o campeão de 2008 começa a ser pressionado pelo campeão de 2009.

    Publicado por Ylan Marcel | 29/03/2010, 12:33 pm
  5. Chororô desnecessário. ele trocou os pneus e andava mais rápido que todos. Ele que passasse o Alonso então. O espanhol teve cojones de fritar os pneus, ele não tem do que reclamar.
    Ele esteve também atrás do Kubica, mas também não fez sua parte.
    Chorar agora que a Inês é morta, é muito fácil.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 29/03/2010, 12:48 pm
  6. Realmente interessante Becken;

    Se formos observar, o grande espírito de luta por posições de Lewis também se baseava em ver Button ter de “bandeja” a vitória após o abandono de Sebastian Vettel.
    Claro, a maioria delas foi quando o atual campeão ainda estava nas posições intermediárias, (inclusive como você destacou na imagem que ilustra o post)

    Talvez ele estivesse convencido de que o 4º lugar seria dele, já que Alonso estava realmente se rastejando com seu F10 em péssimas condições (e ótimas por outro lado), mas ser batido pela traseira por um distraído (ou doido para ultrapassar) Mark Webber, jogaram essas chances aos ares.
    E depois disso, ele tem que agradecer que conseguiu um 6º lugar, porque poderia ter ficado na brita ou mesmo em 8º….
    Do meu modo de vista particular, gostei da vitória do Button, ele mostrou que não está para brincadeira e também gostei de ver a McLaren valorizando outro piloto.
    Eu como torcedor de Alonso que sou, vibrei quando Fernando defendia a cada curva, como excelente piloto que é, os ataques de Lewis.

    Agora, eu não sei, mas sinto que Hamilton tem algo contra Alonso, parece que ele quer tirá-lo da corrida, é algo estranho de se escrever..

    Mas enfim, quero ver como será na Malásia, se Button será superior por sorte e estratégia ou na raça mesmo, a que Lewis mostrou ter ontem.
    Mais um toque apimentado nessa grande disputa…

    Grande Abraço; Tomás

    Publicado por tomasf1 | 29/03/2010, 12:48 pm
  7. Tomás,

    O Hamilton simplesmente quer bater o Alonso, mostrar que é melhor. Da mesma forma que o espanhol fez com o Schumacher e ficou claro na frase “Schumacher Who?”.

    Além de ganhar muita grana, todo piloto quer mostrar que é o melhor. Por isso o “ódio” ao Alonso, o cara é bicampeão.

    Publicado por Costanza | 29/03/2010, 12:55 pm
  8. Realmente, como foi apresentado, o lado gladiador é muito mais apráz aos olhos dos torcedores do que a esperteza monótona apresentada domingo.
    Tão monótona que durante a transmissão, após a troca de pneus, Jenson apenas apareceu na tela na hora de cruzar a linha de chegada!
    Penso que corridas assim, com pilotos tendo de remar para conseguir seus pontos e pódios ocorrerão mais se realmente os compostos dos pneus forem de durabilidade mais curta.
    E aquilo né, quanto mais ultrapassagens, maior a probabilidade de acidentes…
    Quero mais que o circo pegue fogo e a bomberada que fique em greve!!
    Será a peneira que a F1 precisa…

    Publicado por Alcides Araújo | 29/03/2010, 1:05 pm
  9. Chororô desnecessário. ele trocou os pneus e andava mais rápido que todos. Ele que passasse o Alonso então. O espanhol teve cojones de fritar os pneus, ele não tem do que reclamar.
    Ele esteve também atrás do Kubica, mas também não fez sua parte.
    Chorar agora que a Inês é morta, é muito fácil.

    A McLaren o chamou na volta 34 e o devolveu 21 segundos atrás do Alonso. Ele teria 23 voltas para tirar essa diferença. No percurso, descontar 1.1 por volta, chegar no Alonso — que é “O Alonso” — em uma pista que sem água é complicadíssima de se ultrapassar e ultrapassá-lo, chegar no Massa e assim por diante…

    Para mim, missão impossível…

    O mais correto era pedir que ele diminuisse o ritmo atrás do Robert e preservasse os pneus esperando o que aconteceria por que o Massa não tinha ação e era uma parede defensiva entre ele e o Alonso, que tinha a Ferrari mais rápida ontem.

    Outro ponto é que com mais uma parada, eles ficaram descobertos com relação a uma potencial chuva que chegasse ali naquele momento.

    O problema todo talvez seja a própria confiança da McLaren na habilidade do Lewis em fazer ultrapassagens.

    Publicado por Becken Lima | 29/03/2010, 1:06 pm
  10. Bom, até onde eu sei a decisão de ir para a troca entre a volta 6 e 7 foi do Button, q sentiu q a pista oferecia condições para uso dos slicks e deu o pulo do gato. Depois na volta seguinte todos trocaram, inclusive o Hamilton.

    Se o Hamilton questiona a responsabilidade da estratégia, ele está atirando contra o Whitmarsh, q é quem comanda esportivamente a equipe. Se a equipe do Button decidiu ir pra uma parada, enquanto q a equipe do Lewis tinha um plano de duas paradas, com certeza Whitmarsh tinha ciência de ambas estratégias e poderia administrar isso, passando essa informação e possibilidade para o Hamilton, atualizando-o sobre o plano do Button. Se ele teria pneu para uma parada só ou não, isso é outra estória, mas acho q o piloto teria sim o direito de ser informado.

    Qto ao show a parte do Hamilton, não tenha dúvida q não só o fã médio, mas todos os fãs de F1, querem ver é isso mesmo. E, o q nós vimos, além da imensa capacidade do Alonso em defender a posição contra o Hamilton ontem, é q, assim q a pista secou totalmente, voltou a velha dificuldade, por conta da turbulência gerada por esses difusores, e q possibilitou, talvez, ao Massa e ao Alonso, conseguir sustentarem suas posições, somado ao belo trabalho defensivo executados por ambos.

    A questão dos pneus, tb tiraram a dúvida de q, deixar as equipes livres para a escolha da estratégia, é o melhor para o problema de ultrapassagens. Com a possibilidade de uma troca apenas, Os poupadores e os gastadores de pneus, vão se encontrar mais vezes durante a corrida, em possibilidade de disputa.

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 1:17 pm
  11. Está mais do que óbvio que a equipe errou ao chamar o Hamilton para os boxes para uma segunda parada. A equipe errou feio e só não admite pois no final das contas o outro piloto do time venceu a corrida. Não fosse isso, hoje estríamos lendo um pedido de desculpas do cgefe da equipe a Lewis Hamilton. Qualquer pessoa minimamente inteligente sabia que seria impossível ultrapassar as duas ferraris uma vez que a McLaren não conseguia ultrapassar nem mesmo a Renault do Kubica. O lado positivo é que mais uma vez o Hamilton arrumou uma burrada da equipe ao conseguir chegar no Alonso. Porém, infelizmente, Webber resolveu o porque deve se aposentar ao jogar sua RBR na traseira do Hamilton quando o inglês tentava sua última tacada para ultrapassar o Alonso.

    Se o Hamilton ao ser chamado, na mesma hora questionou a estratégia, é porque ele tinha motivos para crer que os pneus aguentariam. Assim como os pneus da Ferrari e do Kubica aguentaram. E no mais, memso que não aguentassem, ele poderia fazer o pit faltando menos voltas que daria na mesma.

    De qualquer forma, valeu pelo show de pilotagem do Lewis. Isso sim é F-1.

    Publicado por djow | 29/03/2010, 1:31 pm
  12. O Hamilton está reclamando por que perdeu…óbvio e esperado de qualquer pessoa competitiva. Se ele reclama da equipe é por que já tem essa abertura. nada que crie turbulências que não podem ser resolvidas em salas de reunião.

    Não acho que o Button seja páreo para ele este ano…o Hamilton é um fora de série, apesar de quererem taxá-lo de ‘louco, incosenquente, mimado, etc…’ (Galvão Bueno tende a criar heróis e vilões para alimentar sua narração).

    Vejam senhores, pois este será o campeão de 2010.

    Publicado por Will | 29/03/2010, 1:42 pm
  13. Olha Becken o que lixou o Hamilton foi a sexta feira à noite. A Mercedes deve ter ficado de saco bem cheio por essas imagens percorrerem o planeta com o carro sendo apreendido até segunda feira e a public relations da McLaren no local como Lewis detido no banco de trás do carro da polícia. A partir daí, mesmo que ele não saiba, ele se limitou a ele proprio para a corrida porque isso afecta um jovem como ele. Um piloto tão profissional não pode embarcar nesse tipo de coisa. Tenho sincera pena dele porque sei que os Australianos exgeraram a coisa fazendo disso um exemplo, uma vez que passam a vida a pisar o risco e isso faz muitas mortes estúpidas por lá tanto guiando como sendo vítima de atropelamento.
    Mas o jovem Lewis, tem que aprender um pouco da vida porque a merda não cai só na ventoinha dos outros. Se quer ganhar mais vezes e tem tudo para isso porque é muito talentoso tem de se concentrar mais na pista e nos aspectos da corrida e deixar a onda mediática um pouco mais distante sobretudo nos fins-de-semana de corrida.

    Finalmente e, tecnicamente, embora ele seja muito bom piloto, a sua forma de curvar destroí muito os pneus (Kimi também curva assim) e nessas corridas de loteria em que o piso molhado pode mudar tudo e influenciar tantos parametros, ele tem de aprender do Button. O Hamilton faz mudanças brutais de trajéctória “rectando” as curvas. É uma técnica que se adapta muito bem ao carro e seu estilo de condução mas que é muito desgastante e que pode sair muito caro numa zona de bossas ou irregularidades. Foi mais isso que o tramou na corrida ( e que o lixou no ano passado naquele despiste de final de época) e claro o facto de ter na frente dois campeões do mundo e um quase campeão do mundo para além do talentoso Kubica. Quando ele finalmente ficou em cima, já ninguém tinha pneus nem ele nem os outros. E não podemos esquecer que dessa vez a estratégia de Button resultou mas também podia ter sido um fiasco. O seu mérito foi com base na sua experiência (que é muita) ter tomado a decisão certa. Para terminar há um combate que o Hamilton ainda não ganhou ao Alonso: a maturidade. Alonso foi mais precoce na sua maturação e teve pior material para começar, Hamilton chegou – não nos podemos esquecer- à F1 pela porta da McLaren habituado desde início a umas condições ideais. Mas ele vai se perceber de tudo isso e quando o fizer, e se tornar um piloto mais mental como o Alonso e o Button então vai ser imparável, até que surja outro. Porque é sempre assim. E se calhar já chegou mesmo e se chama Vettel e tem uma maturidade extraordinária para a sua idade.

    Publicado por Ernesto Sousa | 29/03/2010, 1:43 pm
  14. Nessa corrida ficou bem claro o q muitos já diziam na pré-temporada. Hamilton é um devorador de pneus, enquanto button é um dos pilotos com a pilotagem mais suave do grid.

    Como voce disse, hamilton deu show, e button venceu. Um usou a garra e agressividade, o outro usou o cérebro.

    A corrida é uma maratona, e hamilton é o campeao de 100 metros rasos.

    Publicado por henrique | 29/03/2010, 1:49 pm
  15. “Nem você nem eu ouvimos por causa da costumeira verborragia vazia e histérica de Galvão Bueno atravessando as transmissões de rádio das equipes”

    Volta Burti! Aquela Stock não vai dar em nada mesmo.

    A questão do rádio foi mais um capítulo triste da “pior transmissão de todos os tempos da última semana”, protagonizada pela jurássica dupla.

    Ok, não é fácil mesmo de entender o rádio, mas então, deixe só o áudio e não fale em cima. Teve um rádio, não lembro de qual equipe, q eles traduziram errado “no expected rain during the next ten minutes…” Dizendo q vinha chuva em dez minutos e começaram a condenar a corrida de Button, dizendo q tinha acabado a corrida do inglês

    Teve tb um rádio do Vettel, q o engenheiro e ele conversaram claramente em alguma lingua germânica. Só sei q não era Inglês e o Galvão: “Confesso q não entendi nada” rsrs..esse rádio nem o Burti entenderia.

    Pior ainda foi o Carlos Gil, antes da coletiva do Vettel, perguntou q maneira o GB acharia melhor, deixar ele falar e depois traduzir ou traduzir simultâneamente. Combinaram de deixar rolar e depois traduzir. Aí o Carlos Gil: ” Se vcs puderem me ajudar, não entendi direito” e começou dar desculpas. Nessa o GB até tentou salvar o reporter.

    Mas o pior de todos ontem foi o Reginaldo Leme. Incrível, os caras estão queimando o filme, estão jogando toda a boa reputação no ralo, com essas transmissões desencontradas.

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 2:05 pm
  16. Melhor cenário possível com Lewis em 1 parada: ele termina em 2º, após passar Kubica nas últimas voltas. Dobradinha But-Ham.
    Pior cenário possível com Lewis em 1 parada: ele ataca tanto o Kubica até desgastar os pneus e ir perdendo rendimento e é ultrapassado por todo mundo do pelotão da frente e termina atrás do Webber, ou seja, em 7º.

    Melhor cenário possível com Lewis em 2 paradas: todo mundo para 2 ou 3 voltas depois dele e ele ganha a corrida. Se Button n parasse, seria alcançado e ultrapassado com facilidade devido a diferença de 2 segundos por volta e teríamos uma dobradinha Ham- But.
    Pior cenário possível com Lewis em 2 paradas: rema, rema e para atrás do Alonso q n vende a posição.

    O q seria recomendado(IMHO): Lewis, desista de atacar o Kubica e poupe pneus, Massa n tem carro pra te alcançar. Lembre-se vc saiu da 11ª posição e agora tem um pódio. Além disso, Vettel está fora da corrida e as Ferrari estão atrás de nós. Vamos embolar o campeonato. Se eles(Ferrari) pararem, vc troca na volta seguinte. A distância q vc tem agora, dá pra vc sair na frente ainda.

    Publicado por Leandro Magno | 29/03/2010, 2:10 pm
  17. Muito ruim a transmissão!!! Mas nada que não estejamos acostumados…

    Publicado por Will | 29/03/2010, 2:12 pm
  18. Ouvi o GB em um momento da Transmissão dizendo que o Button colocou os pneus slick prematuramente, no momento em que ele deu uma escapada na pista, resumindo, ele ganhou a corrida… sem o Burti a transmissão ficou um tanto chata…

    Mas Hamilton tem todo o direito de reclamar, mas acho que neste caso, ficou a frustração de Não passar Alonso, Webber ter batido na sua traseira e ainda por cima, ver o Button vencendo a primeira da McLaren do ano… muitos podem achar que Button não tem a mesma pilotagem “guerreira” e soberba de Hamilton, mas que ele sabe trazer o carro, conservar e pilotar de maneira limpa… o campeão de 2009 realmente não é uma carta fora do baralho… que venha a Malasya…

    Publicado por Jackson | 29/03/2010, 2:22 pm
  19. Engraçado que o Hamilton parece não saber o que significa perda de pressão, turbulência, pneus dianteiros mais finos, e etc.

    Dá gosto de ver suas escaladas no grid.
    _____________________

    Realmente a transmissão da Globo está insuportável. Já está em um nível preocupante, a medida em que começa a comprometer o que a emissora se propõe a fazer.

    O que adianta a FIA disponibilizar os audios das equipes, se a transmissão IGNORA tais dados. Eu tenho vontade de dar um tiro de 12 na tv quando o GB fica atravessando as conversas de rádio com assuntos completamente irrelevantes, que só interessam ao seu grandioso umbigo.

    O GB está para a F1 na Globo, assim como a HEBE para o talk show do SBT. Ambos anciões cansados, desgastados, gagás, cujas opiniões não tem mais filtro.

    Publicado por Iomau | 29/03/2010, 2:25 pm
  20. Nessa corrida ficou bem claro o q muitos já diziam na pré-temporada. Hamilton é um devorador de pneus, enquanto button é um dos pilotos com a pilotagem mais suave do grid.<

    Curioso que o ultra soft Button disse que só mudou para os pneus secos por que os traseiros estavam destruidos:

    "…“It was a necessary move to pit for slicks. I was struggling for grip on the Inters, and the rears were destroying themselves very quickly, so we figured it must be time for dries…”

    No Bahrein ele também se enrrolou com para preservar os pneus atrás do Schumacher.

    Para mim, até agora, essa história de um Hamilton destruidor de pneus e o Button preservador não se mostrou na prática.

    Publicado por Becken Lima | 29/03/2010, 2:33 pm
  21. Iomau

    O RL teve uma hora em q estava uma briga intensa entre as Ferraris e ele: “Massa nos Boxes” sendo q os carros estava no lado oposto aos boxes e o carro q tava econstando numa pista auxiliar era uma Virgin, além de ter confundido o Kovalainen com o Di Grassi. Confundir RBR com STR, até vai, ainda q a tonalidade das cores sejam diferentes, mas confundir Lotus com Virgin, foi de doer.

    E o GB metendo o pau na Ferrari, pq não chamava seus pilotos pros boxes, para a segunda troca, sendo q todo mundo q entende um pouco de corrida, já tinha percebido q os ponteiros iriam pra uma troca só.

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 2:35 pm
  22. Becken, concordo em gênero, número e grau…tanto, que o Hamilton topava a estratégia de 1 parada apenas.

    Alguém aí vai chamar o Alonso de ‘destruidor de borracha’? Não, né? mas os pneus dele estavam em farrapos, talvez até mais que os do Massa (ou vocês acham, que ele não atacou pela sua incrível piedade?).

    Essa temporada vai servir para muitas mudanças de conceitos e estereótipos.

    Publicado por Will | 29/03/2010, 2:41 pm
  23. Deu para escutar na hora que o radio do Lewis era ele soltando os cachorros na equipe, fiquei constragido na hora pelo engenheiro (e pelo Galvão que está tão senil que não viu a oportunidade praticar seu esporte favorito que é falar mal do lewis).

    Tenho impressão que boa parte da repercussão negativa veio também por conta da informação de que foi o Button e não a equipe que decidiu entrar cedo nos boxes. Acaba gerando um constraste muito grande. A percepção, correta ou não, é de que um dos campeões britanicos é um piloto maduro que sabe ler a prova e guiar a equipe ao melhor resultado e o outro um moleque mimado que precisa do engenheiro e depois reclama em público quando as coisas não saem perfeitas (é óbvio que é muito mais complicado que isso).

    Sobre a estrategia em si está é uma dessas coisas que nós jamais teremos certeza já que não temos dados suficientes para julgar. Dos 14 pilotos que chegaram ao fim, só 5 (a turma da frente e o De La Rosa) não pararam. Foi ótimo para os primeiros, mas o espanhol da Sauber provavelmente perdeu o decimo lugar por fivcar na pista já que tinha uma vantagem razoavel para o Schumacher e Alguersuari quando eles pararam e se tivesse ido junto teria administrado, o alemão depois de penar muito para passar o garoto da STR, só chegou e passou PDR que disse que não tinha condição alguma de oferecer resistencia. É possivel que o engenheiro do Lewis entrou em panico quando viu Webber adiantando a segunda parada e achou melhor copiar, mas é possivel também que os dados apontassem que o estado dos pneus do Lewis seria tão ruim que parar era necessario. Vale lembrar que pneus desgastam gradualmente, mas que existe um ponto onde a performance acaba de vez e se chegasse neste extremo Lewis seria ultrapassado por todo mundo seja de pneu novo ou velho.

    Publicado por Filipe Furtado | 29/03/2010, 2:43 pm
  24. E a gente esquece que o rádio das equipes é liberado por elas…ou estou enganado, Becken, me salva aí…

    Publicado por Will | 29/03/2010, 2:46 pm
  25. Will – hummm… boa questã. Eu imagino que a FIA escolhe transmissão X e Y, mas o que eu sei é que as equipes são OBRIGADAS a deixar o canal de transmissão aberto!

    Ah, para quem tava reclamando do nível dos comentários, taí a prova nesse post de que eles continuam muito bons.

    Publicado por Becken Lima | 29/03/2010, 2:54 pm
  26. Pronto já desabafei contra o plin-plin, vamos voltar pro tema do post.

    Becken, ontem acho q foi o caso da pilotagem mais suave do Button, depois dos pneus slicks, aparecer sim. Ele manteve um bom ritmo a corrida inteira. Andou feito um relógio na casa de 1:29/1:30 por várias voltas, ou seja, o carro ficando mais leve e ele poupando pneus mantendo o bom tempo de 1:29, q era o suficiente pra controlar a corrida.

    A verdade é q o momento psicológico agora é todo do Button, e a força mental do Hamilton está em xeque, ainda q a temporada esteja só começando. Ainda bem q tem corrida já no fds e vamos ver como ele vai reagir.

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 3:06 pm
  27. Pessoal, vocês sabem em que volta foi esse rádio do Lewis?! Não achei nada no Youtube, mas queria tentar ouvir pelo menos no arquivo que tem na Globo.com na integra…

    Publicado por Daniel | 29/03/2010, 3:15 pm
  28. Alex – Ctba, poupar pneus de cara pro vento é facílimo…o que critico nesta estereotipagem dos pilotos é, que, essa característica do Button, por exemplo, só surgiu em 2009, quando ele guiou o BGP-01: um carro dominante, equilibrado e que poupava tanto os pneus que tinha até dificuldade em aquecê-los…fácil economizar assim!

    Ontem a diferença entre as corridas dos dois foi: 1) o momento do pit (grande mérito do Button, teve peito pra bancar) e 2) a segunda para do Hamilton, que poderia ter sido considerada uma ótima estratégia se o Webber não bate nele ali no final…

    O resto é birra do Hamilton (se não fosse assim não era ele…) e comentários ‘after-race’ sempre mais fáceis.

    Publicado por Will | 29/03/2010, 3:17 pm
  29. “Alguém aí vai chamar o Alonso de ‘destruidor de borracha’? Não, né? mas os pneus dele estavam em farrapos, talvez até mais que os do Massa (ou vocês acham, que ele não atacou pela sua incrível piedade?).”

    Aí que está a questão Will; o problema não são os pilotos, mas os carros. Seria a McLaren mais “gentil” com os pneus que a Ferrari?

    Aliás, falando nisso, me lembrei que a Bridgestone elegeu a Sauber como a equipe que desgasta menos os compostos. Alguém lembra quantas paradas fez o De La Rosa?

    Publicado por Vitor, o de Recife | 29/03/2010, 3:21 pm
  30. Uma correção: claro que a pilotagem de um piloto faz a diferença, mas o modo com que um carro trata os pneus é mais relevante.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 29/03/2010, 3:25 pm
  31. Vitor, o de Recife , apenas 1 parada, sendo ultrapassado pelo M. Schumacher em função de seus pneus não aguentarem mais nada…

    Publicado por Will | 29/03/2010, 3:29 pm
  32. Quanto a minha pergunta, o Filipe já respondeu acima. Não fosse a obrigação de utilizar um composto macio e um duro, as estratégias seriam bem mais versáteis… é engraçado como a FIA tenta melhorar o espetáculo e termina piorando.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 29/03/2010, 3:30 pm
  33. Will

    o tem ponto: “2) a segunda parada do Hamilton, que poderia ter sido considerada uma ótima estratégia se o Webber não bate nele ali no final…”

    Não tenho certeza disso. Supondo q o Webber não bate nele. Faltavam 2 voltas e meia pro final. Naquela volta em q o Webber acabou com a disputa, o Hamilton não ia passar, já tinha recolhido. Então vamos supor q ele passasse o Alonso na volta seguinte, faltaria uma volta pra ele colar no Massa e ultrapassar. Se ele conseguisse essa proeza, chegaria em terceiro, sendo q, como citou o Becken, se o engº manda poupar equipamento qdo estava em terceiro atrás do Kubica e se possível atacar no final ele poderia chegar em segundo, ou em terceiro na pior das hipóteses, mas sem tanta mão de obra.

    Vai ficar td no campo da conjectura mesmo, pq o ‘SE’ não alinhou ontem em Melbourne, mas q ele deveria ter sido informado sobre a estratégia do Button e discutido a possibilidade de uma parada, isso deveria sim.

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 3:34 pm
  34. Becken,

    Tirando estilos de pilotagem , numeros de pits stops e agressividade em ultrapassar.

    Eu acho que o que fica aqui eh a postura do Hamilton e como o Button pode ser beneficiado com isso.

    Uns dizem que o Hamilton devido a falta de experiencia nao tem o feeling da corrida e ainda depende muito do engenheiro para chamalo ao pit ou fazer uma mudanca dastrica na sua estrategia.

    Nao se esquecam que o BUtton tem 10 anos de F1 e o Hamilton vai para o seu 4.

    Talve z, dentre de uma proporcao , teremos ahi um duelo estilo Senna x Prost com tocadas diferentes mas acho que o Hamilton crecera muito ainda dentro da temporada com essa experiencia , assim como o Button.

    Nos eh que vamos ganhar com essas duplas de pilotos :

    Mclaren, Mercedes, Ferrari e alguns casos isolados como o Vettel , que igual ao Hamilton tem que amadurecer um pouco, Kubica e quem sabe se a Williams permitir o Barrichello.

    Abraco,

    Fernando

    Publicado por Fernando | 29/03/2010, 3:38 pm
  35. Estava demorando esse embate.

    Como o da Ferrari já esta soltando faísca não demoraria para alguém na Mclaren reclamar de algo. Só achei pretencioso da parte do Hamilton acusar a equipe de lhe prejudicar, talvez essa não seja a hora de reclamar da equipe e sim de tentar agregar o máximo que ele pode em torno de sí.

    Button não tem uma tocada tão suja quanto o Hamilton, ele é mais consevador, então, a reposta dada a meia boca pelo Withmarsh que ele estava com seu pneu traseiro esquerdo detonado seria o suficiênte para ele Hamilton esperar um pouco mais e não acusar a equipe.

    Falta maturidade ao Hamilton, e se ele continuar a chorar dessa forma perderá as estribeiras e ficará atrás do Button no campeonato. E perderá uma grande chance de se manter como o queridinho da imprensa inglesa para o Damon Button.

    Publicado por Claudemir Freire | 29/03/2010, 3:41 pm
  36. Alex-Ctba, concordo contigo. A McLaren falhou em não contar com a maturidade do Hamilton e repassar opções ao piloto, dividir essa responsabilidade é papel do Engenheiro de pista.

    ps.1: se ele passa só o Alonso, já seria uma vitória para o Hamilton (acho que ele ficou p… por não ter tido essa oportunidade – graças ao canguru-barbeiro).

    ps.2: mas, segundo as más línguas (a minha inclusive), que demora 3 voltas para passar o Alonso só demora uma reta para passar na Avenida Massa…rs

    Publicado por Will | 29/03/2010, 3:42 pm
  37. Will

    Um adendo ao seu “PS 2”

    O Miltinho colou no Alonso na 49 e ficou até a 56. Não foram 3 voltas, mas sim, 7 voltas tentando passar o Espanhol. Com a pista seca, claro q voltou a velha dificuldade da turbulência, etc e tal, mas dava a impressão q se eles ficassem uma semana ali, sem o Webber pra acabar com a brincadeira, o Alonso ficaria uma semana inventando todo tipo de manobra pra não tomar marca no casco do seu desafeto.

    Deve ter vindo na cabeça dele a frase do Hamilton na pré-temporada, dizendo q o IMPLODIU.

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 3:56 pm
  38. o dia que lewis hamilton economizar pneus e deixar de ser showman tendo um bom carro na mão vai ser campeão novamente. Até lá o grande circo da formula um sempre o verá como o cara que nos faz rir ou chorar.

    Ele não foi feito pra ser um alain prost, esse é o estilo lewis de ser.
    Uma troca apenas de pneus ele teria ficado na mão.
    O mesmo aconteceu com alonso, tava praticamente sem pneu para resistir muitas voltas.

    Publicado por wilson | 29/03/2010, 4:06 pm
  39. MASSA TARTARUGA?

    Calma não sou eu quem digo. também não são espanhóis.
    Saiu no gazeta dello sport, os italianos tão uma arara com massa e domenicali

    http://www.marca.com/2010/03/29/motor/formula1/1269856745.html

    Publicado por wilson | 29/03/2010, 4:08 pm
  40. Alex-Ctba, precisamente!!! Eu vendo a reprise da corrida e lembrando disso…as 3 voltas foram ilustrativas, o PS2 era anti-Massa…rs

    Publicado por Will | 29/03/2010, 4:09 pm
  41. ahh…
    tem um certo espanhol que deve ta rolando de rir disto tudo..

    se a equipe não tivesse que honrar seu planejamento e não se preocupasse com suas metas, diriam para o Miltinho:

    – Ok, então a partir de agora você faz sua própria estratégia, não vamos interferir em suas decisões, como também não vamos lhe sugerir nada.

    onde será que o Miltinho chegaria?

    Publicado por Felipinho | 29/03/2010, 4:15 pm
  42. Will

    Entendi. Realmente pra vc q torce para o Hamilton, deve ser frustante ver pilotos como o Massa ou o Button em ação. Mas não se engane, esses caras, qdo preciso, tb sabem fazer ultrapassagens ousadas. Não fazem tantas qto o Hamilton, mas são ótimos pilotos.

    E o Massa está devendo uma apresentação dominante, tipo aquelas q ele costuma fazer na Turquia ou em Interlagos. Precisa apagar a corrida pragmática de ontem da cabeça dos fãs.

    De qq forma, o Massa deve estar pensando: “Tá todo mundo louvando a corrida do Hamilton, mas eu coloquei no bolso 15 pts enquanto ele levou só 8 para Woking”

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 4:24 pm
  43. Exemplo de transmissão (em inglês):

    Vejam este vídeo da largada de ontem na Austrália.

    >>Reparem aos 1:47 na reação do locutor ao ver o símbolo da conversa de rádio. Pasmem….ele fica quieto para escutar!!!

    >>Aos 2:20 o comentarista alerta para um provável problema de suspensão no carro de Schumacher.

    >>Aos 3:02 novamente o comentarista alerta para ficarmos de olho na reação da suspensão de Schumacher.

    Ou seja, em menos de 1 minuto comentaram 2 vezes sobre um possível problema de suspensão na Mercedes do alemão, coisa que a dupla senil da Globo não teve competência para fazer durante a corrida toda.

    Se aposenta Galvão!!!

    Publicado por Paulo Patullo Neto | 29/03/2010, 4:43 pm
  44. Comentários com provocações vazias e ofensas pessoais como os que estão presos lá no anti spam ficarão por lá mesmo!

    Publicado por Becken Lima | 29/03/2010, 5:06 pm
  45. Paulo Patullo Neto

    Lembrei de mais uma Galvanice do Bueno

    Qdo o Alonso colou no Massa ele logo tascou: “É absolutamente normal vir uma ordem da equipe pro Alonso passar, pq é mais veloz etc”. Parece q os anos de Barrica na Ferrari deixou fortes sequelas e ele já tava meio q desculpando-se com o telespectador DELE, um possível jogo de equipe.

    Resultado: Não veio ordem nenhuma, pq td mundo sabe da política da Ferrari pós Todt, e o Massa tb segurou o Alonso como pôde.

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 5:13 pm
  46. Este foi o melhor artigo que eu li sobre o caso Lewis/Button na Austrália:

    Hamilton still the pick of McLaren drivers despite Button’s win

    (…) The decision to pit for slick tyres that Button made, while with hindsight extremely advantageous, was essentially a risky one. His crew were not ready when he made the decision, and this is anathema to an ultra-prepared team like McLaren. When he returned to the track, let us not forget, he immediately fell off the road and was lucky to avoid the quicksand-like gravel trap. It all could have ended so soon and in such ignominy for Button, but fortunately for him his luck was in. His luck was in that it didn’t rain again; his luck was in that Alonso was mystifyingly prevented from further attack; his luck was in that Vettel broke down. He was under no threat, and as such could drive in that silky way he does, and take the win.

    Hamilton’s only failing was that he, in contrast to Button and again to his own detriment, played the team game. He obeyed the team’s instruction to pit for a second set of dries, under the completely understandable misapprehension that the Ferraris and Kubica would have to pit again. Meanwhile, he had driven his heart out. He overtook Button in the early stages, fairly and beautifully, as well as Massa. He took Rosberg on, and passed him incredibly bravely at 150mph on the outside on the back straight. He chased the Ferraris down, lap after blistering lap, and would surely have disposed of Alonso and Massa in the final few laps. Many, not least Martin Brundle in his BBC column, agreed with the 25-year-old’s post race assertion that it had been one of his “best drives”. (…)

    O resto: http://www.forumula1.net/2010/f1/f1-news/hamilton-still-the-pick-of-mclaren-drivers-despite-buttons-win/

    Publicado por Becken Lima | 29/03/2010, 5:13 pm
  47. Muito bom Becken, apesar de ser totalmente pró Hamilton. Essa frase é ótima:

    “If (and it is a big if) it is an immature Hamilton that sparks such joy in the spectator, may he never grow up.”

    Realmente pra q crescer e ser um piloto cerebral, enquanto a sua suposta imaturidade pode proporcionar espetáculos como o de ontem?

    E em relação ao Button ser poupador de borracha, o artigo lança a dúvida tb, igual o F1 Around, e reforça o argumento do Vítor ai em cima, q mais importante q estilo de pilotagem, são os carros os verdadeiros determinantes na questão do consumo.

    Publicado por Alex-Ctba | 29/03/2010, 5:28 pm
  48. “Ah, para quem tava reclamando do nível dos comentários, taí a prova nesse post de que eles continuam muito bons.” Alegria de pobre dura pouco, Becken… rsrs.

    O Arnesto me convidou, pr’o samba ele mora no Brás…

    1. “Um piloto tão profissional não pode embarcar nesse tipo de coisa.”
    2. “Tenho sincera pena dele porque sei que os Australianos exgeraram a coisa…”

    Ernesto,

    1. Ninguém devia. Mas o que diferencia o jovem dos adultos e anciãos não é só a pouca idade, mas o ímpeto, a coragem de inovar, encarar desafios e se meter em encrencas também etc. Jovens serão sempre jovens, às claras ou às escondidas.

    2. A polícia fez aplica-se a qualquer australiano. A imprensa, por seu turno, mostrou seu lado hiena que se alimenta das merdas que os outros fazem. So, enjoy.

    Sobre o post:
    Estou com o piloto (sempre).
    O Hamilton chamou a responsabilidade. Se sugeriu que conseguiria poupar os pneus e ganhar, tem que ter crédito. O cara é campeão mundial – ou isso não é cacife?

    Quanto à forma de tratar o assunto, é infantil pretender que um cara a 300 km/h, emputecido, com os nervos e reflexos à flor da pele, faça diferente. Nos bastidores as coisas voltam à civilidade.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 29/03/2010, 5:46 pm
  49. É Will, pelo visto o prognóstico da Bridgestone para a Sauber não foi o suficiente… será que a equipe suíça se confiou nele? Se sim, devem estar chingando os japoneses até agora! :p

    ………………………………………………………………………………………………………………………………

    Me poupei de ouvir o Galvão. Vi o final da corrida da Indy (Will Power fazendo jus ao sobrenome de novo!). Foi na Band, o canal aberto mesmo, com o Téo José que tem uns bordões chatos mas é bem mais contido. Aì me lembrei que, acreditem, tem coisa pior que o Galvão: Luciano do Valle. Ô cara ruim!!!! Narração horrível, erra os pilotos, não sabe porcaria nenhuma sobre o esporte, fica criando factóides (piloto A tem rivalidade com piloto B), pachecada pior que o GB.

    Às vezes as transmissões da RG são raiva, mas é sempre bom lembrar que tem coisa pior. Ah, só mais um detalhe: a corrida da Indy passou hoje porque foi adiada pelas fortes chuvas nos EUA. A corrida que seria realizada ontem teria a transmissão da… Bandsports, canal fechado. Na tv aberta, só um VTzinho safado de meia hora. Tão vendo que tem coisa pior?

    Publicado por Vitor, o de Recife | 29/03/2010, 6:36 pm
  50. Becken

    “Comentários com provocações vazias e ofensas pessoais como os que estão presos lá no anti spam ficarão por lá mesmo!”

    Podia modificar o texto padrão para:

    Comentárista com provocações vazias e ofensas pessoais como os que estão presos lá no anti spam serão banidos!

    Ou lance a campanha ADOTE UM TROLL e ensinem eles a se comportar.

    Publicado por Claudemir Freire | 29/03/2010, 6:36 pm
  51. Becken,
    Fora do assunto, eu sei. Mas, não resisti. O Schumacher está é “c*gado de arara” ou “Qdo o urubu está de azar o debaixo c*ga na cabeça do de cima.”, como se diz por aqui, nas montanhas alterosas.

    Vejam que absurdo:

    O queixudo precisa arranjar uma benzedeira urgentemente. Ou largar aquele chucrute com chopp e comer um tutu à mineira com lombo, costelinha, linguiça e couve (pra ganhar sustança), acompanhado de uma cachacinha, curraleira – que é pra ralear o sangue e desenvolver o peito.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 29/03/2010, 6:41 pm
  52. ‘de azar o debaixo’… putz. Eu escrevi isso mesmo? Nada a ver. Lei de baixo, por favor.

    Publicado por Anselmo Coyote | 29/03/2010, 6:45 pm
  53. Jenson está sendo muito elogiado dentro de equipe, não só por sua performance. A equipe cita característocas opostas a Hamilton: “Jenson é um cara muito tranqüilo. Muito relaxado, maduro. E a informação que ele nos retorna é muito boa e fazemos progresso o tempo todo. Muito metódico. É o começo de uma ótima relação e estamos muito positivos quanto a ele.”
    Nos anos anteriores a atitude de Hamilton não causaria preocupação, mas nesse ano, seu companheiro é outro inglês e atual campeão mundial. Será que a equipe mantém o mesmo carinho que sentia por Hamilton?

    Becken, ontem com certeza o Hamilton foi o devorador de pneus e o Button o oposto.
    Hamilton na volta 53: “Meus pneus acabaram”
    Enquanto Button disse na volta 56 que seus pneus estavam bem.
    Na recuperação o Hamilton precisou ser rápido, e assim como a McLaren, duvido que seus pneus durariam.

    Do resto concordo com tudo.

    Publicado por KBK | 29/03/2010, 7:15 pm
  54. Coyote, outro absurdo é pensar que aquele ali era o Lucas di Grassi.

    Publicado por KBK | 29/03/2010, 7:17 pm
  55. O di Grassi não carregou o filho em seu ventre não o pariu e não o criou. Então não pode assumir a autoria do X.

    Capacete do Glock em 2010.

    No 0,14 aparece a lateral do capacete.

    Publicado por Claudemir Freire | 29/03/2010, 7:19 pm
  56. Pessoal

    Estou pensando seriamente em comprar um desses softwares de TV pelo computador em substituição à Globo, GB, RL e cia para acompanhar a F1.
    Alguém sabe se funciona legal?

    http://best-internet-tv.com/

    Publicado por Paulo Patullo Neto | 29/03/2010, 7:23 pm
  57. Para não restar dúvidas que ele di Grassi está roubando o filho alheio.

    Publicado por Claudemir Freire | 29/03/2010, 7:27 pm
  58. Putz, roubaram a glória do Glock!!!

    Publicado por Vitor, o de Recife | 29/03/2010, 7:32 pm
  59. Safado!

    Publicado por Anselmo Coyote | 29/03/2010, 7:48 pm
  60. Olhei no twitter @lucasdigrassi agora. Alguns cumprimentos a ele sobre o X no Alemão e nenhuma resposta dele. Ou fingiu que não viu ou “quem cala consente”.

    Concordo contigo Coyote. Safado! ;-)

    Publicado por celso gomes | 29/03/2010, 8:23 pm
  61. Hamilton não sabe pq a equipe chamou ele para a troca? É simples … ele não terminava a corrida. Se com pneus novos ele deu umas voltas atras do Alonso e já reclamou que não tinha pneu, imagina se fica na situação dos 4 da frente. É um piloto fantastico tem muito braço, mas chegou na regalia da Maclaren, talvez se tive-se trabalhado mais a cabeça, aprendido um pouco qd chegou em 2007, teria sido campeão com mais facilidade em 2008 e provavelmente estaria mais apto para esse ano, pq Button não é tão rapido quanto ele, mas corri limpo, direção conservadora e constante e tem mais experiência, e não vai ficar perdendo cabeça na corrida, desesperado para passar ou ficar culpando a equipe. Hamilton para min e olha que não sou fã dele pq o acho muito mimado pela Maclaren tem uma mistura de Senna ( Rapido e bom de braço ) e Mansell ( Rapido e cabeça quente ). Vale lembrar que esse ano em determinadas corridas quem tiver cabeça vai se dar melhor.

    Publicado por Jr | 29/03/2010, 10:21 pm
  62. Celso,

    Olha esta, com a licença do Becken, do blog do Lívio.

    “Lucas Di Grassi, da Virgin, disse que foi ele que deu o X em Michael Schumacher, da Mercedes, na 5.ª volta, quando o alemão o ultrapassou. Mas o seu companheiro, Timo Glock, também afirmou que foi ele. As imagens de TV indicam que foi Di Grassi, depois de ótimo inicio de prova.”

    Mas o Lívio não disponibilizou o vídeo.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 29/03/2010, 11:09 pm
  63. Coyote

    Acabei de procurar no site oficial da F1 e lá está escrito o seguinte:

    “Glock’s starring moment came on the fifth lap when he momentarily repassed Schumacher after being overtaken.”

    O pior que também o Kova fez o mesmo mas a TV não mostrou:

    “Kovalainen, however, was another to repass Schumacher after being overtaken.”

    taí o link: http://www.formula1.com/news/features/2010/3/10598.html

    saudações

    Publicado por celso gomes | 29/03/2010, 11:25 pm
  64. Ih… olha a confusão, no mesmo blog, Celso:

    “Na 4.ª volta… Schumacher, que perdera várias posições com a parada, ganha a colocação de Timo Glock, da Virgin, mas leva o X. Era uma disputa Mercedes versus a estreante Virgin. De novo compreende que sua volta à Fórmula 1 foi bem vinda, mas que ninguém está lá para lhe estender o tapete.”

    Detalhe: Este post é mais recente. Foi postado às 20:55:56. O anterior foi na mesma dara, às 20:49:47.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 29/03/2010, 11:31 pm
  65. Kubica na coletiva do pódio, falou que se defendia do Hamilton e ficou surpreso porque ele foi para o box.

    Dizer que Hamilton não sabe o que é um pneu ruim, com ele andando desde moleque em cima de quatro rodas, é presunção de quem conhece F1. A Mclaren pode ter errado, e o que Lewis fez depois foi tirar a diferença de Alonso e andando na frente de Webber-touro-babando, e ficar mais de 7 voltas encaixotado por ele e o Alonso sem ERRAR uma única vez…

    Pobre “idiota veloz”, ele poderia ter ficado esperando Alonso errar, entraria no mesmo quarto do Alonso no hotel e não passaria dele. Tentou o que podia, naquela fila indiana – sim, o fim foi de fila indiana; Queria eu que Melbourne tivesse mais de um ponto de ultrapassagem em cada volta´pois não tem como não forçar um erro se não mostrar o bico do carro toda hora, como fazia um especialista tupiniquim.

    Agora, o todo poderoso Alonso bicampeão não erra, freiava antes, e é Ferrari que preserva pneus, conseguia adiantar o “idiota veloz” embutido no seu motor de partida, ou na luz freio como diz o Gága Bueno. Teve balls, poque um piloto tem que ter balls (Freiar por último e acelerar primeiro), firtou tudo, perdeu o ponto, espalhou perdendo tração, e teve a sorte, mesmo sorte que brindou o Button – Na estratégia não dá para contar com a sorte, a sorte é matreira e a chance na mesa é de 50%, pode ou não dar certo. Mas o azar foi de Lewis, o Webber atazanado erra e acaba com a manobra de Lewis, repetida várias vezes e fácil de identificar, desde da GP2 e em 2007, 2008 e 2009, usando o grip mecãnico para fazer a curva por dentro. tudo bem, poderia não dá certo, mas par que respeitar que está na sua frente, os pilotos puro-sangue não podem respeitar, aliás, o respeito já tinha sido perdido em 2007, então resta o 6 lugar, não merecido. Mas como em Monza/2009, eu não faria de outra forma, Lewis.

    Concordo como muitos artigos que li, e desconcordo da globo que nem fez menção da exuberante corrida de Hamilton, ele concordando ou não com estratégia, contando ou não com a sorte, tendo ou não o melhor carro do Gp(Como já estão dizendo), mostrou que confia no seu talento, o dom, de andar num F1.

    O resto, o resto ou foi estratégia, sorte ou o carro da hora.

    Bom, resta perguntar tirando tudo o que ele fez, o que sobra em melbourne/2010?

    Abraços.

    Publicado por Alexandre Gomes | 29/03/2010, 11:32 pm
  66. Ah, faltou dizer que no time-live da McLaren tem o rádio dos pilotos, e em algum momento Lewis pergunta, “e eles não vão parar?”.

    Ele contaram com isso… Mas Lewis chegou.

    Publicado por Alexandre Gomes | 29/03/2010, 11:49 pm
  67. Nada melhor que uma boa conversinha com o Chefe dele e o pessoal de PR da McLaren, Vejam só.

    “Hamilton ‘understands’ team’s strategy”

    “Lewis Hamilton says he now understands why McLaren chose to bring him in for a mid-race tyre change in the Australian Grand Prix – a strategy that left him angry at the end of the race.”

    “The team has explained to me their reasoning behind the second pitstop, and I can understand what they were trying to do intrying to cover both Mark and Nico for later in the race,” he said.”

    Querem mais? http://www.autosport.com/news/report.php/id/82529

    saudações

    Publicado por celso gomes | 30/03/2010, 12:15 am
  68. Não é só nas cores ods capacetes que essa dupla remete à dupla da McLaren de 88/89

    Publicado por Alcides Tavares | 30/03/2010, 12:25 am
  69. RCosta

    Ou Roberto. Depois do Becken te ter bloqueado, vc mudou o nick só pra falar a mesma besteira? Tá Felizinho agora? Conseguiu postar seu construtivo e interessante comentário?

    Pathetic…

    Publicado por Alex-Ctba | 30/03/2010, 8:27 am
  70. Hamilton é Mansell e Button é Prost…

    Uma heresia dizer que Hamilton é Senna e Button é Prost…

    Somos idiotas a comentar F1…

    Mas vale a pena pela maioria da galera, que comenta até treino de pré-temporada em Valência!

    Um abraço a todos!!

    Publicado por Will | 30/03/2010, 8:32 am
  71. Will

    Dada as DEVIDAS PROPORÇÕES, até q lembra a dupla Senna/Prost sim. Ou vai dizer q o Hamilton, pela agressividade nas ultrapassagens não lembra o Senna? e o cerebral Button não lembra o professor? mas claro, não podemos comparar o CV da dupla atual da McLaren com a dupla de 89/89.

    Becken

    Tá explicado. Não seria normal o Schumi passar a corrida inteira lutando com o Alguersuari, se o carro não tivesse mesmo problemas. E Qto a classificação, não foi a toa q ele foi tirar satisfação com o Alonso. Com 4 carros a mais no grid esse ano, sendo q seis, são carros lentos, ficou mais difícil achar uma volta limpa. Os pilotos tem q se readaptarem e as vezes acontece isso q aconteceu com o Alonso e o Schumi.

    Publicado por Alex-Ctba | 30/03/2010, 9:42 am
  72. Exato Alex, a briga HAM x BUT me lembra SEN X PRO em tudo, fico extasiado por que para mim é um a reedição das melhores disputas que já assisti.

    Fico meio p… com comentários que tentam ligar o HAM com o Mansell, acho indevida essa comparação (estilos diferentes).

    Publicado por Will | 30/03/2010, 10:11 am
  73. Hamilton-vacaloca é o Mansell negro, o toureiro Alonso balançou seu pano vermelho e ….OLÈÈÈÈÈÈ

    Publicado por Rob | 30/03/2010, 1:31 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: