//
você está lendo...
ARTIGOS

O movimento de Vettel

Discussão

115 comentários sobre “O movimento de Vettel

  1. Na entrevista coletiva, Lewis deixou claro que viu tudo o que aconteceu, e disse que Vettel estava errado , ao tentar fazer “room” para tentar ultrapassar!!!

    I don’t think he really had much room to move to the right and I don’t think there was necessarily a reason for Sebastian to try to move to the right.

    Publicado por marcellopaz | 31/05/2010, 1:26 am
    • Exatamente, na entrevista coletiva pós corrida, enquando Button respondia as perguntas, Webber e Hamilton conversavam, e o Hamilton de trás viu tudo… as figuras acima mostram tudo nitidamente estamos vendo o carro do Vettel inclinado para sua direita

      Publicado por Jackson | 31/05/2010, 8:18 am
    • Estive a pensar e lembrei-me de uma ultrapassagem que tenho sempre ouvido dizer que foi genial. Foi a do Montoya ao Schumacher em Interlagos. Lembram-se? Ora, se considerarem que aqui o Montoya esteve bem, então o Vettel, mesmo que não tenha estado perfeito, pelo menos não esteve mal. É que o Montoya, muito antes de estar sequer à frente do Schumacher desviou-o para fora até mais não poder. O Schumacher, daqueles pilotos tontos que não tiveram qualquer sucesso na F1 (só ganhou 7 títulos. Coisa pouca…), o que fez? Defendeu-se sem ser louco, sem pensar manter a linha a todo o custo. Os campeões são aqueles que sabem quando perderam a posição e ficam com o segundo em vez do terceiro lugar. E que depois tentam recuperá-lo. Vejam o Hamilton na Turquia… Mas é por isso que o Schumacher aos 34 anos já era uma lenda! Vejam o vídeo porque vale mesmo a pena mesmo que não concordem com o que escrevi.

      Publicado por Luís Oliveira | 01/06/2010, 6:15 pm
  2. Pois é, não só não havia espaço como também não havia a necessidade de jogar o carro pra direita.

    Essa tavez tenha sido a trapalhada do ano.

    Publicado por Beatle Ed | 31/05/2010, 5:06 am
  3. Creio que a situação não é fácil de julgar. Foi um incidente de corrida em que nem um nem outro estiveram bem, atendendo especialmente ao facto de serem da mesma equipa. Porém, 1) o Webber estava mais lento; 2) O Vettel estava à frente; 3) O Hamilton estava imediatamente atrás; 4) O Vettel já tinha tocado na relva; 5) A Curva estava logo ali e entrava-se da direita para a esquerda; 6) a pista começava a estreitar ali; LOGO, alguém tinha de ceder: quem? Quem estava atrás. Na verdade, quando o Vettel mete ligeiramente para dentro estava bem na frente. O Webber também tinha de ter aberto e tentar defender-se na travagem. É assim que tem de ser feito. Aliás, se ouvirem as declarações do Webber perceberão que ele disse que estava zangado com a perda de posição e que ia fazer tudo para não desviar a linha, quando já estava bem fora da linha normal. Ora, dito e feito: ele ia travar como? No vértice da curva não dava! Resultado: o Vettel tentou fazer aquilo que é bonito na F1 que é ultrapassar. E fê-lo com garra e determinação! O Webber ficou frustrado e pensou como o Schumacher que vocês tanto criticam, apesar do Senna ser igualzinho: “nem eu nem ele”, “se ele chegar na frente à curva, ficamos lá os dois!”. E isto não favorece a F1 e muito menos a equipa! Se vocês gostam do Hamilton, o mais agressivo piloto do pelotão, e eu também gosto disso, têm de admitir isso no Vettel e nos outros também. Isto não pode haver uma série de iluminados que são sempre bons, como o Hamilton e o Alonso (esse nabo desde que chegou à Ferrari, sempre om um orgulho infinito: faz m*rda e diz que 12.º é tão bom como oitavo: Não vi ninguém dizer que o grande Alosndo tinha sido batido pelo Alonso e bem!), e os que nunca são suficientemente bons, apesar de o serem, como o Massa e o Vettel, piloto de enormíssimo talento, apesar de quererem dizer que é a RedBul que o favorece. E o Hamilton não é favorecido, até com o Alonso lá foi favorecido! Até pelos comissários de pista é protegido. Lembrem-se daquela vez em que ele foi recolocado na pista pelos comissários num ponto onde antes tinham saído pelo menos outros três carros antes dele! E continuou em prova! Mas depois, os maus, como o Schumacão (como vocês falam), faz uma bela ultrapassagem no Mónaco e uma regra estúpida juntamente com um senhor que garante uma imparcialidade infinita em relação ao Schumi (sim porque o Hill é muito amigo dele, todo o mundo sabe!) penalizam o mau e põem o parvo do Alonso uma posição à frente, somando pontos que o Schumacher com menos carro fez mais por merecer! Haja justiça! O Vettel arriscou, o Webber defendeu-se demais! Foi um incidente de corrida e pronto. Agora, o mais culpado foi Webber. Custa admitir?

    Publicado por Luís Oliveira | 31/05/2010, 6:14 am
    • Tu vês mesmo F1?

      Resumindo tudo o que disses-te dá um “Sai da frente para eu passar” ou um “passa lá que eu não me importo”.

      Isso é na playstation.

      Tem juízo no que dizes.

      Publicado por Marco Gonçalves | 31/05/2010, 10:21 am
    • Sr. Marco,

      De tuga para tuga… Olhe o respeito! Mantenha o nível. E digo isto para não lhe ter de chamar mal-educado. Já agora, quem falou na Playstation este ano foi o Domingos Paciência. Deu-se mal. Por isso, aconselho-lhe… paciência… e juizinho!

      Publicado por Ciro | 01/06/2010, 5:56 pm
    • Já agora. Bem sei que a extinta Mari Lu dizia que só é preciso “ter um dicionário e um prontuário na mão para escrever”. Todavia, era de todo conveniente que Vexa. corrigisse a sua ortografia. Não se escreve “Disses-te”. Escreva antes “Disseste”. Não só era correcto, como permitir-lhe-ia fazer, indubitavelmente, melhor figura. E era sinal de que já tinha olhado para um livro. Um que fosse… Mas talvez se absorva completamente na F1 e não tenha tempo para se dedicar aos livros. Mas para não sair, repentinamente, do ambiente da F1: e que tal se começasse pelos livros do José Miguel Barros? Cumprimentos

      Publicado por Ciro | 01/06/2010, 6:04 pm
    • Na verdade, se Webber travasse o Vettel subia pela sua roda dianteira pois o tempo de reacção deles também não é assim tão bom quanto isso (apesar de ser bem superior ao do cidadão comum).

      Publicado por João Pedro CQ | 31/05/2010, 6:08 pm
    • “E isto não favorece a F1 e muito menos a equipa!”. E piloto está na pista para favorecer a F1 ou a equipe? Cuidar da F1 é função do Jean Todt, do Bernie Eclestone e da Fota. Cuidar de equipe é função do seu dono e do seu chefe de equipe. Piloto entra no carro e vai para as pistas ganhar corridas. Cada um na sua e todos numa boa.

      Um piloto de 34 anos, líder do campeonato, a primeira vez com um carro realmente bom e com a única chance na vida de se tornar campeão seria um tolo se cedesse aos arroubos de um imbecil imberbe.

      Ano passado, na Malásia (?), o Kubica jogou o carro para cima do Vettel da mesma forma e este fez o mesmo que o Webber, no domingo. O idiota naquela situação foi o Kubica que estava muito mais rápido e poderia ter esperado momento mais mais apropriado para ultrapassar.

      Uma lição, pelo menos, ele aprendeu: jogar o carro p/cima do alemãozinho é suicídio.

      Tivesse o Massa feito o mesmo com o parvo (rsrs) do Nada Sei na primeira corrida, aquele incidente da entrada dos boxes não teria acontecido. Mas ele abaixou demais e deixou os fundilhos de fora… agora vai ter que aguentar.

      F1 não é convescote na Disneylândia. Piloto que pensa assim nasceu morto.

      Abs.

      Publicado por Anselmo Coyote | 01/06/2010, 12:57 am
  4. Vejam bem a poeira na foto. O Vettel já tinha lá tocado, mas quando começa a desviar ligeiramente para a direita já não estava lá. Isso significa que o movimento para dentro já tinha começado…

    Publicado por Luís Oliveira | 31/05/2010, 6:16 am
    • Eu não sou um expert em F1 mas até onde eu sei, o movimento para pegar a tangência de uma curva deve ser iniciado quando o carro estivwer 100% à frente do outro, do contrário, dois corpos tentaram ocupar o memso lugar no espaço e a lei da física diz que isso é impossível. Talvez o vettel tenha faltado a essa aula.

      Publicado por djow | 31/05/2010, 10:36 am
  5. Tenho grande simpatia pelo Vettel, muito mais até do que tenho pelo Webber, mas aqui neste acidente não tenho duvidas a culpa é do Vettel. Nenhum piloto tem que abrandar para deixar o outro passar, o Webber limitou-se a seguir em frente na sua trajectória e é o Vettel que vai contra ele, independentemente de estar na frente ou não. A manobra do Vettel só faria sentido se já tivesse o carro todo na frente do Webber.

    O desporto é assim, hoje o Vettel esteve mal, para a próxima estará melhor certamente.

    Publicado por JCCJCC | 31/05/2010, 6:20 am
  6. A volta dos tempos românticos na Formula Um?
    Quando olhamos os grandes orçamentos das equipe da F1,
    compreendemos que não pode existir amadorismos, cada vitória
    jogada fora, são prova de total irresponsabilidade, tanto do comando
    da equipe quanto do piloto.
    Arriscar uma ultrapassagem no seu companheiro, forçar o carro
    a andar no limite, são inadmissíveis na mega estrutura de uma
    equipe.
    O culpado não foi o Vettel, nem o Webber, a equipe deveria ter determinações,
    que mudariam a postura dos pilotos na pista, onde em primeiro lugar está o melhor
    para a equipe.
    Só digo que foi uma cena de comédia pastelão, onde caiu por terra todo
    o profissionalismo da equipe Red Bull.
    Se a Red Bull, não fizer os dois campeonatos, essa cena grotesca ficara marcada,
    como ficou em 2008 o erro da equipe Ferrari, liberando o carro com a mangueira de combustível pressa.

    Publicado por Luiz Sergio | 31/05/2010, 7:21 am
  7. Para essa sequência de fotos estar completa também devia ter a medidinha do Weber desde o lado esquerdo. Ora tive fazendo continhas e tracinhos no Photoshop e dizendo desde já que não gosto do Mark webber por causa desse tipo de coisas o que se passa é o seguinte.
    O Vettel inicia a tentativa de ultrapassagem pela direita mas o Webber lhe dá a esquerda. Vettel guina na esquerda e como tem muito mais velocidade e saíra brilhantemente da última curva, vem imparável e vendo que Webber abre a esquerda mete lá o carro.
    O que ninguém se parece aperceber é que o Webber scaninha como é vai paulatinamente apertando, mas claro sem nenhuma manobra brusca ou não seja useiro e vezeiro nesse tipo de sujeira.. Ele vai estrangulando a trajectória do Vettel e depois se faz de inocente.
    Aliás quando o Webber guina para a direita se afastando do Vettel verificamos que tinha mais que pista para fazer o que quisesse.
    Claro que o Vettel foi uma Vitelinha nessa cena, porque caras como o Webber jogam sempre sujo. Mas a verdade é que apesar da naiveté do Vettel e de sua guinada final tentanto o chega para lá, mesmo quando já tinha meio carro sobre o Webber, este último sabia bem o que estava fazendo. Quanto à opinião do Hamilton que seguia atrás, eu desvalorizo porque o Lewis também gosta muito desse tipo de manobrinha.
    A verdade é que o Button só não o passou porque não quiz ser teimoso e porque a equipa aproveitou essa do nível de gasolina para refrear os ânimos. Finalmente a cara do Webber e sua atitude na conferência de imprensa diz tudo a quem sabe ler no rosto. Mentiroso, hipócrita e dessimulado. Mentiu e melhor fôra que dissesse a verdade.
    Se essa cena fosse entre o Hamilton e o Alonso eu queria ver. Mas o mau karma do Webber vai-se revelar. Esse cara nem sabe ganhar nem sabe perder. E Vettel tem de deixar de ser Vitelinha e ser tão sacana como esses palhaços. Button é de uma inteligência fina e foi muito legal a forma como lidou com esse final de corrida deixando a coroa para o reizinho mas sabendo que o reino não se compadece com política de cardeal.

    Publicado por Ernesto Sousa | 31/05/2010, 7:35 am
  8. Talvez seja um romântico, mas jamais condenaria a atitude de um piloto querer ultrapassar seu companheiro de equipe. O Vettel errou na manobra, calculou mal, provavelmente por estar com sua posição de “novo gênio em ascenção” em xeque. Mas a atitude de vencer e não se conformar a comboiar o líder é louvável. Chega daquela palhaçada de jogo de equipe e fila indiana, para preservar os “outdoors milionários ambulantes”…

    Publicado por Vitor, o de Recife | 31/05/2010, 8:11 am
    • Perfeito, Vitor (há qto tempo, parceiro?).

      Tentou. Não deu. Assuma e pronto! Quem sabe da próxima dá, não é mesmo?

      Abs.

      Publicado por Anselmo Coyote | 01/06/2010, 1:03 am
    • Vitor, é esse o pensamento! Se cedermos à imagem de que piloto de F1 tem de ser igual a esses robozinhos que são politicamente corretos, qual será a graça?

      Publicado por Will | 01/06/2010, 8:53 am
  9. Putz… “ascenção” foi cruel… ascenSão!!! Essa não tem perdão…

    Publicado por Vitor, o de Recife | 31/05/2010, 8:14 am
  10. Em primeiro lugar, WEB não deve ser o foco do incidente já que WEB não movimentou seu carro. WEB não atingiu VET e sim VET atingiu WEB.
    O que me perguntou é por que VET foi pra direita ( além da razão óbvia de procurar tangência) e por que VET não percebeu que o carro de WEB não havia sido totalmente ultrapassado (a foto mostra que a roda traseira de VET ainda estava na metade do carro de WEB).
    Acho que VET já tem experiência suficiente pra observar que a ultrapassagem não tinha sido completa e que ainda não dava pra fechar a porta pra WEB. Então, por que VET foi pra direita mesmo assim?
    Este tipo de manobra em corridas é bem conhecida: “forçar a ultrapassagem”. Acho que foi isto que VET tentou fazer, como não conseguiu fazer a ultrapassagem completamente limpa e a tempo de tangenciar, tentou ‘forçar’ WEB a recolher e ceder a posição.
    Se tivesse conseguido, todos estariam dizendo que VET foi arrojado e WEB foi conservador ao preferir ceder o P1 e garantir o P2.
    Bem, não foi isto que aconteceu. Na verdade, VET errou na sua tática ao supor que WEB iria recolher ou algo assim. Se deu mal.
    E não há dúvida que VET foi o responsável pelo choque e por sua saída da corrida. Os dois poderiam ter saído, ou seja, ainda saiu barato pra RedBull.
    Mas ainda não entendo o que VET tinha na cabeça, pois ao ver que tinha jogado pra direita e que WEB não havia se movido VET continuou a manobra ao invés de voltar pra esquerda e recolher o carrro.
    Já vimos isto muitas vezes, o piloto joga pra direita, o adversário assusta e recolhe, aí o piloto termina a manobra. Já vimos o contrário também, o piloto força, o adversário não se abala, aí o piloto aborta a manobra e tenta seguir emparelhado até onde der.
    Será que VET não pensou à moda antiga: se eu não ganho, você também não ganha! VET foi pro tudo ou nada (já vimos outros fazerem isto).
    Sorte de WEB! Azar de VET que poderia tanto ter humilhado WEB assumindo a P1 daquele modo ou que poderia ter continuado empatado com WEB se tivesse conseguido tirar os dois carros da RedBull do páreo.

    Publicado por Alexandre Pires | 31/05/2010, 8:30 am
    • “Acho que VET já tem experiência suficiente pra observar que a ultrapassagem não tinha sido completa e que ainda não dava pra fechar a porta pra WEB.”

      Sim… só que o Vettel não tem experiência em ter seu talento contestado. Ele subiu muito rápido das categorias de base até a F1; conseguiu seus primeiros pontos em sua primeira corrida na BMW; primeira vitória em uma equipe média; foi alçado à condição de novo Schumacher… e de repente, perde para o modesto Mark Webber…

      Aí não tem piloto que enxergue as coisas com clareza.

      Publicado por Vitor, o de Recife | 31/05/2010, 9:06 am
    • É isso aí Vitor, se resume em uma única palavra: orgulho. O Vettel errou e errou feio e além do agravante de ter feito gestos fora do carro deveria ser punido com no mínimo 10 posições no grid da próxima corrida. Agiu como um moleque que ele ainda é e deveria respeitar os outros colegas.

      Publicado por Fernando Kesnault | 31/05/2010, 12:54 pm
    • Então, Vitor, você acha também que VET partiu pro tudo ou nada, ou algo assim?

      Publicado por Alexandre Pires | 31/05/2010, 9:12 am
    • Sim, acho. Vettel está sob pressão, uma pressão que ele nunca sofreu. Sempre foi posto como uma estrela ascendente, sempre foi só elogios. Agora ele e sua equipe estão em xeque pelas bobagens que estão cometendo.

      O fato de ter louvado a atitude do Vettel em ter partido pra cima é que em muitas ocasiões as pessoas criticam a monotonia das corridas e a passividade dos pilotos, mas quando alguém arrisca é malhado sem dó. Lembra do Montoya?

      Publicado por Vitor, o de Recife | 31/05/2010, 9:25 am
    • É, tou de acordo!
      Foi uma manobra ousada. Arriscou tudo e não levou nada.
      Acho que VET estava completamente consciente dos riscos.
      E também poderia ter recolhido quando viu que seu blefe pra cima de WEB não deu resultado. Não fez isto porque preferia ver os dois carros na área de escape do que ver WEB no alto do pódio. De certo modo, conseguiu o que queria e tirou a vitória de WEB.
      Lembro-me de algumas ousadias de Montoya, mas muito vagamente. Na verdade, lembro-me muito bem de todos o avaliando como um piloto arrojado…

      Publicado por Alexandre Pires | 31/05/2010, 1:04 pm
    • Vettel é um menino pedante também pudera imagine-se a idade dele sendo glorificado pelos 4 cantos do mundo e se acha o tal não?? Deve abaixar a crista e entender que não é imbatível e é simplesmente um ser humano, alemão mas humano que pode errar…

      Publicado por Fernando Kesnault | 01/06/2010, 2:58 pm
  11. http://tazio.uol.com.br/f-1/textos/18766/

    Uma luz na escuridão, que coloca Webber como vilão, será verdade ?

    Publicado por Claudemir Freire | 31/05/2010, 8:37 am
    • Sei não Claudemir. De qualquer forma, as McLarens tiveram q diminuir o ritmo no final por problema de consumo. Acho q ainda era cedo pro Webber começar a diminuir o ritmo, mas é mais um elemento nessa discussão.

      Publicado por Alex-Ctba | 31/05/2010, 8:46 am
    • A meu ver, confirma que WEB agiu muito bem. Estavam armando pra cima de WEB. Com esta vitória, WEB teria 3 vitórias contra apenas 1 de VET. Com certeza, o contrato de WEB iria engordar muito.
      O TAZIO poderia explicitar um pouco mais como conseguiram tal informação.

      Publicado por Alexandre Pires | 31/05/2010, 8:57 am
    • Como assim Webber “vilão?”

      Publicado por Becken Lima | 31/05/2010, 9:38 am
    • Pela reportagem do site, o Webber teria que dar passagem por ordem da equipe.

      Já entrei em todos os sites e blogs para buscar informações sobre o acidente, e fica claro que o Webber foi “culpado” pela Red Bull pelo acidente e isentaram o Vettel de qualquer culpa.

      Mas ainda sim acredito que o australiano é o menos culpado de tudo que aconteceu, mas também retiro a maior parte da culpa imputada ao Vettel, porque esse tinha ordens de passar o companheiro e jogo todo o resto da culpa na Red Bull que deu ordens desencontradas a ambos pilotos.

      Mas fica claro que a partir de agora o Webber luta com Vettel, Button e Hamilton pelo título e mais a Red Bull dentro de casa. E sua renovação de contrato está subindo no telhado.

      Publicado por Claudemir Freire | 31/05/2010, 9:54 am
    • Talvez isso não seja uma notícia muito boa para o “nosso” Massa.

      Publicado por djow | 31/05/2010, 12:10 pm
    • Será o orgulho germânico subindo mais que as imagens dos vídeos??? Querem que o moleque Vettel seja campeão a preço de qualquer ato?? Se agirem assim perco meu entusiasmo por esta equipe e realmente vejo que tudo não passa de questão comercial, algo que já virou rotina na f-1 e estes campeonatos se decidindo na última prova é só para enganar trouxas. Tem cada história “cabeluda” por trás de cada decisão….

      Publicado por Fernando Kesnault | 31/05/2010, 12:58 pm
  12. Pela quadro a quadro ai acima e tb pela on board do Webber, continuo com minha opinião de q o culpado foi o Vettel. E foi louvável a atitude do Webber. O cara decidiu q vai lutar pelo campeonato e não deu mole pro Vettel. Ok se ele fosse calculista ao extremo poderia imaginar q ao ceder o primeiro lugar para o companheiro, ainda faria 18 pts, melhor do q os 15 q fez, e a equipe faria 43 no wcc. Mas ele poderia imaginar q o Vettel seria tão estúpido em não recolher?

    Antes desse salto da McLaren, quem era seu principal adversário no wdc ? O Vettel. Então é melhor fazer 15 com o “inimigo” fazendo zero.

    A verdade é q pode acabar a paz entre os pilotos da Red Bull, e vamos ver qual será o reflexo disso daqui para frente.

    Publicado por Alex-Ctba | 31/05/2010, 8:38 am
    • É um teste de fogo para a Red Bull. Agora a equipe tem que provar que é grande de verdade. Lembram do nosso amigo Yan Maciel cravando a equipe como campeã antecipada? Pois é, não é só um carro veloz que ganha o título… e no quesito “organização”, a Red Bull ainda engatinha.

      Afinal, como é que uma equipe em um momento de tensão entre seus dois pilotos, que são candidatos ao título, simplesmente toma partido de um em uma disputa desastrosa? E pior, o menos culpado… e que lidera o campeonato! Coisa de equipe inexperiente mesmo…

      Publicado por Vitor, o de Recife | 31/05/2010, 9:11 am
  13. Vettel não podia ter ordem para passar Webber, porque as ordens de equipa são proibidas.
    E acho que a FIA devia começar a investigar se estes “Save Fuel” não violam a ideia do regulamento.

    Publicado por JCCJCC | 31/05/2010, 9:12 am
    • Concordo, estão mascarando o infame jogo de equipe com esse tal de “save fuel”

      Publicado por Alex-Ctba | 31/05/2010, 10:14 am
  14. O erro foi de Vettel, a defesa foi correta e justa, até porque a tomada era para direita, e Vettel não tinha espaço e contava com a boa vontade do único piloto que diretamente, até agora, poderia tirar seu 1º título. Erro de julgamento em uma ultrapassagem arriscada.

    O correto seria fazer o que Button fez com Lewis, passar por fora na primeira perna.

    Mas só o tempo fará isto com Vettel. Ou um pouquinho de Maracujina.

    Por outro lado, se tivesse dado certo…

    Ps: Lewis estava em cima, por esta foto.

    Publicado por Alexandre Gomes | 31/05/2010, 9:22 am
    • Se tivesse dado certo, talvez Lewis chegasse em primeiro do mesmo jeito. Estou apenas dizendo talvez.
      Percebam: Webber já tinha entrado em modo de economia de combustível. Foi por isso que Vettel atacou. E Vettel teve ali sua última chance, já que logo depois também entraria em modo de economia.
      Hamilton e Button só entraram em modo de economia 7 voltas depois. Daria tempo suficiente para Lewis (e até Jenson) passar (em) os dois, já que as McLarens não deram folga às Red Bulls durante toda a corrida.

      Publicado por Allan Wiese | 31/05/2010, 9:39 am
    • Vitor,

      Não entendo essa faceta da coisa.
      Porém, é possível que diante da burrice cometida pelo asninho, movida pelas circunstâncias e repercussão geral, a equipe tenha sido obrigada a tomar essa atitude para equilibrar a coisa, inclusive com a concordância do Webber. Em suma, panos quentes.

      Ficou evidente demais que o Vettel agiu com um asno.

      Abs.

      Publicado por Anselmo Coyote | 01/06/2010, 1:16 am
  15. Webber tinha mesmo problema de combustível? Andando como andou no final?

    Ah, então passa direito Vettel, o cara não tem sangue de barata.

    Ponto ainda para Webber.

    Publicado por Alexandre Gomes | 31/05/2010, 9:29 am
    • Ponto pro Webber sim… concordo contigo Alexandre, e outra, Vettel pensou que era o F.Massa… garanto se fosse na Ferrari, um caso desse Massa teria cedido a ultrapassagem e depois na entrevista coletiva diria, PENSEI NA EQUIPE…kkkkk
      CAda corrida que passa, adimiro ainda mais essa Australiano

      Publicado por Jackson | 31/05/2010, 10:07 am
    • Webber andou como andou no final por que estava com pneus macios novos e as McLarens estavam mais lentas por que tinham vantagem suficiente para tanto. Mas ele tinha que poupar combustível sim, o que se comprova pelo fato de ele não fazer nenhuma volta mais rápida no fim da corrida. Tínhamos Algersuari como mais rápido atá o momento em que Petrov fez a volta mais rápida da corrida.

      Publicado por Allan Wiese | 01/06/2010, 9:00 am
    • Allan,

      O espanholzinho e o Russo trocaram pneu também.

      Mas ele não tinha problema de combustível, acredito que provavelmente algo relacionado aos treinos do sábado.

      Publicado por Alexandre Gomes | 02/06/2010, 12:33 am
  16. Será que se Vettel, já que Webber estava decidido a manter a trajetória, tivesse mantido sua linha, espalhando na curva e levando Webber junto, não o passaria?
    Todos sabemos que capacidade de frenagem não falta aos F1.
    Acho que o maior problema do Vettel nessa manobra foi o excesso de emoção na hora de executá-la. Colocou o carro do lado e fechou o Webber na curva como se estivesse pensando: “agora você vai ver quem manda nessa equipe seu velho danado”.

    Publicado por Allan Wiese | 31/05/2010, 9:36 am
    • Vettel disse que perdeu o controle do carro, talvez se estivesse controlado o carro até a chegada da curva a esquerda fizesse o que você falou.

      Publicado por Claudemir Freire | 31/05/2010, 10:06 am
    • hahahaha…boa alternativa!!!Vai saber o que se passa na cabeça desses jovens!!

      Publicado por Teo | 31/05/2010, 10:20 am
  17. O motor do Vettel morreu durante o acidente?
    Pelo q vi, apenas o pneu estorou e havia só uma chincane antes da entrada dos boxes( foi antes da curva 12). Ou seja, uns 200 metros pra levar o carro até os boxes e como estavam a mais de 40 segundos do quinto lugar( e provavelmente a mais de um minuto pro 10º colocado), n seria possível trocar o pneu e ganhar uns pontinhos?
    Será q n faltou frieza ao Vettel pra avaliar os danos no carro (e a distância pros boxes) antes de desligá-lo?

    Publicado por Leandro Magno | 31/05/2010, 9:56 am
    • Leandro, parece que um dos eixos dianteiros quebrou… por isso não era possível, fora outros possíveis danos com a rodada…

      Publicado por Jackson | 31/05/2010, 10:03 am
    • Acho q n quebrou o eixo pois ele n toca em nada. O q acontece é q quando um pneu da roda traseira fura, o oposto no eixo dianteiro fica no ar, mas n impede q o carro seja guiado( o contrário tb acontece quando é um pneu dianteiro q fura). A rodada, em si, no máximo, “come” bem os pneus q n furam, pois eles ficam travados ao extremo durante muito tempo e em ângulos n convencionais.

      Publicado por Leandro Magno | 31/05/2010, 10:24 am
  18. Parabéns pelo post, Becken. Com essas imagens não resta dúvidas sobre a responsabilidade do Vettel no acidente.

    No entanto, como bem levantou o Claudemir, a questão está sendo muito mais complexa internamente. O discurso está voltado contra o Webber (???).

    Será que essa questão não vai prejudicar a renovação dele?

    PS: Essas imagens me deixam com outra dúvida: alguém fez o teste do bafômetro no Vettel?

    Publicado por Willian | 31/05/2010, 10:34 am
    • William,
      Quando o Vettel se aproxima do Webber, ele dispara aquele botão q coloca o carro em sobregiros( n estou falando de Kers, mas do sobregiros q o piloto pode acionar umas poucas vezes durante uma corrida quando quer ultrapassar ou evitar q seja ultrapassado), o q o permitiu passar mais de meio carro. Como o tedesco estava no lado bem sujo da pista(veja a poeira q o carro dele levanta – não, ele n chega a pisar na grama. A onboard dele mostra isso.), quando ele começa o movimento pra direita, ele perde o controle do carro. Isso se deveu ao somatório de pista suja + mais motor “110%” cheio. Enfim, foram cavalos demais para o pobre do alemãozinho controlar no meio da poeira.
      Acho q ele tentou por dentro, pq por fora ele sabia q era mais difícil, pois mais cedo tinha feito uma bela defesa contra o Ham q tentara o passar dessa forma ali.
      Na Austrália em 2009 ele se envolveu num acidente em q disputava a posição com o Kubica e depois daquilo praticamente não o vimos mais arriscar nada, a n ser em largadas. Pouco mais de um ano depois, ele se envolve de novo em uma merda q provavelmente o deixará por mais um ano sem arriscar mais. Quem torce pelo Vettel tem q rezar pra ele fazer todas as poles e n ter q ultrapassar ninguém na pista, pois o rapaz deve estar “traumalizado”.
      abs

      Publicado por Leandro Magno | 31/05/2010, 11:03 am
  19. Olhem esse video e vejam como Vettel deveria ter passado

    Fiquem atentos no minuto 1:02

    Publicado por Leonardo | 31/05/2010, 10:45 am
    • Mas o Massa deu um pouco de abertura pro Hamilton (ops!), coisa que o Webber não fez. Até que ele foi manso (o australiano), em outras eras teria colocado o carro mais para esquerda.

      Publicado por Andy | 31/05/2010, 11:56 am
    • É bom lembrar o contexto de cada corrida. Naquele momento, a Ferrari estava superior à McLaren. Hamilton fez um pit stop a mais que o Massa, o brasileiro não tinha o que arriscar, a vantagem ainda era dele.

      Já no embate entre Webber e Vettel, o que estava em jogo era uma disputa real pela vitória, pela liderança do campeonato e, por fim, da equipe.

      Publicado por Vitor, o de Recife | 31/05/2010, 1:58 pm
    • é, mas pra ultrapassar assim só se VET estivesse disposto a fazer uma tangência maluca como a de HAM.
      por isso, acho que VET tava afim mesmo do tudo ou nada. tentou blefar pra cima do Aussie e se deu mal.

      Publicado por Alexandre Pires | 31/05/2010, 1:14 pm
    • Para aprender fazer isso o asninho imberbe ainda vai ter que comer muito capim.

      Publicado por Anselmo Coyote | 01/06/2010, 1:25 am
  20. Becken

    Disputa que deve haver mais amiúde na F1, principalmente com relação à liderança da prova.

    O resultado refletiu exatamente o “modus operandi” de ambos os pilotos.

    Webber, raposa velha, nada excepcional, nascido em ambientes mais “romanticos” – onde competições eram menos corporativas – mas agora com a chance da sua vida em termos de carreira, não facilitou e com absoluta razão. Salvo revelações que possam surgir mais adiante, só se defendeu e o fez muito bem.

    Já o Tião, nascido na geração “hightech” e no ambiente eminentemente corporativo dos dias de hoje, e ainda com o agravante de ter sido elevado a condição de “ser supremo”, mui precocemente por sinal, pagou caro por isto. Apesar de talentoso, seu instinto humano é muito baixo ou seja, falta-lhe malícia e sabedoria para enfrentar esses momentos mais difíceis como foi o da corrida de ontem. O fato de ter sido criado de uma forma superprotegida – em termos de carreira – dificulta ainda mais a absorção dessas características humanas que, principalmente, os competidores devem ter.

    saudações

    Publicado por celso gomes | 31/05/2010, 11:08 am
    • Perfeito, e parece q o Tião vai continuar mimado, pois a equipe está dando mostras de q vai ficar do seu lado.

      Publicado por Alex-Ctba | 31/05/2010, 11:22 am
    • Tens razão Alex. A imagem de juventude atrelada ao energético é que está sendo evidencianda e influenciará nessa disputa entre os dois pilotos.

      O marketing “RedBulliano” estará tendendo a acabar com a melhor chance que este senhor, velho, senil, decrépito e aposentável(?) de 33 anos, chamado Mark Webber, jamais teve. Afinal velhos de 33 anos consomem muito pouco seus produtos e ao se tornar um vencedor, faria cair por terra os que tem asas… ;-)

      abç

      Publicado por celso gomes | 31/05/2010, 1:21 pm
    • Hahahaha…boa Celso, mas pelo visto o Webber tem muita lenha pra queimar ainda. Se ele cuidar da forma física, como o Schumacher faz, pode ter bastante tempo de F1 ainda. Schumacher vai correr até os 44 e o Barrichello não dá mostrar q vai parar enquanto tiver equipe disposta a contratar seus serviços.

      Viva os veteranos!!!!!

      Publicado por Alex-Ctba | 31/05/2010, 2:07 pm
  21. Andy,é verdade olhando esse video

    vc tem razão

    Publicado por Leonardo | 31/05/2010, 12:15 pm
  22. Becken,

    Eu vi esse post ontem a noite, acho que no momento que você colocou, e a impressão que eu tive na hora é que ele vai servir mais para confundir que para esclarecer.

    As imagens mostram e provam que Vettel puxou o carro para a direita em direção ao Webber, logo ele (Vettel) bateu em um Mark Webber que não teve culpa alguma. Caso encerrado.

    Só que na realidade as coisas não são bem assim. O movimento do Vettel era o natural e o de Webber não. Supondo que se mantivessem naquela linha por mais uma fração de tempo e nenhum dos dois faria a curva, porque jamais conseguiriam frear o carro naquela velocidade na parte suja da pista.

    Nada justifica Webber não ter dado espaço para a tomada da curva, porque ele não estava mais bloqueando Vettel, afinal o alemão já tinha passado. Ou Webber esperava que a 100 metros da curva Vettel diminuisse e procurasse a tangência atrás dele ? nem tempo para isso havia.

    O Vídeo postado com a ultrapassagem de Felipe Massa no Japão mostra bem como o australiano deveria ter se comportado.

    Talvez mais uma pequena fração de tempo e Webber tivesse feito o movimento normal de tangência. Nunca saberemos.

    A indignação do Helmut Makro é compreensível. Ele foi piloto (teve a carreira encerrada quando uma pedra entrou pela viseira do capacete e o deixou cego de um olho) e sabe o que aconteceu ali.

    Um piloto pode e deve defender sua posição com todas as forças, mas tem que aceitar quando não tiver mais jeito. Faz parte da competição, ou então não haveria mais ultrapassagens.

    É assim que as coisas funcionam. Ou deveriam funcionar.

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 31/05/2010, 1:21 pm
    • Sirlan,

      Comentário absolutamente perfeito, parabéns.

      Vejo muitos falarem que o Webber “não deveria entregar a posição mesmo”. O problema é que já era posição perdida. Ou ele cedia, ou acontecia o que aconteceu. O Vettel tinha 2 metros de carro a frente do Webber e vinha a no minimo 30km/h mais rápido. Webber sabia que tinha menos potência e decidiu – futilmente – manter uma posição que ele iria perder mais cedo ou mais tarde.

      Acho que a on-board do Vettel é muito mais escarecedora do que as imagens aqui postadas neste artigo, pois o início do acidente se deu bem antes, na pequena subida que antecede a descida aqui retratada. Analisando as cameras on-board, dá pra ver que quando Vettel já havia ‘tirado’ para a esquerda de Webber, com muito mais velocidade, Webber começa a empurrá-lo para fora da pista, dando a Vettel apenas o espaço mínimo – entre Webber e a grama – para ultrapassá-lo. Neste momento Vettel começa a sentir certa instabilidade no carro, pois a direção não para de tremer. Vettel anda por alguns momentos sobre a linha branca antes de tentar voltar para o asfalto (sempre com o volante tremendo), pois se ele freiasse sobre a linha branca, teria perdido o carro. Quando Vettel e Webber se chocam, Vettel não está movendo a direção. Fica bem claro que o carro deslizou na sujeira e acertou Webber.

      Acho que a questão é, no momento em que Vettel já tinha o carro na frente, muito mais velocidade, preferência na curva e de quebra a desvantagem de estar no lado mais sujo da pista, a maior responsabilidade de evitar o acidente era do Webber. Essa de que ele segiu a linha dele não cola, pois aquele nem é o traçado da pista. Ele parecia ter ignorado a presença de Vettel ali, como se fosse apenas um obstáculo, não um defensor de posição.

      Além do mais, Christian Horner disse bem claro que a política da equipe é “lutem, mas se deem espaço”. Webber estava ‘handicapped’, fora de luta, mas ainda tentando manter terreno.

      Publicado por Guilherme Teixeira | 31/05/2010, 3:00 pm
    • perfeito.

      Publicado por andre melo | 31/05/2010, 6:18 pm
    • Piloto tem (obrigação) de ceder espaço se a direção de prova mandar ou se ele achar conveniente para si próprio.

      Algumas pessoas só aprendem a respeitar quando metem a cara no muro. Outros, nem assim. Para mim o Vettel pertence a esta última categoria. Então, que se esborrache no muro todas as vezes que se meter onde não cabe.

      Parabéns, Webber. Quando vc tiver uma equipe, cuide dela. Por enquanto cuide de sua posição, de suas corridas, de seu carro e de sua situação no campeonato. Piloto é pra isso.

      Abs.

      Publicado por Anselmo Coyote | 01/06/2010, 1:35 am
    • Perfeito!
      Perfeito!
      Perfeito!

      Chega desses pilotinho meia boca que só conseguem sucesso se forem beneficiados pela equipe.

      Webber há 3 corridas vem dando show enquanto o vettel é só vexame.

      Publicado por djow | 01/06/2010, 3:37 pm
    • “Então, que se esborrache no muro todas as vezes que se meter onde não cabe.”

      mandei essa frase pro nelsinho, por email. rsrs.

      Publicado por andre melo | 01/06/2010, 10:16 pm
    • Eu tenho exatamente a mesma visão Guilherme!

      Publicado por Will | 02/06/2010, 9:04 am
    • Discordo completamente. Para fazer um movimento para pegar a tangência de uma curva é extremamente necessário que o carro esteja à frente do outro carro. As fotos e os vídeos são bastante claros e não deixam margem à interpretações. Vettel jogou o carro para cima de Webber. Tente imaginar o que teria acontecido se o Button, ao invés de frear e recolher sua McLaren quando Hamilton o estava ultrapassando, simplesmente tivesse virando o volante de seu carro para esquerda. Ele viu que não havia como lutar pela posição e recolheu. Aliás, algo bastante comum. Na mesma corrida Hamilton tentou ultrapassar Vettel e desistiu pois viu que não teria como. E o carro dele já estava à frente.

      Publicado por djow | 01/06/2010, 1:30 am
  23. Boa tarde a todos…
    Excelente corrida….

    É isso ai Vettel, com ou sem ordem de equipe tem que ir pra cima dos adversários, é isso ae Webber com ou sem ordem de equipe tem que defender sua posição, seja com quem for.

    Vibrei como nunca na disputa entre Butão e Hamilton, pra mim o melhor momento da F1 neste ano de 2010. tem que ser assim, sempre! lutar pela vitória a qualquer custo.

    Não gosta da expressão “tragam as crianças para casa”

    Claro que o Vettel errou, está provado, mas não culpo ele, fez o que o MUNDO esperava dele.

    O Massa também já aprendeu como se faz….

    Publicado por Marcelo (Cascavel) | 31/05/2010, 1:21 pm
  24. Quem tenta defender o Vettel neste caso deveria candidatar-se a advogado do Beira Mar. Ou então fazer um cursinho de pilotagem.

    Publicado por Mauro Brisola | 31/05/2010, 1:25 pm
    • Caro Brisola,

      Uma das caracteristicas mais nobres que um homem pode ter é aceitar conviver com o contraditório.

      Quando aceita que outros podem pensar diferente dele, e podem até estar certos, o homem mostra que não tem medo de enfrentar seu maior inimigo : ele mesmo.

      Obviamente nem todos tem essa grandeza nata, embora a vida possa ensinar a algums.

      Quanto ao defender Ferandinho Beira Mar, acho justo. Todos devem ter direito a uma defesa. Num ambiente democrático isso é parte vital para que se obtenha a justiça.

      Espero que você seja apenas um jovem. Terá tempo de aprender com a vida. Sinceramente torço por isso.

      Um abraço,

      Sirlan Pedrosa

      Publicado por Sirlan Pedrosa | 31/05/2010, 1:35 pm
    • Profundo….

      Publicado por Fernando Kesnault | 31/05/2010, 1:37 pm
  25. Nossa, ontemm foi um dia histórico para os AMANTES DA VELOCIDADE, corrida de manhã (F-1), corrida de tarde(500 miles Indy) e corrida de noite (600 miles Charlotte Nascar Sprint Cup) nesta ultima quase acertei o vencedor viu WILL, ahahah, ele chegou em segundo (McMurray) e estava em 1º até a ultima bandeira amarela a faltar 20 voltas para o termino da prova. E falei que o Scott Dixon venceria em Indy mas foi o companheiro de equipe, e na f-1 disse que Webber venceria seguido do Vettel e do Rosberg e se as coisas estivessem caminhado normalmente. então não estou tão mal assim…

    Publicado por Fernando Kesnault | 31/05/2010, 1:36 pm
  26. ‘Só que na realidade as coisas não são bem assim. O movimento do Vettel era o natural e o de Webber não. Supondo que se mantivessem naquela linha por mais uma fração de tempo e nenhum dos dois faria a curva, porque jamais conseguiriam frear o carro naquela velocidade na parte suja da pista.”

    Desde quando, em uma disputa de freiada, alguém é obrigado a gentilmente ceder espaço para a tangência do oponente??? Esto no existe. Quem está por fora tem o direito “natural” de encaixotar o adversário pensando, no mínimo, em dar um X.

    Publicado por Mauro Brisola | 31/05/2010, 1:39 pm
  27. Sirlan

    Agora vi a tua resposta anterior. Aceito sim as opiniões contárias. Até porque não nenhum jovencito não!

    Exagerei um pouco quando afirmei que é difícil defender o Vettel neste caso porque realmente o é. Está difícil encontrar uma (01) opinião de algum especialista que possa dar razão ao destempero do alemão depois do acidente. Na melhor das hipóteses poderia ser classificado como acidente de corrida mas parece que não é o caso.

    Abraço

    Publicado por Mauro Brisola | 31/05/2010, 1:46 pm
    • Sim, se fosse feito uma enquete sobre de quem foi a culpa, Vettel receberia a imensa maioria dos votos. Entre os pilotos, a maioria ou atribuiram a culpa ao Vettel, ou no máximo, a incidente de corrida, como foi o caso da opinião do Massa. O Argumento do Sirlan é bem interessante, mas ainda fico com minha opinião de que o culpado foi o Vettel.

      Publicado por Alex-Ctba | 31/05/2010, 2:01 pm
    • Alex, meu caro. Prazer em falar consigo.

      Uma coisa que me incomoda bastante pela insanidade do ato e pela inutilidade do resultado é uma discussão em que não estejam claramente estabelecidos os princípios sobre os quais ela se desenvolverá.

      Pois bem. Quando vc fala “incidente de corrida”, na verdade o que isso significa para vc. Precisamos estar concordes quanto a este princípio para que ele tenha para nós dois o mesmo significado, para que quando vc o mencionar eu saiba exatamente a que vc se refere. É algo como discutir sobre carros com uma pessoa que não saiba o que é pneu. Então vc pronuncia ‘pneu’ e ela (eu, neste caso) fica com cara de bobo sem saber do que vc está falando.

      Para iniciar esses acertamentos, vou dar o primeiro passo.
      Para mim, pelo menos e até agora, incidente é aquilo que incide sobre ou durante algo alterando-lhe total ou parcialmente o seu curso ou funcionamento normal. Se se trata de um incidente de corrida, é uma coisa ‘anormal’, porém aceitável, que ocorre durante uma corrida. Se vc assim entende, estamos bem começados. Se não, argumente e talvez eu concorde com vc e estaremos, da mesma forma, bem começados.

      Há um ‘porém’. Incidentes de corrida podem ocorrer por obra do acaso (neste caso não vale a pena discutir) ou por uma causa determinada. Investigar sobre essa causa vai nos permitir saber se há um responsável pelo incidente e se este teve vontade de provocá-lo.

      O que me parece quando vc fala “incidente de corrida” é que ‘incidente de corrida’ é obra do acaso e por isso não pode ser atribuída responsabilidade a quem quer que seja. Eu discordo disso pelas razões expostas acima. Um incidente pode perfeitamente ser provocado por alguém mal intencionado, por pura burrice (é o caso do Vettel), por incapacidade, por imperícia (barbeiragem), por uma diarréia etc.

      Abs.

      Publicado por Anselmo Coyote | 01/06/2010, 1:54 am
    • Fala Coyote. Vc como sempre dando uma aula de argumentação. Sou seu fã. A minha opinião, é de q foi excesso de audácia do Vettel e no final das contas, uma grande parvoíce, como vc bem enfatizou. Qdo eu citei “incidente de corrida”, não eram palavras minhas, mas sim do Massa, q eu ouvi no audio do blog do Felipe Motta. O Massa classificou como incidente de corrida, pq talvez no entendimento dele, o Vettel pode ter perdido o controle do carro por estar na parte suja, e, claro, pelo fato do Webber não ter cedido um milímetro de sua posição, algo q o alemãozinho não esperava. Acidentes acontecem. Coisas de corrida. Se esse caso vc para um tribunal, vc como promotor e o Sirlan como advogado de defesa, por ambas argumentações, não seria tão fácil condenar o Vettel, ainda assim, se eu fosse dar meu voto, acompanharia a promotoria rsrs

      Abs

      Publicado por Alex-Ctba | 01/06/2010, 9:15 am
    • Como membro do juri, meu veredito seria… Culpado! Pricipalmente pela inabilidade demonstrada e pelo arrogante “sinal de biruta” para o companheiro.

      saudações

      Publicado por celso gomes | 01/06/2010, 11:40 am
  28. ontem minha opinião era de que o vettel errou. hoje, lendo as mais diversas declarações, mudo de idéia e concordo com o Sirlan. webber simplesmente estava mais lento e já estava atrás de vettel. se ambos continuassem na parte suja da pista, nenhum dos dois faria a curva. webber foi o culpado. e o pior de tudo é que ele preferiu tirar vettel da prova do que perder para o companheiro. a coisa foi realmente feia e não me surpreenderia se a red bull não renovasse com ele. afinal, ele não merece mais a renovação mesmo.

    Publicado por andre melo | 31/05/2010, 3:09 pm
  29. um movimento claramente suicida. E Vettel ainda chamou Webber de louco. Pensei que o espirito suicida apenas estava em Schumi. Estava enganado, o q eu vi ontem foi uma presunção egocentrica de Vettel e Webber que não é Barry nem ligou ao atrevimento do miudo. Foi as boxes, saiu e manteve um terceiro lugar.

    Publicado por Nataniel Baiao | 31/05/2010, 6:30 pm
  30. Piloto que fica dando passagem não ganha nada; a F1 tem exemplos de diversos “mansos” que nunca foram campeões.

    A manobra do Webber foi legal sim, tentou manter a linha pra fazer o Vettel desistir da ultrapassagem. Quem não mediu a manobra foi o jovencito.

    Publicado por Alfred Newman | 31/05/2010, 6:33 pm
  31. Esses caras do Tazio tão de sacanagem – só pode ser.
    Vejam como eles traduzirem isso:

    Q: What sprung to mind when you heard about the Red Bull clash?
    LH: I didn’t need to hear it – it was right in front of me. It felt like watching an action movie. I was seeing it first hand – I had a great shot of it. It was unfortunate for them – and fortunate for us.

    Tradução da resposta do Ham por Tazio:
    “Foi genial de ver, foi como assistir um filme de ação em alta definição e em três dimensões. Foi fantástico e eu tive a melhor vista”, disse o inglês, que venceu a prova.

    Uma tradução razoável seria:
    Pergunta: O q passou pela sua cabeça quando ouviu sobre o choque (entre os carros) da RedBull?
    LH: Nem precisaram me contar – foi bem na minha frente. Senti como se estivesse assistindo a um filme de ação. Eu estava vendo em primeira mão – tive um bom ângulo do q aconteceu. Foi uma infelicidade pra eles – e uma sorte pra nós.

    Do jeito q traduziram, foi como se Lewis tivesse vibrado em assistir tudo aquilo.
    VTNC esses caras!

    Pior do q uma merda dessa, só isso:

    http://timesofindia.indiatimes.com/home/opinion/edit-page/EDITORIAL-COMMENT-Pirates-Ahoy/articleshow/4693339.cms

    Observem o q esse jornal da Índia colocou para a sigla FIA. Só podiam estar prevendo q o Todt ganharia as eleições. rsrssr

    Publicado por Leandro Magno | 31/05/2010, 7:16 pm
    • Se vc reclamar no Tazio eles modificam. Já reclamei de más traduções e eles corrigiram!

      Publicado por Becken Lima | 31/05/2010, 7:18 pm
    • Ferrari International Assistance (FIA) (rsrsrs)

      acho que nunca uma tradução errada esteve tão coerente !

      Publicado por Alfred Newman | 31/05/2010, 8:18 pm
    • Verdade!!!!!!!!!!!!!!

      Publicado por Will | 01/06/2010, 8:56 am
  32. engraçado que enquanto todos querem crucificar o Vettel, a RBR o isenta de culpa dizendo que houve falha de comunicação, ahh sim, algum inocente ainda acreditou que a ordem para troca de posição, o famoso jogo de equipe, realmente deixaria de existir?

    http://msn.lancenet.com.br/noticias/10-05-31/763514.stm?f-1-red-bull-teve-trapalhada-de-comunicacao

    Publicado por Felipinho | 31/05/2010, 7:19 pm
  33. Com a manobra de intimidação do jovem Vettel , o mesmo pensou que o velhinho Webber iria recolher o carro , mas o tiro sai muito bem pela culatra .
    Assim , o jovem e (in)taletoso Vettel , vai somando pontos para equilibrada equipe Mclaren .

    Publicado por Bernardth | 31/05/2010, 11:03 pm
  34. Hoje Vettel é o menino minado da casa , por ser filho da Red Bull , mas está pagando pelos seus próprios erros , é o piloto que mais perdeu pontos e esses graves pecados , podem enterrar de vez suas pretensões no final do campeonato .
    Isso tem remédio : boas e belas palmadas nesse menino mimado !

    Publicado por Bernardth | 31/05/2010, 11:23 pm
  35. vejo a situação de duas formas.
    Para o padrão atual de jogo de equipe da F1 Webber errou e errou feio mantendo tanto a linha!! Todos sabemos que se fosse Massa (WEBBER) x Alonso (VETTEL) essa batida jamais teria acontecido, caso o Alonso tentasse (como já fez na entrada do pit) uma ultrapassagem forçada.

    Agora pensando na disputa Piloto x Piloto, Webber foi, para mim, incrível. Acho que falta um pouco mais disso na F1 esse pensamento de que a Gente bate mas você não me passa. Acho a maior parte dos brasileiros (dos que gostam de F1) deve ter pensado assim a se o Massa fosse como o Webber.

    Publicado por Ronei Leonel Junior | 01/06/2010, 1:36 am
    • Concordo. Se o Webber errou, errou ao não obedecer a maracutaia da RBR. Como piloto de COMPETIÇÃO ele foi simplesmente perfeito. O que acontece é que a maioria dos brasileiros querem vida fácil para conquistar suas glórias.

      Publicado por djow | 01/06/2010, 1:48 am
  36. A tentativa frustrada de ultrapassagem antes da batida foi normal.

    Acreditar que o outro sairia foi uma asneira – só louco põe sua ‘vida’ nas mãos de um adversário a 250 km/h.

    Insistir numa ultrapassagem logicamente improvável e fisicamente inexequível foi, além de burrice, um risco assumido pelo asninho imberbe.

    O que me irritou no incidente foi a arrogância do asno em não assumir a asneira e ainda sair acusando o adversário. Só isso. No mais, foi tudo normal e trouxe emoção à corrida, o que para nós é muito melhor.

    Tomara que aconteça de novo muitas vezes coisas assim com esses e outros pilotos (com o Vettel se f*dendo, de preferência…rsrsrs). Afinal, palhaços nos fazem rir e “rir é o melhor remédio.”.

    PS. Hamilton e Button nos proporcionaram momentos de emoção em altíssimo nível. Ambos mereceram ganhar. Respeito, admiração e palmas para os dois.

    Abs.

    Publicado por Anselmo Coyote | 01/06/2010, 2:20 am
    • Tou de acordo. O comentário resumi a opinião de muitos que não eximem a responsa de VET, mas não deixam de ver como legítima a tentativa de ultrapassagem. Arriscou e se deu mal.
      HAM e BUT correm de modo irretocável. Ainda que ache que a equipe deve melhorar seu pitstop, 3 s de diferença entre o de BUT e o de HAM são inaceitáveis.

      Publicado por Alexandre Pires | 01/06/2010, 5:14 pm
  37. Comentário a parte…

    Que temporada!!! Está muito melhor do que eu esperava…muitas ultrapassagens (inclusive na linha de frente, inclusive em ‘Tilkódromos’, inclusive sem chuva!), muita troca de liderança (nada de polarização na disputa), muitas surpresas (Kubica e Renault, Button, Schumacher e Rosberg).

    Muito boa essa F1 2010!

    Publicado por Will | 01/06/2010, 11:22 am
  38. E ainda faltam, que bom, 2/3 da temporada.

    Vamos nos divertir muito ainda!!!

    Publicado por Teo | 01/06/2010, 11:27 am
  39. Caro Becken,

    Surgiram alguns desdobramentos por aí, por culpa da patetada do Christian Horner e principalmente, pelas declarações do Helmut Marko. O primeiro vindo com 3 versões diferentes sobre o ocorrido e culpando o Webber e o segundo, não só culpando mas, condenando Webber pelo acidente. Surgiram informações que indicam que o Tião foi e é escancaradamente favorecido no tima da lata de energéticos, o que qualquer torcedor já suspeitava evidentemente. O sinal do Webber biruta feito pelo Tião Pastell (ótima Dorfão!) teria sido porque este achava que estava “liberado” (de forma velada, é claro) pela equipe para ultrapassar o canguru senil (coitado!) só que não combinaram com o mesmo devido a trapalhada dos engenheiros de ambos e tem mais…

    Chefe, se você tiver tempo, já está merecendo um post exclusivo para esta trapalhada.

    saudações

    Publicado por celso gomes | 01/06/2010, 11:31 am
  40. Só espero q a Globo não corte o GP do Canadá dia 13/06 para passar Sérvia x Gana, se bem q se a corrida for as 14:00, acho q dá tempo pq o jogo é as 15:30.

    E na rabeira, uma menção especial a Lotus q ficou a 4 segundos da Red Bull em classificação:

    Webber 1:26.295
    Trulli 1:30.237

    Pra quem estava 6 segundos no início da temporada, em uma pista fácil de avaliar a evolução dos carros, a Lotus descontou 2 segundos da Red Bull. Significa q a evolução da equipe foi significativa, já q a Red Bull evoluiu tb.

    Para a temporada de 2011, boas perspectivas para a Lotus, q parece ser uma equipe séria e a expectativa da ART do Nicholas Todt, q não vai cometer os erros de Virgin e HRT, com certeza.

    Publicado por Alex-Ctba | 01/06/2010, 11:36 am
    • Existe esse risco sim. Com o produto dela encalhado na prateleira, não me admira se ela partir para esse expediente.

      Publicado por djow | 01/06/2010, 4:48 pm
    • Não tenho certeza mas a Lotus ficou a 2.5s da Ferrari. Procede?

      Publicado por djow | 01/06/2010, 4:53 pm
    • Um calculo interessante é ver a distância da Lotus par a Ferrari e da Ferrari para a Red Bull.

      Se a Ferrari está a 0.8 da Red Bull e a Lotus a 2.5, proporcionalmente a Lotus não estaria tão ruim assim…

      Publicado por Becken Lima | 01/06/2010, 4:57 pm
    • Não procede. A diferença entre os melhores tempos de ambas equipes, ficou em 3,155 s

      Massa 1:27.082
      Trulli 1:30.237

      Interessante tb observar, foi a Sauber, q foram bem na Espanha e agora na Tuquia. Na Espanha o Kobayashi foi para o Q3 e o DLR ficou em 12º. Na Turquia o Koba foi novamente para o Q3 e o DLR ficou em 13º. Nos ditos “circuitos de verdade”, eles tem um desempenho compatível com os testes de inverno.

      Publicado por Alex-Ctba | 01/06/2010, 5:07 pm
  41. sei que foi o vettel q provocou o contacto…mas acha que o webber conseguiria fazer a curva 12 travando naquela zona???? não acha que ele devia ter facilitado mais um bocado pois apesar de tudo e um companheiro de equipa (pois ele estava em fuel safe mode, punha o vettel um alvo facil para hamilton)??? comparando a manobra de hamilton/button com a dos pilotos da red bull qual acha que foi a principal diferença (discutiram em ambos os casos a entrada na curva 12)??? gostava de saber a sua opinião…

    Publicado por ferreirinha | 01/06/2010, 1:11 pm
  42. Quem foi o burro que fez essa sequência de imagens.Concordo que vettel foi o culpado mais é muita burrice do cara que fez isso.Na primeira imagem o carro está distante da câmera e não dá para ver a distância real do pneu para a linha pois o carro tá cobrindo ela. A medida que o carro vai se aproximando e descendo a linha vai aparecendo é só olhar na última imagem e ver que se consegue ver a linha até atrás do carro, meus amigos e você burro que fez isso trata-se de uma descida.Que raiva desse povo que quer entender do esporte mais técnico do mundo só porque
    assisti a corrida a milhares de quilometros em uma televisao .

    Publicado por bruno | 02/06/2010, 1:11 am
    • Bruno, com todo respeito, apesar de você parecer não se importar com isso, mas o que você falou não faz nenhum sentido. É justamente a linha branca que dá a referência para a leitura do movimento de VET feita pelo Becken, que não tem nada de burro, muito pelo contrário. Claro que há uma questão de perspectiva conforme a aproximação dos carros, mas para nossa felicidade há a tal linha branca, margeada por um gramado bem verdinho, caso alguém não consiga ver a linha…

      Publicado por Alexandre Pires | 02/06/2010, 2:34 pm
    • Bruno, então podemos concluir que quem jogou pra cima e bateu foi o Webber e não o Vetel?

      Publicado por Teo | 02/06/2010, 2:43 pm
  43. Meu amigo teo, no primeiro comentário que postei deixei claro que concordo que a culpa foi do vettel, é só ler o primeiro parágrafo do post . Só não concordo que o movimento do vettel para a direita que sem dúvidas existiu possa ser provado por uma sequência de imagens deste tipo.Proponho um teste ; você faz e depois me diz se tenho ou não razão.Pegue uma régua e faça a medida do carro do vettel (de uma roda dianteira a outra) e compare estas medidas entre as figuras 1 e a 4, vai existir uma grande diferença pois os carros estão aproximando-se da câmera.O que te faz acreditar que se as dimensões do carro aumentam também não vai aumentar a distâncias do carro para a linha branca.Se uma dimensão aumenta com a aproximação do carro para a câmera logicamente qualquer outra medida seja comprimento dos pneus , de asa ou qualquer outra vai aumentar isto é lógico.Quem já estudou cartografia sabe do que estou falando, o conceito de escalas cartograficas é claro sobre isso.ME DESCULPE O CARA QUE CRIOU ESTA SEQUENCIA DE IMAGENS , FUI UM POUCO GROSSO NOS MEUS COMENTÁRIOS, MAIS É QUE ULTIMAMENTE TENHO PERDIDO A PACIÊNCIA COM OS PROFISSIONAIS QUE FAZEM COMENTARISMO ESPORTIVO,MUITOS DELES COMENTAM AO MESMO TEMPO FUTEBOL , TÊNIS ,VÔLEI E AINDA QUEREM SE DAR AO LUXO DE COMENTAR SOBRE F1 UM ESPORTE ALTAMENTE ESPECÍFICO QUE ENVOLVE ASPECTOS TÉCNICOS MUITO ALÊM DO QUE A GENTE PODE COMPREENDER , MAIS MESMO ASSIM ELES ACREDITAM QUE ENTENDEM DE TODOS ESTES ESPORTES SÓ PORQUE ASSISTEM EM CASA NA TELEVISÃO ,ACHO QUE É MUITA PRETENSÃO DESTES CARAS MAS MESMO ASSIM PEÇO DESCULPAS.

    Publicado por bruno | 02/06/2010, 4:53 pm
    • Bruno, seu raciocínio faz sentido. Mas proporcionalmente, a distância do carro do Vettel para a linha branca aumenta em maior escala do que a distância entre as rodas do seu carro, o que comprova que ele “fecha” para a esquerda.

      Publicado por Allan Wiese | 02/06/2010, 4:59 pm
  44. Até que em fim alguém entendeu meu raciocínio.Concordo que vettel veio para a direita mais
    o que digo é que o simples fato de a linha vermelha ser maior na última imagem do que na primeira não pode dizer que vettel está se afastando da linha branca, e foi justamente esta a intenção do cara que postou as imagens ; Ele simplesmente quis dizer que a linha vermelha
    4 é maior que a linha vermelha 1 logo vettel veio para a direita .Mesmo que vettel segui-se em uma trajetória reta a linha vermelha iria aumentar devido a aproximação da câmera mais numa proporção igual a que aumenta as dimensões do carro como bem salientou ALAN WIESE.Porêm alan ainda existi um outro parâmetro a ser observado por se tratar de uma descida . O pneu do carro de vettel se posiciona na figura 1 que é a parte mais alta da trajetória numa posiçao tal que dá até a impressao de que esta sobre a linha branca isto porque ele encobre a linha branca nesta posição.

    Publicado por bruno | 02/06/2010, 5:22 pm
    • Ok, agora entendi seu raciocínio!!!

      Abraços!

      Publicado por Teo | 02/06/2010, 5:30 pm
    • Praticamente as figs.1,2 e 3 tem a mesma distancia, só que com ängulos diferentes de aproximação da cämera, da-se a pensar que a distancia aumenta.

      Publicado por Teo | 02/06/2010, 5:35 pm
    • Sim, faz todo o sentido.

      Publicado por Allan Wiese | 02/06/2010, 5:42 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: