//
você está lendo...
ARTIGOS

Na frente da Ferrari na Turquia, McLaren mostra vigor em desenvolvimento

As duas mais ferrenhas adversárias da história da F1 vem travando uma batalha particular em 2010, revezando-se desde o Bahrein na posição de quem pode desafiar a poderosa Red Bull.

Hoje, na classificação para o GP da Turquia de amanhã, a McLaren talvez tenha cristalizado a sua pequena vantagem sobre a Ferrari, o que suscitou uam reação um tanto dramática de Alonso, colocando a sua equipe como a quinta força no grid.

No gráfico abaixo, é fácil observar como a diferença entre Ferrari e McLaren pendula de acordo com o circuito, o que corrobora a tese de que as duas equipem tomaram caminhos diferentes na concepção de seus carros em 2010. Tradicionalmente, a McLaren sempre fez carros fortes em tração mecânica, o que compensava certa debilidade aerodinâmica — a escola de design e engenharia da Ferrari optava pelo inverso.

No gráfico, observem principalmente o cruzamento da linha de tendência de crescimento das duas equipes — o que revela suas médias de desempenho — e vocês perceberão que esta linha cruza exatamente entre o GP da China e da Espanha, quando as equipes levaram grandes atualizações.

Ainda há a prova amanhã, mas em ritmo de classificação, é provável que no Canadá, circuito travadinho e com certa similaridade ao da Austrália e Mônaco, a Ferrari reaja.

Ferrari  vs  McLaren em ritmo de classificação

Discussão

16 comentários sobre “Na frente da Ferrari na Turquia, McLaren mostra vigor em desenvolvimento

  1. Essa pista é um grande mistureba de curvas de baixa, alta e retas. Reparem q a Ferrari sempre se embanana toda quando chega nesse tipo de pista. Acho muito fraca essa atual equipe de engenheiros de corrida da era Domenicali. Eles raramente “acertam o acerto” do carro.
    E vem grandes atualizações (de ambas) por aí…
    A sorte do campeonato (em relação ao ano passado) é q Vettel e Webber têm “roubado” pontos um do outro.

    Publicado por Leandro Magno | 29/05/2010, 2:47 pm
  2. Concordo contigo, a McLaren está dando um banho em questão de desenvolvimento…
    a Ferrari só reage quando os circuitos favorecem seus carros, fora isso, as atualizações que a Ferrari está levando, parece que esta retardando o rendimento dos carros, que ao meu ver, a McLaren já passou a Ferrari, e agora a Mercedes tbm passou por uma minima diferença… sequencia das forças
    RED BULL
    MCLAREN
    MERCEDES
    FERRARI

    Publicado por Jackson | 29/05/2010, 3:48 pm
  3. Boa noite amigos.

    Prezado Becken já está mais que evidente que a Mclaren é a segunda força. A vantagem que ela leva não é pequena mas sim grande.

    Publicado por Edgas Mutute | 29/05/2010, 4:39 pm
    • Podia até parecer evidente, mas eu realmente esperei esse GP para confirmar o que suspeitávamos, muito pela configuração do circuito. Mônaco é uma excessão, então o prudente era ver o que aconteceria em um circuito de verdade.

      Publicado por Becken Lima | 29/05/2010, 5:55 pm
    • Becken,
      Pena não termos um histórico das nossos comentários sobre a capacidade de desenvolvimento de cada equipe. Se você tiver o link do seu post em que discutimos muito isto a um tempo atrás, seria legal você colocar aqui pra nós.
      De todo modo, a McLaren vem repetindo o que fez ano passado e bem antes do GP da Hungria, o que pode significar alguma chance de agito no WDC. Mas o domínio das RedBull ainda é assustador. Quatro décimos no segundo setor é uma vantagem assustadora para os touros.
      Aposto na McLaren pra incomodar os touros. E aposto que o MAS vai continuar a nos surpreender este ano. Acho que nada vai ficar ao gosto de MAS, contudo, ele vai conseguir emular o comportamento de ALO e brigar por resultados. Era (é) uma questão de tempo pra MAS aprender isto.
      Quanto à boa segunda posição no grid conquistada por HAM, tenho pra mim que a única chance é ele partir pra cima de WEB no primeiro setor, depois deste, WEB vai abrir 4 décimos e as chances de ultrapassagem vão ser pequenas, talvez durante os pitstops.
      Palpite: as curvas do primeiro setor durante a primeira volta definirão as chances das McLaren.
      Abraços

      Publicado por Alexandre Pires | 29/05/2010, 6:12 pm
  4. Resumindo, a McLaren adotando o caminho q a Ferrari costumava trilhar, consegue um desenvolvimento mais sólido na temporada e mostra q os Bulls podem ser incomodados nessa temporada, q tem muita corrida pela frente ainda, q a Mercedes tb não pode ser descartada, q a Ferrari vai ter q se achar de alguma forma, e segundo a sugestão do post, nas pistas travadas a Ferrari pode andar bem.

    Ótimo gráfico Becken, ficou perfeito, muito bom pra visualizar rapidamente a disputa entre as duas equipes em qualifying. Gostaria muito de ver um comparativo nesse modelo em pontuação no wcc. Seria interessante. Valeu Becken!

    Publicado por Alex-Ctba | 29/05/2010, 5:44 pm
    • Boa tarde Alex, igual vc, tb acho que a Mercedes-Benz em hipo’tese alguma pode ser descartada, nao esqueca de quem esta la’, e nao to falando so de Shumacher nao, tem o cara que fez o carro campeao em absoluto do Button ano passado!

      Abraco

      Publicado por Teo | 29/05/2010, 6:04 pm
  5. Já tinha comentado um pouco sobre isso aqui: https://f1around.wordpress.com/2010/05/29/e-webber-conquista-terceira-pole-seguida-em-istanbul/#comment-24741.
    E a resposta que o Bruno deu tinha me fugido à memória. A Ferrari iniciou um projeto novo enquanto a McLaren (e Red Bull também) deram continuidade aos seus projetos.

    Mas é sempre bom ver a McLaren brigando pela ponta. E para todos os envolvidos diretamente com a equipe deve ser muito mais prazeroso estar à frente da Ferrari do que para nós, torcedores do time de Woking.

    Publicado por Allan Wiese | 29/05/2010, 5:47 pm
  6. Becken,

    O quadro mostra bem a evolução da diferença para a Red Bull. Vou aproveitar esse seu post para falar um pouco da evolução de cada equipe decorridos um terço da temporada.

    – Red Bull : Tem o melhor carro no conjunto e é competitiva em todos os tipos de pistas, mas não é absoluta em todos os quesitos. É de longe o carro mais eficiente em aerodinâmica, mas mostra que perde vantagem em aderência mecânica e potência de motor. Apenas em Barcelona, que é uma pista de curvas de raio longo e piso regular, conseguiu uma vantagem esmagadora. Nas demais pista sempre tem sido diferenças apertadas. Também é das equipes de ponta a mais fraca em confiabilidade.

    – Mclarem : Tem o melhor carro em retas, muito em função do F-Duto e do motor Mercedes, mas o grande destaque é mesmo a evolução ao longo do ano. Partiu bem atrás mas hoje é a equipe que mais ameaça a Red Bull. Mantendo esse nível de evolução pode chegar no fim do ano disputando o campeonato.

    – Ferrari : Alonso dizia que tinha carro para ser campeão e o início do ano de fato andava no mesmo ritmo da Red Bull e ganhou uma corrida,mas claramente ficou para trás. A impressão que dá é que se empenharam muito no desenvolvimento do F-Duto e perderam um pouco o foco no resto do carro. Nas pistas onde a eficiência aerodinâmica é menos exigida tende a ir melhor.

    – Mercedes : A equipe parece ter se concentrado muito no carro do ano passado para garantir os títulos de pilotos e construtores, o que atrapalhou o carro desse ano. As grandes mudanças de gestão e pilotos também devem ter custado um precioso tempo até que toda a engrenagem passasse a funcionar a contento. A equipe vem evoluindo o carro, mas não tem mostrado força para vencer esse ano. Shumacher com paciência vai tomando conta da equipe.

    – Renault : É a grande surpresa da temporada. O carro evolui de forma consistente corrida a corrida e em Mônaco era a segunda força. A equipe encontrou uma gestão eficiente e um piloto que serve de referência e elemento de motivação. O carro parece se dar melhor em pistas mais lentas onde a aderência mecânica tem um peso maior. Continuando a evoluir pode surpreender brigando pela vitória em Valência, Cingapura e Hungria.

    – Force Índia : É um carro e uma equipe que tem confirmado tudo que se esperava deles no começo do ano. Briga de forma consistente pelos pontos em todas as pistas, de Mônaco a Barcelona, e o carro recebe evoluções corrida a corrida. Não parece ser particularmente forte em uma situação específica (como a Renault) a ponto de poder brigar por uma vitória, mas mostra que deu um salto definitivo na sua posição relativa no grid. A dupla de pilotos é muito boa.

    – Sauber : Aí temos um caso de uma equipe que perdeu totalemente seu rumo depois da saída da BMW. O mais incrível é que o problema não parece ser o carro, que definitivamente não é uma bomba, nem a falta de patrocínio, que pode afetar sim o carro do ano que vem. A questão na Sauber parece ser de gestão técnica e esportiva. Contrataram o projetista da Force Índia, que assumiu a equipe na China e conseguiu ao menos dar um norte para o trabalho de acerto do carro. A dupla de pilotos foi escolhida para potencializar os aspectos positivos de experiência e juventude, mas está potencializando essa combinação exatamente de forma inversa, no que cada piloto tem de pior.

    – Williamas : Para uma equipe que chegou a ter condições de vencer uma corrida no ano passado em Cingapura a Williams é a grande decepção da temporada. O motor mostra que pode-se piorar mesmo depois de se ter usado os propulsores da Toyota, mas o fato é que o carro é pior que o do ano passado em comparação com os adversário. Mostra uma deficiência consistente em todos os tipos de pista e por mais que a equipe traga evoluções as coisas não correspondem na pista. O melhor da equipe é a forma como Barrichello se incorporou ao trabalho e a cultura deles.Acho que aí temos um caso de uma equipe que vai ter que se concentrar no carro do ano que vem,o que com um motor melhor e Barrichello motivado pode trazer bons resultados.

    – Toro Rosso : É consistentemente a última das equipes antigas, sem que isso deponha contra a equipe italiana, afinal temos um grande equilíbrio e cerca de 2 segundos cobrindo todo o grid, a exceção dos times novos. Dentro do possível a equipe evolui um carro que se não é ruim, está longe do bólido da irmã mais rica. A dupla de pilotos é equilibrada e faz o que deles se esperava.

    – Lotus : Tiraram 2 segundos em relação a Red Bull desde o início do ano. Na mesma corrida que a Williams tinha um carro para ganhar no final do ano passado, a Lotus tinha 6 funcionários e como sede a garagem do Mike Gascoyne. Olhando em perspectiva talvez seja a equipe que faz o melhor trabalho no grid. Acho até que o carro deles é o pior nascido dos times novos, mas a equipe dá um banho em gestão técnica e esportiva. Eles mostram que sabem o que precisa ser feito, traçam os objetivos e trabalham de forma consistente para atingi-los. Dessa forma melhoram continuamente mesmo não tendo uma base tão inicial tão boa. Podem ser uma surpresa até o final do ano chegando nas equipes antigas, mas um bom ano em 2011 já não seria surpresa.

    – Virgin : É a Lotus com o sinal trocado. O carro não parece ser ruim, mas a equipe dá um show de incompetência, a ponto de terem que refazer o carro porque erraram o tamanho do tanque. Não há uma só corrida onde ao menos um dos carros tenha problemas hidráulicos ou de motor. Eles tiveram uma relativa estabilidade econômica para desenvolver seu projeto e os pilotos são bons. O que falta é gestão técnica.

    – HRT : É o pior time em todos os aspectos. Fazer o shack down de um carro em um treino oficial é um absurdo, mas diante de todos os problemas que enfrentam e da falta de recursos, fazem melhor que a Virgin. Vazam muitas informações sobre problemas de relacionamento entre os integrantes da equipe. Collin Kolles quando estava na Midland/Spyker nunca foi mesmo um modelo de líder. Será que eles estarão no grid em 2011 ???

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 29/05/2010, 6:11 pm
    • Belocomentário, daria um post se não fosse fim de semana de corrida. Talvez eu transforme em post logo mais!

      Publicado por Becken Lima | 29/05/2010, 7:21 pm
    • Discordo, Sirlan, q a RBR tenha baixa aderência mecânica. Mônaco mostrou exatamente o contrário e o setor 2 do Bahrein tb.
      Na Turquia, há dois caminhos a se seguir, ou vc prioriza o setor 2, ou o 1 e o 3(q são parecidos). Mclaren escolheu a 2ª opção e a RBR a 1ª (e se deu bem até agora. Mas, vamos aguardar até amanhã).
      Desde Cingapura eles deram uma revolucionada nesse aspecto, conseguindo um ajuste de suspensão incrível. Lembra de Abu Dhabi?
      Uma vantagem de ter um fraco motor Renault é q podem dar o pé bem mais cedo nas curvas(claro q é pq tb a aderência mecânica ajuda o carro n perder a traseira). Vi uma onboard do Vettel na sexta q fiquei impressionado como ele começa acelerar tão cedo nas saídas de curva(antes do carro acabar de tangenciar).
      Enfim, o carro é muito completo a n ser pelo aspecto de confiabilidade.
      Mas acredito q n levarão tão fácil assim. O 2º semestre deve assistir a um belo duelo com a Mclaren, se os ingleses conseguirem continuar progredindo como têm feito até agora; e no momento em q as outras equipes(Ferrari e Mclaren, especialmente) descobrirem o segredo da RBR (para ir tão bem na qualificação), o campeonato vai pegar fogo.
      Foi uma pena os 18 pontos q o Ham perdeu em Barcelona. A única coisa q deverá compensar é a quase certeza q os pilotos da Touro Vermelho devem tomar penaltys por uso de 9º motor.

      Publicado por Leandro Magno | 29/05/2010, 8:24 pm
    • Caro Leandro,

      Barcelona é uma espécie de “túnel de vento” prático para as equipes.

      É lá onde a eficiência aerodinâmica pode ser avaliada. Isso em função do lay out da pista e também por ser muito usada para teste a mais de 15 anos. Lá todos sabem bem como regular os carros e normalmente não há problemas de “seguir um caminho errado para o acerto”.

      Pois bem, na Espanha a Red Bull colocou 0,9 s na Mclaren e 1,3s na Renault. Foi a maior diferença no ano até agora.

      Em Mônaco, onde todo mundo anda com asa máxima e a eficiência do desenho do carro pesa bem menos, a Renault ficou a 0,2s e a Mclaren a 0,6s.

      Porque ? Porque a Red Bull tem o melhor conjunto e vai andar na bem em qualquer pista, mas não é o melhor carro em todos os aspectos. Como aliás é algo raro de acontecer.

      Quanto ao motor, precisamos analisar que uma coisa é potência e outra é faixa de utilização. O Mercedes tem fama de ser o mais potente e também ter uma boa faixa de utilização. Já Barrichello reclama muito da falta de potência do Cosworth em algumas faixas de rotação. São coisas distintas.

      Além do mais estamos falando de diferenças estimadas de 30 vc em motores de 750 cv. Algo em torno de 4 a 5 %, que interfere no tempo final de volta mas é imperceptível ao ser observado por uma camera no carro.

      A diferença que você disse perceber pode ser por várias razões, que vão desde a relação de marchas, estilo de pilotagem, momento que a volta foi realizada (o piloto estava rápido ou lento), peso do carro, tipo de pneu, etc. Além de ser simplesmente uma impressão sua.

      Um abraço,

      Sirlan Pedrosa

      Publicado por Sirlan Pedrosa | 29/05/2010, 8:52 pm
  7. Das 7 vezes em que as McLarens estiverem nas três primeiras filas do grid, obtiveram 4 pódios com 2 vitórias. É bom lembrar que poderia ter sido 5 pódios se HAM não tivesse quebrado em Barcelona. A melhor colocação das McLaren é esta segunda posição de HAM. Até então tanto BUT quanto HAM tinham no máximo feito o 4to tempo da classificação. Ou seja, os dois ases da McLaren estão na briga pelo pódio. E apesar das ótimas RedBull, não duvido que as duas McLaren estejam no pódio ao final do GP. Além do mais, a chance das duas McLaren quebrarem amanhã são ínfimas. Nada que uma largada disputada não possa providenciar. Amanhã saberemos.

    Comparemos com o pessoal de Maranelo. Dos 4 pódios com 1 vitória feitos pelas Ferrari, todos foram obtidos largando no máximo da 3ra fila. Presumo com isso que largando da 8va e 12da posições os cavalinhos estão dependendo de uma combinação de acasos pra chegar no pódio.

    Publicado por Alexandre Pires | 29/05/2010, 6:59 pm
    • Ham foi “the best of the rest” na Espanha. Ou seja, ele já largou em 3º nesse ano e não no máximo em 4º, como vc disse.
      Estou curioso pra ver se o Alo vai ser o Ham do domingo nesse fds. Será q ele vai sair ultrapassando todo mundo até agarrar atrás do Mas?

      Publicado por Leandro Magno | 29/05/2010, 7:23 pm
    • Tem razão, Leandro. Obrigado! A idéia inicial era dizer que tanto BUT quanto HAM tinham largado no máximo da segunda fila, mas me embananei com as duas referências. Mas é bom você ter dito isto, já que nos faz lembrar que as duas melhores posições de largada da McLaren são esta 2da posição turca e a 3ra posição espanhola obtidas por HAM. O campeão de 3ras posições na classificação é ALO, ocupou por 3 vezes esta baia. E até o momento as únicas equipes que haviam invadido a cativa primeira fila das RedBull tinham sido a Ferrari de Massa no Barein, a Mercedes de Rosberg na Malásia e a Renault de Kubica em Mônaco. Espero que isto vire uma realmente uma rotina.

      Publicado por Alexandre Pires | 29/05/2010, 7:40 pm
  8. Das 7 vezes em que as McLarens estiveram nas três primeiras filas do grid, obtiveram 4 pódios com 2 vitórias. É bom lembrar que poderia ter sido 5 pódios se HAM não tivesse quebrado em Barcelona. A melhor colocação das McLaren é esta segunda posição de HAM. Até então tanto BUT quanto HAM tinham no máximo feito o 4to tempo da classificação. Ou seja, os dois ases da McLaren estão na briga pelo pódio. E apesar das ótimas RedBull, não duvido que as duas McLaren estejam no pódio ao final do GP. Além do mais, a chance das duas McLaren quebrarem amanhã são ínfimas. Nada que uma largada bem disputada não possa providenciar. Amanhã saberemos.

    Comparemos com o pessoal de Maranelo. Dos 4 pódios com 1 vitória feitos pelas Ferrari, todos foram obtidos largando no máximo da 3ra fila. Presumo com isso que largando da 8va e 12da posições os cavalinhos estão dependendo de uma combinação de acasos pra chegar no pódio.

    Publicado por Alexandre Pires | 29/05/2010, 7:00 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: