//
você está lendo...
ARTIGOS

O que mudou no carro da Ferrari em Valência (Infográfico)

O papo pós-corrida é que Alonso ficou frustradíssimo com o novo pacote de atualizações da Ferrari. Internamente, a Ferrari esperava dar a Massa e Fernando condições de vencer a prova de Valência, mas o que se viu foi a equipe tomando meio segundo da Red Bull na classificação, o que talvez nem tenha sido total falha do redesign no F10.

Alonso cometeu mais alguns errinhos na sua definitiva volta do Q3 e Massa foi visivelmente atrapalhado por retardatários no momento em que iniciava o aquecimento de seus pneus super-macios. Além desses pequenos erros capitais, a Ferrari foi pega pelo passo à frente dado pela nova Asa Duto da Red Bull e pelo escapamento novo da Renault, o mesmo componente presente no F10b.

O que mais me surpreendeu no sábado do GP da Europa, foi a performance com os pneus super-macios — pneus com os quais a equipe tem se dado muito bem 2010. Alonso e Massa tiveram problemas para colocar os composto no ponto de volta rápida e aí vem a suspeita de que tais mudanças deram mais “downforce”, mas fizeram o carro perder um pouquinho de tração…

Como você pode ver no infográfico abaixo, a equipe italiana fez maciças mudanças na porção traseira do F10. Em conjunto com o escapamento [ 1 ], os engenheiros de Maranello escavaram um duto no assoalho [ 2 ], e acrescentaram mas refinos nas suspensões, reposicionaram a caixa de câmbio e levaram um radiador novíssimo para Valência [ 3 ].

Toda essa trabalheira que prometia uma vitória, acabou comprometida pela confusão no acidente de Mark Webber e na atuação dos comissários de prova.

Nossa esperança é que Ferrari volte à carga com esse pacotão em Silverstone, mas vendo mais de perto o trabalhão com o F10b levado para Valência, é até compreensível a cólera dos italianos…

Discussão

63 comentários sobre “O que mudou no carro da Ferrari em Valência (Infográfico)

  1. Ouvi Massa dizendo no começo da temporada, que o carro desse ano seria muito mais fácil de guiar do que o do ano passado. Depois, em entrevista mais recente, ele afirmou que o F10 seria muito difícil de dirigir em comparação com o modelo anterior.

    Me parece que ainda vai demorar pra vermos a Ferrari dominando o grid.

    Se mesmo com todos esses upgrades e até fazendo testes (ainda que simulados) os italianos não conseguiram dar o salto de performance esperado…

    Publicado por Beatle Ed | 02/07/2010, 2:39 am
  2. Não sei Becken. De fato aquele imbróglio todo do safety car nos deixou sem saber do que a “nova” F10 seria capaz de fazer em corrida. Alonso já vinha no cangote de Hamilton que, por sua vez, estava bem próximo de Vetel.

    Claro que especialmente em Valência chegar é uma coisa passar é outra, como diria o famigerado narrador.

    Eu fiquei com a impressão de que é um carro bem melhor. Vamos ver…

    Publicado por luiz carlos | 02/07/2010, 8:05 am
    • Exatamente, disse tudo Carlos, na posição em que Massa e Alonso ficaram depois do Safety Car, fica muito difícil ver do que o carro é capaz, ainda mais no calor da corrida, aquela situação “abafou” um pouco o espetaculo que poderíamos ter.

      Publicado por Jackson | 02/07/2010, 8:24 am
    • “Claro que especialmente em Valência chegar é uma coisa passar é outra, como diria o famigerado narrador.”

      E o Kobayashi, hein…?

      Abs.

      Publicado por Anselmo Coyote | 02/07/2010, 12:08 pm
    • Amigo, não esqueças que o Kobayashi fez ultrapassagens…………………

      Publicado por Edgas Mutute | 02/07/2010, 8:42 pm
    • É verdade, teve o valente Kobayote. Mas a diferença de equipamento naquele momento era mosntruosa. Alonso , sem pneus, escorregou na curva, permitindo a ultrapassagem. Depois com a Torro Rosso foi parecido. Estava tão lenta em relação a Sauber que Kobayote se deu ao luxo de fazer um tomada de curva por fora, na sujeira, sem maiores problemas.

      Claro que isso não tira o mérito de Kobayote que foi oportunista e decidido, como poucos são.

      O fato é que em pistas como essa, só se passa por um erro de quem vai na frente ou por uma diferença brutal de equipamento.

      Publicado por luiz carlos | 03/07/2010, 8:38 am
  3. A impressão que eu tive do ritmo do F10b em Valência pelas voltas iniciais da prova é a de que Alonso e Massa não estavam tão próximos de Lewis e Vettel. Os dois já estavam abrindo em relação ao segundo pelotão (com Vettel abrindo para Hamilton).
    Na hora do safety car Alonso estava grudado em Hamilton por causa da sua inexplicada diminuída de velocidade.
    Mas 9 voltas são realmente pouco para medir a real performance do novo pacote.
    Fico imaginando como seriam, se de fato Alonso ficou frustrado, as declarações pós prova se o acidente não tivesse ocorrido e a Ferrari não conseguisse acompanhar o ritmo dos touros e dos prateados/laranjados.

    Publicado por Allan Wiese | 02/07/2010, 8:26 am
  4. Off Topic: Vocês repararam bem no acidente do Webber?

    Pois é, se existia algum segredo aerodinâmico que envolvesse o difusor e assoalho do carro da RED BULL, foi pro beleleu!!!

    Publicado por Thiago | 02/07/2010, 8:52 am
  5. Eu acho que houve evolução mais não foi a esperada, e eles contavam com o ritmo de corrida para um bom resultado. Os décimos de segundos vieram mas a RBR evoluiu mais com o F-ducto, e Renault como foi lembrado. E o braço de Lewis ficou no meio.

    A briga era com a Mclaren, e o resto já sabemos.

    Em Silverstone são novas promessas de evolução, só na prática para ver o que há. Espero poder acompanhar os treinos.

    Publicado por Alexandre Gomes | 02/07/2010, 8:58 am
  6. Neste tipo de pistas por encomenda, é impossível aferir do real potencial do carro e até do piloto.

    Publicado por Ernesto Sousa | 02/07/2010, 11:47 am
  7. brasil fora.
    Isso que dá confiar num treinador que acha que imprensa é problema.
    Levou jogadores meia boca (especialmente questão meio campo)
    Falei muitas vezes para amigos e alguns blogs antes da copa:
    Brasil hora que pegasse um time dificil e levasse um gol não teria forças para se recuperar porque não tem um meio campo a altura, só jogador burocratico e esforçado. Só isso.
    Se eu fosse a imprensa deixava o dunga no isolamento agora, deixa ir pra onde quiser.
    Vai ficar explicando o que? que esse era o grupo, que quem escala é ele? que na sua gestão ele ganhou títulos? titulo do que ? copa america, copa das confederações?
    de lá pra cá decaimos e outras seleções cresceram visivelmente.
    Triste, muito duro ver essa caca.
    Mas a culpa maior é deixarmos essa corja da CBF comandar o futebol (leia-se ricardo teixeira) o Dunga é demitido, o ricardo teixeira fica no comando, ganha dinheiro fica irritando a gente, fica corruptando tudo no futebol e nós aqui acreditando que sempre vai dar certo.
    By brasil

    Publicado por wilson | 02/07/2010, 12:58 pm
    • Eu apóio o Dunga.

      E a mídia é uma bosta.

      Publicado por djow | 02/07/2010, 1:58 pm
    • aH! tinha esquecido. não sou fã deles, mas que ganso, ronaldinho gaucho e neymar devem estar rindo a toa… ah! isso deve.

      Publicado por wilson | 02/07/2010, 2:05 pm
    • verdade. a mídia e´uma bosta e o dunga the best.
      felizmente a vida permite essas idiossincracias.

      Publicado por wilson | 02/07/2010, 2:54 pm
    • Taí o culpado!Tinha que ser o Wilson!!
      Corneta nossos pilotos,nossa seleção…quem será a proxima vitima!!

      Wilson Seca Pimenteira.((:

      Publicado por kamui kobayashi vs Alonso GP2=Fatality | 02/07/2010, 3:08 pm
    • Brasil perdeu. O sonho do hexa, evidentemente acabou. Acho que o Brasil leva muito a sério a Copa do Mundo, as cobranças para uma seleção que não era das melhores e Dunga, o técnico, sendo odiado pela Globo e por meia nação.

      O que se viu na manha-tarde de hoje foi uma mistura de glória e show no 1º tempo, com um gol de Robinho e o domínio em todos os primeiros 45 minutos para um desastre na 2ª parte. O Brasil pensou, na pior das hipóteses, que a Holanda continuaria jogando horrível e sem oportunidades de gol como havia feito antes do intervalo. Mas não foi assim.

      Um time com garra, bem posicionado em campo surgiu, e engoliu o Brasil. O empate, como disse o bravo Julio César na “coletiva” logo após a derrota brasileira, chocou a equipe. Um erro do próprio goleiro com uma espécie de gol contra, como vemos na foto acima. Tudo o que não podia ocorrer.

      Os minutos passavam e o Brasil não podia reagir. A Holanda fez outro, e o jogo brasileiro desmoronou. Confusão, Kaká nervoso, 1 expulso e desespero. Os últimos 10 minutos mostravam que ninguém do Brasil perdeu em um único segundo a garra, mas sim perdeu a tática de jogo. Era algo sem sentido, não havia coordenação nas jogadas e a Laranja Mecânica teve uma claríssima chance de fazer 3 a 1.

      Enfim, o sonho acabou, como diria John Lennon. Talvez, para muitos, seja algo terrível ter que esperar 4 anos para jogar novamente 7 jogos em uma Copa do Mundo e ainda, com a pressão de dobro, já que será aqui. A Holanda, segue firme e forte e vai rumo a final, seja quem vier.

      O que mais me dá repugnância é a Globo. A Globo que não deixou fazer a Dunga um trabalho bom, que lhe atrapalhava todo o momento para que Luís Fabiano ou seja quem for faça uma entrevista tola para o Jornal Nacional ou a Ana Maria Braga. Esta é a diferença. A Globo, manda e desmanda. No fundo, Escobar e a trupe da transmissão estão felizes, pois não terão que aturar Dunga. Dunga, com ódio, pois não pôde mostrar do que era capaz.

      De quem é a culpa? De todos. Mas eu sei que ela não é apenas de Dunga.

      A Copa segue, hoje inclusive temos Uruguai e Gana. Amanhã, a Argentina na missão de ir além da onde o Brasil chegou, com a poderossíssíma Alemanha. Depois, Paraguiai pega a Espanha em outro confronto para ver quem será o 4º sobrevivente.

      Seja o que acontecer, o mundo não acabou. Domingo que vem, GP da Inglaterra.

      Publicado por tomasf1 | 02/07/2010, 3:21 pm
  8. Eu mais do que ninguém torço para Ferrari, na mesma intensidade da seleção Brasileira.
    Chego a conclusão de tudo que li aqui e em outros blogs que, vou nesse momento esperar até Silverstone, e depois veremos se a Ferrari acertou, ou errou a mão dinovo na construção do F10, sim torcedor, mais realista não é possivel que em 2 anos a Ferrari errou a mão 2 vezes.

    Publicado por Francis_Londrina | 02/07/2010, 2:41 pm
  9. Vejo agora muitos profetas do acontecido, mas, se tem uma coisa que essa seleção demonstrou foi amor a camisa, por isso, me dou por satisfeito.

    Em 2006 eu fui à copa, e posso dizer que jogadores como Ronaldinho Gaúcho e Roberto Carlos jamais deveriam ter tido a honra de vestir a amarelinha.

    Dunga cometeu alguns erros, como por exemplo, levar esse tal de Felipe Melo e deixar um Hernanes ou Ganso de fora, mas essas foram muito mais uma questão de lealdade com aqueles que aguentaram as críticas, além do que tem muito jogador que amarela na hora H.

    Ganhar ou perder faz parte do jogo, essa seleção perdeu, mas, pelo menos a maioria dos jogadores deu tudo que podia para tentar ganhar.

    Além disso, a dor está estampada na cara da maioria deles, casos de Júlio César, Elano, Robinho, Maicon, Lúcio, Juan, Michel Bastos, Luís Fabiano, bem diferente dos babacas de 2006 (Ronaldinho Gaúcho e Roberto Carlos) que nem do peso cuidaram.

    É dolorido mas faz parte do esporte, que venha 2014 com o mesmo comprometimento e um pouco mais de sorte.

    Dá-lhe Alemanha!!!

    Publicado por Cassius Clay Regazzoni | 02/07/2010, 2:58 pm
    • Pode até ser, mas o desempenho da seleção de 2006 e a do Dunga, foi o mesmo: eliminados nas Quartas. Com toda a zona de 2006 e com o Parreira, ela chegou até onde a do Dunga chegou. Quem matou a pau mesmo foi o Felipão e não tem outro.

      Publicado por Alex-Ctba | 02/07/2010, 5:28 pm
    • É Alex, mas é melhor perder com dignidade e lutando do que da forma vergonhosa como os craques de 2006 poupavam suas milionárias canelinhas, bem ao contrário do que faziam em suas farras pós-jogo…

      Não gosto do futebol-força-acima-de-tudo do Dunga, prefiro times ofensivos, mas o fato é que em seu trabalho na seleção ele conseguiu devolver respeito ao time. Jogador estrelinha e buchudo tem mais é que ficar longe da camisa amarela.

      Publicado por Vitor, o de Recife | 02/07/2010, 6:42 pm
    • Dunga teve uma boa passagem pela seleção,ganhou tudo que disputou com exeção da capa do mundo.Não vejo culpa nele pela derrota do Brasil,ele chamou os melhores,se Ganso ou Neymar iriam ser melhores,é uma incognita.

      O time era bom,dominou completamente o 1 tempo,infelizmente no 2 tempo houve a falha de Julio Cezar e Felipe Melo(acontece nas melhores familias)que desestabilizou o time.

      Enfim,o time tava bem treinado,com os melhores jogadores brasileiros,mas perdeu,coisas do esporte.

      Me resta torcer pra Alemanha do meu Avô.

      Publicado por kamui kobayashi vs Alonso GP2=Fatality | 02/07/2010, 7:42 pm
  10. Ah, Becken, belíssimos Gráficos. Parabéns.

    Publicado por tomasf1 | 02/07/2010, 3:22 pm
  11. A Ferrari não evoluio como esperado,pra fazer seus pilotos lutarem pela pole e vitória.
    Mas tb não esteve tão mal.Na classificação,poderia ter colocado o F10 do Massa a frente do Hamilton,se não fosse atrapalhado quando iniciava o aquecimento dos pneus-o que lhe daria 2 decimos a mais,o suficiente pra 3 posição.

    Na corrida quando estavam em 3 e 4,aconteceu o episodio do SC,que resultou na perda de qualquer chance de podium,já que a na pista travada de Valência é dificil ultrapassar,apesar do Adrian Sutil(com pneus gastos) e o Kamui terem feito lindas ultrapassagens.

    Eu acho que a Ferrari lutara por vitorias ainda esse ano-mas não vejo mais chance de conquistar o campeonato de construtores nem de pilotos.

    Publicado por kamui kobayashi vs Alonso GP2=Fatality | 02/07/2010, 3:50 pm
    • Eu tenho prova de que falei que o Brasil nao passaria das quartas de final sr. limonada azeda.
      Era a lógica.
      [Ah! o Dunga ganhou tudo que disputou!
      ganhou o que cara pálida?
      Copa das Confederações? Não diz muita coisa.
      Classificou o Brasil nas eliminatórias?
      Brasil tem se classificado desde 1930 (todas as copas)
      Outros técnicos que temos no Brasil teriam feito essa proeza.
      Antes de ser técnico do Brasil o cara tinho sido técnico do que?
      Para né… não brinca com a mente de gente séria.
      Se você e´ingenuo para ter acreditado que o Brasil iria ganhar a copa do mundo com o time que tava lá e com o Dunga…
      meus pesames.
      Um time que não tem um banco de reservas, ora, ora e voce acredita que entende de futebol?
      Unico meio campista existente era o kaka, e não estava 100%.
      Robinho se esforçou mas naõ tem cacoete para meio de campo.
      Sobrou quem criativo?
      Uma coisa é sempre sair na frente outra é estar atras no marcador e precisar reagir.
      Até 2014 senhores.

      Publicado por massa versus carros autorama | 03/07/2010, 3:29 pm
  12. Acho que o pacote não funcionou como esperavam. Na volta 8 (antes do acidente de Webber), Alonso já estava a 5,2 segundos do líder e Massa a 7,3 segundos.
    Na fatídica volta 9, quando entra o safety car, Alonso cruzou a linha 5,4 segundos atrás do líder e Massa 7,7 segundos. Ou seja, as RedBull estavam andando mais forte realmente.

    Quanto ao prejuízo pela saída do safety, penso que foi uma questão se segundos. Kubica tinha completado a volta 8 a 9,1 segundos do líder. Na volta seguinte, foi capaz de entrar no pitlane em cima da hora. Este 1,5 segundo atrás de Massa garantiu seu P5. Claro que quem ganhou mesmo foi Button e Barrichello, cujas equipes trabalharem muito bom no imediato do safety car.

    Mas olhando estas diferenças de volta antes do acidente de Webber, me fazem crer que Hamilton, intencionalmente ou não, bloqueou Alonso e Massa. Todos teriam tempo de sobra pra cruzar o SAFETY CAR LINE. Talvez Massa tivesse um pouco mais de dificuldade, talvez. E talvez também pudesse ter sido chamado pro PIT LANE a tempo.

    A Mercedes está perdida realmente. Não chamaram Schumacher pra PIT STOP na volta 9. Grande vacilo. A Toro Rosso fez o mesmo com Alguersuari. Hülkenberg também merece um puxão de orelha, já que perdeu o P9 pra Alonso na volta 15, depois da excelente chamada pro PIT STOP feita pela Williams. Não importa que tenha quebrado lá pro fim.

    Olhando assim, dá pra notar que foi uma corrida atípica. E o problema não foi e não é a regra do SAFETY CAR.

    Pelo menos é assim que eu interpretei o GAP em relação ao líder resumidos abaixo no imediato antes e após o acidente do Webber.
    Como vocês interpretam?
    Lembrando que o Massa no ONBOARD VIDEO do formula1.com levou apenas 14 segundos da linha de entrada pro pitlane até cruzar a linha de saída do pitlane.

    EUROPEAN GRAND PRIX RACE TIMING

    SV LAP 8
    LH 3.730
    FA 5.200
    FM 7.347
    RK 9.173
    JB 11.792
    RB 14.119
    NH 15.660
    SB 16.797
    MS 18.569

    WEBBER’S ACCIDENT
    SAFETY CAR DEPLOYED

    SV LAP 9
    LH 4.129
    FA 5.402
    FM 7.706
    MS 23.845
    JA 28.269
    JB 28.991 (Pit)
    KK 31.457
    RB 33.437 (Pit)
    RK 37.679 (Pit)

    SV LAP 10 (Pit)
    LH 11.324 (Pit)
    MS 23.961
    KK 27.625
    JB 28.915
    RB 29.979
    RK 30.640
    SB 32.346 (Pit in Lap 9)
    FA 33.420 (Pit)
    AS 34.082 (Pit in Lap 9)

    SV LAP 11
    LH 1.966
    MS 12.573
    KK 18.223
    JB 18.577
    RB 19.091
    RK 20.111
    SB 21.148
    AS 21.757
    NH 22.850 (Pit in Lap 9)

    SV LAP 12
    LH 1.227
    KK 1.858
    JB 2.633
    RB 3.372
    RK 4.608
    SB 5.695
    AS 6.848
    NH 7.500
    FA 8.336

    Publicado por Alexandre Pires | 02/07/2010, 4:02 pm
  13. O Brasil perdeu.

    O único lado bom de presenciar uma tragédia é que você começa a ficar seletivo no sofrimento.

    Coisa pouca não te afeta mais.

    Em 1982 eu era um garoto apaixonado por um time de sonhos, que fazia no campo o que sonhávamos logo seria feito na nação.

    Jogava livre, leve, solto.

    Um time onde apenas dois jogadores não jogavam no Brasil. Um time que não sabia o que era dar ponta pé. Um time que corria o jogo inteiro o jogava com amor. Um time que tinha uma concentração de craques maior até que a seleção de 70.

    Um time que fazia muitos gols. Um time que fazia gols bonitos. Um time que dava prazer ver jogar.

    Quando acabou o Brasil e Itália de 82 eu saí na rua sem entender o que acontecia. Como a vida podia ser tão injusta. E chorei.

    Foi a única vez na minha vida que chorei por uma derrota da seleção brasileira. Em todas as outras derrotas do Brasil em copa do mundo jamais derramei uma lágrima ou sequer me abalei.

    Quando chorei em 82 não sabia, mas hoje entendo que aquele pranto não era pela derrota da seleção brasileira, como eu acreditava. Eu chorava pela derrota do futebol…

    Sirlan Pedrosa

    Publicado por Sirlan Pedrosa | 02/07/2010, 6:56 pm
    • Belo texto Sirlan, aquela seleção de 82 era fantástica, eu tb estou calejado e vacinado contra as derrotas da seleção de brasileira. Nem me abalei tanto agora, quanto me abalei em 2006.
      Aquele time sem vergonha de 2006 na verdade não me encheu somente de tristeza me encheu de ódio também, pelo pouco comprometimento de vários jogadores, e por ver alguns brasileiros sairem abraçados com jogadores franceses como se nada tivesse ocorrido, por ficar sabendo que R.Gaúcho e Adriano foram a uma boate no mesmo dia da eliminação e etc..
      Hj perdemos, vacilamos, mas não vi falta de comprometimento dos jogadores.
      Ainda bem que temos F1 aí, é motivo para continuarmos aqui comentando, debatendo e torcendo, imaginem se a F1 fosse de 4 em 4 anos.. estariamos literalmente fu…

      Bola pra frente, e que venha Felipão !

      Abraços

      Publicado por Dorfão | 02/07/2010, 7:58 pm
    • eu via a copa 1978 (na argentina) tremenda sacanagem.
      1982 enorme tristeza
      1986 e por ai vai.
      1994 torci pra caramba
      1998 acompanhei mais ou menos
      2002 felipão realmente fez a diferença
      2006 tudo salto alto, mas acompanhei e fiquei irritado com r. carlos, ronaldo e mais alguns
      2010 – a maior parte dos jogos estava na internet e um olho na tv, (quem ficava gritando, torcendo, berrando gritando era minha esposa e minha filha)
      mas eu não via uma equipe vencedora e já tinha comentado com outras pessoas e amigos que na minha visão nao passava das quartas de final quando pegasse alguem mais qualificado, não é mandinga não eh não se patriota, era o obvio

      Publicado por massa versus carros autorama | 03/07/2010, 5:45 pm
  14. Eu, como você, fui um dos que chorou aquela derrota, derrota do futebol mais maravilhoso que o mundo já viu.

    E como o destino é cruel, o único jogador da atual seleção a falar besteira sobre a seleção de 82 foi exatamente o Felipe “Idiota” Melo, que disse que o importante era o resultado.

    Como esse imbecil pagou língua…

    Respondendo ao Alex-Ctba, não me interessa o resultado dessa seleção ou a de 2006, me interessa o jeito que cada uma encarou a copa do mundo.

    Repito, perder ou ganhar faz parte do jogo, nunca dá para ter certeza da vitória, mas há que valorizar a maneira como é encarado o desafio.

    Essa seleção de 2010 encarou com dignidade, por isso me dei por satisfeito. Há dias em que nada dá certo, hoje, 45 minutos deram muito errado, o suficiente para nos mandar de volta pra casa.

    Publicado por Cassius Clay Regazzoni | 02/07/2010, 7:37 pm
  15. O que foi a seleção de 2002 ?

    Já que a de 2010 foi a seleção da raça, da gana e do amor a camisa.

    A de 2006 foi dos milionários, gordos, dispersos, sem amor a camisa.

    Opa, mas então o que foi a de 2002 ?

    Afinal não foi reclusa, não teve esposa gritando no saguão do hotel pra ver o marido, não teve a Globo acionando a FIFA para ter direitos a exclusivas da qual ela tinha direito (isso é um capítulo a parte), não teve jornalistas chamados de cagões, merdas, bostas.

    Vocês tem algum problema aí ?

    A de 2002 não teve problemas comigo, teve com algum outro brasileiro ?

    2006 e 2010 tiveram o mesmo problema, arrogância.

    Melhor goleiro do mundo, melhor zaga do mundo, melhor jogador do mundo os times mais arrogantes do mundo. Problemas do técnico, em 2006 foi fraco, não soube deixar em casa os gordos, colocou jogadores machucados em campo, inventou um quadrado mágico, opa, não colocaram o técnico atual para não fazer nada disso, ué, colocou jogadores machucados em campo, jogadores fora de forma, e inventou o comprometimento, opa, opa, era a família Dunga, em 2006 foi o Bordel do Parreira.

    Qual a diferênça delas ? A de 2002.

    Quem pode dizer que essa seleção foi melhor que a de 2006 que atire o primeiro comentário, porque essa foi tão pilhada, reclusa e sem craques de todos os tempos, Robinho gritando e chingando aos 5 min. do primeiro tempo, jogadores fazendo sinal de eu já sabia na expulsão do Felipe Melo (o Dunga de 2010), sem um meia de ligação e penso do lado direito. Jogadores pilhados, nervosos e briguentos, ué, parecia o capitão de 1994 que ao levantar a taça FIFA desferiu chingamentos ao povo brasileiro que não gostavam do jeito pragmático daquele time.

    Um time descomprometido com a vitória, com as esposas (a mulher do Kaka que o diga, procurem o Twitter dela) e quem dirá com o COMPROMETIMENTO de jogar bem.

    Ser vencedor é como foi em 2002, um time de um técnico retranqueiro que jogou ofensivamente, com dois meias de ligação, com apenas um cabeça de bagre que voava em campo, zagueiros perfeitos, goleiro humilde, time que sorria para os jornalistas e era sério em campo e que metia medo nos adversários.

    Qual a diferênça de 2010 e 2006 ? Nenhuma.

    Amigos, perder ou ganhar faz parte, mas nem no momento da vitória esse grupo foi vencedor de verdade. Prefiro a derrota de 2006, do que essa dos guerreiros do Dunga.

    Vocês tem algum problema ? Seus cagões.

    Publicado por Claudemir Freire | 02/07/2010, 8:25 pm
    • Claudemir. Falou tudo! Muito Obrigado meu amigo Paulistano Baianu do JB e uns 30% feliz com a vitória dos seus ascendentes. Acho q a Holanda é um bom time para se torcer nessa reta final de copa. Brasil 2 x 2 Holanda. Tomamos um chocolate em 1974 e mandamos eles de volta para casa em 94 e 98, detalhe, Dunga estava em campo nas duas copas em q eliminamos os Holandeses. Imaginem a vontade q eles estavam de ganhar da selecinha do Dunga, discípulo do Parreira, seu técnico na redenção da “Era Dunga”. Aliás, estamos condenados, em matéria de futebol, a Zagallos, Parreiras, Dungas, Ricardos Teixeiras e Galvães. Os caras se eternizam no comando do futebol brasileiro. É bem provável q Dunga se redima e seja campeão como técnico da seleção um dia, mas precisaria uma mudança monstro de mentalidade e, convenhamos, missão impossível para o turrão.

      Material humano, o Brasil vai continuar produzindo as pencas, mas um técnico capaz de extrair o futebol arte q conquista copas, é uma peça rara. Felipão foi o cara. Bancou Rivaldo, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, q é craque como o Messi e contou ainda com o melhor lateral esquerdo do mundo na época: Roberto Carlos, q o seu Galvão, condenou-o, atribuindo ao atleta, toda a culpa pela a derrota para a França de Zidane em 2006, tal qual a globo esboçou fazer com o Felipe Melo, no JN de hj e certamente vai repercutir. Roberto Carlos, q estava jogando mil vezes mais do q Michel Bastos e Gilberto, mas q o Sr. Dunga, dentro das suas convicções, q eu chamo de medo, já q não tem peito para enquadrá-lo assim como não teve peito para enquadrar o Gaúcho. Técnico não é para isso? Felipão não enquadrou todo mundo? O Problema é q o Felipão não aceita compactuar com a sujeira q é a CBF e seu comandante, ao contrário de Parreiras, Dungas e etc.

      Mas o verdadeiro culpado mesmo, é o PÉ-FRIO DO MICK JAGGER!!!!!

      Publicado por akioctba | 02/07/2010, 11:12 pm
    • Não Alex, fiquei uns 70% feliz porque não vou ouvir o Dunga dizendo em alto em bom som palavrões contra o povo brasileiro que não torceu pra ele e seu time.

      Mas não se iluda, mais de 60% da população o apoiou, mostrando que 60% dos brasileiros acham que o modo guerreiro_desbocado_burro dele é o ideal para representar o país num evento mundial, assim, o brasileiro ainda não sabe o que é ser educado, inteligente e ao mesmo tempo vencedor.

      Felipão, Bernardinho, José R. Guimarães, Mano Menezes, Luxemburgo, Muricy, etc, são técnicos que sabem o valor da vitória e da derrota, por isso não os vemos a beira de uma quadra ou gramado como viamos o Dunga, não os vemos em entrevistas vociferando contra tudo e contra todos.

      Até ontém eu torci 100% para o Brasil com meus 70% de ressalvas, depois do jogo contra a Holanda vou torcer para Paraguai ou Uruguai, se não der nenhum deles aí torcerei para a Holanda.

      Publicado por Claudemir Freire | 03/07/2010, 8:36 am
    • Desculpe, Claudemir, mas Luxemburgo não!! Primeiro porque já foi um excelente técnico, mas hoje se foca mais no extra-campo; segundo, é arrogante pra c…, mais do que o Dunga, a única vantagem em relação a este é que não é desbocado, ao menos em frente às câmeras. Quando perde é um festival de desculpas dignas de um Barrichello… o problema nunca é dele…

      Publicado por Vitor, o de Recife | 03/07/2010, 2:31 pm
    • Concordo! LUXEMBURGO NÃO, os demais são bons exemplos. O Luxa qdo se preocupava só em como armar um time de futebol, e esquemas táticos, em cima das características de seus craques, era um técnico imbatível. Qdo passou a se preocupar com um mundo extra-campo, se perdeu em ilusões de grandeza, tanto q foi treinar o Real Madrid, com seu portunhol macarrônico e se deu mal.

      Publicado por Alex-Ctba | 03/07/2010, 4:28 pm
    • Amigos, Luxemburgo sim.

      É um técnico campeão de grande qualidade que se perdeu no meio do futebol.

      Mas não podemos deixar de lado seu legado, como não deixamos o do grande Telê ficar restrito a times perdedores como a seleção de 82/ 86 ou o São Paulo e Fluminense e Palmeiras de década de 80, lembramos dele como o grande de 90 e com sua genialidade.

      Assim, coloco o Luxa pelo seu legado, não só pelo que é hoje.

      Hoje eu ão o quero novamente no Palmeiras, mas reconheço a sua grandeza.

      Paremos de enterrar nossos campeões, lideres e vencedores porque estes estão em um mal momento, não façamos com o Cielo o que fizemos com o Guga, só porque esse deixou de ganhar. Aliás não deviamos cometer mais o sacrilégio e envocar o nome de Nelson Piquet em vão, para chingar ou sacanear um fã do Senna. : )

      Publicado por Claudemir Freire | 03/07/2010, 5:47 pm
    • Amigos, Luxemburgo sim.

      É um técnico campeão de grande qualidade que se perdeu no meio do futebol.

      Mas não podemos deixar de lado seu legado, como não deixamos o do grande Telê ficar restrito a times perdedores como a seleção de 82/ 86 ou o Fluminense e Palmeiras de década de 80, lembramos dele como o grande de 90 e com sua genialidade.

      Assim, coloco o Luxa pelo seu legado, não só pelo que é hoje.

      Hoje eu não o quero novamente no Palmeiras, mas reconheço a sua grandeza.

      Paremos de enterrar nossos campeões, lideres e vencedores porque estes estão em um mal momento, não façamos com o Cielo o que fizemos com o Guga, só porque esse deixou de ganhar. Aliás não deviamos cometer mais o sacrilégio e envocar o nome de Nelson Piquet em vão, para chingar ou sacanear um fã do Senna. : )

      Publicado por Claudemir Freire | 03/07/2010, 5:47 pm
    • to contigo e nao abro.
      tem gente inteligente e séria por aqui

      Publicado por massa versus carros autorama | 03/07/2010, 8:11 pm
    • “Assim, coloco o Luxa pelo seu legado, não só pelo que é hoje.”

      Bem, se estamos falando de retrospectos, aí sim, o Luxa é um técnico vencedor. Ele foi um dos maiores técnico do Brasil, não há dúvidas, e ninguém pode tirar isso dele. Aliás, foi este o motivo que o levou à seleção… onde não teve sucesso. Não o crucifico por isto, a seleção é um ambiente estranho, não sabemos o que realmente acontce por lá. Muitos interesses pessoais e egos tornam-se maiores que o objetivo de conquistar títulos.

      Meu “contra-Luxemburgo” foi em relação à uma eventual volta dele ao comando da canarinha. Aí eu digo, hoje ele não faz sombra ao técnico que já foi, e isso não se deve à uma “memória curta” que enterra os nossos campeões. O que se passou com Luxemburgo não se tratou de uma decadência natural à todos os seres humanos, que podem sofrer limitações de seu potencial por causa do tempo implacável; Luxemburgo é um técnico jovem que se perdeu pura e simplesmente por sua vaidade. Portanto, quando você dizque ele faz parte do panteão de

      “(…) técnicos que sabem o valor da vitória e da derrota, por isso não os vemos a beira de uma quadra ou gramado como viamos o Dunga,”

      Ah, mas se tem uma coisa que o Luxemburgo adora é aparecer mais que seu time. E é isto, e somente isto, que o impede de voltar a ser o que era.

      “Aliás não deviamos cometer mais o sacrilégio e envocar o nome de Nelson Piquet em vão, para chingar ou sacanear um fã do Senna. : )”

      Concordo plenamente. Nunca entendi a estupidez das “guerras de torcidas” da F1 em relação aos nossos pilotos.

      Publicado por Vitor, o de Recife | 03/07/2010, 8:31 pm
    • Grande Vitor, o de Recife.

      Bela forma de contrapor o que eu disse. Assim fica fácil de conversar.

      Mas eis de concordar que ele, Luxa, foi um dos grandes e quando disse que o Dunga não tinha o cacife dos grandes citados, foi porque ele nunca foi campeão de nada relevante como técnico até chegar a seleção.

      E ele merece uma estátua em São Paulo no Palmeiras, Santos e Corinthians, em Minas no Cruzeiro por suas passagens altamente vitoriosas, e um pedido de desculpas do Real Madrid por ser o técnico que mais pontou nos últimos anos na primeira fase da liga espanhola, e ser mandado embora de forma vil.

      Se agora é decadente, some isso a uma arrogância caracteristica de sua personalidade e a envolvimentos políticos e com empresários de jogadores, sendo assim, sorry guys, my bad.

      Pelo mesmo caminho caminha o brilhante Mano Menezes, apesar de ser palmeirense, acho ele muito bom, pena que está indo para o caminho luxemburguiano.

      Publicado por Claudemir Freire | 03/07/2010, 9:34 pm
    • “Mas eis de concordar que ele, Luxa, foi um dos grandes e quando disse que o Dunga não tinha o cacife dos grandes citados, foi porque ele nunca foi campeão de nada relevante como técnico até chegar a seleção.”

      Sim, assino embaixo. Problema semelhante sofreu a Argentina; aliás, é interessante como seus times refletiram seus técnicos enquanto jogadores; o Brasil de Dunga, defensivo como o volante que era; a Argentina de Maradona, toda ataque. Só que nenhuma dessas seleções teve técnicos de verdade, apenas ex-jogadores.

      Sobre os caminhos luxemburguianos… bem, quando os técnicos passaram a ser “professores”, saiu de um 8 para 80. Técnico faz sim diferença, como a copa demonstrou para nós e “nuestros hermanos”; mas técnico também não pode vencer jogo sozinho.

      Publicado por Vitor, o de Recife | 03/07/2010, 10:14 pm
  16. Bom, escrever e não ter eco é uma coisa, mas escrever e não ser publicado é outra.

    Morte ao Askimet.

    :(

    Publicado por Claudemir Freire | 02/07/2010, 9:53 pm
  17. COPA

    Entendo pouco de futebol. Não sei se o problema foi tático ou estratégico. Se jogar com três volantes era excesso defensivo. Sei que o Brasil foi novamente eliminado no mata-quatro.
    E pior, a única coisa diferente nesta seleção foi o relacionamento do técnico com a imprensa.
    Infelizmente, a imprensa esportiva mais qualificada tinha razão, a tragédia anunciada se concretizou: o volante nervoso foi expulso em momento decisivo, o banco carecia de um tocador de bola pra armar ou amarrar o jogo, e a seleção caiu diante do primeiro adversário com tradição e alguma técnica.
    Ponto pra eles. Por arrogância ou por insegurança, o técnico do selecionado não ouviu ninguém e bancou suas escolhas e invencões: agora tem de assumir a responsabilidade e não dividi-la com o grupo. Sabemos muito bem que o mesmo grupo jogaria diferente se o técnico fosse outro; claro que com pequenas trocas.
    Mas a verdade é que a seleção vem há um bom tempo fazendo tudo muito igual.
    1) Preterindo jogadores nacionais por falta de destaque internacional.
    2) Evitando amistosos com adversários fortes (clubes ou seleções).
    3) Desprezando as seleções sub- como preparatório pra seleção principal.
    4) Sustentando a idéia de grupo fechado dos titulares aos reservas (após experimentar até o último minuto).
    5) Insistindo em técnicos sem destaque em clubes (o técnico eliminado teve a coragem de dizer que não faz substituição faltando cinco pro fim, pois não tem efeito, só na cabeça dele; quando perguntado sobre jogos adversos, ele disse que só preparava sua seleção pra ganhar, deveria ter preparada pra virar jogo também).
    Entre outras coisas.
    Pena que tudo vai continuar na mesma. Trocam o técnico (que de fato foi o responsável, já que bancou todas suas decisões batendo no peito) e segue tudo como tá.

    Publicado por Alexandre Pires | 02/07/2010, 10:22 pm
    • 3) Desprezando as seleções sub- como preparatório pra seleção principal.
      5) Insistindo em técnicos sem destaque em clubes (o técnico eliminado teve a coragem de dizer que não faz substituição faltando cinco pro fim, pois não tem efeito, só na cabeça dele; quando perguntado sobre jogos adversos, ele disse que só preparava sua seleção pra ganhar, deveria ter preparada pra virar jogo também).

      Quem leu a declaração do cartola-mor hoje viu que pelo menos quanto uso das sub- a coisa irá mudar. Diz ele. Eu fico feliz. O pior é ver os “profissas” falando isto após perder a copa. Sendo que eu que tenho um conhecimento bastante limitado de futebol já tinha posto isto na minha listinha acima.
      O item 5 da minha listinha também parece que vai ser contemplado.
      E os outros 3 itens? Será?

      http://copadomundo.uol.com.br/2010/ultimas-noticias/2010/07/05/teixeira-promete-renovacao-cutuca-dunga-e-indica-novo-tecnico-experiente.jhtm

      Publicado por Alexandre Pires | 05/07/2010, 5:16 pm
    • Esse Ricardo Teixeira é um câncer para o Futebol Brasileiro. Agora vem dizer o óbvio. Quem bancou o Dunga foi ele. O pior de td foi ver q, quem apostou em jovens talentos se deu bem, como a Espanha, q colocou o Pedro, jogador de 20 anos, no final da partida contra o Paraguai e o cara fez a jogada do gol do David Villa. E o Ganso e Neymar assistindo a copa aqui no Brasil…

      Publicado por Alex-Ctba | 05/07/2010, 5:59 pm
    • Tô contigo Alex. A pior coisa que existe no futebol brasileiro é o Ricardo Teixeira. Quando o Dunga foi anunciado, chegaram a cogitar que ele seria uma marionete do Ricardo. Mas como Dunga peitou ele e ‘sistema’, agora Teixeira cai em cima.
      Mas o fato de não ter levado algumas opções mais criativas não se justifica. Por que não dar rodagem para um Neymar ao invés de levar o Grafite pra jogar por 5 minutos? Por que não levar o Ganso ou o Gaúcho no lugar de Júlio Baptista ou Josué? O peitar do Dunga em algumas coisas foi bom, mas em outras atrapalhou muito.

      Publicado por Allan Wiese | 05/07/2010, 6:07 pm
    • Alex,

      Bem colocado!

      Esta defasagem geracional tem de acabar.

      Isto de jogar copa com jogador em fim de carreira é algo insano do ponto de vista esportivo.

      O ápice esportivo e físico é desprezado e chamado de inexperiência.

      Se experiência ganhasse jogo era só convocar a seleção de veteranos aposentados.

      Veja que jogamos a copa de 2010 com a geração 2000 (nascidos entre 1977 e 1984). Dos quais, nenhum fez parte dos convocados pra Sidnei 2000. Isto tá uma bagunça.

      Juventude não ganha jogo. Ok! Mas na copa de 2010 tínhamos de ter como base a geração 2008 (nascidos entre 1985 e 1992). E não os velhinhos preteridos em 2000.

      Espero que este atraso de duas gerações seja corrigido. E que tenhamos como base sólida pra copa de 2014 jogadores que possam vir a jogar os jogos de 2012.

      Pros amistosos deste ano já deveria chamar jogadores jovens, com idades a partir de 16 e 17 anos. Pra depois não terem a desculpa de que fulano não é rodado…

      Publicado por Alexandre Pires | 05/07/2010, 7:13 pm
  18. O Akismet me eliminou nas quartas de novo…

    Publicado por akioctba | 02/07/2010, 11:34 pm
  19. Akismet, vou mandar o Felipe Melo te pegar FDP

    Publicado por Alex-Ctba | 02/07/2010, 11:43 pm
  20. O que eu vi em 2010 no time canarinho foi coragem. Coragem em assumir uma seleção brasileira (o melhor futebol do mundo) sem nunca ter sido treinador na vida. Coragem de jogador ir pra copa sem estar 100%. Coragem de não estar nem aí se joguei até a última partida possível da temporada 2009/2010 na europa (e fui campeão) pra jogar com a mesma paixão pelo meu país, apesar do desgaste. Coragem de sair da europa e voltar pro Brasil por lá não estar sendo utilizado. Coragem em não convocar o que meio mundo e mais um pouco pediam. Coragem de encarar de frente a toda poderosa transmissora das exclusivas. Coragem de saber que, apesar de o povo brasileiro sempre querer ver show, nem sempre é possível dar show. Coragem de assumir que errou na hora de pular na bola sem dizer ‘minha’ para o companheiro.
    Tivemos muitas demonstrações de coragem nessa campanha pra 2010. Mas faltou coragem na hora certa. Faltou coragem nos últimos 45 minutos desse jogo desgraçado que era pra ser mais que nosso. Faltou coragem de manter aquilo que foi a melhor atuação da era Dunga (na minha opinião) no primeiro tempo da partida. Coragem de ver que precisava de um pouco de cabeça ao invés de 100% coração na hora da desvantagem no placar.
    Podem falar o que quiserem, mas eu gostei de ter visto essa coragem.
    Gostei de ter visto Maicon, Elano, Luís Fabiano, Luís Fabiano, Elano, Juan, Luís Fabiano, Robinho e Robinho balançarem as redes adversárias.
    Gostei de ter acreditado que daria.
    Gostei de saber que, mesmo fora, deu pra mostrar que brasileiro é um povo único, que para o país pra ver e sofrer junto com os seus selecionados.
    Futebol é assim. Nem sempre o melhor ganha e eu pensei que por isso o Brasil teria chances (por que esse ano não éramos os melhores).
    Mas hoje quem ganhou foi o mais eficiente e não o mais corajoso.
    Parabéns Brasil pela coragem.

    Publicado por Allan Wiese | 03/07/2010, 12:11 am
  21. Desculpem os que ficaram no Akismet, mas acho que ele andou barrando a palavra “Robinho”, vai saber porque (sem ironias!), mas acho que resolvi o problema.

    Abs

    Publicado por Becken Lima | 03/07/2010, 12:19 am
  22. Acho que o Brasil perdeu pra si mesmo. Foi um festival de descontrole emocional desde o jogo contra a Costa do Marfim.
    Talvez querendo mostrar serviço pro seu técnico, os jogadores entraram num estado de agressividade que eu jamais vi numa seleção brasileira. Analisem as reações do R.o.b.i.n.h.o no último jogo. Um dos caras mais alegres e tranquilos q pareceu o tempo todo contaminado com o destempero do seu treinador.
    Kaka tomou 3 cartões amarelos nessa copa – tem lógica?
    Luís Fabiano(o centroavante) fez mais faltas q o zagueiro Juan.
    Já Felipe Melo era uma tragédia anunciada. O expoente máximo desse desequilíbrio. Deve ser pelo estilo de jogadores como ele que os estádios de futebol hoje são chamados de “arena”.
    Acho q no último jogo ele pensou: já dei um passe a la Gerson – não estou sendo o autêntico Felipe Melo. E aí, falhou parcialmente no 1º gol da Holanda, falhou parcialmente no 2º(estava marcando o Wesley) e pra fechar com chave de ouro, pisa num jogador caído e com a falta já marcada.
    Porém o grande problema dessa seleção foi a convocação: não havia ninguém no banco pra reverter um resultado negativo. Os únicos caras com esse perfil eram Daniel Alves e Ramires. O 1º teve q ser titular e não jogou porra nenhuma desde os dois últimos amistosos antes da copa. O 2º estava suspenso. Enfim, faltou pelo menos mais 2 armadores. O Gilberto Silva sabe jogar na zaga pois já atuou nessa posição, assim, n precisava levar 4 zagueiros(apesar de todos eles serem muito bons). Kléberson foi pra África passear pois no jogo q entrou, n ouvi o narrador citar seu nome. Enfim, faltou Ganso, Ronaldinho Gaúcho e Neymar( no lugar do Nilmar).
    Felipão e seu 3-5-2 talvez funcione bem, pois poderá usar o Marcelo do Real Madrid como ala esquerdo bem junto do Robinho.
    Eu manteria: Júlio César, Gomes, os 4 zagueiros atuais, Maicon, Kaka( se recuperar-se na próxima temporada), Robinho e Ramirez. O resto é tchau.

    Publicado por Leandro Magno | 03/07/2010, 10:46 am
    • O Pior de td, é q apesar das críticas ao Dunga, o trabalho não era de todo ruim. Eu achava q dava para ser campeão com esse time. Perdemos, em momento chave, q foi essa partida contra a Holanda, dois jogadores q, de contestados, passaram a ser titulares absolutos: Elano e Ramires. A crítica justa, é em relação ao banco de reservas. Vc não pode ir para um torneio curto, como a copa, de sete jogos, sendo q quatro são mata-mata, sem um “plano B”. Me digam para q Gilberto, se vc tem o Daniel Alves q poderia ser lateral esquerdo? E para q Josué e Kleverson, sendo q o mesmo Daniel poderia ser o coringa para a posição de volante tb. Com isso, deixou de levar três jogadores q poderiam fortalecer o time, na eventual contusão (Elano) ou suspensão (Ramires) de um atleta, ou para tentar mudar a sorte de uma partida perdida, como foram os últimos minutos da eliminação ante a Holanda.

      Alemanha x Holanda / Alemanha x Uruguai / Uruguai x Espanha / Holanda x Espanha – as 4 possíveis finais da copa 2010.

      Publicado por Alex-Ctba | 03/07/2010, 6:22 pm
    • Excelente síntese, Alex!

      Dunga errou onde técnicos não podem errar: convocação do time e estratégia de jogo.
      Ou seja, tudo aquilo que começa antes da bola rolar, mas que é determinante pra evitar um revés.
      Errando nisto, as alternativas táticas se escasseiam e o técnico fica em um mato sem cachorro.
      Aí o infeliz teve até a pachorra de defender que substituição faltando 10 ou 5 minutos não adianta.
      Pior é que nem com um tempo inteiro o técnico conseguia mudar o jeito de jogar do time.
      E quando perguntado sobre qual era tática pra jogos com placar adverso, o técnico me responde que preparava a seleção pra ganhar. Ou não entendeu a pergunta ou é estúpido. Um técnico tem de imaginar todas as situações.
      Será que esta falta de preparo para adversidades foi refletida no nervosismo da equipe mesmo com jogo empatado? Ou seja, não sabiam o que fazer?!

      Publicado por Alexandre Pires | 03/07/2010, 6:43 pm
  23. O Craque holadês Johan Cruyff,

    Foi um dos que mais criticaram Dunga,só que não moral pra falar,pq:

    “Era Dunga”:campeão 1994
    “Era Zagalo”:campeão jogador 1958 e 1962
    campeão treinador-1970
    “Era Parreira”campeão 1994
    “Era scolari”campeão 2002
    “Era Brasil”penta campeão

    “Era Johan Cruyff” -0,0
    Era Holanda-0,0

    Saudades das eras Zagallo,Parreia etc…..

    Publicado por kamui kobayashi vs Alonso GP2=Fatality | 03/07/2010, 12:25 pm
  24. E que inveja do Uruguai… não é a melhor seleção tecnicamente, mas a raça deles é contagiante. Minha torcida neste mundial vai para a celeste.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 03/07/2010, 2:32 pm
    • a coisa mais sabia que vi em todo o blog neste fim de semana.

      Publicado por wilson | 03/07/2010, 3:12 pm
  25. Alemanha x Holanda / Alemanha x Uruguai / Uruguai x Espanha / Holanda x Espanha – as 4 possíveis finais da copa 2010.

    Uruguai, o intruso Sul-Americano, na festa Européia na Africa. Em 2006 tb foi um domínio Europeu. Como será em 2014, aqui no Brasil?

    Minha torcida é para a Espanha q joga o futebol mais o bonito, mas é uma batalha inglória, contra essa poderosa Alemanha, q com sua política, multi-racial, deu mais criatividade ao pragmático e vencedor futebol alemão.

    E q copa maravilhosa de lances fantástico, essa da África. Pena q não fazemos mais parte da festa

    Abs

    Publicado por Alex-Ctba | 03/07/2010, 6:32 pm
    • Vou torcer pela Alemanha,

      Mas não sou tocedor de ocasião e também não tem nada haver com a rivalidade Massa x Alonso,fui incentivado desde pequeno por meu avô paterno que é Alemão,tanto que tenho uma camisa metade Brasileira e metade Alemã.
      Será um belo jogo.A armada espanhola contra os panzers alemães.E que vença o melhor(Alemanha espero).

      Sou um privilegiado,tenho 8 titulos mundias (:

      Publicado por kamui kobayashi vs Alonso GP2=Fatality | 03/07/2010, 6:45 pm
  26. caras do céu.
    Se concentração ganhasse jogo, era só chamar o time da prisão. ficam concentrados ano todo.
    Prefiro jogador que goste de uma farra, mas que no jogo resolva ( vide romario e outros exs )
    meio campo tem que ter dois trogloditas para proteger a zaga, mas tem que ter dois afinadores de piano, caras fóra de série que um passe, um drible deixa as vezes a zaga toda desconcertada.
    Tem que ter um centroavante do tipo do Adriano (não necessariamente ele) grande, cabeceador que leva dois zagueiros juntos e evidentemente um banco de reservas com apetite de entrar e resolver tal como os titulares, que pra mim deveria ser 22 titulares, alternando-os conforme a necessidade (parece coisa nova, mas não é)
    até pode ter estrela no time, mas tem que ser bem administrado e no máximo uns dois.

    Bem até 2014 senhores amantes do futebol. Vou torcer muito para que o proximo tecnico seja tipo felipao, muricy, mano menezes. Alguem assim.

    Publicado por massa versus carros autorama | 03/07/2010, 8:25 pm
  27. Meu sincero tributo à brava seleção do Paraguai, que não tremeu diante da Espanha.

    Publicado por Vitor, o de Recife | 03/07/2010, 10:21 pm
    • Boa Vítor, a Larissa Riquelme vai fazer muita falta nessas finais realmente. Mas parabéns ao Paraguai q jogou até o limite de sua capacidade e ganhou seu título mundial. A primeira vez q a seleção deles chegam as quartas de final. Por muito pouco não passou pelo belo futebol Espanhol de toque de bola refinado e craques q fazem a diferença como Iniesta, Xavi, Villa e Cia. Para nós, apaixonados por futebol, como quase todos os brasileiros em tempo de copa, ficou a sensação de vazio, justamente pq sabíamos q dava para ganhar essa copa, assim como a de 2006. O pior é q, os erros do passado, são esquecidos a cada nova convocação.

      Ainda bem q tem F1 já no próximo domingo, e qdo voltar o brasileirão, meu coringão é o líder, e segue a vida :D

      Publicado por Alex-Ctba | 04/07/2010, 2:58 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: