//
você está lendo...
ARTIGOS

McLaren e Ferrari apostam em ritmo de desenvolvimento contra Red Bull

Esse gráfico abaixo indica uma tendência pela qual os torcedores de McLaren e Ferrari andam rezando nesse início de ano: que é a habilidade das suas duas equipes em fazer valer a enorme gama de recursos à disposição em seus QGs.

A esperança dos torcedores jaz no pequeno déficit que McLaren e Ferrari têm para o foguete da Red Bull esse ano, o que sugere que a equipe de Sebastian Vettel será alcançada a qualquer momento, provavelmente no início da fase européia, no GP da Espanha, em maio.

Ferrari e McLaren não terão que distrair-se com o quebra-cabeça que foi o KERS e com difusores duplos, como em 2009, o que pode lhes dar mais liberdade para focar-se na compreensão dos compostos de pneus e no refino aerodinâmico de seus dois modelos.

Será a Red Bull ágil o suficiente para equiparar-se em ritmo de desenvovlimento e manter sua diferença intacta ao longo do ano? Saberemos, mas as duas provas jogadas fora por problemas de confiabilidade — e quando a equipe tinha uma relativa vantagem técnica — farão falta lá na frente quando o “gap” for ainda menor ou não existir…

Sobre o gráfico, é bom alertar que ele é uma estimativa e não deve ser encarado como verdade absoluta, mas a variação nas curvas de performance das equipes indica, mais ou menos, qual foi o balanço de poder em 2009 — o que lhe dá certa credibilidade.

Para desenvolvê-lo, eu calculei as diferenças entre os melhores tempos de cada equipe conseguidos no Q2 — com exceção de Silverstone (o Q1 foi mais representativo por causa da chuva que atingiu o Q2) e Brasil, onde usei o último treino livre, mais representativo que a classificação afetada pela chuva.

Alonso tem certeza que a Ferrari terá o melhor carro em duas ou três provas, enquanto a McLaren descontou três décimos da Austráli para a Malásia e promete chegar um pouquinho mais perto da Red Bull já nesse final de semana, no GP da China.

[Clique para aumentar o gráfico]

Discussão

24 comentários sobre “McLaren e Ferrari apostam em ritmo de desenvolvimento contra Red Bull

  1. Becken

    Seria mais fácil para a Ferrari contratar o Adrian Newey a peso de ouro do que confiar em seus recursos tecnológicos. Não me referi à Mclaren, porque, acho, que o Adrian não voltaria mais, sendo que quando estava por lá, tentou até sair pelas vias da justiça. A Mclaren realmente não é o ambiente ideal para ele. Mas em relação ao tema, penso que a RedBull tem recursos suficiente para continuar se desenvolvendo no mesmo ritmo da Ferrari ou Mclaren, porque tem sempre as idéias geniais de Newey que nenhum simulador ou CFD consegue materializar em sucesso em tão pouco tempo. A Renault usa um avançado centro de CFD em Enstone que está em operação desde o começo do ano passado e ainda não está no nível da RBR, Ferrari ou Mclaren, apesar de estar melhorando em relação ao projeto do R29. Temos que lembrar que também Adrian Newey não é bobo e se resguarda com um staff técnico excelente com nomes notáveis como Peter Prodomou como chefe de aerodinâmica, que o acompanha desde a Mclaren e transforma em realidade as idéias de Newey, como também alguns engenheiros da vitoriosa Renault de Alonso que migraram para a Redbull. Ou seja, não vai ser tão fácil as duas grandes recuperarem terreno.

    Publicado por Ilton Fernandes | 11/04/2010, 9:18 am
  2. Eu, pelo contrário, aposto em mais e mais vitórias da Red Bull nas próximas provas.

    Publicado por Ylan Marcel | 11/04/2010, 10:00 am
  3. Becken,

    O gráfico é bem válido, no caso da Mclaren é muito elucidativo, mostra prova a prova a evolução do MP4-24 que vc mesmo chamava de “bonitinho, mas ordinário”.

    Já no caso da Ferrari a gente se perde um pouco justamente no acidente do Felipe.
    Foi na Hungria que a Ferrari trouxe o último pacote aerodinâmico, mas não dá pra saber a real potência deste pacote, uma vez que os pilotos que vieram pro lugar do Felipe apanharam bastante do carro, e o Felipe era superior ao Kimi em volta lançada de classificação, justamente o critério que vc utilizou para fazer o estudo.

    Mas o que eu acredito piamente, é que a diferença não é tão gritante como era em 2009. E nesta temporada, das 3 provas, duas tiveram componentes de imprevisibilidade. O que embaralhou um pouco as coisas.

    Dá até pra saber que as Red Bull são mais rápidas, mas não dá pra saber o quanto. Eu não os decretaria como os campeões da temporada. Mesmo porquê a Ferrari lidera o campeonato, tanto de pilotos como de construtores.

    Outra coisa, qual seria a margem de desenvolvimento deste projeto da Red Bull, uma vez que ele já nasceu vencedor desde o ano passado. Este ano não deixou de ser uma continuação. Não era mais uma folha em branco como foram os projetos da Ferrari e Mclarem.

    A própria Mclaren, conseguiu melhorar muito o Mp4-24 na segunda metade do campeonato. Olha que aquele carro era uma bomba, imagina o que eles farão neste carro que ao que parece é um carrão?

    O Campeonato está apenas começando…tenho certeza que Ferrari em Mclaren não venderão isso assim tão fácil.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 11/04/2010, 11:06 am
  4. Becken, você tem razão: não vencer quando poderia vencer com facilidade é algo que custará caro. Contudo, é bom lembrar que os carros de ponta têm em média 2 sinistros por temporada (estou sendo um pouco otimista, eu sei). Vettel já contribui com sua cota. Não parece ser um campeonato em que haverá uma grande vantagem entre as equipes (falhas não são acasos, fazem parte do jogo). Não adianta ser rápido e quebrar. Hoje temos entre o 1ro e o 7mo colocados uma faixa de desempenho de pontuação entre 52% e 40%. Muito estreita, mesmo tendo ocorrido apenas 16% do campeonato.
    Aposto na McLaren para ganhar na China. É a equipe com mais capacidade de desenvolvimento durante temporadas, a meu ver. A Ferrari parece estar um pouco atrás. E a Red Bull é a melhor equipe no desenvolvimento de carros durante a pré-temporada (eu suponho que Newey não funciona bem sob pressão de resultados). Logo, deveria acumular mais pontos no início.
    Temos um campeonato praticamente zerado entre os sete primeiros quando consideramos os 35 pontos de Button e Rosberg como ZERO, assim ficaria:
    Massa: +4
    Alonso: +2
    Vettel: +2
    Button: 0
    Rosberg: 0
    Hamilton: -4
    Kubica: -5
    Acho a brecha de tempo entre os carros o melhor critério de avaliação do desempenho. Porém, o RB6 parece que não fez a lição de casa e por isso não converteu vantagem em pontos. Na Fórmula 1 azar nunca deve ser confundido com acaso. Menos azar significa mais força. E dois azares é o limite para os que pretendem ser campeões… :)
    Abraços

    Publicado por Alexandre Pires | 11/04/2010, 9:09 pm
  5. Alexandre Pires

    Com o devido respeito, acho que você não acompanhou os anos vencedores de Adrian Newey na Willians e Mclaren com seus vários títulos conquistados para supor que Newey não funciona bem sob pressão de resultados e a Red Bull concentra toda a sua organização em torno dele, o que não conseguia em seus últimos anos de Mclaren. Por isso, acredito na evolução do RB6.

    Publicado por Ilton Fernandes | 11/04/2010, 10:10 pm
  6. Red Bull provou ano passado que sabe evoluir seu carro, sim.
    Quem não dá grandes sinais de evolução é a Mercedes-Brawns.

    Publicado por KBK | 12/04/2010, 2:35 am
  7. Não concordo com a teoria de que dois “azares” é o limite no caso da Red Bull, pelo menos para o campeonato de pilotos.
    Com esse “foguete” que eles têm nas mãos e principalmente com duas “peças” fortíssimas chamadas Sebastian Vettel, que é garantia de pilotagem de ponta, e Adrian Newey, que é garantia de evolução constante e consistente do bólido, creio que a Red Bull virá a acumular uma boa “gordura” neste campeonato.
    Mas me refiro ao campeonato de pilotos apenas, pois não considero o Webber um piloto capaz de acompanhar seu companheiro de equipe no momento e somar uma boa quantidade de pontos para o time consistentemente.

    Publicado por Mauro | 12/04/2010, 2:58 am
  8. A nossa esperança, em Woking, é toda concentrada na robustez do MP4-25 e na grande capacidade de desenvolvimento que já mostramos em 2009. Se já pudemos começar com vitórias, a idéia é terminar com dobradinhas.

    Publicado por Will | 12/04/2010, 9:04 am
  9. Para o GP da China no próximo fds imagino dois cenários:

    1) Prova com chuva, será mais uma corrida emocionante, com a imprevisibilidade como um fator determinante e com essa pontuação apertada, será muito bom para o campeonato;

    2)Pista seca, Será válido apenas para observar a diferença atual entre as equipes do G4. Um possível passeio da Red Bull fazendo dobradinha. Em 2008 com pista seca, foi a corrida mais chata da temporada, com só um pouco de disputa no início, entre Alonso e Kovalainen, e a famosa “estacionada” do Kimi pro Massa ultrapassar.

    Como Ferrarista prefiro chuva :D

    Publicado por Alex-Ctba | 12/04/2010, 9:18 am
  10. Red Bull provou ano passado que sabe evoluir seu carro, sim.
    Quem não dá grandes sinais de evolução é a Mercedes-Brawns.

    Eu acho que não há dúvida quanto a isso. A interrogação é quanto ao RITMO, a velocidade dessa evolução.

    Publicado por Becken Lima | 12/04/2010, 9:37 am
  11. Ano passado o problema da Red Bull foi adaptar os difusores duplos ao seu projeto. Isso deu o tempo necessário para a Brawn abrir uma vantagem suficiente para administrar o campeonato, qdo a Red Bull alcançou a condição de melhor carro do grid.

    Publicado por Alex-Ctba | 12/04/2010, 9:48 am
  12. A questão de 2010 estaria mais para: Partindo niveladas, Ferrari, Mclaren e Red Bull, quem chegará na frente???

    Eu, obviamente, aposto na McLaren. Mas não posso menosprezar a capacidade da Scuderia e o talento de uma equipe Newey…

    Publicado por Will | 12/04/2010, 11:15 am
  13. Red Bull e Ferrari, já tem um probleminha para resolver já para a etapa de Barcelona em 09/05. Vão ter q readaptar os espelhos retrovisores q atualmente tem uma função muito mais aerodinâmica do q de segurança. McLaren e Mercedes não tem esse problema.

    Publicado por Alex-Ctba | 12/04/2010, 11:33 am
  14. Acho que a Red Bull está na frente hoje.

    E pra falar a verdade, acho que ainda não demonstraram todo o seu arsenal. Me chama muito a atenção o fato do Webber ter feito a volta mais rápida na Malásia mesmo tendo pneus com 10 voltas a mais de uso que Hamilton, Massa e Alonso.

    Em termos de ritmo de desenvolvimento. É muito, muito difícil avaliar tendo como base o ano de 2009. Os carros de McLaren e Ferrari eram projetos com erros primários no começo do ano (especialmente o da McLaren). Daí que a massiva evolução de performance deles era meio elementar.

    Em contrapartida, a Red Bull já havia começado o ano com uma boa base. O trabalho de desenvolvimento seria mesmo menor.

    Situação inversa nós vimos em 2008: McLaren e Ferrari começaram o ano com bons projetos, enquanto a Renault começou a temporada com um abacaxi para o Alonso descascar. Ao longo do ano McLaren e Ferrari foram fazendo seus upgrades enquanto a Renault veio evoluindo, evoluindo, evoluindo e transformou um carro que não passava do Q2 no começo do ano para um carro que frequentemente largava no top 5.

    Eu até acho que McLaren e Ferrari podem evoluir mais que a Red Bull, mas isso se deve mais ao ineditismo de seus projetos (o da Red Bull é uma evolução lógica do carro de 2009) do que por capacidade de suas fábricas.

    Publicado por Arlindo Silva | 12/04/2010, 11:53 am
  15. Ótimos pontos de reflexão, Arlido!

    Publicado por Becken Lima | 12/04/2010, 11:57 am
  16. “…Renault veio evoluindo, evoluindo, evoluindo e transformou um carro que não passava do Q2 no começo do ano para um carro que frequentemente largava no top 5.”

    Concordo em termos. Largar frequentemente entre o top 5, se deveu muito a estratégia do Alonso em fazer o Q3 no “cheiro”.

    Mas como disse o Becken, ótima reflexão.

    Publicado por Alex-Ctba | 12/04/2010, 12:16 pm
  17. Largar frequentemente entre o top 5, se deveu muito a estratégia do Alonso em fazer o Q3 no “cheiro”.

    Bem observado, Alex. O bom de usar o Q2 como referência na análise é que ali ninguém consegue blefar…

    Publicado por Becken Lima | 12/04/2010, 12:23 pm
  18. Minha opinião é”” parecida”” com a do Alex-acho que a Red Bull(do Vettel) ainda vai dominar na China-mas quando chegar na Europa as Ferraris e Mclarens provavelmente estaram na mesma pegada.

    Eu assim como você Alex,Ferrarista -além de Massista-também torço pela chuva na China pra ter mais chances contra a Red Bull.
    Vejo uma boa chance de recuperação do Alonso na briga interna-pois essa pista é totalmente favorável a ele-já o Massa nunca anda bem na China.
    Alonso que aproveite,pq depois dessa pista,só SPA-o resto das pistas tirando-Turquia,Brasil e Valencia que são mais pro Massa-seram pau a pau.

    Publicado por Daniel Lima | 12/04/2010, 12:45 pm
  19. “já o Massa nunca anda bem na China.”

    Daniel, falavam o mesmo de Melbourne, que o Massa era ruim lá e não conseguia bons resultados…
    foi 3º, ou seja, dependo muito do carro e das condições da pista.
    pelo que li no blog do Téo José, pode ter chuva em Xangai…

    Publicado por tomasf1 | 12/04/2010, 12:59 pm
  20. aliás, ótimo gráfico Becken, meus parabéns! :)

    Publicado por tomasf1 | 12/04/2010, 1:00 pm
  21. Continuo dizendo:

    A Red Bull é mais rápida, mas não sabemos dizer o quanto. Na prova do Bahrein o Vettel andou bem, mas o Webber patinou.

    Nas outras duas, a chuva embananou tudo. Não acho que a diferença seja tão grande assim.

    Outra coisa, para mim a história da vela no Bahrein ainda está mal contada.

    Não me surpreenderia se a Mclaren, a Ferrari, ou até a Mercedes andassem bem na China.

    Para mim o abismo entre as quatro não é tão grande.

    Fernando

    Publicado por Ffigueiredo | 12/04/2010, 1:28 pm
  22. Daniel

    Ano passado o Massa realizava uma ótima corrida na China com chuva, estava em quarto com a carroça F60, vindo de trás, bem a frente do Kimi, qdo o carro quebrou.

    Publicado por Alex-Ctba | 12/04/2010, 1:30 pm
  23. Boa tarde….

    Acho que Red Bull, McLaren e Ferrari estão muito parecidas, em algumas pistas uma vai ter vantagem em outras pistas ou equipe… e assim vai. Claro as 3 equipes citadas mais Merces, Renault e Force India também ganharão corridas este ano

    TODAS essas equipe vão evoluir seus carros algumas mais outra menos

    vai ser um campeonato muito disputado deste ano…

    Publicado por Marcelo (Cascavel) | 12/04/2010, 4:06 pm
  24. Acho que um gráfico médio ou os gráficos individuais de 2006, 2007 e 2008 por exemplo, representaria melhor a “capacidade da Ferrari” uma vez que em 2009, a “brecha” dos difusores levou a Ferrari a abandonar o desenvolvimento do carro (fizeram apenas “pequenos pacotes” de melhoria no carro 2009 e se concentraram no projeto do carro de 2010).

    Publicado por JJ | 13/04/2010, 12:01 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: