//
você está lendo...
ARTIGOS

O cruel acidente com Lewis

O acidente de Lewis Hamilton depois de uma corrida consistente foi o resultado mais cruel em Barcelona, domingo. Hamilton assumiria a vice-liderança isolada do campeonato com apenas um pontinho atrás de Jenson — uma posição confortável para, certamente, capitalizar em cima de um potencial bom resultado em Mônaco, onde as McLarens prometem dar algum trabalho aos selvagens Touros Vermelhos de Vettel e Webber.

Mesmo com o acidente, Hamilton ainda assim viu pontos positivos. Ele perseguiu Vettel  e o ultrapassou nas paradas para troca de pneus, provando que, com mais algum desenvolvimento, é possível combater os carros superiores da Red Bull.

Havia alguma especulação sugerindo que  ele havia sofrido um furo no pneu dianteiro esquerdo, mas como eu já havia notado no momento do acidente — e a McLaren e a Bridgestone confirmaram hoje — o abandono foi produto do colapso de um dos aros que compõe a roda.

Abaixo, “frames” do acidente, que mostra algo incandescente antes de os discos da roda se dilacerar e deixá-lo na brita.

Discussão

34 comentários sobre “O cruel acidente com Lewis

  1. Só queria que isto calasse a boca dos que afirma esbravejando que Lewis gasta pneu demasiadamente. Mais de forma exorbitante do que o Button, por exemplo.

    Lewis está na briga pelo campeonato.

    Publicado por Alexandre Gomes | 11/05/2010, 8:41 pm
  2. Muito azar. Aliás, Barcelona rivaliza com Hungaroring pelo título de resultados injustos (além do de corrida mais chata do ano, claro).

    A mesma McLaren teve um desgosto no GP da Espanha 2001, teve aquele estouro de motor do Mika Hakkinen, que vinha liderando de ponta a ponta após um início de temporada apagado. E eis que na última volta, o motor Mercedes o deixa na mão.

    Em Hungaroring, sete anos depois, a cena se repetiu com Massa. E também na Hungria, em 1997, outra injustiça acabou com a corrida histórica que seria a redenção de Damon Hill, liderando com aquela carroça da Arrows, na frente da toda poderosa Williams de Villeneuve. Aquela doeu…

    Publicado por Vitor, o de Recife | 11/05/2010, 8:50 pm
  3. Comparo seu acidente, no último domingo, ao sofrido por Raikkonen(the no-balls) em 2008. Lembro que o prejuizo foi bem parecido no campeonato de pilotos. Foi a partir daí que o Massa foi privilegiado pela equipe.

    Publicado por Brown | 11/05/2010, 9:00 pm
  4. Conforme comentado pelo Alexandre Gomes acima,ainda existem mesmo alguns “especialistas” que dizem esse tipo de abobrinhas,como o animador de torcida Bobão Bueno,que,MAIS UMA VEZ,se apressou em CULPAR Lewis assim que o viu fora da pista na última volta;coisa que ele começou a fazer desde a classificação de Nurburgring-2007,quando o pneu do Hamilton estourou no início do “S” do Schumacher e ele,SEM SABER o que acontecia,condenou o piloto que,na curtíssima visão do “narrador” patético,havia errado.

    Publicado por Splashandgopenalty | 11/05/2010, 9:32 pm
  5. Olha, nem tanto ao mar nem tanto à terra.

    Apesar de não ter sido o pneu, fica claro que se trata de uma fadiga do equipamento, o que não afasta totalmente a hipótese de que a forma de condução de Lewis tenha levado ao problema.

    É inquestionável que Lewis gasta mais o equipamento que Button, mas, isso não é necessariamente uma desvantagem já que ele tem tido apresentações mais consistentes em matéria de performance.

    Porém, até aqui, a verdade é que sua maior volúpia não tem dado o resultado desejado. Por arriscar tanto e andar quase sempre no fio da navalha, Lewis tem tido muitos problemas até aqui.

    Outro fator é a posição de largada, que não tem sido muito boa. Até por isso ele tem dado espetáculos ao fazer corridas de recuperação.

    Vamos ver se ele equilibra um pouco seu ímpeto e começa a pensar um pouco no equipamento (só um pouco, sem mudar sua característica agressiva).

    Se conseguir isso e melhorar na classificação, Lewis entra de novo na briga pelo título.

    Publicado por ccregazzoni | 11/05/2010, 9:56 pm
  6. Askimet, seu “filho de um quenga”!!!!

    Publicado por ccregazzoni | 11/05/2010, 9:57 pm
  7. O fato de o aro ter arrebentado não pode ser prova consistente de que o estilo de pilotagem de Hamilton não tem nada a ver com isso. Aliás, como podem simplesmente concluir isso de uma falha dessas? A corrida tem centenas de quilômetros, um milhão de frenagens, redução e ascenção de marchas. Tudo isso pode ter levado à falha do aro. Inclusive o estilo de pilotagem de Lewis.

    Cada um enxerga o que quer, mas o fato é que nunca saberemos o nexo causal desses pequenos problemas (a exemplo tb do problema de freios do Vettel na Austrália).

    Mas os fãs correm para as conclusões, como sempre.

    Publicado por Daniel Gomes | 11/05/2010, 10:03 pm
  8. Quase quebrei a TV por causa disso!!! Mas o Hamilton está na briga do campeonato. A McLaren sempre andou bem em Monte Carlo, quem sabe a arrancada começe agora…

    Publicado por Rodrigo Kezen Leite | 11/05/2010, 10:11 pm
  9. todo mundo tem azar na vida.
    pilotos de f1 também. A diferença? uns mais. outros menos.
    ele tem que por na conta dos pontos perdidos e seguir em frente.

    Publicado por wilson | 11/05/2010, 11:06 pm
  10. Lewis, largou em terceiro, e andou mais rápido e consistente que Vettel, mesmo com os pneus macios, e deu um passadão na saída dos box, estinlo “owned turn”.

    Até o momento do acidente, não havia identificado nenhum problema no carro, e nem o acompanhamento dos engenheiros haviam definido um desgaste expressivo dos pneus, além do normal das mais de 40 voltas de pneu duro.

    O que motivou a ruptura da roda, talvez não saberemos nunca, mas acredito que foi totalmente alheio a ação de Lewis, uma acidente, uma fatalidade.

    E os especialistas dão uma declaração correspondente aos aspectos técnicos avaliados. eu não consigo contestar, e até desconfiei do desgaste pela cambagem específica das rodas dianteiras ou mesmo dos ataques as zebras. O que ficou claro, é que não é comum este tipo de acidente, que o carro já estava bem leve, e que ele vinha de 3 voltas rápidas mas as anteriores eram normais no ritmo da Mclaren nº 2.

    Em outras palavras, se a sorte ajudar, Lewis mostrou competência em um carro que não está na ponta, e que com sua habilidade e arrojo é sim candidato sério ao título, diferente do que se conversava na prétemporada, onde até a Sauber ameaçava a McLaren.

    Vamos a Mônaco.

    Publicado por Alexandre Gomes | 11/05/2010, 11:21 pm
  11. É nisso que me baseio para dizer que Lewis é protegido pela toricda e em blogs. Quando é o Vettel, vejo comentários aqui e ali de que se trata de um piloto que não sabe economizar, que vem decepcionando, que não é tudo isso.

    Já com Ruimilton, é um azarado, coitadinho, etc. Ele força tão quanto o Vettel. E erra bem mais. Porém…

    Publicado por Ylan Marcel | 12/05/2010, 6:03 am
  12. “Cruel acidente”

    sobre esse post só vou emprestar da Gorete Milagres:

    Ooo coitado…

    Com já dizia um velho homem:

    “Carreras son carreas”

    Publicado por Felipinho | 12/05/2010, 7:52 am
  13. fiquei muito puto quando lewis saiu da corrida + isso acontece vamos para mônaco

    Publicado por max | 12/05/2010, 7:53 am
  14. Ainda há tempo e fazia tempo que não me divertia tanto em uma temporada de F1 (desde Interlagos 2008, claro!).

    Afirmar que a fadiga é culpa do Lewis é semelhante a falar que a suspensão do Barrichello quebrou por ele ‘atacou’ demais as zebras (lembram?)…

    Publicado por Will | 12/05/2010, 8:13 am
  15. Eu que não sou de torcer muito para o Hamilton, fiquei desapontado com o resultado, pois mereceu, pilotou de forma brilhante sendo mais consistente que o Vettel, que nitidamente tem um carro superior… Mas enfim, o resultado dele (NA ESPANHA) não foi o merecido…
    Mas azar para uns e sorte para outros, veja o Alonso herdou uma segunda posição sem fazer Nada*** nada corrida… Mas eu gostei quando Hamilton deu um passão no Vettel na saída dos boxes, descontou aquela do Pit Lane na China… 1 X 1… Gostaria que o Massa tbm fosse assim, mas nem tão cedo vamos ver isso…

    Publicado por Jackson | 12/05/2010, 8:29 am
  16. Acho q ele vence em Mônaco se conseguir tirar um coelho da cartola na flying lap. Estou curioso tb em relação ao carro da Renault nesse fds nas ruas do principado. Kubica pode conseguir surpreender tb. Mercedes de chassis antigo para tentar ser competitiva, e é a chance do Nico colocar uma interrogação na testa do Ross, já q ele tb anda bem em Mônaco.

    E a Red Bull, em um circuito de altíssima pressão aerodinâmica, novamente é candidata a dobradinha. Tomara q tenhamos mais um round da batalha Vettel x Hamilton.

    Publicado por Alex-Ctba | 12/05/2010, 8:44 am
    • Ele até consegue uma boa posição para pontos no campeonato, mas vencer já acho super improvável, sé se tiver o fator “CHUVA” dai é outra história, mas na chuva já acho que dá Button…

      Publicado por Jackson | 12/05/2010, 10:50 am
    • Alex-Ctba

      Monaco exige muito da mecânica ou muito me engano ou Red-Bull vai sofrer e muito…

      Abraço

      Publicado por SennaCeccotto12 | 12/05/2010, 3:45 pm
  17. Melhor FDS…sem intervalo entre corridas!

    Publicado por Will | 12/05/2010, 9:50 am
    • poderia ser assim sempre, todo fds com corrida e umas 25 durante o ano hehehe

      Publicado por Alex-Ctba | 12/05/2010, 10:01 am
    • Kekekekeke!!!! Seria demais!

      Toda vez que me perguntam ‘o que você faria se ganhasse a megasena de natal’? a resposta é só uma:

      Assistir a todas as corridas de uma temporada…nos intervalos entre as mesmas dar uma corridinha em Nurburgring, Silverstone…etc! kekekeke

      Sonhar não custa nada!

      Publicado por Will | 12/05/2010, 10:47 am
    • Acho que com tantas corridas em sequência, seria mais dificil, preparar, inserir e transportar as evoluções nos carros, devido a logistica, se beneficiariam as que sede/base perto de alguns circuitos como as EX-BMW E TOYOTA…

      Mas enfim, se houvesse alguma equipe dominante, claramente ela seria a campeã, se hoje, com os intervalos para geração de novos pacotes, já é dificil, imagina sem intervalos…

      Publicado por Jackson | 12/05/2010, 10:47 am
    • 25 corridas é realmente um nº alto, mas acho q em 20 chegamos ano q vem. Rússia, India e EUA mostram interesse em sediar um GP. E basta a FIA melhorar a logistica, para ser possível um maior nº de GPs. Por exemplo, Malásia e Cingapura com intervalo de uma semana. Tirar Abu Dhabi do encerramento e colocá-la com intervalo de uma semana da corrida do Bahrein. Ganha-se aí boas semanas. Se
      EUA entrar, colocá-la com Intervalo de uma semana do GP do Canadá. E por aí vai…

      Publicado por Alex-Ctba | 12/05/2010, 11:08 am
    • Calma, mas ninguém pensa nos pilotos?
      Se ja é cansativo com 19, imagina com 25??
      fator humano é importante também, além do transporte, das viagens, e etc.

      Publicado por tomasf1 | 12/05/2010, 11:13 am
  18. Tomás. Isso é relativo, já q qdo os testes eram liberados, os pilotos faziam uma quilometragem absurda durante a temporada, somando GPs e testes. Claro q o piloto de testes, trabalhava bastante, mas os titulares tb. Acho q melhorando a logística e ampliando um pouquinho o calendário para início de março e final de novembro, é perfeitamente possível a temporada abrigar umas 22 corridas.

    Publicado por Alex-Ctba | 12/05/2010, 11:24 am
  19. o narrador oficial pavão bueno já estava pronto para condenar o lewis hamilton a cadeira elétrica,ia dizer que ele não tinha cabeça e vivia cometendo erros infantis dessa vez se deu mal.eu fiquei revoltado na hora mais vamos pensar em mõnaco.

    Publicado por luisfernando- rio de janeiro | 12/05/2010, 12:39 pm
  20. Nao sou torcedor do Hamilton mas realmente achei uma sacanagem o que aconteceu com ele no finalzinho de uma corrida que ele tinha sido perfeito e muita gente dizia que a Mclaren era lenta, que a Redbull ia acabar com o campeonato e um mundo de asneiras…
    Acho que o Hamilton estara mais que mordido este fim de semana em Monaco e aposto na sua vitoria como Alonso em segundo.
    Tambem achei que a ¨explosao ¨do pneu tinha sido culpa do estilo mais agressivo do Hamilton mas…depois das explicacoes acredito que nao…outra vez, apesar de nao gostar e nao torcer por ele o Hamilton eh sem duvida o piloto do campeonato por sua forma de pilotar.
    Becken, todos nos sabemos que vc torce pro Hamilton e vc tem todo o direito de ser, mas te pergunto e o Button ??? vc acha que ele esta dando o retorno esperado ?
    Minha pergunta eh soh em relacao a dupla de woking , vc esta feliz com ela ?

    Eu acho que eh a melhor e mais equilibrada do GRID…

    abracao

    Publicado por Fernando | 12/05/2010, 2:02 pm
    • Em números frios a dupla mais equilibrada é a da Red Bull:

      Rosberg 50 pts – Schumacher 22 pts # 28 pts
      Button 70 pts – Hamilton 49 pts # 21 pts
      Alonso 67 pts – Massa 49 pts # 18 pts
      Vettel 60 pts – Webber 53 pts # 7 pts

      Publicado por Alex-Ctba | 12/05/2010, 3:03 pm
  21. provavelmente foi um erro na construção da parte do carro. não um erro do piloto. mas o vettel também estava correndo com um carro problemático. em condições normais, vettel estaria com folga na frente do hamilton. além disso, na saída do box, a red bull teve de segurar o vettel por quatro segundos, para evitar acidente. enfim, não vi nada de performance da mclaren que se equilibrasse com a red bull.

    como disse webber, de forma precisa, eles poderiam construir tratores, mas eles são lentos demais. deve-se equilibrar muito bem as variáveis velocidade e resistência, caso você queira ter um carro vencedor.

    nesse ponto, tanto reb bull como mclaren falharam com um de seus carros.

    Publicado por andre melo | 12/05/2010, 6:41 pm
    • E o MP4-25 quebrou quantas vezes? E o RB6? Visão parcial André, muito parcial…sobre as performances, dá uma olhada na fastest lap de Hamilton e de Vettel.

      Publicado por Will | 13/05/2010, 9:38 am
    • acho que me expressei mal. você achou que o webber estava citando a mclaren? pelo contrário, ele estava falando da red bull mesmo. disse que sua equipe deveria cuidar para achar o equilíbrio entre um carro rápido e resistente, para que o problema com o vettel não voltasse a acontecer. eu é que estendo o raciocínio do australiano para todos os problemas semelhantes que outras equipes possam ter, incluída a mclaren.

      Publicado por andre melo | 13/05/2010, 11:36 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: